terça-feira, dezembro 1, 2020

    Resultados da pesquisa por 'Orun'

    Rogerio Albuquerque/CLAUDIA)

    A história de luta e força das mulheres do quilombo de Ivaporunduva

    No quilombo de Ivaporunduva as mulheres têm o papel essencial de manter a cultura e as tradições vivas e de repassá-las às novas gerações Por Marina Marques, Da Claudia  Foto: Rogerio Albuquerque/CLAUDIA O dia de Jardelina Pedroso da Silva, 79 anos, começa cedo. Ao primeiro canto do galo, já é possível encontrá-la na cozinha se dedicando à produção de seu famoso cuscuz de arroz. A lavradora aposentada perdeu as contas de quantas vezes preparou o doce. São tantas as ocasiões em que a sobremesa é requisitada: por turistas curiosos, para ser servido na festa junina ou apenas para alimentar os nove filhos no café da manhã. Reveza esses dias no fogão com o trabalho braçal na roça, que garante comida para sua casa, ou o delicado artesanato regional – rotina típica das mulheres que moram no quilombo rural de Ivaporunduva. “Nasci, fui criada e, de certo, vou morrer aqui”, conta ...

    Leia mais

    Estudante da Ufba representará Brasil em fóruns nos EUA e Japão

    Aniele é também uma das 20 jovens escolhidas para participar do Girls 20 Summit, no Japão Do Correio 24 Horas  Aluna do quinto semestre do curso de Psicologia da Universidade Federal da Bahia, a  estudante Aniele Berenguer, 22 anos, foi selecionada entre alguns milhares de colegas para representar o Brasil em dois importantes eventos internacionais: o Brazil Conference at Harvard & MIT, em abril, nos Estados Unidos, e o Girls 20, em maio, no Japão. A Brazil Conference at Harvard & MIT é uma conferência realizada pela comunidade brasileira de estudantes na Universidade Harvard e no Massachusetts Institute of Technology, em Boston. Ela integra um grupo de 10 estudantes do país, dois de cada região, selecionados para participar do evento, que acontece de 5 a 7 de abril, nos Estados Unidos. Quando voltar para o Brasil, estudante vai replicar o conteúdo adquirido para os estudantes da Ufba (Imagem retirada ...

    Leia mais
    Marco Romão - Reprodução Facebook

    Marco Romão chega ao Orun

    Com pesar Geledés comunica que Marco Romão, companheiro, militante, articulista incansavel entra no Orun e de lá continuará olhar por nós.  Leia alguns texto de Marco Romão A mulatice intelectual e o racismo no Brasil Responda-me rápido: Mérito é hereditário? por Marcos Romão Privacidade e vida pública de Joaquim Barbosa, não é “casa de mãe Joana” – por Marcos Romão Pare de chorar negro! REAJA! Por Marcos Romão

    Leia mais
    Aretha Franklin se apresenta em cerimônia da fundação no combate à AIDS do cantor Elton John, na Catedral de São João, O Divino, em Nova York, em novembro de 2017 (Foto: Dimitrios Kambouris/Getty Images via AFP)

    No orun: Aretha Franklin, rainha do soul, morre aos 76 anos

    Aretha Franklin morreu aos 76 anos, informou o empresário da cantora. Diagnosticada com câncer em 2010, ela estava "gravemente doente". A causa da morte foi "câncer de pâncreas em estágio avançado", segundo comunicado divulgado para a imprensa, citando o médico de Aretha. Ela deixa quatro filhos. “Em um dos piores momentos das nossas vidas, não conseguimos encontrar as palavras certas para expressar a dor em nosso coração. Perdemos nossa matriarca e a sustentação da nossa família. O amor que ela tinha por seus filhos, netos, sobrinhos e primos não tinha limites", disse a família da cantora por meio de comunicado. "Estamos emocionados com todo o amor e apoio que recebemos de amigos e fãs. Obrigado pela compaixão e orações. Sentimos o amor de vocês por Aretha e ele nos trouxe conforto para entender que o legado dela vai permanecer. Em nosso luto, pedimos respeito e privacidade nessa hora difícil". Ainda ...

    Leia mais
    (Foto: Rafael Ohana/CB/D.A Press)

    Dona Ivone Lara no Orun

    A cantora Dona Ivone Lara morreu na noite desta segunda-feira (16), no Rio de Janeiro, por conta de um quadro de insuficiência cardiorrespiratória. Ela estava internada desde sexta-feira (13), data em que completou 96 anos, no Centro de Tratamento e Terapia Intensiva (CTI) da Coordenação de Emergência Regional (CER), no Leblon, na Zona Sul da cidade. Dona Ivone Lara já vinha apresentando um quadro de anemia e precisou receber doações de sangue. O estado de saúde dela já era considerado bastante grave. No hospital, a família comentou a morte da sambista. "Ela estava sempre procurando um caderninho pra escrever uma música, estava sempre cantarolando pro neto. Até a última semana ela estava super bem, com a cabeça ótima. Ela estava muito fraquinha, mas a cabeça estava ótima", contou a nora Eliana Lara Martins da Costa O filho, Alfredo Lara da Costa, destacou a mulher forte e guerreira que ela foi, ...

    Leia mais
    Foto: DANIEL VILAÇA / GAZETA DE S. PAULO

    No Orun: Morre, aos 81, a escritora e artista plástica Raquel Trindade

    Morreu na madrugada deste domingo, dia 15, a escritora, artista plástica, folclorista e dançarina Raquel Trindade, uma das figuras mais importantes da cultura regional e do país. Filha do poeta Solano Trindade, fez de Embu das Artes não só local de sua residência, mas também palco de toda sua obra. Raquel tinha 81 anos e a causa da morte não foi informada pela família. O velório acontece no Teatro Popular Solano Trindade a partir da tarde deste domingo. Amanhã seu corpo será enterrado por volta das 14 horas. O poeta Sérgio Vaz lamentou a morte da amiga escritora. “Raquel era um ser humano maravilhoso, uma mulher que através da sua arte e sabedoria nos ensinou que a luta contra o racismo, é uma luta de todos que acreditam na dignidade humana. Foi e será sempre uma honra ser contemporâneo dela. Tem gente que morre e fica ainda mais viva. Raquel ...

    Leia mais
    Foto: João Godinho

    Fátima Oliveira, uma nova estrela no Orun

    É com grande pesar que informamos o falecimento de Fátima Oliveira , amiga, companheira de luta exemplo de coragem e  força da mulher , negra , nordestina. Honraremos sua memória sempre! Geledés Instituto da Mulher Negra.   Hoje perdi uma grande amiga. Amiga que me ofertou conhecimento. Amiga que trazia as boas pingas de Minas e Maranhão. Amiga que não queria comer outra coisa que não fosse carne. Amiga de risadas. E que risadas!!. Amiga que me (nos) ensinou que acima de tudo tínhamos direito à saúde com humanidade e dignidade, para todxs as nossas enfermidades, especialmente àquelas afeitas à população negra. Feminista até as entranhas, sua contribuição é inestimável. Amiga que dizia: “ Se complicar, vai pro SUS...”e foi por onde ela nos deixou. Ela sempre acreditou, se dedicou e lutou por esse acesso por todxs nox. As Deusas a receberão com a mesma paixão que nós a admiramos ...

    Leia mais
    (Foto: AFP)

    Orun em festa, mãe Beata chegou. Odô, Ya!

    Mãe Beata Presente! Desmistificando o terreiro com a Yalorixá Mãe Beata de Iemanjá por Stephanie Nunes No dia 30 de abril, dia da Baixada Fluminense, realizamos a Roda de Conversa  A Universidade no Terreiro: Saberes e memória da Religiosidade Afro-Brasileira na Baixada Fluminense com a Yalorixá Mãe Beata de Iemanjá. A atividade foi realizada no próprio terreiro Ilê Omiojuaro, que fica em Miguel Couto, na cidade de Nova Iguaçu. Foi com muita alegria que participamos dessa atividade, que possibilitou, para muitos, desmistificar a visão negativa que é comumente construída do que é um terreiro. Descobrimos que o terreiro também é um espaço de multiculturalidade e de política. “A religião não pode se desassociar à política. Isso que nós estamos fazendo aqui é uma política cultural” (Mãe Beata). Fomos recebidos pelo Babaebé da comunidade (pai da comunidde, que tem a função de pensar como conduzir as discussões dentro do terreiro), que faz ...

    Leia mais
    (Foto: Tatiana Fortes/O POVO)

    No orun: A Kizomba de Pedrina

    Segundo o candomblé, o ser humano é regidos não por um, mas por três orixás - que são os deuses africanos que correspondem a pontos de força da natureza. Há o orixá de defesa; o da personalidade, ou orixá de cabeça; e o orixá de proteção, que vai abrindo “os caminhos”. “São essas três forças que guiam a pessoa em sua caminhada, porque para o candomblé a vida é uma caminhada”, explica a professora e consultora de marketing Pedrina de Deus. Guiada por Ogum (seu orixá de frente), Exu (cabeça) e Iansã (defesa), essa paraense de 64 anos (20 dos quais vividos em Fortaleza) fez de sua caminhada uma trajetória de retidão e de luta. “Essa é uma combinação conflituosa de orixás, mas não no sentido bélico. É uma tríade que trabalha com muito senso de justiça. São orixás muito fortes. Às vezes eles me engessam, porque me obrigam a ...

    Leia mais

    Curta Òrun Àiyé volta a Salvador com sessão única

    Quem perdeu a pré-estreia do curta Òrun Àiyé: A Criação do Mundo realizada a mais de seis meses em Salvador, ainda tem a chance de poder assistir ao filme que narra, a partir de uma animação, a trajetória de Oxalá (dublado por Carlinhos Brown) em sua missão de criar o universo junto a outras divindades, como Nanã e Olodumaré. A sessão única, com ingressos de R$10 e R$5, será realizada no sábado, dia 24, às 19h, na sala Walter da Silveira, nos Barris. A oportunidade também conta um debate com a equipe de produção e direção. Por Wynne Carvalho enviado para o Portal Geledes Os ingressos podem ser adquiridos no local no momento da realização e todo o dinheiro arrecadado será revertido em novas oficinas para os terreiros, dando continuidade ao projeto que realiza, gratuitamente, um curso de animação em Stop Motion para crianças e jovens em terreiros baianos. A ocasião também ...

    Leia mais

    Filme baiano ‘Órun Àiyé’ emite nota de repúdio após sofrer preconceito religioso

    A produção da animação baiana “Órun Àiyé” emitiu uma nota de repúdio por sofrer preconceito, após a publicação de uma nota no Bahia Notícias (clique aqui), sobre a participação do cantor Carlinhos Brown como dublador do personagem Oxalá no filme. Seguidores de outras crenças não pouparam comentários depreciando o Candomblé. “Meu Deus tem dê muita misericórdia dessa vida que ja foi vendido au satanaais! um dia ele vai tê muito arrependimento de tê juntando muito tizoro aqui ta terra e nada nu seu Jesus ele liberta!” (sic), escreveu um internauta.   Por Jamile Amine, do Bahia Notícias Em resposta aos ataques, a produção se manifestou. “É com imenso pesar que informamos que o filme Òrun Àiyé se tornou mais uma vítima da intolerância religiosa. Estamos sendo alvos de comentários preconceituoso em um post (clique aqui) sobre a dublagem feita por Carlinhos Brown na página do Bahia Notícias. Algumas pessoas têm se achado ...

    Leia mais
    Lélia Gonzales (Foto: Acervo JG/Foto Januário Garcia)

    Hoje na História, 10 de Julho de 1994, a 20 anos, Lélia Gonzalez entrava no Orun

    Ana Maria Felippe* Texto postado no Portal Geledés em 14.09.11 A guerreira Lélia Gonzalez passou à condição de "ancestral". A atualidade da luta que travou; sobre a qual refletiu e ensinou nos faz reviver um pouco de sua trajetória. Que seu exemplo seja guia nessa luta que, a cada caminhada, constatamos mais a fazer: a luta contra o racismo. Lélia Gonzalez nasceu "de Almeida", em Belo Horizonte-MG, em 1º de fevereiro de 1935. Tinha 59 anos quando faleceu, em 10 de julho de 1994, no bairro de Santa Teresa, na cidade do Rio de Janeiro. Quando Lélia era criança, sua família instalou-se no Rio, na favela do Pinto, bairro do Leblon, ao lado do Clube de Regatas do Flamengo, onde jogava (e depois foi técnico) seu irmão, Jaime de Almeida (nascido em 1920), por quem nutria enorme admiração e nos passos de quem seguiu torcendo pelo Flamengo e gostando muito de ...

    Leia mais
    samba-carioca

    Orun Ayé – ‘O Lado Negro do Brasil’

    Por: Pedro Migão   Neste domingo, a coluna "Orun Ayé", do compositor Aloísio Villar, mostra um pouco da contribuição negra ao Brasil.Na foto acima temos cinco baluartes do samba carioca: Paulo da Portela, Heitor dos Prazeres, Gilberto Alves, Bide e Marçal. Alves, a propósito, é considerado o primeiro a gravar um samba de enredo em disco.O Lado Negro do Brasil Prazer, meu nome é Aloisio Villar de Oliveira, tenho 35 anos, compositor de samba-enredo e sou negro.Sim, sou negro. Você não está vendo? Procure uma foto minha que vai rapidamente notar. Aliás, você também é negro, sabia? Seus familiares são negros, o dono desse blog é negro, o Brasil todo é negro... Até o Pelé é negro !!Somos mestiços, cafuzos, mamelucos, mulatos, índios, negros, só não somos brancos. Não pertencemos à "raça pura", não somos arianos: no nosso sangue correm vários tipos de sangue - o que as letras de ...

    Leia mais
    (Foto: Reprodução/ Youtube canal Cultne)

    Zenaide Zen – Olorun Kosi pu re. Que Olorun mantenha seu espírito em paz

    É com grande tristeza que recebemos a notícia do falecimento da atriz, artista plástica, cantora, membro do movimento negro,escritora e poeta Zenaide Zen, no último sábado, em consequência de um AVC. Zenaide foi uma grande colaboradora e deu suor e sangue na luta pelos direitos civis das populações de matrizes africanas e na inserção do artista negro nos meios de comunicação. Uma perda gigantesca para o Brasil e para as próxima gerações que não conheceram a articulação dessa grande ativista. Saravá e Axé Zenaide Zen. ATÉ UM DIA, ZENAIDE! Quem, como eu, teve a felicidade de assistir, em 1978, ao espetáculo Macunaíma, montado pela Companhia Paulista de Teatro (CPT), sob direção de Antunes filhos, certamente se lembrará da belíssima atriz negra que numa cena atravessava o palco de ponta a ponta, lentamente, careca, como o corpo nu reluzindo e chorando o tempo todo. Ela representava uma cachoeira naquela concepção teatral vanguardista para ...

    Leia mais
    zenaide zen

    Zenaide Zen – Olorun Kosi pu re. Que Olorun mantenha seu espírito em paz

    É com grande tristeza que recebemos a notícia do falecimento da atriz, artista plástica, cantora, membro do movimento negro,escritora e poeta Zenaide Zen, no último sábado, em consequência de um AVC. Zenaide foi uma grande colaboradora e deu suor e sangue na luta pelos direitos civis das populações de matrizes africanas e na inserção do artista negro nos meios de comunicação. Uma perda gigantesca para o Brasil e para as próxima gerações que não conheceram a articulação dessa grande ativista. Saravá e Axé Zenaide Zen. Zenaide Zen – entrevista a Filó – CULTNE (Youtube) "Ver a atuação de uma artista tão completa como ZENAIDE nos dá orgulho e prazer de sermos humanos. Ela sensibiliza a todos mostrando, com sua Arte, que a tolerância e a convivência entre as raças representam o único caminho para o mundo se tornar mais humano e pacífico. Ao mesmo tempo, ZENAIDE expressa toda a força ...

    Leia mais
    Abdias Nascimento em Nova York, 1997. ACERVO ABDIAS NASCIMENTO/ IPEAFRO (Foto: Chester Higgins Jr.)

    Negritude de luto: Abdias Nascimento no Olorun

    O ativista ligado à causa negra, Abdias Nascimento, morreu na noite desta segunda-feira. Adbias tinhas 97 anos e estava internado no Hospital dos Servidores, no Centro do Rio. Ele sofria de diabetes e já estava no hospital há mais de dois meses. Abdias criou, em 1944, o Teatro Experimental do Negro. O político - foi deputado federal e senador -, poeta, escultor, ator e escritor, deixa três filhos. Ele foi professor benemérito da Universidade do Estado de Nova York e doutor "Honoris Causa" pelo Estado do Rio de Janeiro e pela Universidade de Brasília. Como escritor, foi autor de vários livros, como "Sortilégio", "Dramas para negros e prólogo para brancos", "O negro revoltado", e outros. Em nota, o governador do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral, lamentou a morte de Abdias. "Abdias Nascimento foi um grande homem e pioneiro na luta pelos direitos dos negros no Estado do Rio de Janeiro, ...

    Leia mais
    zoom-dia-nacional-da-consciencia-negra-415

    SÃO PAULO: Orunmilá Convida – Osù Aikú(Mês da Imortalidade)

      CONSCIÊNCIA NEGRA 2009 Osù Aikú (Mês da Imortalidade) PROGRAMAÇÃO Dia 06/11 (sexta-feira) 20h lançamento do livro infantil “OMO OBA” de Kiusam Oliveira - doutora em Educação pela USP, mestra em Pedagogia Local: Centro Cultural Orùnmilá (Realização: Oficina Cultural Cândido Portinari)   Dia 07/11 (sábado) 9h – 18h OFICINA “A DANÇA AFRO E O MITO FEMININO DA CRIAÇÃO”(*vagas limitadas) Coordenação: Kiusam Regina de Oliveira – bailarina afro e diretora de espetáculos Local: Centro Cultural Orùnmilá (Realização: Oficina Cultural Cândido Portinari)   DIA 08/11 (domingo) 15h OJO AIKÚ* NO JARDIM JANDAIA (afoxé, música - samba, reggae, rap - hip hop, capoeira, dança afro, percussão, discotecagem, atividades circenses) Local: Rua Japurá, 3886, esquina com Paulo Marzola, Jardim Jandaia   DIA 15/11 (domingo) 15h OJO AIKÚ* NO JARDIM PROGRESSO (afoxé, música - samba, reggae, rap - hip hop, capoeira, dança afro, percussão, discotecagem, atividades circenses) Local:Rua Antídio de Almeida, S/N     16 ...

    Leia mais
    Foto Poliana Rodrigues

    Tecnologia ancestral

    Saudações,  Hoje é um dia no futuro que foi sonhado pelos nossos ancestrais.  Nessa encruzilhada em quem seus olhos encontram as minhas palavras, seu corpo dança.  Danço eu, dança você.  Vamos fazer de conta que estamos bem perto. Você me dá licença, e com a permissão do seu Ori, leio no seu semblante trejeitos herdados de um ancestral, o piscar de olhos, talvez um fogo azul cintilando atrás dos óculos quando se enfurece, a mão na cintura quando se coloca, o dedo em riste quando diz não. Leio a memória trêmula e enfurecida dos teus músculos, quando colocado de cara pro muro com as mãos na cabeça, o sorriso de canto de boca “igual o da sua mãe”, aquele gesto que lembra o parente antigo, e as pessoas dizem “é a cara do avô”.  Leio devagar e discretamente seu peito arfar com a mensagem que chega no whats up, seus ...

    Leia mais
    Página 1 de 28 1 2 28

    Últimas Postagens

    Artigos mais vistos (7dias)

    Twitter

    Welcome Back!

    Login to your account below

    Create New Account!

    Fill the forms bellow to register

    Retrieve your password

    Please enter your username or email address to reset your password.

    Add New Playlist