terça-feira, janeiro 26, 2021

Resultados da pesquisa por 'Jean Wyllys,'

jean willys agcamara

Para Jean Wyllys, permanência de Feliciano na presidência de comissão é radicalização do PSC

  O deputado Jean Wyllys (PSOL-RJ), um dos idealizadores da Frente Parlamentar em Defesa dos Direitos Humanos, criada em protesto à eleição do deputado Pastor Marco Feliciano (PSC-SP) para a presidência da Comissão de Direitos Humanos, criticou a decisão do PSC de manter o pastor, que é acusado de homofobia e racismo, no cargo. Para Jean Wyllys, o acirramento dos ânimos por parte do PSC pode provocar ainda mais confusão nas reuniões da Comissão de Direitos Humanos. “Não falo em nome do movimento , mas se um lado radicaliza, o outro tende a radicalizar. Se o PSC radicaliza e não ouve a voz dos movimentos socais, das redes socais, o pedido para que esse homem saia da presidência, se a tendência é radicalizar e não dar ouvidos, é lógico que o movimento radicalize do outro. Isso não é bom para a Câmara, para o Legislativo, para o PSC, nem para ...

Leia mais
Jean Wyllys anunciou que vai abrir mão do mandato de deputado federal e deixar o Brasil (Foto: AFP)

Jean Wyllys desiste de mandato: Governo brasileiro falhou em proteger deputado, diz relatora da Comissão Interamericana de Direitos Humanos

Para a advogada chilena Antonia Urrejola Noguera, relatora especial do Brasil na Comissão Interamericana de Direitos Humanos, o país não foi capaz de garantir segurança e condições básicas para que o deputado federal Jean Wyllys (Psol-RJ) pudesse exercer suas funções. Por Ricardo Senra, da BBC Jean Wyllys anunciou que vai abrir mão do mandato de deputado federal e deixar o Brasil (Foto: AFP) Em entrevista à BBC News Brasil, Urrejola afirma que a Comissão havia cobrado, por meio de medida cautelar, que o governo brasileiro oferecesse proteção ao parlamentar. O texto, que narra uma série de ameaças ao congressista, foi enviado ao Brasil em 20 de novembro do ano passado. "A Comissão Interamericana decretou uma medida cautelar para que o Estado tomasse medidas de proteção a favor de Jean e a resposta foi que ele já tinha medidas de proteção. Mas, eram exatamente essas medidas que o deputado ...

Leia mais
Reprodução/Facebook

“Preto, favelado, LGBT”: Conheça David Miranda, substituto de Jean Wyllys na Câmara

Sob ameaças, Jean Wyllys abrirá mão de seu mandato mas a luta pelos direitos LGBT na Câmara continuará tendo representante: David Miranda (PSOL), primeiro vereador gay do Rio de Janeiro, assumirá como deputado Da Revista Fórum David Miranda assumirá como deputado (Foto:  Reprodução/Facebook) O defesa dos direitos da população LGBT continuará tendo representante no Congresso mesmo com o anúncio de Jean Wyllys (PSOL-RJ) de que abandonará seu mandato e deixará o país. O suplente de Wyllys, que assumirá seu mandato na Câmara, é o vereador David Miranda (PSOL-RJ) que, como ele mesmo se descreve, é “preto, favelado e LGBT”. Assim como Jean, Miranda é homossexual e ativista da causa LGBT. Em 2016, ele foi o primeiro vereador gay a ser eleito para a Câmara Municipal do Rio de Janeiro. Nascido na favela do Jacarezinho, David Miranda era amigo da vereadora Marielle Franco, assassinada no ano passado, e tem forte ...

Leia mais

O ataque racista à filha de Giovanna Ewbank e a busca psicótica por atenção nas redes sociais. Por Jean Wyllys

PUBLICADO ORIGINALMENTE NO FACEBOOK DE JEAN WYLLYS Por Jean Wyllys, no DCM Reprodução Instagram O crescimento da participação em redes sociais está trazendo consigo algo que não se vislumbrava tão nitidamente quando elas surgiram: assistimos à explosão de manifestações neuróticas e até psicóticas em busca de alguns minutos de atenção. O caso mais recente é o de uma suposta “socialite” (é uma ocupação?) que, dos EUA, resolveu proferir uma série de comentários racistas sobre uma criança de 4 anos, a filha do casal de atores Giovanna Ewbank e Bruno Gagliasso. Contente com o destaque das suas ofensas, ela ainda encontrou tempo para falar mal de uma atriz e de uma cantora e suas supostas relações com drogas ilícitas. Um tipo de comportamento que faz parte do que a filósofa Julia Kristeva chama de “novas doenças da alma”. Kristeva não chega a teorizar sobre os impactos das novas tecnologias da comunicação e da informação na saúde psíquica ...

Leia mais

Jean Wyllys fala sobre o ‘crime’ que é ser gay no Brasil. Por Nathalí Macedo

Aparentemente, é crime ser honesto – ou seria crime, na verdade, ser gay? – no Brasil. Por Nathalí Macedo, do DCM Tanto que Ricardo Izar, relator do processo contra Jean Wyllys pela (bela!) cuspidela no também Deputado Jair Bolsonaro, emitiu parecer pedindo a suspensão de seu mandato por 120 dias por suposta quebra de decoro parlamentar. O episódio em questão ocorreu durante a votação do Impeachment, quando o Deputado Jean Wyllys, reagindo a insultos homofóbicos, cuspiu no Deputado Jair Bolsonaro – a internet certamente não esqueceu e não esquecerá. O vídeo que embasa o pedido de afastamento – eivado de diversas irregularidades – é comprovadamente fraudulento. Jean não cuspiu em Jair Bolsonaro premeditada e gratuitamente, como supõe o vídeo – e ainda que o tivesse feito, convenhamos, teria sido merecido. O cuspe representou, na verdade, uma justa reação à homofobia praticada contra o único deputado assumidamente gay do Congresso Nacional. ...

Leia mais

Jean Wyllys: posição da globo contra universidade pública é odiosa

O deputado federal Jean Wyllys (Psol-RJ) reagiu com indignação ao editorial deste domingo do jornal O Globo, da família Marinho, que cobra do interino Michel Temer o fim da universidade pública; "O editorial de O Globo, publicando neste domingo, afirmando que é 'injusto' o ensino superior ser gratuito no Brasil é odioso, mas não chega a ser uma surpresa. Certamente para a família Marinho e os títeres que lhe lambem as botas na editoria do jornal, 'justo' deve ser o fato de ela ter enriquecido desmedidamente à custa da concessão PÚBLICA de sinas de rádio e tevê, de caríssimos anúncios de estatais brasileiras", diz ele; Wyllys conta como o fato de ter entrado na universidade pública, na Bahia, mudou sua vida Do Brasil 247 O deputado federal Jean Wyllys (Psol-RJ) reagiu com indignação ao editorial deste domingo do jornal O Globo (leia aqui), da família Marinho, que cobra do interino ...

Leia mais
jean

Jean Wyllys critica a ‘farsa da ideologia de gênero’

Para o deputado federal Jean Wyllys (PSOL-RJ), ‘"Ideologia de gênero" é a expressão cunhada por fundamentalistas religiosos para deturpar o debate acerca de equidade e identidade de gênero e, assim, enfraquecer a luta por direitos das pessoas transexuais e das mulheres em geral’; ele defende seu projeto em debate na Câmara, que tem como objetivo reconhecer a identidade de gênero como um direito No Brasil 247 Para o deputado federal Jean Wyllys (PSOL-RJ), ‘"Ideologia de gênero" é a expressão cunhada por fundamentalistas religiosos para deturpar o debate acerca de equidade e identidade de gênero e, assim, enfraquecer a luta por direitos das pessoas transexuais e das mulheres em geral’. Ele defende seu projeto em debate na Câmara, que tem como objetivo reconhecer a identidade de gênero como um direito. Leia abaixo o artigo do deputado sobre o assunto: A farsa da "ideologia de gênero" Há situações em que os esforços ...

Leia mais

Jean Wyllys será o relator do “Estatuto das Famílias do Século XXI”

“Ao Estado cabe o reconhecimento formal de qualquer forma digna e amorosa de reunião familiar, independentemente de critérios de gênero, orientação sexual, consanguinidade, religiosidade ou raça”, diz o texto do Projeto de Lei que se opõe à ideia de que o núcleo familiar só pode ser considerado “a partir da união entre um homem e uma mulher” Na Revista Fórum  O deputado federal Jean Wyllys (PSOL-RJ) foi o escolhido pela Comissão de Direitos Humanos da Câmara dos Deputados, nesta quinta-feira (26), para ser o relator do Projeto de Lei 3369/2015, que institui o Estatuto das Famílias do Século XXI. De autoria do deputado Orlando Silva (PCdoB-SP), o projeto leva em conta a atual realidade social em relação à constituição de família e estabelece critérios mínimos para que o Estado reconheça diferentes tipos de relação. “As famílias hoje são conformadas do AMOR, da socioafetividade, critérios verdadeiros para que as pessoas se unam ...

Leia mais

Jean Wyllys é o melhor deputado de 2015

Com mais de 19 mil votos, deputado pelo Rio de Janeiro foi o mais bem avaliado pelo público na internet; ao receber o prêmio, ele destacou que é muito significativo que a população ainda escolha parlamentares que lutam pelos direitos humanos e pelo combate à corrupção, mesmo em cenário político em que o presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), é “denunciado formalmente pelos crimes de lavagem de dinheiro e corrupção” No Brasil 247  Jean Wyllys (PSOL-RJ) foi o deputado mais bem avaliado pelo público no Prêmio Congresso em Foco 2015, pela terceira vez. Também ganhou o prêmio nas edições de 2013 e 2012. Ao receber o troféu, ele destacou que é muito significativo que a população ainda escolha parlamentares que lutam pelos direitos humanos e pelo combate à corrupção, mesmo em cenário político em que o presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), é “denunciado formalmente pelos crimes de lavagem de ...

Leia mais

Como devolver a decência à política. Por Jean Wyllys

As investigações do Ministério Público Federal envolvendo políticos de diversos partidos da base governista e da oposição de direita em esquemas de corrupção, financiamento ilegal de campanhas e lavagem de dinheiro mostram o quanto a gente precisa mudar o nosso sistema político. Independentemente das diferenças que possa haver entre um e outro caso (e da presunção de inocência, que deve ser respeitada para que exista um processo justo e transparente), não há como não se fazer uma avaliação política sobre a gravidade institucional da situação. Por Jean Wyllys Do DCM Entre os acusados de receber propinas e/ou fazer uso indevido de dinheiro público e de contratações públicas com empresas privadas estão, entre muitos outros, o presidente da Câmara dos Deputados, o presidente do Senado, o ex-presidente do PSDB, o ex-tesoureiro do PT e, de acordo com as últimas notícias, o ministro-chefe da Casa Civil do governo Dilma, um senador que foi ...

Leia mais

Vitória na maioridade prova que a “onda conservadora” pode ser derrotada. Por Jean Wyllys

A tentativa demagógica e reacionária de Eduardo Cunha e sua “base aliada”— composta pelas bancadas do boi, da bíblia e da bala, o baixo clero dos partidos fisiologistas e corruptos e a ultra-direita — de usar o medo para reduzir a maioridade penal, por incrível que pareça, foi derrotada hoje no plenário. O texto abaixo foi escrito por Jean Wyllys no facebook no DCM Cunha perdeu. Felizmente, a sensatez venceu o fascismo e seus discursos de ódio, aumento do estado penal, criminalização da pobreza e da juventude, militarização da sociedade e políticas de guerra. A insegurança pública é um problema profundo e complexo que requer soluções sérias e não medidas propagandísticas — cuja ineficácia e prejudicialidade já foram comprovadas em diferentes lugares do mundo — como a que estava hoje em debate, cujas consequências teriam sido catastróficas. O lugar de crianças e adolescentes não é nos presídios, mas nas escolas, e isso ...

Leia mais

Jean Wyllys: “Já comprei o Accordes da Boticário para o namorado que ainda não tenho “

Eu estou sem namorado. As naturezas de meus trabalhos me consomem ao ponto de eu não conseguir me dedicar à minha vida amorosa-afetiva (sim, esta, pra acontecer, precisa de uma dedicação mínima). Por Jean Wyllys Do Diário Do Centro Do Mundo Contudo, já passei numa loja do Boticário e comprei um perfume para o namorado que ainda não tenho. Não importa se e quando ele vai chegar. O que importa é que O Boticário fez soar, em sua bonita campanha para o Dia dos Namorados, os acordes do mundo que queremos: o mundo onde as pessoas sejam respeitadas, tenham dignidade, visibilidade e possam amar livremente, independentemente de sua orientação sexual, identidade de gênero, cor da pele, etnia, classe social e crença ou não crença em religião; o mundo em que as representações das diferentes expressões do amor e do afeto numa peça publicitária não encontrem resistências por parte de fanáticos religiosos, ...

Leia mais

A carta de Jean Wyllys para Roberto DaMatta e Ziraldo

Jean Wyllys lamentou as atitudes homofóbicas de Roberto DaMatta e Ziraldo. Se disse surpreso com o comportamento do antropólogo, mas que do cartunista não esperava coisa diferente. Único deputado assumidamente homossexual no Brasil revelou que Ziraldo já se recusou a sentar em mesa com ele por ser gay no Pragmatismo Político Único parlamentar declaradamente homossexual do Congresso, o deputado Jean Wyllys (Psol-RJ) criticou o antropólogo Roberto DaMatta e o cartunista e escritor Ziraldo pelas posições que assumiram em relação aos homossexuais nos últimos dias. Para Jean, os dois se apresentam como intelectuais que pregam a “tolerância”, mas, na prática, são “intolerantes em relação à saída da homossexualidade da privacidade e do silêncio onde eles imaginavam que esta deve estar confinada”. Em texto publicado no Facebook, Jean disse ter ficado decepcionado e chocado com DaMatta, que não desmentiu o ator Paulo Betti, que o acusou de tê-lo agredido verbalmente no último ...

Leia mais

Jean Wyllys: “Querem difamar uma criança morta? É isso?”

Estão circulando, nas redes sociais e através do Whatsapp, fotos falsas do menino Eduardo de Jesus Ferreira, de 10 anos, assassinado pela PM em mais uma ação truculenta da “guerra às drogas” no Complexo do Alemão. De Jean Wyllys, no facebook, do DCM As imagens apresentam um garoto supostamente armado (não tem como saber as circunstâncias em que a fotos foram tiradas) que não é Eduardo, numa tentativa desonesta e perversa de justificar sua morte e, ao mesmo tempo, fortalecer os discursos demagógicos e irresponsáveis que defendem a redução da maioridade penal. O cinismo, a perversidade e a má fé são tão grandes que são capazes de difamar uma criança morta, de apenas 10 anos de idade. Contudo, não é a primeira vez que um homicídio violento executado pela polícia numa favela, após causar indignação e mobilização popular, é sucedido por uma campanha caluniosa contra a vítima na imprensa e/ou ...

Leia mais

“Congresso não pode passar por cima do cadáver de milhares de mulheres”, diz Jean Wyllys

Deputado responde às declarações do presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), de que aborto só será discutido “por cima de seu cadáver”. Ontem, psolista protocolou na Casa projeto de lei que legaliza e regulamenta a interrupção voluntária da gravidez Por Redação, da Revista Fórum  O deputado federal Jean Wyllys (Psol-RJ) mandou, na última terça-feira (24), um recado direto ao presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ). “Hoje estou protocolando um projeto de lei que cria uma política pública de garantia dos direitos sexuais e reprodutivos das mulheres para que o o Congresso não continue passando por cima dos cadáveres de muitas delas, de milhares delas”, disse, em vídeo publicado no Facebook. Wyllys se refere ao PL 882/2015, de sua autoria, que assegura às mulheres o respeito a seus direitos sexuais e reprodutivos, além de legalizar e regulamentar a interrupção voluntária da gravidez, determinando que possa ser realizada com segurança, pelo Sistema Único de ...

Leia mais

Jean Wyllys apresenta projeto para legalizar o aborto no País

Na contramão das propostas da bancada conservadora que ganharam destaque na Câmara dos Deputados nesta legislatura, o deputado Jean Wyllys (PSOL-RJ) protocolou hoje projeto de lei que estabelece a política pública para saúde sexual e regulamenta a interrupção da gravidez indesejada. O PL 882/15 prevê a legalização do aborto até 12 semanas de gestação no Sistema Único de Saúde (SUS) se a mulher assim o quiser. Do Brasil Post  "Precisamos tornar essa pauta uma política pública, independente de ser contra ou a favor da interrupção voluntária da gravidez indesejada", defendeu o parlamentar em sua conta no microblog Twitter. '10. A interrupção segura e voluntária da gravidez até as 12 semanas deverá ser garantida pelo SUS à mulher que assim o requerer. #PL882' '11 Precisamos tornar essa pauta uma política pública, independente de ser contra ou a favor da interrupção voluntária da gravidez indesejada' No texto do projeto, o deputado propõe ...

Leia mais

“Oportunista”, diz Jean Wyllys após Cunha estender cota aérea a deputado gay

Jean Wyllys: Cunha é “cínico e oportunista” ao estender benefício a deputado gay. Único congressista homossexual assumido vê oportunismo em posição do presidente da Câmara de que parceiro de deputado gay também poderá voar com cota parlamentar Do Pragmatismo Politico Único parlamentar homossexual assumido, o deputado Jean Wyllys (Psol-RJ) chamou o presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), de “cínico” e “oportunista” ao estender aos deputados gays o direito de transportar com verba parlamentar cônjuges, a exemplo dos heterossexuais. “Eduardo Cunha, raposa ladina da política, é capaz – para limpar sua barra e ter uma trégua da enxurrada de críticas – de reconhecer a existência de casais homoafetivos e a validade da união estável homoafetiva, realidades que, antes e em outros momentos, ele nega e ataca”, escreveu o deputado em sua página no Facebook. Em entrevista nesta quinta-feira (26), Eduardo Cunha disse que os critérios utilizados pela Câmara para liberar o ...

Leia mais

Quando um homem esfrega teoria na nossa cara: sobre Jean Wyllys e a mulher negra que ousa falar

atrasadA eu tô um pouco sim (…) seu jogo é sujo e eu não me encaixo… (“Negro Drama”, Racionais MCs – com as devidas adaptações de gênero) No Mina Explosiva A véspera do dia 20 de Novembro não foi nada fácil para nós, mulheres negras. Como se não bastassem os recorrentes ataques deslegitimadores daqueles que evocam a “consciência humana” – ou, ainda pior, a “consciência branca” (a cidade de Sertãozinho que o diga) -, tivemos uma série de acontecimentos que afetaram diretamente nosso círculo feminista negro. O primeiro deles foi o ataque a nossa irmã do Blogueiras Negras, Charô Nunes, que acabou sendo vítima de um cara cuja profissão (sic) é a própria manifestação da barbárie misógina promovida contra mulheres negras: Julio César, o autointitulado “mulatólogo”, fez um post em seu blog expondo nossa companheira e deslegitimando seu trabalho. O discurso desse indivíduo recorria, como era de se esperar, à constante ...

Leia mais
O erro de avaliação de Jean Wyllys ao defender a série “O Sexo e as Nega”

O erro de avaliação de Jean Wyllys ao defender a série “O Sexo e as Nega”

Inspirada na americana “Sex and The City”, a série “Sexo e As Negas” conta as aventuras de quatro amigas negras. Retrata os negros de forma estereotipada. As manifestações de repúdio foram tantas que a Seppir (Secretaria de Políticas de Promoção da Igualdade Social) chegou a abrir uma investigação das denúncias de racismo no programa. Por Marcos Sacramento Para o deputado Jean Wyllys, porém, as críticas de alguns milhares de internautas e de um séquito formidável de blogueiros e articulistas não têm fundamento. “As pessoas foram pouco generosas com Miguel Falabella, que é um cara que está longe, muito longe de ser racista”, disse. Ele defende um amigo e tem todo o direito de dizer que Falabella não é racista. Provavelmente ele não seja, mas o programa que escreveu está longe de ser motivo de orgulho para telespectadores negros e negras. “Sexo e a as Negas” se propõe a colocar negras como ...

Leia mais

Carta aberta ao Deputado Jean Wyllys

Prezado Deputado Federal  Jean Wyllys,   Esta carta é motivada pelo seu posicionamento em relação ao seriado Sexo & As Negas, da Rede Globo.   No,  Pretas Candangas    Antes de mais nada, gostaríamos de externar nossa extrema decepção com seu posicionamento de pouca solidariedade ao se referir a “setores do movimento negro” , que interpretamos aqui como especialmente mulheres negras com a expressão “sem discernimento”. Não entendemos em que momento se revoltar com essa repetição desonesta, baixa e desumana de padrões excludentes e que quer nos colocar no lugar de sempre: mulata boazuda disponível para o sexo, revela falta de discernimento. Será que essa associação quase “natural” que se faz das mulheres, especialmente as negras, à falta de raciocínio e elaboração atingiu até um dos poucos parlamentares em que sentíamos alguma confiança? Essa postura em relação às mulheres negras nos desapontou e incomodou profundamente” Será, Jean, que garantir emprego ...

Leia mais
Página 1 de 11 1 2 11

Últimas Postagens

Artigos mais vistos (7dias)

Twitter

Welcome Back!

Login to your account below

Create New Account!

Fill the forms bellow to register

Retrieve your password

Please enter your username or email address to reset your password.

Add New Playlist