Guest Post »
UFPel é condenada a indenizar alunos por racismo de professora

UFPel é condenada a indenizar alunos por racismo de professora

Dois estudantes, que cursam Letras Português/Alemão, provaram na Justiça que em 2015 tiveram tratamento diferenciado e as notas alteradas pela docente, que segue na universidade.

A Universidade Federal de Pelotas (UFPel) foi condenada a indenizar dois alunos em R$ 10 mil cada por racismo. Os estudantes, que cursam Letras Português/Alemão, provaram na Justiça que em 2015 tiveram tratamento diferenciado e as notas alteradas por uma professora.

por Por Mateus Marques no G1

A docente foi afastada da turma, mas permanece lecionando na instituição. Os estudantes, uma paulista e um paraibano, também entraram com um processo administrativo na universidade, que até hoje não foi julgado. A universidade pode recorrer da decisão.

O reitor da UFPel, Pedro Curi Hallal, disse que repudia qualquer ato de racismo, e que o caso será encaminhado à Advocacia Geral da União (AGU), que vai decidir se a universidade recorrerá da sentença.

clique para ver o vídeo da matéria

Escreva um comentário e participe!

Related posts