Resultados da pesquisa por 'PMDB'

    Áudios mostram que PMDB, DEM, Solidariedade e PSDB financiaram MBL

    O Movimento Brasil Livre (MBL), entidade civil criada em 2014 para combater a corrupção e lutar pelo impeachment de Dilma Rousseff, recebeu apoio financeiro de partidos políticos como o PMDB de Michel Temer e Eduardo Cunha, e do Solidariedade, de Paulinho da Força. O suporte vinha em forma de impressão de panfletos, uso de carros de som, entre outros auxílios. Do Jornal do Brasil  O movimento teria negociado ajuda financeira a caravanas também com a Juventude do PSDB, para custos como lanches e aluguel de ônibus, e teria tido apoio da "máquina partidária" do DEM. As informações são do portal Uol, que divulgou áudios com conversas de integrantes do movimento. O MBL ganhou projeção nas redes se colocando como um movimento apartidário e sem ligações financeiras com legendas políticas, e também pedia ajuda financeira de seus apoiadores sem ligações com partidos em redes sociais. Atualmente, continua com campanhas de arrecadação, mas se ...

    Leia mais

    Barroso, sobre a saída do PMDB do governo: “A política morreu”

    "Meu Deus do céu, essa é nossa alternativa de poder", afirmou ministro do STF Do Jornal do Brasil  Sem saber que estava sua fala estava sendo transmitida pelo sistema interno de áudio das sessões do STF, o ministro Luís Roberto Barroso criticou nesta quinta-feira (31), durante audiência com alunos da Fundação Lemann, a falta de alternância de poder e disse que "a política morreu". As declarações se referiam ao desembarque do PMDB da base aliada do governo federal. Ao ser alertado por sua chefe de gabinete de que a audiência estava sendo transmitida, Barroso respondeu: "Pede para desgravar. Ter transmitido, paciência, mas para não ter uma fita". As declarações foram feitas durante audiência realizada na sala da Primeira Turma do STF. O ministro iniciou a conversa com os alunos dizendo que falava privadamente com eles, mas o diálogo foi transmitido pelo sistema interno da Corte para todos os gabinetes. "A política ...

    Leia mais

    Bancada das empreiteiras tem DEM, PSDB, PT, PMDB e PP

    Empreiteiras investigadas pela Operação Lava Jato fizeram doações para 255 deputados nas eleições desse ano; os parlamentares que mais receberam, em ordem de volume de dinheiro, são Alexandre Leite (DEM-SP), Arthur Bisneto (PSDB-AM), Lúcio Vieira Lima (PMDB-BA), Nelson Meurer (PP-PR) e Carlos Zarattini (PT-SP); cada um foi beneficiado com mais de R$ 1 milhão cada   No, Brasil 247   As empresas investigadas na nova fase da Operação Lava Jato doaram, ao todo, R$ 47,181 milhões a 255 deputados federais eleitos no pleito de outubro. A bancada das empreiteiras envolve DEM, PSDB, PT, PMDB e PP. Seis parlamentares, segundo reportagem do Valor Econômico, receberam em suas contas mais de R$ 1 milhão cada. O principal beneficiário é o deputado Alexandre Leite (DEM-SP), reeleito para o segundo mandato. Ele recebeu R$ 2,013 milhões de empresas sob suspeita, valor que representa 47% de toda sua receita na campanha. Outros deputados que receberam ...

    Leia mais
    Asdrúbal Bentes

    Deputado Asdrúbal Bentes (PMDB) condenado por esterilização irregular de mulheres diz que não vai renunciar

      Ao tomar conhecimento que o plenário do Supremo Tribunal Federal (STF) rejeitou os últimos recursos apresentados por ele para evitar a prisão, mesmo que em regime aberto, o deputado Asdrúbal Bentes (PMDB) afirmou nesta quinta-feira que não vai renunciar ao cargo. Condenado em 2011 a três anos e um mês por esterilização cirúrgica irregular de mulheres, Bentes disse que irá a Brasília, como sempre faz, na segunda-feira à tarde, e garantiu que é inocente. — Em Brasília, vou comunicar a decisão à Câmara, para que seja instaurado o processo de cassação do mandato. Não vou renunciar. Não vou renunciar, porque entendo que fui condenado por um crime que não cometi e apenas se aplicou a teoria do domínio dos fatos, ou seja, de que eu teria conhecimento dos fatos denunciados — disse Bentes ao GLOBO, em seu escritório em Marabá. Apesar da decisão do STF, o parlamentar disse que conversará ...

    Leia mais
    partidos

    PSDB e PMDB perdem prefeituras; PT, PSD e PSB ganham peso

    O PSDB saiu menor das urnas, em comparação a 2008, e elegeu 691 prefeitos em todo o Brasil, ante as 787 prefeituras que havia conquistado na última eleição municipal. O número representa uma queda de aproximadamente 12%. Algumas das maiores perdas foram nos principais Estados que o partido governa: São Paulo (menos 32 prefeituras) e Minas Gerais (menos 13). Os tucanos, porém, perderam mais cidades no Ceará: 46 prefeituras menos do que em 2008. O PMDB ainda tem a maior base municipal, mas encolheu. O partido elegeu quase 200 prefeitos menos do que em 2008, quando tinha 1.193 prefeituras sob seu comando. O partido perdeu o comando de cidades na grande maioria dos Estados, mas cresceu em São Paulo, onde passou de 69 para 88 prefeitos eleitos. O PSB foi o partido que mais cresceu nestas eleições municipais. A sigla comandada pelo governador de Pernambuco Eduardo Campos elegeu mais de ...

    Leia mais
    cabral_rio_de_janeiro

    Vitória de Sérgio Cabral consolida a máquina do PMDB no Estado

    Reeleito com o triplo de votos de Gabeira, governador reafirma liderança da sigla e tira de evidência políticos tradicionais O governador Sérgio Cabral Filho (PMDB) foi reeleito. Com 99,9% dos votos apurados, ele chegou a 66,1% dos votos válidos. Com isso, Cabral provou sua habilidade política de conciliador e a força da máquina partidária do PMDB no Estado, avaliam analistas. Logo no início de seu primeiro mandato, em 2007, Cabral transformou em parceria a aliança selada com o presidente Lula no segundo turno das eleições em 2006. O acordo garantiu ao Estado ser um importante receptor de recursos federais. A liderança de Cabral, e do partido, foi consolidada em 2008, com a vitória do atual prefeito Eduardo Paes no maior colégio eleitoral do Rio, onde estão 40% dos eleitores fluminenses. As vitórias consecutivas fortaleceram o fim da chamada Era Cesar Maia na capital e reduziram a força de políticos locais como o ...

    Leia mais
    uai

    Dilma e Temer oficializam chapa PT-PMDB ao governo de Minas

    PT, PMDB e PC do B oficializaram na noite desta quarta-feira a candidatura do senador Hélio Costa (PMDB) para governador de Minas Gerais, em chapa que reúne ainda Patrus Ananias (PT) como candidato a vice e Fernando Pimentel (PT) para uma das duas vagas ao Senado. Ato público na Assembléia Legislativa - encerrado agora há pouco - reuniu ainda a presidenciável Dilma Roussef (PT) e o candidato a vice Michel Temer (PMDB). O evento levou à praça centenas de militantes dos três partidos. Um telão foi instalado para transmissão ao vivo dos discursos. Por toda a área, fotos de Fernando Pimentel, Dilma, Lula, Hélio Costa e Patrus, juntos. Nos discursos, elogios de parte a parte e a garantia de um governo social. Hélio Costa ressaltou a participação do PT no programa de governo, enquanto Patrus Ananias prometeu um governo voltado para os pobres. Fernando Pimentel ressaltou a importância de um ...

    Leia mais
    Patrus-Ananias

    Minas Gerais: Patrus Ananias aceita ser vice do PMDB em Minas Gerais

    Por: MÁRCIO FALCÃO e FERNANDA ODILLA   A indefinição sobre a chapa do senador Hélio Costa (PMDB) ao governo de Minas Gerais deve chegar hoje ao fim. O ex-ministro do Desenvolvimento Social Patrus Ananias vai anunciar que aceita ser vice na chapa do peemedebista.   O acordo foi fechado por Patrus numa conversa na noite de anteontem com o presidente do PT, José Eduardo Dutra, com a candidata petista à Presidência, Dilma Rousseff, e o próprio Costa.   Resistente à composição com o PMDB, Patrus, segundo aliados, fez exigências. Obteve o compromisso de que todas as negociações da campanha terão que passar por sua análise.   O receio do ex-ministro, que gerenciou o Bolsa Família --principal bandeira do primeiro mandato do governo Lula--, é que outras lideranças do PT de Minas, como o ex-prefeito Fernando Pimentel, tivessem mais influência na campanha.   Patrus também teria deixado o encontro com a ...

    Leia mais
    dilma_copy

    Dilma confirma que vice será do PMDB e culpa Serra por apagão

    Pré-candidata do PT à Presidência da República, Dilma Rousseff afirmou nesta segunda-feira que o vice em sua chapa para as eleições será do PMDB.   "É natural que haja um processo de diálogo. Nem acredito que o PMDB não fará esse processo, mas tenho certeza que o PMDB indicará o melhor nome", disse em entrevista à rádio "Jovem Pan".   Sobre o presidente da Câmara, Michel Temer, cotado para a vaga, Dilma fez elogios ao peemedebista. "Temer, sem sombra de dúvida, é um paulista respeitado, tem todas as qualidades para pleitear o posto."   Dilma também falou sobre a decisão do presidente do Banco Central, Henrique Meirelles, de permanecer no governo até o fim e abrir mão de disputar as eleições de outubro.   Para a ex-ministra da Casa Civil, Meirelles ainda não cumpriu todas as suas atividades no BC, mas, "sem sombra de dúvidas, seria um bom candidato a ...

    Leia mais
    Saul_Dorval_da_Silva-divulgao

    PMDB indica substituto para Edson Santos na SEPPIR

    Maior partido da base aliada, o PMDB já está de olho em mais uma vaga no governo de Luiz Inácio Lula da Silva: a Secretaria Especial de Políticas de Promoção da Igualdade Racial, pasta criada em 2003 e atualmente comandada pelo petista Edson Santos.   O ministro deve sair até o fim de março, pois deve tentar se reeleger deputado federal pelo Rio de Janeiro em outubro. Para o lugar dele o PMDB quer emplacar Saul Dorval da Silva, jornalista militante do movimento negro no Paraná. A indicação, segundo o partido, foi referendada durante o congresso da sigla no início do mês.   De acordo com Silva, que diz ser amigo do atual ministro, seu nome é consensual entre os partidos da base.   - Chegaram ao meu nome pelo trabalho que eu desenvolvo no Paraná.   Lula, no entanto, já declarou que "não vai inventar ministros" e pretende manter ...

    Leia mais
    cf-pt-pmdb5

    PT e PMDB dialogam para defender as políticas de combate ao racismo no Senado e Câmara Federal em 2010 22 de Outubro de 2009

    PT - Secretaria Nacional de Combate ao Racismo escreveu: *PT e PMDB dialogam para defender as políticas de combate ao racismo no Senado e Câmara Federal em 2010. * A Secretária Nacional de Combate ao Racismo do PT, Cida Abreu, o Presidente do PMDB Afro, Jorge Coutinho e a Presidente Nacional do PMDB, Iris Resende, reuniram-se no mês de outubro em Brasília, para discutir a intervenção dos dois partidos nas ações de combate ao racismo no Brasil e a construção de agenda conjunta no processo político de 2010, em questões que envolvam a temática racial no programa de governo. Os dirigentes constataram a importância da união e compromisso das instancias partidárias na política de combate ao Racismo. Para Cida Abreu "já esta pra lá de comprovado que o Governo Lula não teve medo de provar que as diferenças sociais existentes no Brasil têm como maioria representando os de etnia negra ...

    Leia mais
    RacismoCrime1

    Vereadora do PMDB denunciada por Racismo

    Fonte: Tambores dos Montes Parlamentar teria insultado colega do PT chamando-o de 'macaco', além de afirmar que não gostava de 'preto'. Em nota, ela pede perdão pelas ofensas e diz que está com problema de saúdeRicardo Beghini A vereadora Sílvia Fernanda (PMDB), de São João del-Rei, no Campo das Vertentes, é acusada de racismo. A denúncia partiu do colega Gilberto Luiz dos Santos, o Gilberto Lixeiro (PT). O caso foi registrado pela PM em boletim de ocorrência assinado por três testemunhas. Além de sanções criminais, ela corre o risco de perder o mandato, caso seja feita uma representação na Câmara. De acordo com o BO, Sílvia insultou o vereador de macaco e, em seguida, disse que não gostava de preto. Segundo o petista, o fato ocorreu na sexta-feira após encontro casual no Departamento Autônomo Municipal de Água e Esgoto (Demae). Gilberto alega que apenas brincou com o cachorro da raça ...

    Leia mais
    manifestac3a7c3a3o-contra-silvia-fernanda-6

    Vereadora do PMDB denunciada

    Parlamentar teria insultado colega do PT chamando-o de 'macaco', além de afirmar que não gostava de 'preto'. Em nota, ela pede perdão pelas ofensas e diz que está com problema de saúde   A vereadora Sílvia Fernanda (PMDB), de São João del-Rei, no Campo das Vertentes, é acusada de racismo. A denúncia partiu do colega Gilberto Luiz dos Santos, o Gilberto Lixeiro (PT). O caso foi registrado pela PM em boletim de ocorrência assinado por três testemunhas. Além de sanções criminais, ela corre o risco de perder o mandato, caso seja feita uma representação na Câmara. De acordo com o BO, Sílvia insultou o vereador de macaco e, em seguida, disse que não gostava de preto. Segundo o petista, o fato ocorreu na sexta-feira após encontro casual no Departamento Autônomo Municipal de Água e Esgoto (Demae). Gilberto alega que apenas brincou com o cachorro da raça poodle que Sílvia levava ...

    Leia mais
    Carlos Santos  (Foto: Imagem retirada do site ABN)

    Carlos Santos (1904 -1989): jornalista, advogado e primeiro governador negro no Rio Grande do Sul.

    “(...) foi ali na saudosa Oficina Dias, nessa Catedral de Trabalho, de Honra e de Natureza, que eu falei, pela primeira vez, aos meus irmãos de luta...” (Carlos Santos) Nascido na cidade portuária de Rio Grande (RS), em 9 de dezembro de 1904, Carlos da Silva Santos foi um exemplo de luta tenaz, em prol da cidadania, ao exercer cargos de relevância política. Filho do carpinteiro Manoel Ramão dos Santos e da professora de música Saturnina Bibiana da Silva Santos, teve uma trajetória marcada pelo seu imenso potencial intelectual e por realizações importantes em prol do bem- estar do ser humano. Devido às dificuldades financeiras, Carlitos – como era conhecido na infância - abandonou os estudos, aos 12 anos de idade, e empregou-se numa empresa de reparos navais, cujo nome era Oficina Dias. A formação cristã, herdada de sua mãe, refletiu-se no seu comportamento fraterno e em suas preocupações de ...

    Leia mais

    Carta a Vilma Reis: um breve resumo sobre Chico Preto

    De Cleidiana Ramos no Flor de Dente Cara Vilma Reis: Neste momento em que você tem produzido um encantamento em tantas e tantos de nós pela mensagem de esperança de que ainda é possível desafiar o racismo estruturante e estruturado por meio desta corajosa entrada na disputa pelas articulações destinadas à conquista da Prefeitura de Salvador gostaria de lhe contar um pouco da história do meu pai. Tenha paciência com o texto longo, pois já decidi assumir que isso faz parte da minha ideia de jornalismo mesmo, ou seja, não se dobrar à rapidez destes tempos modernos, e contar as histórias no tamanho que elas forem merecendo. Em 1982 eu entrei na escola pública em Iaçu. Naquela época, mesmo que já estivéssemos alfabetizados- como era o meu caso- tínhamos que aguardar a idade mínima para ingresso na rede. Meus pais recorreram à professora Altamira Miranda (Mil) para dar um apoio enquanto ...

    Leia mais
    Reprodução/YouTube

    Feira Preta leva Afrolab para Elas para quatro capitais em 2019

    Projeto de capacitação contemplado no edital Negras Potências abrirá inscrições em março Por  Fabíola Ribeiro, da Feira Preta Reprodução/YouTube São Paulo, março 2019 - Em 2019, o AFROLAB,  programa de capacitação para empreendedores negros lançado em 2018, ganha uma edição exclusiva para mulheres: o AFROLAB para Elas. Idealizado pela Feira Preta, o AFROLAB tem como objetivo apoiar, promover e impulsionar o afroempreendedorismo no Brasil, por meio da oferta de conhecimento e capacitação técnica, com foco em inovação e inventividade. O projeto, selecionado em 2018 no edital Negras Potências, levará sua metodologia inédita e exclusiva, inicialmente, para as cidades de Vitória (ES), Brasília (DF), Belém (PA) e Porto Alegre (RS), a partir de março. A iniciativa irá percorrer o país com a proposta de fortalecer, econômica, política e socialmente as mulheres negras, grupo que experimenta a desigualdade de maneira mais profunda no país. Para viabilizar o projeto, a Feira Preta criou, ...

    Leia mais
    Noam Chomsky participou do debate "O progressismo e o neoliberalismo em um mundo em desenvolvimento" / Foto: Sérgio Silva | Fundação Perseu Abramo

    Chomsky: “Crescimento da extrema-direita é consequência do neoliberalismo”

    Em seminário realizado em SP, filosófo estadunidense alerta: a democracia declina diante do poder corporativo Por Leonardo Fernandes e Pedro Ribeiro Nogueira, do Brasil de Fato  Noam Chomsky participou do debate "O progressismo e o neoliberalismo em um mundo em desenvolvimento" / Foto: Sérgio Silva | Fundação Perseu Abramo Na Suécia, país-estandarte da social democracia europeia, a extrema-direita xenófoba conquistou 17,5% dos votos em eleições realizadas nesta semana. Associando sua raiva aos imigrantes, como acontece em diversas partes da Europa, dos EUA e até no Brasil, a razão do crescimento da direita radical pode não estar tão associada ao ódio irracional contra populações vulneráveis, mas ao sentimento de abandono diante da aplicação de políticas neoliberais, como aconteceram nos últimos anos na Suécia. Essa é a opinião do renomado linguista, cientista político e filósofo Noam Chomsky, apoiado por um estudo de cinco economistas suecos que mostrava a ligação entre ...

    Leia mais

    Eleitorado feminino cresce, mas representatividade da mulher na política segue baixa em AL

    Um recente levantamento do Tribunal Regional Eleitoral (TRE) mostrou que em 2018, o eleitorado em Alagoas é composto por mais mulheres do que homens . Porém, mesmo com a presença feminina sendo maior na hora de votar, a representação da mulher na política ainda é baixa no Estado. Por Raíssa França, do Cada Minuto  (Foto: Nelson Junior/VEJA) A lei 9.504/97 foi instituída para que a participação da mulher na política pudesse ser ampliada. Ela determina o percentual de gênero de no mínimo 30% e máximo de 70% para candidaturas de cada sexo, entretanto, em Alagoas o cenário ainda é reduzido para quem é do sexo feminino. Na Assembleia Legislativa de Alagoas (ALE), dos deputados que fazem parte da ALE, só duas são mulheres . Na Câmara de Vereadores de Maceió, dos 21 vereadores, apenas seis são mulheres. Já no Senado, não ...

    Leia mais

    “A parceria com o Fundo Malala permitirá que possamos dar novos passos em ações pela promoção da igualdade de gênero e raça na educação”, diz Denise Carreira

    Denise Carreira, coordenadora executiva da ONG Ação Educativa , feminista antirracista e que trabalha na área de direitos humanos há mais de trinta anos, foi uma das três escolhidas para integrar a Rede Gulmakai do Fundo Malala, presidido pela paquistanesa Malala Yousafzai, que esteve nesta semana no Brasil. Malala, Prêmio Nobel da Paz e símbolo internacional da promoção de igualdade de gênero anunciou investimentos de US$ 770 mil no país. Além de Denise, outras duas brasileiras, Sylvia Siqueira Campos, de Pernambuco, e Ana Paula Ferreira de Lima, da Bahia, passarão a receber apoio financeiro do Fundo Malala. Denise Eloy Denise Carreira foi Relatora Nacional de Educação da Plataforma DHESCA, com assessoria de Suelaine Carneiro, coordenadora na área de Educação do Geledés – Instituto da Mulher Negra, visitando com o apoio do Ministério Público Federal várias localidades do país para investigar violações do direito à educação e fazer recomendações ...

    Leia mais

    “Apenas com mobilização social e mandatos será possível mudar o sistema eleitoral” diz Benedita da Silva

    A deputada Benedita da Silva (PT-RJ), ex-senadora e primeira vereadora negra do Rio de Janeiro, participa de um grupo de 16 parlamentares que apresentou neste mês ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) consulta para que metade da cota do chamado Fundo Eleitoral, e do tempo de propaganda eleitoral das candidaturas femininas seja destinada às mulheres negras. O Fundo Eleitoral foi criado em 2017 pelo Congresso Nacional para compensar o fim das doações por empresas, proibidas desde 2015. A iniciativa dos parlamentares foi encabeçada pela ONG Educação e Cidadania de Afrodescendentes e Carentes (Educafro). Em maio passado, o TSE determinou que 30% dos recursos desse fundo, estimado em R$ 1,7 bilhão neste ano, e do tempo de rádio e TV sejam para candidatas. A decisão veio graças à mobilização da bancada feminina que apresentou a proposta ao tribunal no ano passado. Segundo dados do TSE de 2014, apenas Benedita da Silva e Tia ...

    Leia mais
    Página 1 de 48 1 2 48

    Últimas Postagens

    Artigos mais vistos (7dias)

    Twitter

    Welcome Back!

    Login to your account below

    Create New Account!

    Fill the forms bellow to register

    Retrieve your password

    Please enter your username or email address to reset your password.

    Add New Playlist