quarta-feira, janeiro 27, 2021

Resultados da pesquisa por 'UnB'

GUI PRÍMOLA / METRÓPOLES

Em 16 anos de cotas raciais, UnB formou 4.791 pretos, pardos e indígenas

Pioneira na adoção de política de cotas raciais para acesso ao ensino superior, a Universidade de Brasília (UnB) formou 4.791 jovens pretos, pardos e indígenas desde a implantação do sistema, em 2004. Atualmente, 10.524 cotistas raciais estudam na instituição. Neste ano, denúncias de fraudes levaram a universidade a punir 25 estudantes e ex-alunos, acusados de burlar a política pública. Dezessete acusados recorrem da decisão, inédita na história da UnB, e a instituição ainda apura outras 137 denúncias de supostas irregularidades nas cotas. Ainda assim, a Universidade de Brasília ocupa as primeiras posições no ranking de inclusão racial à graduação no país. A Universidade de São Paulo (USP), por exemplo, ainda não formou cotistas. Desde 2006, a USP adota ações de inclusão social, mas o sistema de cotas só entrou em marcha em 2018, razão pela qual não há graduados nesta modalidade pela instituição. Segundo a assessoria da universidade, aproximadamente 8 mil cotistas estão matriculados ...

Leia mais

Como será o mundo pós pandemia? Pesquisadora da UnB aposta em novos valores para humanidade

Para Débora Diniz, 'é do desamparo que vamos conseguir imaginar outras formas de vida'. Professora fala ainda sobre como isolamento social rompe redes de apoio de mulheres; leia entrevista. Por Marília Marques, do G1 Débora Diniz, pesquisadora da Universidade de Brasília — Foto: Arquivo pessoal Um mês após a Organização Mundial de Saúde (OMS) declarar a pandemia de Covid-19, os países ainda estão aprendendo a lidar com regras de isolamento social, com o crescimento exponencial de casos do novocoronavírus e os impactos econômicos e sociais da doença. No Brasil, aulas foram suspensas, comércios estão fechados e as famílias de baixa renda serão atendidas por benefícios emergenciais do governo. Do outro lado, até quem passava longe do status de vulnerabilidade social se viu em busca de alternativas para contornar a crise. Em meio ao desamparo e aos aprendizados de como lidar com a situação, cientistas sociais fazem ...

Leia mais
foto- Ana Rayssa:CB:D.A Press

Única docente negra do Departamento de História da UnB luta por igualdade

Ana Flávia Magalhães Pinto busca inspirações no passado para lutar por um futuro mais igualitário por Deborah Fortuna no Correio Brasiliense foto- Ana Rayssa:CB:D.A Press “Toda a pessoa sempre é as marcas das lições diárias de outras tantas pessoas.” É assim que Ana Flávia Magalhães Pinto começa a contar sua história: com a música Caminhos do coração, de Gonzaguinha. Aos 40 anos, a professora da Universidade Brasília (UnB) entrelaça a própria trajetória com a de outras pessoas negras, como se a luta e a resistência delas, no passado, fizessem com que ela chegasse onde chegou. “Estar aqui, a despeito de todos os desafios, é honrar um esforço coletivo, o que faz com que, apesar de ser a única professora negra deste departamento (de História), eu não sinta que estou aqui sozinha”, resume a doutora. Ana dedicou a carreira profissional a estudar as narrativas de pessoas negras no ...

Leia mais
MICHAEL MELO/METRÓPOLES

Alunas da UnB desenvolvem estudos sobre questão racial no país

As pesquisas têm foco na produção de conhecimento e reparação de lacunas históricas Por Devana Babu e Vinícius Veloso, do Correio Braziliense Ser uma mulher negra na sociedade contemporânea é um desafio enorme. Enfrentar a academia pode ser mais difícil. Nas universidades brasilienses, estudantes negras de diversas áreas produzem conhecimento de alto nível, sem deixar de lado as origens, a identidade e o engajamento. Ciência com consciência é o que quatro jovens negras, entrevistadas pelo Correio, produzem. Isis Higino estudou conflitos de raça e gênero na região da Nigéria e a situação de trabalhadoras domésticas no contexto internacional(foto: Instagram/Reprodução) A estudante de mestrado Ísis Higino, de 26 anos, começou a se interessar por pesquisa logo no começo da graduação em relações internacionais, na Universidade de Brasília (UnB). A militância no Centro Acadêmico a levou à busca científica por entender seu lugar no mundo. Ainda na graduação, ...

Leia mais

MEC mira universidades por ‘balbúrdia’ e corta 30% de verba da UnB

Sem detalhar critérios, o ministro Weintraub disse que a medida considera o desempenho acadêmico aquém do esperado ou promoção de 'bagunça, evento ridículo' Do Correio Brasiliense  (Foto: Imagem retirada do site Pexels.com) O Ministério da Educação (MEC) vai cortar recursos de universidades que não apresentarem desempenho acadêmico esperado e, ao mesmo tempo, estiverem promovendo "balbúrdia" em seus câmpus, afirmou o ministro Abraham Weintraub ao jornal O Estado de S. Paulo. Três universidades já foram enquadradas nesses critérios e tiveram repasses reduzidos: a Universidade de Brasília (UnB), a Universidade Federal Fluminense (UFF) e a Universidade Federal da Bahia (UFBA), disse. Segundo ele, a Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF), em Minas Gerais, está sob avaliação. "Universidades que, em vez de procurar melhorar o desempenho acadêmico, estiverem fazendo balbúrdia, terão verbas reduzidas", disse o ministro. Weintraub não detalhou quais manifestações ocorreram nas universidades citadas, mas disse que esse ...

Leia mais

O lugar da mulher negra no cinema é destaque em evento que reúne 20 filmes na UnB

Mostra Adélia Sampaio, em homenagem à primeira diretora negra do Brasil, vai de 26 a 30 de novembro com entrada gratuita. Veja programação. Por  Luiza Garonce Do G1 Foto: Mostra Adélia Sampaio/Divulgação O lugar da mulher negra no cinema é o tema da 2ª Mostra Adélia Sampaio, que começa nesta segunda-feira (26) e vai até sexta (30), na Universidade de Brasília (UnB). Serão exibidos 20 filmes independentes, todos produzidos por diretoras negras. A entrada é gratuita. Idealizado pela cineasta e professora da faculdade de audiovisual Edileuza Penha, o evento joga luz sobre a presença feminina e negra na produção cinematográfica brasileira, atrás e à frente das câmeras. A mostra recebeu 86 inscrições de todo o Brasil. "É uma mostra que traz diferentes olhares do fazer cinematográfico negro, afirma Edileuza." Cena do filme baiano "Em busca de Lélia", de Beatriz Vieirah — Foto: Heloisa França/Divulgação ...

Leia mais
Alunos estudam na biblioteca da UnB, no campus da Asa Norte — Foto: Murilo Abreu/Secom UnB

UnB cria espaço para produção de conhecimento em direitos humanos

Local vai reunir cerca de 900 títulos, promover debates, sessões de cinema e pesquisas. Por Luiza Garonce, G1 Alunos estudam na biblioteca da UnB, no campus da Asa Norte — Foto: Murilo Abreu/Secom UnB A Universidade de Brasília (UnB) anunciou a criação de um espaço de compartilhamento e produção de informações sobre direitos humanos na Biblioteca Central (BCE). O local será inaugurado no dia 20 de novembro e vai reunir cerca de 900 obras selecionadas por professores e membros do Conselho de Direitos Humanos da UnB. São livros de diversas áreas do conhecimento, como direito, literatura, ciência política e saúde. "Parece muito, mas essas obras vão encher umas quatro estantes", disse a bibliotecária Ana Flávia, ao comparar o acervo aos 1,5 milhão de títulos disponíveis na Biblioteca Central da UnB. "A ideia é que as prateleiras sejam ocupadas com novas publicações e traduções, a partir da demanda da comunidade acadêmica." ...

Leia mais
Ilustração: Michael Morgenstern /The Chronicle

Oficinas de Literatura na Universidade de Brasília (UnB)- “Escrevivências, da inspiração à produção na perspectiva de Conceição Evaristo”

Ao idealizar a Oficina de Literatura- “Escrevivências, da inspiração à produção na perspectiva de Conceição Evaristo”- pretendemos, de fato, tornar a escritora Conceição Evaristo nossa interlocutora na comunidade acadêmica, especialmente, entre as/os estudantes negras/os do campus Planaltina (UnB-FUP) e movimentos sociais. O projeto será desenvolvido pelas oficineiras Zane do Nascimento (Ciências Sociais-UnB) e Renata Canto (Arquitetura e Urbanismo-UnB), ambas baianas e negras, que se somam a um movimento de pessoas negras que ressignificam seus olhares a partir da realidade do DF e Entorno. Por  Zane do Nascimento para o Portal Geledés  Ilustração: Michael Morgenstern /The Chronicle Além disso, o projeto foi pleiteado pelo Edital 03/2017 pela DOCCA/DAC (Diretoria de Organizações Comunitárias, Cultura e Arte). Conforme previsto pelas proponentes, os livros adquiridos serão doados para a biblioteca do campus da universidade de Brasília (UnB-FUP) que, até o momento, não conta com nenhum título da escritora Conceição Evaristo, ...

Leia mais

Professora da UnB registra boletim de ocorrência após ser ameaçada de morte

Débora Diniz foi xingada por perfis e páginas contrários à descriminalização do aborto no Brasil. Ela registrou ocorrência na Delegacia da Mulher  Por Alexandre de Paula , do Correio Braziliense Imagem Retirada do Correio Braziliense Postagens em páginas e perfis em redes sociais contrários à regularização do aborto direcionam agressões à professora da Universidade de Brasília (UnB) Debora Diniz. A docente, que trabalha diretamente com o tema e defende a descriminalização, relata também ter recebido, por ligações e mensagens, ameaças explícitas e ofensas graves. Ela registrou queixa na Delegacia Especial de Atendimento a Mulher (Deam), que apura o caso. Monstro e assassina são alguns dos adjetivos direcionados publicamente, em redes sociais, à antropóloga, que atua na Faculdade de Direito da instituição e foi escolhida em 2016 um dos cem pensadores globais pela revista norte-americana Foreign Policy, por pesquisas sobre grávidas infectadas pelo zika vírus. Diniz estuda temas como feminismo, bioética, direitos humanos e saúde. ...

Leia mais
ONU Mulheres foi uma das entidades apoiadoras da Marcha das Mulheres Negras, em 2015. À direita, a diretora-executiva da ONU Mulheres, Phumzile Mlambo-Ngcuka
Foto: ONU Mulheres/Bruno Spada

ONU e UnB promovem ‘Diálogos Mulheres Negras Rumo a um Planeta 50-50’

Os 30 anos da articulação política do movimento de mulheres negras, celebrados ao longo de 2018, são o fio condutor da atividade acadêmica “Diálogos Mulheres Negras Rumo a um Planeta 50-50: contra o Racismo e a Violência e pelo Bem Viver” que acontecerá na próxima quarta-feira (20/6), das 14h às 19h, em Brasília, informou a ONU Mulheres. ONU Mulheres foi uma das entidades apoiadoras da Marcha das Mulheres Negras, em 2015. À direita, a diretora-executiva da ONU Mulheres, Phumzile Mlambo-NgcukaFoto: ONU Mulheres/Bruno Spada Para participar do encontro, é necessário fazer inscrição pela Internet até terça-feira (19). Também haverá transmissão online. Os 30 anos da articulação política do movimento de mulheres negras, celebrados ao longo de 2018, são o fio condutor da atividade acadêmica “Diálogos Mulheres Negras Rumo a um Planeta 50-50: contra o Racismo e a Violência e pelo Bem Viver” que acontecerá na próxima quarta-feira ...

Leia mais
Foto: Beto Monteiro/Secom UnB

UnB – Perfil do estudante mostra aumento de alunos negros e de baixa renda

15 anos depois da vanguarda na política de cotas, perfil do estudante da UnB comprova ampliação do acesso de pessoas negras, de baixa renda e oriundas de escolas públicas à graduação no Andifes Beto Monteiro/Secom UnB Há exatos 15 anos, em 6 de junho de 2003, o Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão (Cepe) da Universidade de Brasília marcava o nome da instituição na vanguarda da educação pública, ao aprovar a política que determinava um percentual de 20% do total de vagas no vestibular como cota para ingresso de estudantes negros na graduação. Em 2004, aconteceu o primeiro processo seletivo com essa possibilidade de acesso. Eram passos iniciais de uma cultura que resultou em uma Universidade mais inclusiva e diversificada, em todos os aspectos. Dados levantados pelos decanatos de Ensino de Graduação (DEG) e de Planejamento, Orçamento e Avaliação Institucional (DPO) da UnB atestam que, nos ...

Leia mais

Cotas raciais: 15 anos depois, professora da UnB faz balanço sobre reserva de vagas

Universidade de Brasília foi 1ª federal do país a adotar sistema nos vestibulares. Por Marília Marques, do G1 Alunos conferem resultado de vestibular da UnB, em imagem de arquivo (Foto: (Foto: Divulgação/UnB Agência) No mês em que a política de cotas raciais da Universidade de Brasília (UnB) completa 15 anos, uma portaria publicada na última terça-feira (10), pelo governo federal, reacendeu o debate sobre o sistema que reserva vagas para negros e indígenas em seleções públicas. Com a nova medida, fica regulamentado no país que, ao se autodeclarar negro – preto ou pardo –, o candidato a um concurso público deverá passar, obrigatoriamente, por uma comissão avaliadora. A "heteroidentificação", como é chamado o procedimento, significa que a autodeclaração do candidato sobre a própria etnia será confirmada por uma banca. A medida tenta evitar fraudes, e garantir que apenas candidatos negros e indígenas sejam contemplados pelas cotas voltadas a eles. Pioneira na ...

Leia mais
Foto: Ana Carneiro/Esp.C.D.A/PRESS

Filho de diarista é aprovado em direito na UnB pelo PAS

De origem humilde, ele superou o racismo sofrido na infância e o universo da criminalidade e conseguiu conquistar uma vaga mesmo tendo feito apenas duas etapas do programa. O objetivo do rapaz é se tornar defensor público Por Felipe de Oliveira Moura*, do Correio Braziliense  Foto: Ana Carneiro/Esp.C.D.A/PRESS “Sempre achei que os estudos seriam a chave e a saída que dariam um futuro melhor para toda a minha família”, diz Roberto Augusto Brito Alves, 17 anos, aprovado em direito na Universidade de Brasília (UnB) pelo Programa de Avaliação Seriada (PAS). O resultado da seleção foi divulgado na última sexta-feira (26) e Roberto teve a alegria de ver seu nome na lista de selecionados. Caçula entre três irmãos, ele é o primeiro da família a acessar o ensino superior e está em êxtase com a notícia. Por isso, ele fez um post no Twitter, que teve enorme repercussão ...

Leia mais

Identificado um dos autores de ataque racista na UnB ocorrido em 2015

Suspeito é aluno da própria universidade. Crime envolve a adulteração de fotografias de projeto idealizado por estudante da instituição por Carlos Carone no Metropoles Dois anos após repercutir no Brasil e no exterior, um caso de racismo dentro da Universidade de Brasília (UnB) está perto do desfecho. O episódio, ocorrido em 2015, envolveu a adulteração de fotografias de um projeto idealizado pela estudante Lorena Monique Santos (foto em destaque), 23 anos, do curso de ciências sociais. Desde então, o processo estava sob responsabilidade do Ministério Público do Distrito Federal e Territórios (MPDFT). No fim de novembro deste ano, no entanto, o caso foi transferido à Polícia Civil do DF (PCDF), para início das investigações. Na semana passada, a corporação descobriu que o crime foi praticado por duas pessoas, e chegou à identidade de uma delas: trata-se de um estudante da própria UnB. A identidade dele está sendo mantida em sigilo ...

Leia mais

Estudantes da UnB se dedicam a debates de livros escritos por negros

'Na minha pele', de Lázaro Ramos, é o livro escolhido para a segunda edição de Quilombook no Correio Braziliense Crédito: Webert da Cruz/Divulgacao.Lineker Teixeira, criador do Quilombook, o clube negro do livro. Na lista dos mais vendidos do país, Na minha pele, livro lançado por Lázaro Ramos em junho, ganhou exponencial atenção depois que o autor foi um dos convidados da Festa Literária Internacional de Paraty (Flip), em julho deste ano. Pela primeira vez, a Flip contou com 30% de autores negros na programação. Um dos principais eventos literários do país se abriu ao diálogo e a reconsiderou as críticas relacionadas àfalta de diversidade na edição anterior, começando pela escolha de Lima Barreto como homenageado. Essa foi uma das razões para a obra de Lázaro Ramos ter sido eleita para a próxima edição do Quilombook – Clube Negro do Livro em Brasília. A iniciativa é de ...

Leia mais
Brasília(DF), 09/11/2016 - Ocupação Unb - Faculdade de Medicina . Foto: Rafaela Felicciano/Metrópoles

Alunos de medicina da UnB acusam professor de assédio e preconceito

Segundo estudantes, docente teria desqualificado alunos cotistas. Protesto chegou a ser realizado na quarta-feira (22/3) em sala de aula Por PEDRO ALVES, do  Metrópoles  Mais uma denúncia de assédio moral nos corredores da Universidade de Brasília (UnB) tem causado polêmica entre a comunidade acadêmica. Desta vez, são estudantes de medicina que fazem uma acusação contra o professor João Alexandre Gonçalves, do Instituto de Biologia. Os alunos alegam que o docente segrega cotistas e indígenas, colocando em xeque a capacidade deles. Na quarta-feira (22/3), estudantes fizeram um protesto silencioso na sala onde o professor daria aula. Um grupo colou cartazes na porta de entrada e no interior do local com dizeres como: “A casa grande surta quando a senzala vira médica” e “Vai ter cotista, sim”. João Gonçalves, no entanto, não compareceu ao local. Uma ex-aluna do professor conversou com o Metrópoles sob a condição de anonimato. Ela assistiu à disciplina bioquímica e biofísica médica com o ...

Leia mais

Professor da UNB cria site que disponibiliza obras em português de filósofos africanos

Para incrementar a cultura africana nas escolas e universidades brasileiras, Wanderson Flor do Nascimento, professor de filosofia da Universidade de Brasília (UNB), criou um site educativo, com obras literárias de filósofos africanos. A página Filosofia Africana  se concretizou graças a um estudo realizado por ele, que encontrou como barreira a dificuldade de acesso aos materiais. Segundo o educador, a maioria dos títulos estão disponibilizados apenas em inglês ou francês. Em entrevista ao Jornal de Brasília, Wanderson conta sobre a idealização do projeto e explica como o material contribui para a formação dos estudantes e admiradores da cultura africana. Por Ícaro Andrade Do Jornal de Brasilia 1- Como que você sentiu a necessidade de aprimorar a filosofia africana nas escolas e universidades brasileiras? Desde 2003, quando a Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional (LDB) foi modificada pela lei 10.639, determinando que conteúdos de história e cultura africana e afro-brasileira estivessem ...

Leia mais

Jovem da etnia poianaua é o primeiro indígena formado em antropologia pela UnB

O antropólogo Jósimo da Costa Constant, 27 anos, percebeu logo cedo a importância da educação para a manutenção da cultura do seu povo. Indígena da etnia poianaua, nasceu em uma aldeia do município Mâncio Lima (AC), na fronteira com o Peru. Criado com os costumes indígenas, precisou se mudar com a família para a cidade – o pai, que era professor na escola local, teve a oportunidade de cursar o ensino superior na Universidade Federal do Acre (Ufac). Do  Planeta Universitário  Como a aldeia só oferecia educação até o quinto ano do ensino fundamental, para Jósimo foi a chance de seguir com os estudos. “Senti muita dificuldade em sair de lá para estudar na cidade, me adaptar a um modo de vida diferente, passar por cima do preconceito”, lembra. Depois de concluir o ensino médio, retornou à aldeia com a família. Jósimo passou o ano seguinte lecionando na escola onde ...

Leia mais

Estudantes promovem reflexão sobre cabelos afro em mostra na UnB

Evento conta com oficina de turbantes, mesa redonda e sessões de cinema. Universitários fizeram debate sobre racismo em escola pública do DF. Do G1 Alunos de museologia da Universidade de Brasília (UnB) organizam, a partir desta terça-feira (7), uma exposição no campus Darcy Ribeiro para promover a beleza do cabelo afro e estimular a discussão sobre racismo na estética e em outras áreas. A mostra traz fotografias, pinturas, esculturas e vídeos com foco na afirmação do cabelo natural da população negra. O evento "Capilaridades" acontece até o próximo dia 15 na galeria expositiva da Biblioteca Central dos Estudantes (BCE). A mostra e todas as atividades são abertas ao público, sem custo. A inauguração nesta terça será marcada por um coquetel e apresentações musicais, a partir das 18h, e visitas guiadas a partir das 19h. Nos outros dias, a mostra recebe visitantes de segunda a sábado, das 10h às 19h. A exposição ...

Leia mais
Página 1 de 48 1 2 48

Últimas Postagens

Artigos mais vistos (7dias)

Twitter

Welcome Back!

Login to your account below

Create New Account!

Fill the forms bellow to register

Retrieve your password

Please enter your username or email address to reset your password.

Add New Playlist