quinta-feira, fevereiro 25, 2021

Resultados da pesquisa por 'filhos'

Arte: Luisa Amoroso

Precisamos ser mais rápidos que o racismo ao educar nossos filhos

Você sabia que estudos mostram que crianças começam a aprender sobre características raciais antes mesmo de aprender a andar? Segundo a Academia Americana de Pediatria , os pais são seus mais influentes professores, num processo muito similar ao do aprendizado linguístico; e, entre os dois e os quatro anos, elas já internalizam vieses raciais. De acordo com um estudo publicado no principal periódico da Associação Americana de Psicologia, aos seis anos elas tanto já entendem que há uma hierarquia racial como podem elas mesmas se engajarem em estereótipos racistas diretos. Em um outro estudo com crianças de três anos, conduzido por professores da Universidade do Texas, nos Estados Unidos, pesquisadores mostraram fotos de diversas crianças e perguntaram de quem elas queriam ser amigas; um terço das crianças negras disseram que queriam ser amigas apenas das crianças negras, ao passo que 86% das crianças brancas disseram querer ser amigas apenas das ...

Leia mais
Pintura do artista plástico Robinho Santana.DIVULGAÇÃO/ROBINHO SANTANA

Como criar filhos antirracistas? Uma jornada em primeira pessoa

Creio que o imperativo moral da nossa geração de pais e mães é criar filhas e filhos antirracistas. Não é uma tarefa fácil, principalmente porque somos bastante iletrados sobre o tema. Também porque, depois de séculos de genocídio, silenciamento e exclusão num dos países mais desiguais do mundo, somos insensíveis ao estrondoso barulho do racismo estrutural. Frente a esses desafios, como criar efetivamente filhos antirracistas? Antes de mais nada, precisamos entender o que é ser antirracista; e a necessidade de falar proativamente sobre o tema com nossos filhos —uma questão sobre a qual eu mesma, como mãe negra de filhos de pele clara, até recentemente tinha dúvidas. Começo pelo segundo ponto, e spoiler: os dados nos asseguram que é melhor falar, e logo. Talvez seja um choque, mas lá vai: segundo a Academia Americana de Pediatria (AAP), crianças começam a aprender sobre questões raciais desde muito cedo com seus mais ...

Leia mais
Elsimar Coutinho (Foto: Adilton Venegeroles/Ag. A Tarde)

Elsimar Coutinho e o domínio sobre o corpo de mulheres negras e seus filhos

No turbilhão de conteúdos que lotaram as redes sociais no último final de semana sobre a sucessão de violências sofridas pela criança, uma menina de 10 anos, do Espírito Santo, vítima da monstruosidade criminosa do tio, da burocracia machista do Estado e do fanatismo religioso, que tentou impedir a esperança dela ainda viver um pouco da infância, como criança que é, dois conteúdos chamaram muito atenção. Primeiro uma charge que expressa a hipocrisia e a seletividade de quem se diz lutar pela vida. Outro, mais espantoso, foi um tuíte que recomendava como forma de convencimento àquelas pessoas que se encontravam na porta do hospital, acusando médico e criança de assassinos: digam que esse ser gerado do estupro poderá crescer e se tornar um marginal. Pronto, será suficiente para que eles preguem a morte. O tuíte, em outras palavras, expressava essa ideia, relacionada diretamente ao exercício que a sociedade vem fazendo ...

Leia mais
(Foto: Getty/ Reuters/ PRBK)

‘Na escola dos meus filhos não tem negro nas salas de aula’

Quem são os negros da escola do teu filho? Coletivos de pais dos colégios Vera Cruz, Equipe, Santa Cruz, Oswald de Andrade, São Domingos, Alecrim e Instituto Singularidades têm repetido a pergunta insistentemente dentro das instituições. Aos pais e famílias que as frequentam e às equipes docentes. Um movimento que nasceu tamanha a discrepância da bolha social em que os filhos vivem somada a consciência de que é preciso fazer parte do movimento antirracismo ao lado dos negros. Quase que em sua totalidade, negros, na na vida particular dessas crianças e adolescentes, costumam ser os empregados: faxineiros, domésticas, babás, auxiliares. Uma questão que vai muito além do que é tradicionalmente chamado de racismo. É o racismo estrutural que está enraizado na sociedade de forma basilar. Em que os negros, em suas diferentes posições, garantem o alicerce dos brancos. E a fala não tem exagero. Basta olhar ao redor. Qual escola ...

Leia mais
(Foto: MIGUEL MANSO)

Parlamento aprova nacionalidade portuguesa à nascença para filhos de imigrantes que aqui residam há um ano

Com os votos contra do PSD, do CDS e do Chega, o Parlamento aprovou nesta quinta-feira as alterações à Lei da Nacionalidade que permitirão que os filhos de imigrantes legais a residir há um ano em Portugal possam ser portugueses à nascença. PS, Bloco, PCP, PAN, PEV, IL e as deputadas não-inscritas Joacine Katar Moreira e Cristina Rodrigues votaram a favor, perfazendo a maioria absoluta de que a lei orgânica necessitava para ser aprovada. O texto teve por base os projectos de lei do PCP e do PAN aprovados em Dezembro na generalidade e é um compromisso entre as medidas previstas nos dois. Na mesma altura em que foram votados os diplomas do PCP e do PAN no final do ano passado, baixou sem votação a proposta do Bloco que era muito mais abrangente e que previa a atribuição da nacionalidade portuguesa a qualquer criança que nasça em território nacional ...

Leia mais
Jô foi campeão paulista e brasileiro pelo Corinthians em 2017 — Foto: Marcos Ribolli

Jô, do Corinthians, divide capa de revista com esposa e filhos e fala sobre racismo: “É triste”

O atacante Jô, do Corinthians, foi capa da edição de julho da revista "Raça". Ele deu entrevista ao lado da mulher Claudia Silva e dos filhos Pedro e Miguel, de cinco e dois anos, respectivamente. Um dos temas da entrevista foi o racismo. O camisa 7 do Timão disse que presenciou situações que lhe causaram muita revolta, principalmente na Rússia. Ele atuou pelo CSKA de 2006 a 2008. – Na Rússia tende a ter preconceito racial. Eu joguei contra um time em que até hoje não é bem visto um negro no time. Agora tem o Malcom (no Zenit), que foi muito rejeitado pela torcida (...) Eu e Vagner Love éramos do mesmo time (CSKA) e quando a gente entrava para aquecer, jogavam casca de banana – lembrou. – Outro jogador, Welington, de outro time, nunca foi aceito. No último ano dele, a torcida colocou uma faixa no estádio, escrita ...

Leia mais
KETUT SUBIYANTO/PEXELS/REPRODUÇÃO

Mãe é demitida por não manter filhos calados durante reuniões de trabalho

Uma situação comum em tempos de pandemia custou o emprego de uma americana e causou revolta nas redes sociais. A executiva Dris Wallace contou, em publicação no Instagram, que foi demitida por não conseguir manter os filhos em silêncio durante ligações de negócio. Mãe de duas crianças (de 4 anos e de 1 ano), Dris começou a trabalhar no modelo home office em março devido à pandemia do novo coronavírus. Segundo ela, os chefes frequentemente a questionavam porque as crianças faziam tanto barulho. Os filhos de Dris ficavam brincando no quintal enquanto ela trabalhava. “A situação em que passei meus últimos três meses está além do estressante. Perdi horas, lágrimas, suor, demorei em dar um lanche ao meu filho quando ele queria, porque meu chefe precisava que eu fizesse algo imediatamente. E o que eu recebi em troca? Fui demitida”, contou Dris, que reside na Califórnia, nos Estados Unidos. A ...

Leia mais
Manifestantes carregam cartazes com os nomes de jovens mortos por ações policiais, durante o Ato Vidas Negras Importam, em Cidade Tiradentes, Zona Leste de São Paulo (Foto: Bruno Santos/ Folhapress)

‘Parem de matar nossos filhos’, dizem mães após assassinatos em SP

Em protesto organizado por 15 coletivos da periferia, do movimento negro e frentes populares, manifestantes reivindicaram respostas para a morte de cinco jovens assassinados pela polícia e para a falta de acesso à saúde na zona leste de São Paulo durante a pandemia. O ato batizado de Vidas Pretas Importam aconteceu neste sábado (4), em Cidade Tiradentes. Ele partiu da Praça 65 , na av. dos Metalúrgicos, às 13h e foi até às 17h30, terminando em frente ao Terminal Tiradentes, na capital paulista. Segundo a organização, entre 150 e 200 pessoas participaram do ato, entre eles familiares dos jovens Felipe Santos Miranda, Brayam Ferreira dos Santos e Igor Bernardo dos Santos, assassinados durante a pandemia. A manicure Ana Paula Bernardo dos Santos, 45, mãe de Igor Bernardo, 17, morto em 18 de março, esteve presente. Segundo ela, o filho foi morto com quatro tiros por ter sido confundido com outro ...

Leia mais
Foto: Shutterstock

Creche noturna: é possível? Será essa a única alternativa para filhos e filhas de trabalhadores?

O que está em questão quando se discute um projeto de lei sobre creche noturna? É grande a dificuldade, por parte de muitas mães, pais e responsáveis por bebês e crianças pequenas, para conciliar a vida profissional e as demandas da vida pessoal! Por Célia Regina Batista Serrão, do UNIFESP Foto: Shutterstock As jornadas de trabalho numa sociedade capitalista e globalizada são as mais variadas. Muitos pais e mães exercem suas atividades profissionais em horários que avançam em parte do período da noite, outras(os) estão alocadas(os) em jornadas noturnas. Há ainda os pais e as mães que estudam no período noturno. Temos também que considerar que pais e mães que trabalham no chamado “horário comercial” saem de seus empregos entre 17h e 18h30. Caso a creche ou a pré-escola não estejam nas proximidades de seu local de trabalho, terão que recorrer a terceiros para buscar seus ...

Leia mais
Foto: Carol Oms

Trabalhadoras informais temem não ter como alimentar os filhos em crise do coronavírus

Maioria em trabalhos informais, mulheres perdem renda e ainda não têm acesso ao benefício anunciado pelo governo Por Helena Berto, da AzMina Foto: Carolina Oms "Sou diarista, gente, e devido à crise do coronavírus, próxima semana qualquer kitnet no bairro por R$ 110,00”. Esse foi o primeiro post de Jennifer Monah, 30 anos, em um grupo no Facebook de um bairro de classe média de São Paulo. No dia seguinte, nova postagem. “Gente, sei que todo cuidado é pouco com o coronavírus. Mas tem muita mulher sozinha que sustenta as crianças e a casa desse dinheiro. Eu tô num mato sem cachorro (…) Trabalho de máscara, luva, o que for preciso.” Sem estabilidade, sem possibilidade de trabalhar de casa, sem direitos trabalhistas e sem benefícios do governo, Jennifer é o retrato de como as trabalhadoras informais estão sendo afetadas pela pandemia do coronavírus (Covid-19) no Brasil. ...

Leia mais
Foto: Nappy

Brasileiras têm filhos mais tarde, mas 430 mil mulheres até 19 anos deram à luz em 2018, mostra IBGE

Levantamento mostra que na última década diminui a proporção de mães com menos de 30 anos. Maior aumento no número de nascimentos foi de mães com idade entre 35 e 39 anos. Por Daniel Silveira, do G1 Foto: Nappy As mulheres brasileiras estão esperando mais tempo para serem mães, priorizando a gestação após os 30 anos de idade. É o que sugerem as Estatísticas do Registro Civil, divulgadas nesta quarta-feira (4) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). De acordo com o levantamento, entre 2008 e 2018, diminuiu o número de mulheres que tiveram filho com menos de 30 anos de idade, enquanto aumentou o daquelas que se tornaram mãe após essa idade. Também diminui a proporção daquelas que têm filhos após os 45 anos. O levantamento foi feito com base nos registros de nascidos vivos realizados pelos Cartórios de Registro Civil de Pessoas Naturais ...

Leia mais

As mães ‘órfãs’ de filhos que o Estado levou

Em plena democracia, policiais matam cidadãos e não assumem a responsabilidade pelo crime, muitas vezes acusando a vítima. Mães se unem para dar visibilidade a seus filhos mortos e cobrar a dignidade de terem a memória deles reparada Por Felipe Betim e Toni Pires, Do EL País Cr protesta em Goiânia com outras mães, no dia 20 de maio. (Foto: T. PIRES) Maria de Jesus da Silva, mãe de Renayson. Bruna Mozer, mãe de Luciano. Marilene Araújo, mãe de Eliezer. Marcia Jacinto, mãe de Henry. Cleonice de Freitas, mãe de Daniel. Arlete Roque, mãe de Alex. Bruna da Silva, mãe de Marcos Vinícius. Adriana de Farias, mãe de Wallacy. Gláucia dos Santos, mãe de Fabrício. Maria do Carmo Silveira, mãe de Thiago. Luciana Pimenta, mãe de Kauan. Luciana Lopes, mãe de Lucas. Ana Paula Oliveira, mãe de Johnatha. Marinete Silva, mãe de Marielle Franco — e, desde que ...

Leia mais

Inferno em casa: o pesadelo de pais e filhos obrigados a conviver sob mesmo teto por falta de dinheiro

É cada vez mais comum ver filhos adultos morando na casa dos pais, mesmo depois de começarem a trabalhar, por causa da incompatibilidade entre os salários e o valor dos aluguéis. Da BBC Sue ama profundamente o filho de 23 anos - mas a convivência pode ser um desafio (Foto: Imagem retirada do site BBC) A tendência é verificada não só no Brasil mas também nos Estados Unidos, em países latino-americanos e em vários países europeus, todos abalados pela crise econômica de 2008 que reduziu drasticamente as oportunidades de emprego e reduziu os salários médios. A britânica Elliott-Nicholls e seu filho, Morgan Elliott, de 23 anos, concordam que a convivência em fase adulta pode se transformar em pesadelo. Leia abaixo o relato de Sue, com comentários de Morgan. É um dia excepcionalmente quente de primavera. Chego em casa de bicicleta após um dia tranquilo no trabalho. ...

Leia mais

Esther Vivas: “A sociedade é um meio hostil às mães e à criação dos filhos”

Jornalista e escritora espanhola defende que a maternidade seja feminista e abraçada por políticas públicas. Ao EL PAÍS, autora do livro 'Mamá Desobediente' reflete sobre os desafios que as mães de hoje enfrentam Por DIANA OLIVER, do El País  (Foto: Pexels) “O ideal materno oscila entre a mãe sacrificada, a serviço da família e das crianças, e a superwomancapaz de conseguir tudo conciliando trabalho e criação dos filhos.” Com essa frase lapidar a escritora Esther Vivas inicia seu livro Mamá Desobediente. Una Mirada Feminista a la Maternidad (Na tradução literal “Mãe Desobediente. Um olhar feminista para a maternidade”, publicado na Espanha e ainda inédito no Brasil), em que a jornalista espanhola analisa os desafios das mães de hoje. Faz isso com seu habitual estilo reivindicativo e sem esquecer de onde vamos e para onde vamos, baseando-se em interessantes referências que vão das sufragistas às associações que dão visibilidade a fenômenos como a amamentação e o parto. ...

Leia mais
Foto: @ ARTSY SOLOMON

Como falar com seus filhos sobre abuso sexual

A orientação dos especialistas para tratar de um tema difícil como o abuso sexual, com crianças de todas as idades. Por  Caroline Bologna, do HuffPost A abordagem incentiva os pais a ensinar as crianças a reconhecer comportamentos dignos de confiança. (Foto: @ ARTSY SOLOMON) Em janeiro de 2018, o mundo assistiu os depoimentos nauseantes de 169 mulheres e parentes cujas vidas foram afetadas pelos crimes sexuais de Larry Nassar, ex-médico da seleção de ginástica olímpica da seleção americana e da Universidade de Michigan. Histórias como a de Nassar reforçam o desejo de pais e responsáveis de proteger as crianças de um horror que infelizmente é mais comum que se imagina. Pode ser difícil pensar no abuso sexual de crianças, mas é preciso falar do tema com crianças de todas as idades. Felizmente, há maneiras adequadas para tratar do assunto de acordo com a idade, estabelecendo as ...

Leia mais

A declaração de Maju sobre não querer filhos levanta um debate necessário

Maju Coutinho, apresentadora de meteorologia e jornalismo da TV Globo, disse que não pretende ter filhos. A declaração foi feita no programa Papo de Almoço, da Rádio Globo. Do Hypeness “Eu não tenho vontade de ser mãe. Mas gosto de crianças, porque, às vezes, tem essa ideia . Não tem nada a ver. Eu gosto delas e elas gostam de mim. Mas é outro lance, não sei explicar muito bem o que é. Não sinto vontade de ser mãe. É de dentro”, revelou. A revelação causou surpresa e isso diz muito sobre o papel da mulher na sociedade. Como a própria Maju pontuou, não se trata de gostar ou não de crianças. Na verdade, a jornalista casada há oito anos com o publicitário Agostinho Paulo Moura, se despiu de obrigações impostas por uma cultura machista. A fala de Maju é importante para acabar com a ideia ...

Leia mais
imagem- Rocco

Rocco publica o best-seller “Filhos de Sangue e Osso” no Brasil

A Editora Rocco trouxe para o Brasil em outubro um dos livros mais comentados nos EUA, inclusive estando há 34 semanas na lista de mais vendidos do The New York Times. Filhos de Sangue e Osso, da escritora Tomi Adeyemi é o título que está sendo bastante consumido pelos norte-americanos e foi distribuído em território nacional. por Victor Tadeu no Desencaixados imagem- Rocco O título foi lançando originalmente em março de 2018 e foi ganhou o prêmio da categoria melhor Jovem Adulto de 2018 pela Amazon. Esse é o livro de estreia da escritora, ela é norte-americana com origem nigeriana e teve a inspiração da obra em sua passagem no Brasil, quando ganhou uma bolsa de estudo para estudar mitologia africana em Salvador, Bahia. Children of Blood and Bone, o título original, é o primeiro livro da trilogia O Legado de Orïsha, uma história sobre a mitologia ...

Leia mais
@BRIT/Nappy

Mulheres têm cada vez menos filhos e escolhem pela maternidade tardia, aponta IBGE

Pesquisa divulgada nesta quarta-feira (31) aponta que houve aumento de nascimentos no grupo de mulheres com mais de 30 anos. Por Andréa Martinelli, do HuffPost Brasil As mulheres brasileiras têm cada vez menos filhos e escolhem cada vez mais pela maternidade tardia, entre os 30 e 39 anos. Este é um dos dados apontados pela pesquisa "Estatísticas do Registro Civil 2017", divulgada nesta quarta-feira (31), pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia Estatística), que confirma uma constante na sociedade brasileira. Desde 2013, o instituto aponta que, a cada ano, cresce o número de mulheres que contemplam este perfil no País. O total de nascimentos cujas mães possuíam menos de 30 anos caiu de 74,3% para 64,9%, entre 2016 e 2017. Segundo a pesquisa, a taxa de fecundidade entre as mulheres mais jovens vem caindo expressivamente nos últimos 10 anos. Entre 2007 e 2017, a proporção dos filhos de mães que tinham até 19 anos de idade passou de ...

Leia mais

Érico Brás defende cotas para seus filhos e dispara: “Não tem negro preso na Lava-Jato. Sabe por quê?”

Érico Brás – no ar no “Zorra” e se preparando para estrear, em novembro, na “Escolinha do Professor Raimundo” interpretando Eustáquio, personagem que foi de Grande Otelo na versão original, coleciona trabalhos de destaque na Globo, como o Jurandir de “Tapas e Beijos”. Outro personagem popular no seu repertório é o taxista Reginaldo de “Ó Paí, Ó”, que vai ganhar continuação em 2019. Engajado, o ator é conselheiro do Fundo de População da ONU e foi considerado um dos 100 negros mais influentes do mundo em uma premiação no início do mês em Nova York. Glamurama foi bater um papo com ele. Dominando a conversa, sua postura de combate ao racismo. Érico contou sobre sua origem muito humilde – “em barraco de madeira na favela” – e defendeu, por exemplo, o sistema de cotas para negros em universidades, inclusive para seus filhos, que estudam em escola particular. E mais: “Música ...

Leia mais

Como as desigualdades afetam a decisão das brasileiras em ter filhos

Mulheres com mais condições controlam sua reprodução, já as mais pobres têm mais filhos não programados, mostra relatório do UNFPA Por Clara Cerioni Do Exame Grávidas: renda e educação modificam a taxa de reprodução das brasileiras (Ricardo Funari/Getty Images) No Brasil, a escolha de engravidar ou não, e quantas vezes, ou mesmo de adiar a maternidade para trabalhar é uma questão de privilégio. No décimo país mais desigual do mundo pelo índice de Gini, mulheres com mais oportunidades financeiras e educacionais durante a vida apresentam menor taxa de fecundidade, enquanto as mais pobres ficam grávidas mais vezes e mais novas, em média. Essa é a realidade apresentada no relatório “O poder de escolha”, elaborado pelo Fundo de Populações das Nações Unidas (UNFPA) sobre direitos reprodutivos e a transição demográfica, divulgado nesta quarta-feira (17). A pesquisa revela que desigualdade econômica, falta de acesso à informação, precariedade nos serviços de saúde e má distribuição ...

Leia mais
Página 1 de 298 1 2 298

Últimas Postagens

Artigos mais vistos (7dias)

Twitter

Welcome Back!

Login to your account below

Create New Account!

Fill the forms bellow to register

Retrieve your password

Please enter your username or email address to reset your password.

Add New Playlist