quinta-feira, agosto 6, 2020

    Resultados da pesquisa por ' discriminação racial '

    @PIXABAY

    6 maneiras de combater a discriminação racial ainda na infância

    Professora da Unesp mostra como nós, adultos, podemos ajudar na luta contra o racismo dando bons exemplos às crianças Por FLÁVIA BEZERRA, do Ceert. @PIXABAY Neste sábado, 21.03, são celebrados o Dia Internacional Contra a Discriminação Racial e o Dia Mundial da Infância. Pensando nisso, conversamos com a professora de história e pesquisadora Lucia Helena Oliveira Silva, da Unesp, sobre a importância de se combater o racismo ainda na infância: “Quando não se vê nesses modelos, a criança se sente deixada de lado. Por isso, é de suma importância falarmos sobre preconceito, uma vez que ainda estamos construindo o respeito à diversidade”, diz Lucia. Leia abaixo: 1. Atente-se para não reproduzir comportamentos preconceituosos Segundo Lucia, é comum, nas escolas, reproduzir comportamentos racistas, mesmo sem perceber que os faz: “Já vi muita professora pedindo para a menina de cabelo crespo, enrolado, ir à escola apenas com os ...

    Leia mais
    Foto: william87/iStock by Getty Images  Este trecho é parte de conteúdo que pode ser compartilhado utilizando o link https://valor.globo.com/mundo/blog-do-fmi/noticia/2019/04/03/como-moderar-o-poder-das-empresas.ghtml ou as ferramentas oferecidas na página.
Textos, fotos, artes e vídeos do Valor estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não reproduza o conteúdo do jornal em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização do Valor (falecom@valor.com.br). Essas regras têm como objetivo proteger o investimento que o Valor faz na qualidade de seu jornalismo.

    Governo quer abrandar multa a empresas que pratiquem discriminação racial e de orientação sexual

    Alteração está em minuta do Ministério da Justiça Por Eduardo Barretto, na coluna de GUILHERME AMADO, da Época Foto: william87/iStock by Getty Images O governo quer retirar a discriminação por cor, opção sexual e etnia como agravante para multas a empresas que violem o direito do consumidor. A alteração consta de uma minuta da Secretaria Nacional do Consumidor, do Ministério da Justiça. O texto foi submetido a consulta pública. Desde 2016, a multa a empresas por infrações ao direito do consumidor fica mais pesada se houver atitude "discriminatória de qualquer natureza, referente à cor, etnia,idade, sexo, opção sexual, religião, entre outras, caracterizada por ser constrangedora, intimidatória, vexatória". (Por Eduardo Barretto)

    Leia mais

    e-Book Amcham: cinco ações para diagnosticar a discriminação racial em empresas

    Brasil - Um guia para melhorar seu ambiente de trabalho e promover a diversidade racial Do Amcham Conteúdo exclusivo disponível para download no Amcham Connect Estamos na década Internacional dos Afrodescendentes instituída pela ONU. Já está na hora de por a mão na consciência corporativa para entender o que você e sua empresa fazem para diminuir a desigualdade racial que divide nosso país. Compilamos as informações e dicas fundamentais para transformar sua empresa de exclusiva para inclusiva e, assim, mudar o futuro da desigualdade racial no nosso país. BAIXE AQUI: Diversidade Racial: Como promovê-la e como ela pode contribuir com o seu negócio?* Lançado no Dia Internacional Contra a Discriminação Racial, no dia 21 de março, o e-book, disponível em nossa plataforma Amcham Connect, é gratuito e estará disponível para o público em geral gratuitamente por 30 dias. Com base nesta publicação, listamos as cinco perguntas necessárias para se fazer pra perceber o quão inclusiva ...

    Leia mais
    vereador Sílvio Humberto

    Vereador Sílvio Humberto cogita acionar o MP para investigar caso de discriminação racial em agência da Caixa

    Dentro de uma relação de consumo, o cliente é quem deveria ter um tratamento digno. Mas o que se viu foi um racismo. Vamos acionar o Ministéiro Público para investigar isso", disse o legislador. Foto - BNews: vereador Sílvio Humberto no BNews O vereador Sílvio Humberto (PSB), militante do movimento negro, pretende buscar a Comissão de Reparação da Câmara de Salvador para pedir que o Ministério Público do Estado da Bahia (MP-BA) investigue o caso de discriminação racial sofrido por um homem na Caixa Econômica Federal do Largo do Relógio de São Pedro, em Salvador, no último dia 19. Em relato nas redes sociais, Crispim Terral publicou um vídeo que mostra a abordagem policial feita após o gerente chamar uma guarnição militar. No texto, Terral afirma que foi à agência pela oitava vez para tentar resolver um problema relacionado a dois cheques que voltaram. No entanto, ...

    Leia mais
    imagem: Freepik

    Preconceito – Discriminação Racial e Racismo à Brasileira

    imagem: Freepik Por Tiago Neto da Silva enviado para o Portal Geledés A ideia preconcebida de “preto correndo é ladrão parado é suspeito”está instituído no imaginário social coletivo da população. Por que o corpo negro é sistematicamente seguido no centro comercial (shopping center)? Estranhamente aquela noção de parecer ser algo que deve ser naturalizado como procedimento comum se instaura. Reconhecemos a existência de preconceito racial no Brasil. Apesar de persistir no senso comum a lógica de paraíso racial. Precisamos afirmar sobre representação negativa da população negra nas telenovelas dos grandes meios de comunicação oligopolizados até aos cinemas. Da literatura nacional ao aos livros didáticos. O estigma, o estereótipo, a hierarquização, a violência simbólica do “isso só poder ser coisa de preto”ou na famigerada sentença “preto quando não suja na entrada, suja na saída”. Não irei falar do “preto de alma branca”ou do “você está denegrindo minha imagem”. A perversidade ...

    Leia mais

    Documento mostra casos de discriminação racial no futebol em 2017

    Enfim foi publicado o Relatório Anual da Discriminação Racial 2017. No dia 29 de novembro de 2018, conseguimos tornar público os dados do nosso quarto estudo sobre os incidentes de cunho racista que aconteceram no futebol brasileiro durante o ano de 2017. O Documento não apresenta apenas os casos de discriminação racial no futebol, ao todo são apresentados 77 (setenta e sete) casos que envolvem, também, machismo, xenofobia e LGBTfobia em todos os esportes e com atletas brasileiros no exterior. Por Marcelo Medeiros Carvalho Do Yahoo Esportes Foto: Divulgação/Yahoo Esportes O ano de 2017 foi o que apresentou o maior número de incidentes nos estádios e fora dele, monitoramos 43 denúncias de racismo no futebol e o crescimento das denúncias de machismo, LGBTfobia e xenofobia. Os espaços dos estádios de futebol que se dizem tão democráticos na verdade não são. Temos plena consciência que estes números ...

    Leia mais
    Foto: © DR

    Conselho da Europa quer discriminação racial no exercício de cargo público como crime

    Mais recente relatório da Comissão Europeia contra o Racismo e a Intolerância elogia Portugal, mas diz que ainda há coisas por fazer Do DN Foto: © DR Comissão Europeia contra o Racismo e a Intolerância (ERCI) defende que a discriminação racial no exercício de um cargo público ou de uma profissão seja crime, considerando tratar-se de uma lacuna importante na legislação nacional. No seu mais recente relatório sobre Portugal, no âmbito do trabalho de análise e controlo da realidade de cada Estado-membro em matéria de racismo e intolerância, a ERCI elogia o país pelos progressos alcançados desde o último relatório, em 2013, mas salienta igualmente o quanto ainda está por fazer. Nesse sentido, o organismo europeu critica que a discriminação no exercício de um cargo político ou de uma profissão ainda não tenha sido considerada uma infração penal, mas apenas administrativa, defendendo, por isso, que passe a ...

    Leia mais

    Erika Januza relata discriminação racial durante compra em loja

    Atriz, no ar como Raquel em 'O Outro Lado do Paraíso', relatou situação em rede social no Revista Quem Imagem: Raquel Cunha/TV Globo Enquanto vive Raquel na ficção, uma personagem de O Outro Lado do Paraíso que não consegue viver o amor com um homem branco por conta de sua raça, a atriz Erika Januza sentiu na pele, mais uma vez, a discriminação racial. Em seu Twitter, a atriz mineira de 32 anos da trama das 9 relatou que passou por uma situação desagradável ao ir às compras. "Hoje fui a uma loja, já havia escolhido o produto e o atendente me falou assim: 'Viu o preço?'. E me apontou a etiqueta com o dedo. Dai eu disse: 'Sim!'. Ele: 'Vai querer parcelar em quantas vezes?'. Eu disse: 'Não, será a vista mesmo'. Será que estou louca? Acho que sim...", postou Erika. Nos comentários do microblog, Erika recebeu situações vividas ...

    Leia mais
    04/07/2017. Credito: Edesio Ferreira/EM/D.A Press. Brasil. Belo Horizonte - MG. Professora relata racismo em Beaga. Na foto, Luana Tolentino.

    Pesquisa constata discriminação racial recorrente no mercado de trabalho

    Não é só no olhar de discriminação, nas frases que ferem a igualdade racial ou em atitudes desrespeitosas que grupos negros são segregados por sua raça ou cor. O preconceito permeia outras esferas do cotidiano dessa população, que ainda enfrenta dificuldades para ocupar cargos de chefia e comando, ter acesso à educação, a posses e a salários equivalentes aos valores pagos aos brancos. Foi o que ficou evidenciado na semana que se encerrou com um caso emblemático ocorrido na rua, em Belo Horizonte, quando a historiadora e professora Luana Tolentino, que é negra, foi vítima de preconceito racial. Ela foi abordada por uma senhora e questionada se fazia faxina. “Altiva e segura, respondi: Não. Faço mestrado. Sou professora”, descreveu Luana em uma rede social. Do Jornal Floripa  04/07/2017. Credito: Edesio Ferreira/EM/D.A Press. Brasil. Belo Horizonte - MG. Professora relata racismo em Beaga. Na foto, Luana Tolentino. O caso ...

    Leia mais
    (Foto: Imagem retirada do site DCM)

    Italo Calvino sobre a discriminação racial e a luta pelos direitos civis nos EUA. Por Camila Nogueira

    Os trechos abaixo foram retirados dos diários que Italo Calvino (1923 – 1985), escritor italiano nascido em Cuba, escreveu durante uma viagem que fez, no início dos anos 60, aos Estados Unidos. Qual a importância do dia 6 de março de 1960 para o senhor? É um dia que não esquecerei enquanto for vivo. Eu vi o racismo com meus próprios olhos, o racismo de massa, aceito como uma das regras fundamentais da sociedade. Presenciei um dos primeiros episódios de luta por parte dos negros sulistas – que terminou em uma derrota. Após décadas de completa imobilidade, os protestos por parte dos negros foram iniciados em um dos piores estados segregacionistas do país. Alguns obtiveram sucesso, sob a liderança de Martin Luther King, um ministro batista, adepto da não-violência. De que episódio estamos falando? A cena aconteceu no capitólio de Alabama. Os estudantes negros (da universidade negra) declararam que protestariam ...

    Leia mais

    Como escolha de Trump para Suprema Corte pode pode afetar decisões sobre aborto, discriminação racial e imigração

    O juiz Neil Gorsuch estudou direito em Harvard, onde foi colega de sala de Barack Obama. Já foi assistente na Suprema Corte e, durante a administração de George Bush, trabalhou no Departamento de Justiça dos EUA. Por Taylor Kate Brown Do BBC Com perfil conservador e membro de uma família com laços estreitos com o Partido Republicano, o juiz foi escolhido pelo presidente Donald Trump para ocupar uma cadeira na Suprema Corte americana. Em 2006, ele já havia sido nomeado por George Bush para a corte de apelação do Estado do Colorado. Se o nome de Gorsuch for aprovado pelo Senado, veredictos relacionados a temas polêmicos, como o direito ao aborto, a situação de imigrantes e de estudantes trans, podem ser afetados. Atualmente, a Suprema Corte dos EUA está dividida entre quatro juizes liberais e quatro conservadores. A nona vaga está aberta desde o início de 2016, com o falecimento do ...

    Leia mais
    Escritora Cidinha da Silva (Foto: Elaine Campos)

    Como parlamentares negros exemplificam a discriminação racial em vídeo

    O 20 de novembro, Dia Nacional da Consciência Negra, paulatinamente se transforma em semana e mês da consciência negra. Sem dúvidas, uma vitória do Movimento Negro contemporâneo, que tem instado pessoas afrodescendentes de frágil identidade negra a se posicionar, a referir, pelo menos, o tempo histórico em que vivem. Enviado por Cidinha da Silva para o Portal Geledés Particularmente, como figura pública, só narro histórias pessoais de discriminação racial se elas tiverem um potencial muito grande de mobilização coletiva e se eu for capaz de contextualizá-las no espectro amplo de funcionamento do racismo para todas as pessoas negras. Não me interessa mobilizar a compaixão fajuta de quem quer que seja. Emblemático da superficialidade de abordagem é o vídeo de um portal de notícias http://ultimosegundo.ig.com.br/politica/2015-11-19/a-primeira-frase-racista-quem-voce-pensa-que-e-neguinho.html que entrevista oito parlamentares negros sobre como foram e ainda são alvo de preconceito e discriminação motivados por racismo. A história contada pelo deputado Vicentinho no vídeo, ...

    Leia mais

    Dia de Luta contra Discriminação Racial é tema de encontro com bancada feminina do Congresso

    A ministra da SEPPIR, Nilma Lino Gomes, e Secretaria da Mulher da Câmara dos Deputados realizam atividade nesta quarta-feira (18) em alusão ao Dia Internacional da Mulher e ao Dia Internacional de Luta pela Eliminação da Discriminação Racial Do Seppir  Com o intuito de abrir o diálogo com a bancada feminina do Congresso Nacional, a Secretaria de Políticas de Promoção da Igualdade Racial da Presidência da República (SEPPIR/PR), em parceria com a Secretaria da Mulher da Câmara dos Deputados, realiza nesta quarta-feira (18) um café da manhã alusivo ao dia 08 de março – Dia Internacional da Mulher, e ao dia 21 de março – Dia Internacional de Luta pela Eliminação da Discriminação Racial. O encontro será no Salão Nobre da Câmara dos Deputados, a partir das 8h30, e contará com a presença de deputadas e senadoras. A ocasião será um momento da SEPPIR aprofundar a relação com a bancada ...

    Leia mais

    Vítima de violência policial na adolescência, ex-capitão da corporação pede reforma para conter discriminação racial nos EUA

    Espancado por agentes aos 15 anos, Eric Adams entrou para a NYPD e se tornou um dos principais ativistas pela reforma da polícia no país; subprefeito do Brooklyn, ele já declarou que quer se candidatar para a prefeitura nas próximas eleições Do Operamundi Eric Adams tinha 15 anos quando policiais o prenderam por entrar indevidamente em propriedade privada. Eles o levaram ao porão de uma delegacia no Queens, em Nova York, e o espancaram de tal forma que ele urinou sangue pelos sete dias seguintes. Constrangido e envergonhado, ele não contou a ninguém sobre o acontecido. Quando Adams se lembra daquela semana, ele não tem certeza se contar sobre o episódio a alguém faria alguma diferença. O que poderia ser feito? “Famílias negras sentiam medo demais para irem a um distrito policial denunciar um dos agentes”, diz Adams, 54, capitão aposentado da polícia de Nova York, a NYPD, e atual ...

    Leia mais
    Pesquisa-Google-Search

    Estudo encontra discriminação racial em anúncios no Google

    Estudo da Universidade Harvard encontrou indícios de discriminação racial em anúncios relacionados a buscas no Google. De acordo com a pesquisa de Latanya Sweeney, cientista da computação que dá aulas na instituição, buscas por nomes mais comuns entre negros têm probabilidade 25% maior de gerar publicidade que presume que pessoas batizadas daquela forma já foram presas. A estudiosa comparou o resultado com nomes mais usados por brancos. Os links para anúncios no Google são exibidos de acordo com as palavras buscadas, e os anunciantes participam de um leilão on-line para garantir o direito de associar suas propagandas a elas. A Google também oferece tecnologia que associa anúncios ao conteúdo de outros sites. A pesquisadora realizou buscas com dezenas de nomes frequentemente associados a cada uma das duas raças. O banco de nomes foi obtido por meio de estudo anterior que analisou a discriminação nos locais de trabalho. O trabalho concluiu ...

    Leia mais
    sim-somos-todos-iguais

    Judiciário precisa enfrentar discriminação racial no mercado de trabalho

        Durante audiência pública na Comissão de Trabalho, de Administração e Serviço Público da Câmara dos Deputados, com objetivo de discutir as relações de emprego e a promoção da igualdade racial, representantes dos poderes Judiciário e Executivo cobraram mudanças legais para enfrentar a discriminação racial no trabalho. Entre os critérios cobrados estão leis mais claras para punir a discriminação racial nos ambientes de trabalho e atos legislativos mais completos para aparelhar os magistrados em casos de discriminação. A avaliação é de que os mecanismos existentes hoje são válidos, mais ineficientes. Segundo a Organização Internacional do Trabalho (OIT), o trabalho decente, defendido durante a audiência pública, é aquele tido como produtivo e adequadamente remunerado, exercido em condições de liberdade de organização sindical e negociação coletiva, equidade e segurança, sem qualquer forma de discriminação e capaz de garantir uma vida digna. Discriminação e perversidade Durante a audiência, dados da Secretaria de ...

    Leia mais
    racismo no carnaval salvador

    BA: casos de discriminação racial no Carnaval crescem 64%, diz estudo

    O número de casos de agressão relativos à desigualdade nos percursos carnavalescos aumentou em relação ao Carnaval de 2011. Ao menos é o que aponta um relatório parcial do Observatório da Discriminação Racial, Violência contra a Mulher e LGBT sobre esses cinco dias de folia em Salvador, capital do Estado da Bahia. Chicleteiras x Princesas do Harém: quem são as mais animadas do Carnaval de Salvador? Vote na musa do Carnaval de Salvador De acordo com o relatório, nas primeiras 72 horas foram registradas 159 ocorrências, a maioria dos casos associada à discriminação racial, representando uma média de aproximadamente 65%, com 104 ocorrências. Em seguida, estão os casos de violência contra mulher, com registro de 59 agressões contra as mulheres, totalizando um percentual de 33% e, por último, a violência contra o grupo LGBT, com 2% de ocorrências. Não foram divulgados os dados do ano passado. Com o slogan "Todas ...

    Leia mais

    1º. Seminário Da Lei Nº. 14.187/2010 – Punição Administrativa pela Prática de Discriminação Racial e/ou Étnica

    Coordenação de Políticas para a População Negra e Indígena A Coordenação de Políticas para a População Negra e Indígena do Estado de São Paulo foi criada em 2009, tendo como principal atribuição defender os direitos da população negra, indígena e quilombola. Além de assessorar a Secretária no assunto específico, a Coordenação deve, segundo o Decreto de sua criação, "promover, elaborar, coordenar, desenvolver e acompanhar programas, projetos e atividades, com vista, em especial, à efetiva atuação em favor do respeito à dignidade da pessoa humana, de afrodescendentes e grupos étnica e historicamente vulneráveis, como comunidades tradicionais de terreiros, quilombolas e indígenas". Cabe ainda a esta Coordenação realizar estudos, pesquisas, cursos, conferências e campanhas relacionadas à igualdade racial, bem como elaborar sugestões e aperfeiçoamento da legislação vigente, além de servir de suporte para órgãos do Estado e da sociedade civil. Secretaria da Justiça e da Defesa da Cidadania É o órgão do ...

    Leia mais
    racismo de funcionario da oi

    Justiça Federal condena Oi a pagar R$ 10 milhões por funcionário divulgar mensagens fascistas, incitando ódio e discriminação racial no Orkut

    A Justiça Federal condenou a Oi a pagar R$ 10 milhões por danos morais. Segundo a ação, um funcionário utilizou computador da empresa em Varginha-MG para cometer racismo pela internet. Apesar de intimada, a Oi prestou informações erradas ao Judiciário. Já a Anatel, também oficiada pelo tribunal, preferiu arquivar o caso. Segundo a Ação Civil Pública movida pelo Ministério Público Federal, "a Telemar/Oi recusou-se, sistematicamente, a cumprir ordens judiciais para identificação de funcionário da empresa que, durante o horário de serviço, utilizara equipamento do local de trabalho para cometer racismo pela internet". O crime foi praticado por meio de mensagens de apologia ao nazismo publicadas em uma comunidade virtual sediada no site de relacionamentos Orkut. Além de divulgar mensagens de apologia ao regime fascista, a página propagava xingamentos e ofensas a pessoas negras, incitando ódio e discriminação racial. Na decisão, o juiz federal da Subseção de Varginha sustentou que "empresa ...

    Leia mais
    136

    Curitiba: Bar do Bispo é condenado a indenizar casal que sofreu discriminação racial e ofendido por funcionária

      A 9ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Estado do Paraná manteve a sentença do Juízo da 2ª Vara Cível do Foro Central da Comarca da Região Metropolitana de Curitiba que condenou o Bar do Bispo a indenizar um casal de clientes (J.C.V. P e L.V.), em R$ 10.000,00 para cada um, os quais foram ofendidos, com palavras discriminatórias, por uma funcionária do estabelecimento no momento em que pagavam a conta no caixa. De acordo com a sentença, restou comprovado que os autores foram vítimas de discriminação racial, o que mais agrava o fato, presenciado por várias pessoas, que efetivamente se sensibilizaram com a situação vivida pelos autores, tanto que se dispuseram, espontaneamente, a prestar esclarecimentos em Juízo. O caso Relatam os ofendidos que, no dia 4 de março de 2007, por volta das 5 horas, após terem consumido duas garrafas de água mineral, no valor de R$ ...

    Leia mais
    Página 1 de 177 1 2 177

    Últimas Postagens

    Artigos mais vistos (7dias)

    Twitter

    Facebook

    Welcome Back!

    Login to your account below

    Create New Account!

    Fill the forms bellow to register

    Retrieve your password

    Please enter your username or email address to reset your password.

    Add New Playlist