Guest Post »
Brasileirão 2017 – Os grandes Paulistas

Brasileirão 2017 – Os grandes Paulistas

O Brasileirão 2017 tem guardado algumas boas surpresas e também algumas frustrações para os quatro times grandes paulistas.

Por Rodnei Jericó, do Portal Geledés 

 

O Corinthians, ainda invicto no campeonato com três vitórias e um empate, divide a liderança com a surpreendente Chapecoense, com 10 pontos na tabela, ficando em segundo pelos critérios de desempate. O Atual campeão paulista, tido pela imprensa de São Paulo no inicio do ano, como a 4ª força, vem mostrando competência coletiva em sua equipe. Muito embora não venha jogando um futebol vistoso, mas tem apresentado qualidades no conjunto da equipe, e assim permitindo que todos os setores sejam ocupados de maneira importante. Acredito que o setor mais estável no time é a defesa, vazada uma única vez, mesmo tendo como um dos zagueiros um jovem, Pedro Henrique, que veio da base.

Já o Palmeiras, atual campeão brasileiro tem tido problemas desde a eliminação no paulistão para a Ponte Preta, tem mostrado uma grande instabilidade em vários setores, aliado ainda a erros individuais. Tido como uma das forças deste campeonato brasileiro, mesmo com a chegada de Cuca, o Palmeiras ainda não conseguiu encontrar um padrão de jogo. Tem desperdiçado chances de gol, como ocorreu neste ultimo domingo, quando William em penalidade defendida pelo excelente goleiro Victor do Atlético Mineiro. Cuca entende que ainda levará algum tempo para achar a equipe ideal, mas acredita que o atual elenco seja mais forte que o do ultimo brasileirão.

O São Paulo é o outro grande que tem sofrido um calvário na era Rogério Ceni. Mesmo após (2) duas vitórias consecutivas, contra Avaí e o rival Palmeiras no Morumbi, o tricolor paulista sucumbiu ontem perante a Ponte Preta em Campinas, o que mostra que o time de Rogério Ceni ainda tem que percorrer um caminho largo até encontrar estabilidade, sobretudo porque o problema de caixa no clube tem sido uma tônica nos últimos dois anos, havendo a necessidade de negociar jogadores, como é o caso do jovem atacante Luiz Araújo ao Lille da França por oito milhões de euros. Tudo indica que o tricolor terá muitos problemas no decorrer do brasileirão, pois sem dinheiro em caixa precisa vender jogadores, mas as peças de reposição ao menos no mercado nacional estão escassas.

O Santos, dos paulistas é aquele que tem mais problemas, tem mostrado uma instabilidade enorme nos jogos, tanto que após a derrota para seu rival Corinthians, a diretoria no sábado a noite anunciou a saída do técnico Dorival Junior, que estava no comando da equipe há dois anos, com um aproveitamento de 65% neste período. A equipe praiana tem tido problemas extra campo, e que parecem afetar diretamente o desempenho em campo, o que pode resultar em um ano bem problemático a equipe em 2017, pois, vem com uma maratona de jogos grande em três campeonatos distintos, Brasileirão, Copa do Brasil e Copa Libertadores da América. Com a saída de Dorival, quem assume a equipe interinamente é o ex-atleta do peixe Elano, que desde janeiro 2017 foi integrado à comissão técnica como auxiliar de Dorival. O nome que se ventila nos bastidores do peixe é o de Levir Culpi, mas ainda sem qualquer acerto ou conversa formal com o treinador.

Rodnei Jericó – articulista esportivo.

Escreva um comentário e participe!

Related posts