Guest Post »
Me respeita – poema

Me respeita – poema

Me respeita pq não sou tua!
Chega de brincadeira,
De dizer que me ama, só pra me ter na cama.

Por Cassia Quezia para o Portal Geledés 

Meu corpo não é objeto
nem lata de lixo
pra depósito de bicho!

Não me toca,
não te dei permissão,
aceita o meu NÃO.

Eu como mulher,
Tenho que saber me defender,
pra não ser estuprada por caras como você.
Menina de 11 anos mãe,
o pai é o pai,
pai da mãe avó da criança.
A mina sofre sendo julgada,
pq não fechou as pernas,
quando na verdade,
você não tinha que ter tocado nela!

Ela é inocente,
diferente de você que não tem consciência e estupra uma criança sem ao menos ter chegado na adolescência!

Que sociedade nojenta,
que defende quem estupra e culpa
quem lutou para não ser mais uma vítima dessa cultura!

Cultura machista, que acha que pode tudo só pq tem uma pica.
Não é vitimismo nem minimi,
são só fatos de caras com sorriso no rosto, por ter tido o gosto de ter tocado em algum corpo.

Corpo esse que não queria,

pediu, implorou, até que lágrimas derramou, perdeu o sono está depressiva pq acha que ela é culpada, por ter sido estuprada.

NÃO, nao, não tem a ver com horário, quando o cara é safado,
faz e faz dnv pq sabe que não existe lei do retorno!

Pelo menos não pras minas,
que lutam sozinhas,
de mãos dadas para não serem esquartejadas, estupradas, queimadas e empaladas.

Caso contrário,
tiram sua própria vida pra não ser mais uma vítima dessa cultura machista.

Cultura que culpa a vestimenta, quando na verdade tinham que matar o autor da cena.

Por todas as minas estupradas, empaladas, queimadas, a nossa voz de desculpa, por não ter conseguido ainda, acabar com essa cultura!

Escreva um comentário e participe!

Related posts