segunda-feira, setembro 21, 2020

    Resultados da pesquisa por 'Dilma Rousseff '

    “Uma injustiça histórica”: o impeachment de Dilma Rousseff na imprensa alemã

    Destituição da presidente brasileira tem base legal criticada por jornais e revistas alemães, que também reconhecem falhas da petista. Sede de poder de Temer e possível efeito positivo para Lula também são tema. Do DW A cassação do mandato da presidente Dilma Rousseff, como conclusão de um processo que durou nove meses, repercutiu na imprensa alemã nestas quarta e quinta-feiras (01/09). Os mais importantes jornais e revistas do país questionaram a legitimidade do impeachment, classificado-o com um processo com motivação política. Ao mesmo tempo, destacaram a inabilidade política de Dilma. Michel Temer, que governará o país até 2018, foi apontado como alguém que nunca teria ganhado uma eleição. Além do peemedebista, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva foi apontado como um possível beneficiado do impeachment. Golpe ou não? "A palavra golpe tem um grande peso na América Latina", afirma o influente portal Spiegel Online, apontando que o conceito é ...

    Leia mais
    SP - IMPEACHMENT/MANIFESTAÇÕES/PRÓ-DILMA - GERAL - Manifestantes de diversos movimentos sociais e centrais sindicais participam de ato em   defesa do mandato da presidenta Dilma Rousseff e pela cassação do presidente da Câmara   dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), na Avenida Paulista, em São Paulo, na tarde desta   quarta-feira (16). O protesto faz parte do "Dia nacional de mobilização em defesa da   democracia" e é organizado pelas centrais sindicais CUT, CTB, Intersindical, com apoio de   movimentos como MST, MTST, UNE e Conem, além das Frentes Brasil Popular (FBP) e Povo sem   Medo (FPsM).    16/12/2015 - Foto: DANIEL TEIXEIRA/ESTADÃO CONTEÚDO

    Milhares vão às ruas contra o impeachment de Dilma Rousseff e favor da queda de Eduardo Cunha

    Milhares de pessoas foram às ruas na tarde desta quarta-feira (16) protestar contra o impeachment da presidente Dilma Rousseff e pedir a cassação do presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha. Do Brasil Post  Sob gritos de "Não vai ter golpe!", "Dilma fica" e "Fora Cunha", os manifestantes fecharam a avenida Paulista por volta das 17h40. Apesar das imagens mostrarem as duas vias da avenida tomadas de gente, a Polícia Militar estima o número de manifestantes em apenas 3.000. Os organizadores não tinham um balanço até a publicação desta reportagem. O protesto foi organizado por partidos de esquerda e movimentos sociais. Da avenida Paulista, os manifestantes seguiam em marcha até a praça da República, no centro da capital paulista Grupos feministas que fizeram da Marcha das Mulheres no final de outubro também participaram dos atos desta quarta-feira. SP - ATO/CONTRA/IMPEACHMENT - POLÍTICA - Pessoas realizam um ...

    Leia mais
    Escritora Cidinha da Silva (Foto: Elaine Campos)

    Carta aberta à Presidenta Dilma Rousseff – Por: Cidinha da Silva

    Querida Presidenta Dilma, Que Exu, dínamo do universo, lhe conceda os movimentos precisos na rota da vitória!Que Ogum, senhor do caminho, esteja à sua frente e permita que flores, pássaros e água fresca não lhe faltem. Que Oxum, senhora da vida e da fertilidade, lhe ofereça mel no sorriso de seu neto e de todas as crianças que surgirem em sua jornada. Tendo em vista que esta carta já foi escrita centenas de vezes na cabeça até chegar à tela, sei por onde ela caminhará e, como pode ser longa e sei que a senhora dispõe de pouco tempo, sinta-se à vontade para pular a primeira parte, na qual quero contar-lhe porque voto na senhora, e passe à segunda, na qual pretendo abordar aquele que, em minha opinião, é o desafio central de seu segundo mandato (que virá, estamos trabalhando para isso), o mergulho profundo, corajoso e bem equipado para enfrentar, ...

    Leia mais
    reuniao dilma

    Relato da Reunião do Movimento Negro com a Presidenta Dilma Rousseff – Ana Flávia Magalhães

    por Ana Flávia Magalhães Pinto A presidenta Dilma dissertou sobre a contribuição dos negros na construção da nação Brasileira. Afirmou que as condições em que se deu a constituição do país contribuíram para a subjugação da população afrodescendente. Alertou que a história da população negra não está nas escolas, e que, até ela, só havia acessado informações sobre o legado de resistência dessa população em seu curso de pós-graduação. Ressaltou que tal realidade é inadmissível.   Em seguida, fez um panorama do avanço das políticas públicas para população negra no Brasil nos últimos dez anos. Disse que considerava um avanço importante o reconhecimento das terras quilombolas no início da gestão do presidente Lula, e que essas eram comunidades tão invisíveis para o governo que a metodologia inicial de mapeá-las teve de se valer do programa Luz para todos, pois, entre a maioria dos territórios onde faltavam serviços de atenção básica como saneamento e ...

    Leia mais
    Presidenta Dilma Rousseff recebe lideranças do Movimento Negro

    Presidenta Dilma Rousseff recebe lideranças do Movimento Negro

    Educação, saúde, democratização da comunicação e enfrentamento à violência contra a juventude negra foram alguns dos temas abordados no encontro A presidenta Dilma Rousseff recebeu hoje (19/07), em seu Gabinete no Palácio do Planalto, um grupo de lideranças do Movimento Negro, acompanhado da ministra Luiza Bairros, da Secretaria de Políticas de Promoção da Igualdade Racial (SEPPIR). Os ministros Gilberto Carvalho (Secretaria Geral) e Aloizio Mercadante (Educação), também participaram do encontro, em que foram tratadas questões relativas à saúde, educação, democratização da comunicação e enfrentamento à violência contra a juventude negra.“Foram discutidas iniciativas muito importantes para a inclusão dos negros nos parlamentos, no executivo e nos instrumentos de controle social do Estado. Para além disso, também foram tocadas a questão do racismo que se manifesta através da perseguição às comunidades de matriz africana e, em relação a isso, foi reafirmada a laicidade do Estado, por um lado, mas, também, a obrigação ...

    Leia mais
    box dilma2

    Veja íntegra do discurso de Dilma Rousseff sobre os 5 pactos

    A presidente falou hoje ao país e propôs pactos nas áreas de responsabilidade fiscal, reforma política, saúde, transporte público e educação Em reunião com governadores e prefeitos, Dilma Rousseff propôs hoje cinco pactos para a nação: responsabilidade fiscal, reforma política, saúde, mobilidade urbana e educação. A presidente chegou a defender a convocação de um plebiscito popular para a atuação de uma constituinte exclusiva para a formulação da reforma política no país.  Confira abaixo o discurso da presidente na íntegra, disponibilizado no site do Palácio do Planalto, e, ao final da matéria, o áudio da fala de Dilma. "Palácio do Planalto, 24 de junho de 2013 Boa tarde a todos. Vamos dar início a essa reunião de governadores e prefeitos... Eu queria, primeiro, desejar bom dia a todos vocês, cumprimentar os queridos governadores e as queridas governadoras, as caras prefeitas e caros prefeitos. Em primeiro lugar, eu quero agradecer a presença de vocês e o ...

    Leia mais
    banner-seminario-SSA

    Presidenta Dilma Rousseff convoca III Conferência Nacional de Promoção da Igualdade Racial

    Decreto publicado no Diário Oficial da União de hoje (17/04), convoca a III CONAPIR para o período de 5 a 7 de novembro de 2013, em Brasília, com o tema Democracia e Desenvolvimento por um Brasil Afirmativo   A presidenta da República, Dilma Rousseff, convocou a III Conferência Nacional de Promoção da Igualdade Racial (III CONAPIR), através de Decreto publicado hoje (17/04), no Diário Oficial da União. A III CONAPIR será realizada no período de 5 a 7 de novembro de 2013, em Brasília, Distrito Federal, com o tema "Democracia e Desenvolvimento por um Brasil Afirmativo". A III CONAPIR será presidida pela ministra da Secretaria de Políticas de Promoção da Igualdade Racial da Presidência da República (SEPPIR-PR), Luiza Bairros. Aos Estados e ao Distrito Federal cabe a convocação das etapas estaduais e distrital da III Conferência Nacional de Promoção da Igualdade Racial, que ocorrerão até 30 de agosto de 2013 ...

    Leia mais
    dilma violencia contra a mulher

    Dilma Rousseff enfatiza luta contra violência doméstica

    A presidenta da República, Dilma Rousseff, afirmou que é preciso “reprimir duramente” a violência contra a mulher no país. A mensagem foi dirigida a mais de três mil mulheres camponesas que participaram, em Brasília (DF), do Encontro Nacional do Movimento de Mulheres Camponesas (MMC), que se encerrou na quinta-feira . O evento reuniu trabalhadoras de 23 Estados do país. - Nós sabemos que acabar com a violência exige, permanentemente, que nós estejamos atentas, para reprimir de forma dura e incansável, a violência física, a exclusão, a desigualdade, a restrição e a perda de autonomia das mulheres. Exige da parte do Estado e da sociedade que estejamos atentas, presentes e atuantes para garantir suporte à mulher que sofre de violência – destacou Dilma. O tema central do encontro do MMC é justamente o combate à violência. “Na sociedade que a gente quer, basta de violência contra a mulher”, repetia o público em coro durante ...

    Leia mais
    regina

    Dilma Rousseff fala sobre racismo e violência contra a mulher em entrevista para Regina Casé

    POR - MANU BAREM   A presidenta Dilma Rousseff fez uma participação hoje no Esquenta, programa apresentado por Regina Casé, na Globo, e que hoje iniciou sua segunda temporada. Juntas, Dilma e Regina visitaram o Sarah em Brasília, uma das unidades integrante de uma rede de centros de habilitação. Juntas elas visitaram as instalações do centro e conversaram sobre a chamada Classe C, situação atual do Brasil no cenário mundial e sobre outros assuntos como racismo e a situação da mulher no país. Ao ser questionada por Regina Casé se enfrenta desafios por ser uma chefe de estado mulher, Dilma disse que não necessariamente sente esta dificuldade, porque "difícil é ser presidente, sendo homem ou mulher", que ela se sente "protegida" no cargo e que quem sofre são as pessoas comuns. "Tem muita violência contra mulher, diferença de salário e de oportunidades". Assista:   Fonte: Jezebel

    Leia mais
    trabalhadores-luanda

    Dilma Rousseff advoga mão de obra angolana nas empresas brasileiras implantadas no país

    Luanda – A Presidente do Brasil, Dilma Rousseff, advogou hoje, quinta-feira, em Luanda, a contratação de trabalhadores angolanos pelas empresas brasileiras que operam no país. "Um dos princípios da nossa cooperação, que gostaria e exijo que sejam aplicados em relação ao Brasil e que as empresas brasileiras que trabalham em Angola têm de contratar, empregar e incentivar trabalhadores angolanos, dirigentes angolanos, engenheiros angolanos, porque é isso que gostamos que façam no nosso país", sublinho durante o discurso no Parlamento. Por outro lado, prosseguiu, "as nossas empresas devem privilegiar também parcerias com empresas angolanas, bem como priorizar e aceitar a orientação e os planos dos países nos quais nós estamos a cooperar fraternalmente". Insistiu que, assim sendo, as empresas brasileiras têm de respeitar as condições, as regras e as determinações que o Governo legitimamente eleito de Angola estabelece para o país. Lembrou que a cooperação entre os dois países vem desde ...

    Leia mais
    dilma rousseff suspende ongs

    Presidente Dilma Rousseff suspende pagamento dos convênios com ONGs por 30 dias

    A presidente Dilma Rousseff determinou uma devassa nos contratos firmados por todos os órgãos da administração federal (ministérios, empresas públicas, autarquias) com ONGs, que terão automaticamente os repasses suspensos a partir desta segunda-feira. O decreto, que será publicado dia 31 de outubro no "Diário Oficial da União", dá prazo de 30 dias para que seja feito um pente-fino nos convênios, com o objetivo de avaliar a regularidade da execução dos serviços das entidades privadas sem fins lucrativos. Findo este mês de análise, as ONGs que não estiverem enquadradas terão os contratos suspensos por mais 60 dias, período no qual terão de se regularizar. Se não conseguirem alcançar este objetivo, será instaurada tomada de contas especial, com registro da irregularidade no Sistema de Gestão de Convênios e Contratos de Repasse (Siconv) e informe dos dados das entidades irregulares e respectivas condições dos contratos à Controladoria Geral da União (CGU). A devassa ...

    Leia mais
    dilma rousseff carta aberta

    Carta Aberta à Presidenta da República Dilma Rousseff – Plataforma por um Novo Marco Regulatório para as Organizações da Sociedade Civil

    Excelentíssima Senhora Presidenta, As entidades que firmam esta carta compõem o Comitê Facilitador da Plataforma por um Novo Marco Regulatório para as Organizações da Sociedade Civil, cuja agenda foi apresentada a Vossa Excelência em 2010, quanto ainda candidata, e à qual respondeu por meio de Carta às Organizações da Sociedade Civil. Nesse documento, em que reconheceu a legitimidade de nossas propostas, Vossa Excelência afirmou que o governo deveria pautar-se por "uma relação democrática, respeitosa e transparente com as organizações da sociedade civil, compreendendo seu papel fundamental na construção, gestão, execução e controle social das políticas públicas". Declarou que "a Plataforma ... nos propõe uma relação jurídica mais adequada entre o Estado e as OSCs, reconhecendo que, para cumprirem suas funções, as entidades devem ser fortalecidas sem que isso signifique reduzir a responsabilidade governamental, em um ambiente regulatório estável e sadio". Finalmente, comprometeu-se a "constituir um Grupo de Trabalho, composto por ...

    Leia mais
    Dilma Newsweek 288

    Dilma Rousseff é capa da revista ‘Newsweek’

    A presidente Dilma Rousseff, que chegou neste domingo a Nova York para abertura de sessão histórica na ONU, é capa da próxima edição da revista 'Newsweek' internacional e da edição nacional americana. É a primeira vez que há destaque em mais edições da publicação para uma capa sobre o Brasil. A revista deve chegar às bancas nesta semana.   Chamada de 'Dilma dinamite', presidente estampa capa da prestigiada revista norte-americana Com o título 'Don't mess with Dilma' (em tradução literal 'Não mexa com a Dilma'), a reportagem principal aborda o governo, a história política e também a vida pessoal da presidente. A revista cita detalhadamente o crescimento econômico do Brasil e a participação de Dilma nesse processo de mudanças, iniciado com a gestão Lula. O assunto é endossado pela frase do presidente dos EUA, Barack Obama, quando esteve no Rio de Janeiro em março deste ano, dizendo que o Brasil ...

    Leia mais
    f_30440

    Dilma Rousseff já começa a trabalhar na montagem do novo governo

    Por: Fábio Mendes     Recém eleita, a nova presidente do Brasil, Dilma Rousseff, não quer perder tempo e começa a estruturar o novo governo. Segundo informações da BandNews FM de Brasília, ela quer começar as reuniões para montar o governo de transição assim que voltar das férias de dez dias que vai tirar a partir de quarta-feira. Dilma deve remontar o chamado "núcleo duro" com ministros mais próximos atuando como conselheiros, como fez o presidente Lula em 2002. O time de Dilma seria formado por Paulo Bernardo, que pode assumir a Casa Civil, Fernando Pimentel, cotado para o Planejamento, e Antônio Palocci, apontado como novo ministro da Saúde. Assumiria a coordenação política o vice-presidente Michel Temer. O ministro das Relações Institucionais, Alexandre Padilha, visto como novo chefe de gabinete de Dilma, garante a chegada de um novo governo independente do presidente Lula. Perfil A eleição de Dilma Rousseff impõe ...

    Leia mais
    VOTO-DILMA

    Cartados pós-graduados em apoio a Dilma Rousseff (Assine se Apoiar)

    Caso concorde com os termos da carta, favor assinar e responder esse email com seu nome, programa de pós-graduação e instituição. Por favor, precisamos de sua ajuda na divulgação desta carta. Quem assinar envia cópia para [email protected] =================================================================================================== CARTA DOS PÓS-GRADUANDOS Pós-graduandos das diversas universidades e institutos de pesquisa do Brasil, vimos a público testemunhar o novo momento em que vive a educação, ciência e tecnologia em nosso país e a necessidade de se manter esse rumo de valorização permanente do conhecimento e inovação, inaugurado no governo Lula/Dilma Rousseff. Importante, seguindo a tradição científica, fazer uma comparação, baseada em dados reais, sobre os últimos governos no que tange à política científica. Fomos testemunhas de um período de oito anos de governo Fernando Henrique Cardoso e José Serra em que não houve sequer um reajuste nas bolsas de pós-graduação e de Iniciação Científica. Nenhuma universidade foi criada e tampouco houve concursos ...

    Leia mais
    dilmaport

    Dilma Rousseff comparece ao velório de José Saramago

    Por: Vitor Sorano Candidata à Presidência da República disse que escritor é um 'imortal'.Corpo de Saramago está sendo velado na Câmara Municipal de Lisboa. A candidata do PT à Presidência da República, Dilma Rousseff, visitou por volta das 17h (13h locais) o velório do escritor José Saramago. "Os grandes escritores são imortais. O que ele fez com a língua portuguesa foi dar a ela uma dimensão global, mostrar que na língua portuguesa se escreveria uma obra-prima", disse a ex-ministra na sua saída.   Dilma disse também que "O Evangelho segundo Jesus Cristo" é sua obra favorita do escritor e colocou Saramago ao lado de Eça de Queiroz e Machado de Assis. "Acho que ele está entre esses grandes escritores que imortalizam a nossa língua e a nossa cultura".   Uma fila de aproximadamente 300 pessoas se forma ao entorno da Praça do Município, onde se localiza a Câmara Municipal de ...

    Leia mais
    Maurício Requião

    Dilma Vana Rousseff II

    Dia 29 de agosto, da tribuna do Senado, ao defender o seu mandato conquistado nas urnas, a presidenta Dilma Rousseff – “Guerrilheira”, como é chamada pelos seus algozes -, foi de uma dignidade ímpar, como raramente os homens conseguem ser. Dilma, por 14 horas seguidas, enfrentou um debate em que procurava se defender do indefensável, pois o veredicto já estava posto. Todas as tentativas da presidenta em corrigir os problemas fiscais que afetavam a economia do país, algumas delas contrariando suas próprias convicções, foram rechaçadas uma a uma. Pelo contrário, o tempo todo a claque de Eduardo Cunha armava-lhe como resposta pautas-bombas, que explodiriam as finanças desastradamente. Irresponsabilidade parlamentar em estado puro. Os senadores e senadoras, transformados em juízes, cometeram o crime perfeito. Toda vez que uma vítima é transformada em ré, tem-se o crime perfeito. Por Helio Santos Do Brasil de carnee osso Em março do ano passado escrevi, aqui ...

    Leia mais

    De Naomi Campbell a Dilma Rousseff: Fabiana do vôlei tem semana agitada fora das quadras

    Capitã da seleção brasileira feminina de vôlei, a jogadora Fabiana foi a primeira atleta brasileira, entre homens e mulheres, a carregar a tocha olímpica dos Jogos Rio 2016 em solo nacional. Ela recebeu a chama das mãos da presidente Dilma Roussef na manhã de ontem numa cerimônia em Brasília. Do Espnw “Sou negra, mulher, brasileira e atleta. A emoção de representar o povo brasileiro na chegada da chama olímpica em solo brasileiro é difícil de caber dentro do peito”, escreveu Fabiana no Twitter. “Estou tão feliz que não me contenho em 1,93m. Obrigada Brasil! A chama está aqui! Que venham os jogos do Rio 2016!”, completou. Mas a semana também vai mostrar outra faceta menos conhecida da bicampeã olímpica em 2008 e 2012. Modelo, ela realizou outro sonho ao posar para um ensaio de moda da revista Vogue. Ao lado da super topmodel Naomi Campbell, ela foi ...

    Leia mais

    Where was the Afro-Brazilian community at the protests against Dilma Rousseff?

    The racism of a middle class who is harsh on corruption, but tolerates prejudice and even simulates hangings of black people. By Maria Carolina Trevisan, translated by Carla Locatelli and César Locatelli, special for Jornalistas Livres Among the thousands of people who stormed through Paulista Avenue on Sunday (03/13), there was an obvious lack of representation of the Afro-Brazilian community. Just as last year, the vast majority of black people who went to the heart of São Paulo — and to other Brazilian cities -, were working. They were nannies or street vendors (or military police). This picture replicates the underlying position of this portion of Brazilian society, from slavery up to today. Among the demands for honesty, there were no signs at all that demanded equal rights, quotas or labor right achievements for maids. Instead, what was seen on Paulista avenue was representing the desire of a middle class and the ...

    Leia mais
    Página 1 de 111 1 2 111

    Últimas Postagens

    Artigos mais vistos (7dias)

    Twitter

    Welcome Back!

    Login to your account below

    Create New Account!

    Fill the forms bellow to register

    Retrieve your password

    Please enter your username or email address to reset your password.

    Add New Playlist