Resultados da pesquisa por 'covid-19'

    Pesquisa sobre ações de enfrentamento à pandemia COVID-19 na região metropolitana de São Paulo estará disponível para preenchimento até o dia 07 de dezembro!

    Olá!   Nós, Geledés - Instituto da Mulher Negra, Rede Conhecimento Social e um grupo de coletivos e movimentos sociais, estamos realizando uma pesquisa sobre as formas de atuação e enfrentamento à pandemia da COVID-19 protagonizadas pela sociedade civil na região metropolitana de São Paulo. Buscamos identificar as problemáticas enfrentadas, as experiências, as ações e os desafios destas iniciativas. Este estudo é fundamental para visibilizar as formas de intervenção realizadas por grupos, coletivos, movimentos e instituições dos territórios, que podem trazer lições de impacto social imediato tanto para órgãos governamentais como para os organismos internacionais. É também importante por buscar deixar evidente quais são as emergências das comunidades da região em um momento de crise. A identificação das estratégias efetivas e bem-sucedidas de enfrentamento à pandemia e das necessidades dos diferentes grupos populacionais neste novo  contexto ajuda a reorientar as ações institucionais que buscam fomentar e dar suporte à atuação ...

    Leia mais

    Carta de alerta a todas as autoridades políticas e sanitárias brasileiras sobre a Covid-19

    Considerando o rápido crescimento do número de casos e de óbitos registrados em várias cidades de todas as cinco regiões do país nos últimos dias, estamos alertando as autoridades políticas sobre a gravidade da situação sanitária do país. A epidemia de Covid-19 se alastrou por todo o território nacional e o quadro verificado hoje pode em pouco tempo levar a uma situação pior do que já vivemos até aqui. Tanto nos hospitais públicos quanto privados, as taxas de ocupação estão aumentando e chegando em alguns níveis acima de 90%, o que indica que o sistema de saúde pode entrar em colapso rapidamente e o crescimento de óbitos ser maior ainda em função de falta de assistência. Neste sentido, apelamos às autoridades políticas e sanitárias para que todos os esforços sejam feitos com a finalidade de conter a transmissão do vírus SARS-CoV-2 e diminuir os danos causados pela pandemia. Temos apontado ...

    Leia mais
    covid e quilombolas

    Covid-19: PGR defende participação de quilombolas na elaboração e monitoramento de plano de combate a efeitos da pandemia

    Para Augusto Aras, STF deve dar prazo para detalhar ações, determinar distribuição de material de desinfecção e garantir acesso a hospitais Procuradoria-Geral da República Em parecer enviado ao Supremo Tribunal Federal (STF), nesta quarta-feira (4), o procurador-geral da República, Augusto Aras, entende ser adequado e necessário o deferimento de medida cautelar para que seja determinada a participação de grupos quilombolas na elaboração e monitoramento do Plano Nacional de Combate aos Efeitos da Epidemia de Covid-19 sobre as Comunidades Quilombolas, do governo federal. Também defende a fixação de prazo, estipulado pela Corte, para o detalhamento do plano, além da inclusão das medidas de distribuição de equipamentos de proteção individual, água potável e materiais de higiene e desinfecção às comunidades tradicionais, bem como viabilização do acesso de seus membros a leitos hospitalares e contenção do ingresso de terceiros em terras por eles ocupadas. A manifestação se deu na Arguição de Descumprimento de ...

    Leia mais
    geledes no enfrentamento ao coronavirus

    Boletim Observatório Covid-19 após 6 meses de pandemia no Brasil

    Desde a decretação da Covid-19 como uma pandemia, em 11 de março, até a publicação deste boletim especial do Observatório Covid-19 Fiocruz, já se passaram mais de 30 semanas epidemiológicas. O Brasil, país continental, heterogêneo e desigual, registrou no período mais de 150 mil óbitos e de 5 milhões de casos, tornando-se um dos países a sofrer o maior impacto. A Pandemia de Covid-19 produziu diversas repercussões entre os vários países e, também, entre regiões e estados brasileiros. Pode-se afirmar que se constitui em um fenômeno complexo, como múltiplas epidemias, dadas as suas manifestações em diferentes contextos sociossanitários e geopolíticos. Este boletim especial, um balanço dos seis meses da pandemia no Brasil, é um dos resultados dos trabalhos realizados no âmbito do Observatório Covid-19 Fiocruz, que faz parte do conjunto de ações da Fiocruz em resposta à Covid-19 nas suas mais variadas áreas. Integra a missão da Fiocruz de produzir, disseminar e compartilhar conhecimentos voltados para o fortalecimento e a consolidação do Sistema Único de Saúde (SUS) e que contribuam para a promoção da saúde, a qualidade de ...

    Leia mais
    Comércio reabriu em junhona capital do Amazonas (Foto: MÁRIO OLIVEIRA/SEMCOM)

    Coronavírus: como desigualdade entre ricos e pobres ajuda a explicar alta de casos de covid-19 em Manaus

    Em resumo, dados e especialistas apontam que o vírus chegou à cidade com as classes mais abastadas em rotas internacionais e nacionais e depois se espalhou com força pelos bairros mais pobres. Hospitais públicos e cemitérios ficaram lotados. As mortes em casa mais que dobraram. Quando passou o pico da doença, que matou quase 3 mil pessoas, e a cidade se reabriu, foram os mais abastados que começaram a encher leitos de hospitais privados em proporção cada vez maior porque lhes faltam duas coisas: distanciamento social, que antes os salvou mas depois deixaram de praticar, e anticorpos, que o isolamento inicial impediu que desenvolvessem. Mas para entender como a cidade chegou a uma tragédia que agora se repete, é preciso voltar ao início da pandemia. O primeiro caso oficial na capital do Amazonas surgiu em 13 de março. Uma mulher de 39 anos que voltou infectada de Londres e procurou ...

    Leia mais
    (stevanovicigor/Thinkstock/Getty Images)

    ONU Mulheres lança documento com Diretrizes para Atendimento em Casos de Violência de Gênero contra Meninas e Mulheres em Tempos da Pandemia COVID-19

    Nesta sexta-feira, 7 de agosto, a partir das 16h, em seu canal do YouTube, a ONU Mulheres Brasil lançará as Diretrizes para Atendimento em Casos de Violência de Gênero contra Meninas e Mulheres em Tempos da Pandemia COVID-19, com o objetivo de fortalecer a resposta para o enfrentamento à violência sofrida por meninas e mulheres neste período. O documento apresenta recomendações para atendimento remoto e reorganização do atendimento presencial, considerando rede de atendimento a mulheres em situação de violência e as especificidades de resposta no acolhimento às vítimas nos serviços policiais, de saúde, de abrigamento, entre outros. O evento de lançamento é realizado em parceria com a União Europeia e ocorre em celebração dos 14 anos da Lei Maria da Penha. A transmissão ao vivo no Youtube da ONU Mulheres Brasil será aberta para perguntas do público com propósito de ampliar a fortalecer as discussões acerca das políticas públicas voltadas ...

    Leia mais
    Imagem ilustrativa

    Violência contra mulheres: a “pandemia na sombra” da Covid-19

    Nos últimos meses, aumentaram os casos de violência, abuso sexual e feminicídios em África e no mundo. E este aumento pode estar, em parte, ligado à Covid-19. A Organização das Nações Unidas (ONU) já chama-de "pandemia na sombra" à violência contra mulheres. No primeiro semestre de 2020, a Libéria registou um aumento de 50% nos casos de violência de género: só entre janeiro e junho registaram-se mais de 600 casos de violação; em todo o ano de 2018 tinham sido 803. Na Nigéria, a violência sexual também aumentou durante o confinamento: em junho, os casos de duas jovens violadas e mortas chocaram o país. Já no Quénia, segundo a imprensa local, quase 4 mil estudantes engravidaram durante o encerramento das escolas, alegadamente por terem sido violadas por familiares ou agentes da polícia. "A situação já era má para as mulheres mesmo antes do coronavírus. A pandemia apenas levantou o véu sobre ...

    Leia mais
    Foto: Albari Rosa/Gazeta do Povo/Arquivo

    Dia Internacional da Alfabetização: impacto da Covid-19 sobre a igualdade na educação

    Nesta semana (08/09) foi comemorado o Dia Internacional da Alfabetização. Para a ocasião, traduzimos abaixo artigo de David Archer, chefe de participação e serviços públicos da ActionAid, entidade que faz parte do Comitê Diretivo da Campanha. No texto, Archer descreve os desafios e possíveis soluções para impedir o aumento de desigualdades educacionais no contexto de pandemia. As escolas podem atuar como uma poderosa força equalizadora em qualquer sociedade, mas a pandemia de Covid-19 poderá aprofundar as desigualdades educacionais existentes. No auge da crise de saúde do coronavírus, 1,5 bilhão de crianças estavam temporariamente fora da escola. Para as crianças privilegiadas, isso significou um novo ritmo de fazer os trabalhos escolares online em casa, mas para as crianças que vivem na pobreza, muitas vezes significa uma suspensão completa de sua educação. À medida que as crianças voltam à escola este mês, dezenas de milhões enfrentarão novos e sérios desafios, seja porque ...

    Leia mais
    Reproução/Facebook/@joaoboscoterapeuta

    João Bosco Borba morreu nesta quarta por complicações da covid-19

    Presidente da Associação Nacional dos Coletivos de Empresários afro-brasileiros (Anceabra), João Bosco Borba, morre por complicações do novo coronavírus na noite desta quarta-feira (9/9), em São Paulo. A confirmação da morte foi dada pelo diretor da entidade, Mário Nelson Carvalho. Nas redes sociais, várias mensagens de carinho ao brasiliense que teve forte participação em movimentos negros no Distrito Federal e militante pelo Partido dos Trabalhadores (PT). "As pessoas são insubstituíveis em sua existência, e quando são especiais, além da falta que fazem àqueles que as amam, deixam o mundo mais pobre. Sem o nosso amigo, o mundo perde um pouco do seu brilho, alegria e cor. Não temos palavras para expressar os nossos sentimentos. Pedimos a Deus que conforte o coração dos familiares e amigos neste momento de dor", diz uma das publicações. "Agradecemos a sua dedicação às causas sociais e pela luta incansável em defesa de uma sociedade digna, fraterna e ...

    Leia mais
    (The Burtons/Getty Images)

    Representantes de negros e de quilombolas criticam resposta do governo à Covid-19

    Representantes de entidades ligadas ao movimento negro e às comunidades quilombolas criticaram, nesta quarta-feira (20), o atendimento prestado pelo governo federal a esses segmentos da população durante a pandemia de Covid-19. Eles participaram de reunião virtual da comissão externa da Câmara dos Deputados que acompanha o enfrentamento à doença. Assessora política do Instituto de Estudos Socioeconômicos (Inesc), Carmela Zigoni acusou o governo de promover um desmonte na política de igualdade racial do País e lamentou a baixa execução do orçamento colocado à disposição do Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos (MDH). Segundo ela, o governo gastou efetivamente neste ano apenas 13% (R$ 77 milhões) dos R$ 575 milhões disponíveis. Como exemplo do desmonte, ela citou a decisão do governo de excluir, do Plano Plurianual 2020-2023, o Programa 2034, que prevê ações de enfrentamento ao racismo e de promoção da igualdade racial. Zigoni criticou ainda, em relação aos ...

    Leia mais
    Teste para coronavírus (Foto: Marijan Murat / AFP)

    Covid-19: 3,7 mil crianças de até 10 anos testaram positivo no DF

    Desde o primeiro diagnóstico do novo coronavírus no Distrito Federal, em 5 de março, a pandemia continua a avançar. Relatório mais recente da Secretaria de Saúde, divulgado nessa quinta-feira (20/8), mostra que há 143.759 infectados e 2,2 mil mortes da doença na capital. Entre os contaminados, 3.789 são crianças de até 10 anos. Além disso, a capital registrou a morte de duas crianças nessa faixa etária desde o início da pandemia. Uma dessas vítimas é um bebê de um mês e quatro dias, que morreu no Hospital Regional da Asa Norte (Hran) em 11 de junho. A menina não tinha comorbidades – outras doenças que agravam os sintomas da covid-19. No Distrito Federal, o grupo etário que mais registrou infecções pelo novo coronavírus é o de pessoas entre 30 e 39 anos. Ao todo, há 38.702 casos nessa faixa de idade. Em seguida, estão pessoas entre 40 e 49 anos ...

    Leia mais
    Uma segunda etapa do projeto prevê que ele possa ser replicado em outras favelas e periferias como um modelo de intervenção para emergências em saúde pública (foto: Peter Ilicciev)

    Covid-19: Instituições se unem para projeto inovador em favelas

    A Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), em parceria com o Conselho Comunitário de Manguinhos, Redes da Maré, Dados do Bem, SAS Brasil e União Rio, lança um projeto inovador que viabiliza o atendimento integral em saúde nas favelas e vai contribuir para o enfrentamento da pandemia de Covid-19 na Maré e em Manguinhos (RJ). O Conexão Saúde: de olho na Covid, nome que foi dado à iniciativa, conta com o apoio da gestão municipal, por meio das unidades de saúde da Área Programática local, e inclui desde a orientação e o apoio à população local, até a telemedicina, testagem molecular, rastreamento de contactantes e produção de mapas de risco dentro das comunidades. Segundo os especialistas envolvidos, essas ações, implementadas de forma estruturada, constituem uma proposta de vigilância ativa que poderia ser considerada um modelo para o enfrentamento da pandemia em favelas e dos territórios populares. “A partir do envolvimento de diversos parceiros, estamos ...

    Leia mais
    impacto social em resposta à Covid-19

    Prêmio vai reconhecer 30 iniciativas de impacto social em resposta à Covid-19

    A Folha e a Fundação Schwab lançaram nesta segunda-feira (3) o prêmio Empreendedor Social do Ano em Resposta à Covid-19 para reconhecer lideranças de destaque no enfrentamento à pandemia no Brasil. A edição especial do principal concurso de empreendedorismo social da América Latina recebe inscrições até 15 de setembro em três categorias: Ajuda Humanitária, Mitigação dos Impactos e Legado Pós-Pandemia. O regulamento do concurso pode ser encontrado no site da Folha. Já as inscrições devem ser feitas pela plataforma Prosas, parceira do Empreendedor Social nesta edição especial do prêmio. "O TOP 30 da área social é uma forma de a Folha contribuir para difundir e reconhecer as boas práticas no enfrentamento de uma crise sanitária, social e econômica sem precedentes", afirma Sérgio Dávila, diretor de Redação. ONGs, negócios sociais, movimentos, coalizões de grupos ou organizações e articulações multisetoriais vão poder se candidatar à premiação. Os finalistas de 2020 serão anunciados em novembro. A suspensão da prêmio regular em sua 16a edição ...

    Leia mais
    Reprodução

    Edital para primeira infância no contexto da pandemia da Covid-19

    Qual o pai ou a mãe que não quer uma vida melhor para seus filhos? É nas futuras gerações que vemos a oportunidade de corrigir aquilo que prejudicou nossa vida – um sonho crucial, no caso de quem vive em condições de desigualdade e que fica mais distante no contexto da pandemia da Covid-19. As crianças que estão nascendo agora em 2020 correm o risco de passar a primeira infância em um ambiente ainda mais pauperizado e vulnerável do ponto de vista social e econômico. Esse cenário levou o Fundo Baobá, em parceria com a Fundação Maria Cecilia Souto Vidigal, a Porticus América Latina e a Imaginable Futures, a lançar um edital para selecionar iniciativas de apoio a famílias que, em seu núcleo, tenham mulheres e adolescentes grávidas, mulheres que deram à luz e homens responsáveis e corresponsáveis pelo cuidado de crianças de 0 a 6 anos no contexto da ...

    Leia mais
    (Foto: Spencer Platt/Getty Images)

    Por que a COVID-19 é mais mortal para a população negra? – Artigo de Edna Araújo e Kia Caldwell

    O Brasil e os Estados Unidos têm muito em comum quando se trata do coronavírus. Ambos estão entre os países mais atingidos do mundo, onde centenas morrem diariamente. O poder público máximo dos dois países possui opiniões semelhantes sobre a forma de lidar com a pandemia e têm sido criticados por isso. E em ambos os países o vírus está afetando desproporcionalmente os negros, resultado do racismo estrutural que remonta à escravidão. Desigualdades raciais O Brasil moderno nunca legalizou a discriminação racial como as leis Jim Crow nos Estados Unidos, mas as desigualdades raciais estão profundamente arraigadas. Apesar do persistente mito do Brasil como uma integrada “democracia racial”, a discriminação no mercado de trabalho caracterizada por menores salários para brasileiros pretos e pardos mesmo quando eles têm a mesma formação educacional de brasileiros brancos, assim como . segregação residencial , que determina que as pessoas negras, em sua maioria, residam ...

    Leia mais

    MonitoraCovid-19: nota técnica alerta para riscos na volta às aulas

    A volta às aulas pode representar um perigo a mais para cerca de 9,3 milhões de brasileiros (4,4% da população total) que são idosos ou adultos (com 18 anos ou mais) com problemas crônicos de saúde e que pertencem a grupos de risco de Covid-19. Isso porque eles vivem na mesma casa que crianças e adolescentes em idade escolar (entre 3 e 17 anos). A quantidade de pessoas que pode passar a se expor ao novo coronavírus foi calculada por análise da Fiocruz feita com base na Pesquisa Nacional de Saúde (PNS 2013), que foi realizada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) em parceria com o Laboratório de Informação em Saúde (LIS) da Fiocruz. Acesse a íntegra da nota técnica produzida pelo MonitoraCovid.  São Paulo é o estado com maior número absoluto de pessoas nessa situação, cerca de 2,1 milhões de adultos e idosos em grupos de risco ...

    Leia mais

    Escola Politécnica da Fiocruz lança manual sobre biossegurança para reabertura de escolas no contexto da Covid-19

    A Escola Politécnica de Saúde Joaquim Venâncio (EPSJV/Fiocruz) lançou o ‘Manual sobre biossegurança para reabertura de escolas no contexto da Covid-19’, que reúne normas e diretrizes para retomada das aulas em segurança. O manual traz informações facilmente acessíveis, destacando as questões sanitárias, aspectos sobre a transmissão da Covid-19 e a implementação de boas práticas de biossegurança que possam contribuir para a promoção da saúde e a prevenção dessa doença nas escolas. ‘Manual sobre biossegurança para reabertura de escolas no contexto da Covid-19’ Segundo a coordenadora geral de Ensino Técnico da EPSJV, Ingrid D’avilla, que fez parte da equipe que elaborou o documento, o manual poderá contribuir para a tomada de decisão pelos gestores, trabalhadores e a comunidade das instituições de ensino. Para ela, o manual se compromete com a explicitação de fundamentos técnico-científicos da biossegurança, que necessariamente precisam ser discutidos a partir de uma perspectiva pedagógica e de ênfase na ...

    Leia mais
    Foto: EPA

    Quatro mulheres negras à frente de pesquisas sobre a covid-19

    A professora e pesquisadora da Universidade Federal Fluminense (UFF) Andrea Alice da Silva fez pós-doutorado na Universidade da Califórnia, nos Estados Unidos, em 2019, e retornou ao Brasil em fevereiro deste ano. Pouco tempo depois, sua vida teve uma mudança radical. Com a chegada do novo coronavírus, ela mudou sua linha de pesquisa e passou a se dedicar a ajudar no diagnóstico da doença. “A covid atropelou tudo. As minhas linhas de pesquisas originais estão todas paralisadas”, conta. Uma das brasileiras à frente dos estudos sobre a covid-19 no país, ela faz parte do diminuto universo de 23% de docentes negras no ensino superior do país, segundo o mais recente Censo de Ensino Superior do Inep, de 2018. Brancas são maioria (76%). A principal linha de pesquisa da professora da UFF é a hepatite C, na qual investiga como novos tratamentos para a doença são conduzidos no Brasil, já que ...

    Leia mais
    Marcelo Casal Jr./Agência Brasil

    Saúde pública e a pandemia de COVID-19 no Brasil

    Em  discussão  mais  recente  e  direcionada  as ações estatais,  podemos notar que após o Golpe de Estado de 2016, acontecimento que favoreceu a saída da presidenta Dilma Rousseff, Michel Temer na intenção de manter níveis econômicos satisfatórios, para mencionar alguns dos retrocessos, instituiu a Emenda Constitucional do Teto dos Gastos (EC nº 95/2016), que limita por 20 anos o financiamento das políticas de saúde, promoveu ainda a Revisão da Política Nacional de Atenção Básica (agosto de 2017) com mudanças na estratégia de organização dos serviços. Como assinala Bravo et al.:    Uma dessas questões é a perda de recursos federais destinados ao SUS estimada em R$ 654 bilhões de reais nesse período de 20 anos, em um cenário conservador (crescimento médio do PIB de 2% ao ano). Ao utilizar uma estimativa de crescimento maior (3% ao ano), a estimativa chega a R$ 1 trilhão. Ou seja: ao comparar a regra ...

    Leia mais
    Página 1 de 31 1 2 31

    Últimas Postagens

    Artigos mais vistos (7dias)

    Twitter

    Welcome Back!

    Login to your account below

    Create New Account!

    Fill the forms bellow to register

    Retrieve your password

    Please enter your username or email address to reset your password.

    Add New Playlist