Resultados da pesquisa por 'homofobia'

Foto: Westend61 via Getty Images

Denúncias contra homofobia na internet crescem 106% nos primeiros seis meses de 2021

As denúncias contra homofobia na internet registraram alta de 106% entre janeiro e a primeira metade de junho de 2021, na comparação com o mesmo período do ano passado. Os dados são da ONG SaferNet, que atua no combate aos crimes virtuais. A Central Nacional de Denúncias de Crimes Cibernéticos da SaferNet recebeu 2.529 denúncias de homofobia na internet desde o início de 2021. Neste mesmo intervalo em 2020, a associação havia registrado 1.226 denúncias. “Nós tivemos nos últimos anos um avanço muito significativo na conquista de direitos civis especialmente da população LGBT”, disse a diretora da SaferNet, Juliana Cunha. “Isso faz com que haja uma espécie de reação e uma tentativa de retrocesso dessas conquistas”. Em São Paulo, a Parada do Orgulho LGBT teve de adotar mecanismos para impedir a publicação de comentários homofóbicos durante a transmissão ao vivo na internet. Os organizadores afirmaram que, na edição de 2020, foram mais de ...

Leia mais
GEOVANA BEMBOM/METRÓPOLES

Trabalhadores vão à Justiça cobrar indenização por homofobia

“Bicha gorda, bicha feia, bicha sem graça”. João, 26, afirma que ouvia variações dessa frase diariamente de um dos gerentes da rede de lanchonete em que trabalhava desde 2018. Segundo Márcio, as ofensas estavam no armário do supermercado onde era operador de caixa há cerca de cinco anos: “viado”, “gordo”. Mariana diz que ouvia da chefe com frequência que “não tinha mãe”, pois era homossexual. Mariana, Márcio e João são nomes fictícios de trabalhadores reais que buscaram a Justiça do Trabalho em busca de indenização alegando assédio moral decorrente de episódios de homofobia de superiores e colegas de trabalho. Segundo levantamento do Datalawyer para a Folha, nos últimos cinco anos, pelo menos 2.133 ações trabalhistas citavam homofobia em seus pedidos iniciais. O valor total dessas causas somou R$ 147,7 milhões. Em média, esses processos pediam R$ 142,7 mil, valor que inclui o total de verbas pedidas pelos trabalhadores, e não ...

Leia mais
Lei pune clubes e pode proibir torcedores de frequentar os estádios de futebol — Foto: Albari Rosa/Gazeta do Povo

Governo do Paraná aprova lei que pune casos de homofobia e racismo em estádios de futebol

O governador do Paraná, Ratinho Júnior (PSD), sancionou a lei que prevê punição para torcedores, dirigentes e clubes por atos de racismo e homofobia em estádios de futebol no Paraná. Estão previstas advertência, multa e proibição de frequentar jogos de um a quatro anos. A lei foi publicada no Diário Oficial na última sexta-feira. Esta segunda-feira é marcada pelo Dia de Combate à Homofobia. A lei, que ganhou emendas, prevê também sanções atos de intolerância étnica, religiosa e de xenofobia praticados nos estádios e em um raio de até cinco quilômetros dos locais dos jogos. Na cotação atual, as multas para torcedores podem variar de R$ 5,6 mil a R$ 22,4 mil. Para clubes e dirigentes, o valor varia de R$ 56 mil a R$ 112 mil. As penalidades serão aplicadas gradativamente, com base na gravidade do fato, reincidência e capacidade econômica do infrator. O texto prevê que as multas ...

Leia mais
Medida vale para todos os estádios no Paraná — Foto: Matheus Sebenello/NeoPhoto

Deputados aprovam projeto que prevê punição por atos de racismo e homofobia em estádios no Paraná

Deputados estaduais aprovaram o projeto de lei que prevê punição para torcedores, dirigentes e clubes por atos de racismo e homofobia em estádios de futebol no Paraná. Entre as punições, estão previstas advertência, multa e proibição de frequentar jogos de um a quatro anos. A votação em segundo turno na Assembleia Legislativa do Paraná (Alep) foi realizada na segunda-feira. A redação final consta na pauta da sessão de terça-feira (20). Depois, o projeto irá a sanção do governador Ratinho Junior (PSD). Segundo o projeto, que ganhou emendas, também estarão sujeitos a sanções atos de intolerância étnica, religiosa e de xenofobia praticados nos estádios e em um raio de até 5 km dos locais dos jogos. Na cotação atual, as multas para torcedores podem variar de R$ 5,6 mil a R$ 22,4 mil. Para clubes e dirigentes, o valor varia de R$ 56 mil a R$ 112 mil. De acordo com ...

Leia mais
Pequena manifestação na avenida Paulista em homenagem a Plínio, homossexual assassinado - Marina Garcia/Folhapress

Justiça adia para maio júri de acusado de matar cabeleireiro por homofobia em 2018

A Justiça de São Paulo adiou para o dia 5 de maio, às 13h, o início do júri do cozinheiro Fuvio Rodrigues de Matos, que está preso preventivamente acusado de ofender, esfaquear e matar o cabeleireiro Plínio Henrique de Almeida Lima. O crime aconteceu em 2018 e o motivo é apontado como homofobia, já que a vítima era gay e tinha 30 anos. Plínio Henrique de Almeida Lima foi morto na Paulista — Foto: Arquivo Pessoal O julgamento do réu estava marcado para a tarde desta segunda-feira (22) no Fórum Criminal da Barra Funda, na Zona Oeste da capital. Mas foi adiado porque, segundo o Tribunal de Justiça (TJ), o defensor público Daniel Guimarães Zveibill que faria a defesa do réu está “doente”. Não foi informada a doença. O adiamento foi determinado pela juíza Marcela Raia de Sant’Anna. “ está com Covid”, disse ao G1 ...

Leia mais

Intolerância religiosa, racismo, misoginia e homofobia serão temas de um dos carnavais mais politizados do Grupo Especial

Em 2020, mesmo enredos aparentemente menos engajados flertarão com questões contemporâneas Por Rafael Galdo, Do O Globo Hélio de la Peña, Carla Cristine e Nando Cunha vão desfilar no Salgueiro, que leva para a Avenida discussão sobre o racismo (Foto: Marcelo Theobald / Agência O Globo / Agência O Globo) A imagem de Jesus pregado a uma cruz que chegará a 20 metros de altura, na Mangueira. Mulheres ativistas e o símbolo do feminismo estampado em fantasias da Viradouro. Um “planeta fome” na Mocidade. No Salgueiro, a homenagem a artistas negros que lutam contra o racismo. E, na Grande Rio, padres, pastores, pais e mães de santo juntos, numa alegoria para representar um terreiro de candomblé. Impassível ninguém ficará aos desfiles do Grupo Especial que começam hoje à noite na Sapucaí. Aprofundando um rumo trilhado nos últimos carnavais, o deste ano levará ao Sambódromo assuntos que ...

Leia mais
Brighton e Chelsea empataram em 1 a 1, nesta quarta-feira (Foto: Getty Images)

Torcedores são presos por racismo e homofobia em Brighton x Chelsea

Os três detidos durante empate em 1 a 1, no dia 1º de janeiro, aguardam julgamento; Paul Barber, executivo do time da casa, declara repugnância aos atos: 'Estamos cansados' No Lance! Brighton e Chelsea empataram em 1 a 1, nesta quarta-feira (Foto: Getty Images) Três torcedores foram presos por ofensas racistas e homofóbicas durante o empate em 1 a 1 entre Brighton e Chelsea, no dia 1º de janeiro, na Amex Arena, pela 21ª rodada do Campeonato Inglês. As detenções foram anunciadas em comunicado do clube do litoral sul britânico, mandante da partida. O Brighton informou que dois homens foram expulsos do estádio por conta de insultos racistas a jogadores do Chelsea, e outro visitante por supostas ofensas homofóbicas em direção a torcedores locais . “Todos os três foram detidos pela polícia fora do estádio e aguardam julgamento”, informou o comunicado. - Mais uma vez nossa ...

Leia mais

‘Me chamar de ‘viado’ não é ofensa. Tomar 4 tiros, sim’, diz vítima de homofobia na Bahia

Jovem levou quatro tiros após beijar rapaz em bar de Camaçari, na região metropolitana de Salvador (BA), no último domingo (20). Do HuffPostBrasil “Me chamar de ‘viado’ não é ofensa. Tomar 4 tiros, sim. Uma dor irreparável, além de física, emocional e psicológica. Não sei como será de agora em diante, não sei se serei mais o mesmo.” A frase acima é do jovem Marcelo Macedo, de 33 anos, que levou quatro tiros após beijar um rapaz dentro de um bar em Camaçari, sua cidade natal, na região metropolitana de Salvador, Bahia. O caso aconteceu no último domingo (20). Nesta sexta, ainda em recuperação, ele publicou um relato emocionante em seu perfil do Instagram sobre o ataque que sofreu. Em seu texto, ele agradece o apoio que vem recebendo de amigos e familiares na última semana e ressalta que este carinho é o que o motivou a se manifestar publicamente ...

Leia mais

Jovens que aparecem em vídeo agredindo outro por ser gay são indiciados por homofobia

Delegado entendeu que todo o material que foi colhido nas investigações se enquadra na Lei do Racismo. Defesa não encaminhou posicionamento até o final desta reportagem Por Joao Paulo Alexandre, do Mais Goías  Câmeras de seguranças flagraram o momento da agressão (Imagens divulgadas pela PC) Três jovens foram indiciados pela Polícia Civil (PC) pelo crime de homofobia contra A.M.C.O.F., no último dia 6 de julho. O caso foi registrado por câmeras de segurança do local, em que os estudantes de Educação Física, Caio Cesar Rodrigues Sampaio e Lucas Vilela Martins, foram flagrados agredindo fisicamente outro jovem pelo fato de ser gay. Por isso, os dois também irão responder por lesão corporal. Segundo o delegado Carlos Caetano, o inquérito foi encerrado na tarde da última quinta-feira (25) e deve ser encaminhado ao Ministério Público (MP-GO) na próxima segunda-feira (29). Isso porque, nesta sexta-feira (26), foi decretado feriado nas repartições públicas devido ...

Leia mais
Only 5% of Russians are in favour of same-sex marriage, according to a recent survey. Image: REUTERS/Jose Luis Gonzale

Maioria do STF vota por enquadrar homofobia como crime de racismo; julgamento é suspenso

Até o momento, 6 ministros votaram nesse sentido; análise será retomada em 5 de junho. Para maioria, homofobia será punida como o racismo até que Congresso legisle sobre o tema. Por Rosanne D’Agostino e Mariana Oliveira, do G1  Image: REUTERS/Jose Luis Gonzale O Supremo Tribunal Federal (STF) formou maioria nesta quinta-feira (23) para enquadrar a homofobia e a transfobia como crimes de racismo. Até o momento, seis dos 11 ministros votaram nesse sentido. A sessão desta quinta marcou o quinto dia de julgamento sobre a criminalização de condutas discriminatórias contra a comunidade LGBTI. A análise será retomada no dia 5 de junho com os votos de cinco ministros As ações pedem a criminalização de todas as formas de ofensas, individuais e coletivas, homicídios, agressões e discriminações motivadas pela orientação sexual e/ou identidade de gênero, real ou suposta, da vítima. Até o momento, votaram para enquadrar homofobia ...

Leia mais
FernandoPodolski via Getty Images Proposta equipara discriminação a pessoas LGBT ao crime de racismo às vésperas de retomada de julgamento no STF

Criminalização da homofobia é aprovada na CCJ do Senado

Proposta equipara discriminação a pessoas LGBT ao crime de racismo às vésperas de retomada de julgamento no STF. Texto vai para a Câmara. Marcella Fernandes no HuffPostBrasil FernandoPodolski via Getty Images Proposta equipara discriminação a pessoas LGBT ao crime de racismo às vésperas de retomada de julgamento no STF Às vésperas de o Supremo Tribunal Federal (STF) retomar o julgamento da criminalização da homofobia, a Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado aprovou, nesta quarta-feira (22), um projeto de lei com o mesmo objetivo. A movimentação busca evitar o que parlamentares consideram uma extrapolação de poder do Judiciário. O Projeto de Lei 672/ 2019 inclui na Lei do Racismo crimes de discriminação por orientação sexual ou de identidade de gênero. O parecer do relator, senador Alessandro Vieira (Cidadania-SE), incluiu a proibição de “impedir ou restringir a manifestação razoável de afetividade de qualquer pessoa em local ...

Leia mais

MPF acusa União de censura, racismo e homofobia por vetar propaganda do BB

O Ministério Público Federal (MPF) do Rio Grande do Sul ajuizou ação civil pública contra a União por "ilegal veto (censura) imposto à peça publicitária do Banco do Brasil denominada "Selfie", estrelada por atores e atrizes em sua maioria negros (mas também outros brancos), tatuados, com cabelos coloridos e uma personagem transexual, que visava trabalhar a diversidade racial e de orientação sexual e de identidade de gênero brasileira". por Gabriel Wainer no UOL Reprodução / Youtube A ação pede à Justiça que a exibição da propaganda seja retomada, conforme contratação original da mídia, e que a União pague, por dano moral coletivo, indenização de R$ 51 milhões, o equivalente a três vezes o custo do anúncio e sua veiculação. O "montante deverá ser aplicado em campanha de conscientização de enfrentamento ao racismo e à homofobia", diz a ação assinada pelo procurador da República Enrico Rodrigues de ...

Leia mais
O ministro Luiz Fux em sessão plenária do STF - Pedro Ladeira:Folhapress

Fux dá indicativo de voto pela criminalização da homofobia como racismo

4 dos 11 ministros já declararam voto em favor dessa tipificação do crime por Catia Seabra no Folha de São Paulo O ministro Luiz Fux em sessão plenária do STF - Pedro Ladeira:Folhapress O ministro Luiz Fux, do STF (Supremo Tribunal Federal), deu nesta sexta-feira (29) mostras de que deverá votar pelo enquadramento da homofobia como crime de racismo, tema em pauta na corte. No Tribunal, 4 dos 11 ministros já declararam voto em favor da tipificação da homofobia como crime de racismo. Mantida essa tendência, Fux será o quinto a endossar a criminalização dos atos contra homossexuais nos moldes da Lei contra o Racismo. Na manhã desta sexta-feira, Fux não só chamou de memorável o voto do decano (Celso de Mello) pela criminalização, como também lembrou que o STF estabelece que o racismo é atentado contra a raça humana, seja muçulmano, judeu, católico ou adepto ...

Leia mais
Getty ImagesKevin Mazur

Contra homofobia, Beyoncé faz bandeira LGBT humana no palco; assista

Sempre surpreendendo, a cantora Beyoncé fez uma bandeira LGBT humana com todos os seus bailarinos em seu último show no Global Citizen Festival na África do Sul no último domingo (2). Por Pedro Hmc, no Põe na roda   Beyoncé no Global Citizen Festival (Foto: Getty Images/Kevin Mazur)   O gesto foi um protesto visual em um continente ainda tão homofóbico como é a África, onde a homossexualidade chega a ser crime em muitos países ainda hoje. Atração de encerramento do festival em Johannesburgo, Queen B arrasou em um figurino amarelo junto de seus bailarinos nas outras cores da bandeira enquanto cantava o hino militante Formation. Assista alguns trechos abaixos divulgados por internautas fãs da cantora:   Beyoncé performing “Formation” in her Pride-Inspired outfit. 🌈 pic.twitter.com/LCwacOl4u6 — BEYONCÉ HUB (@theyoncehub) 2 de dezembro de 2018   A homossexualidade ainda é criminalizada em diversos países da África, ...

Leia mais
Foto- Reprodução:Instagram

Jaden Smith anuncia que está namorando rapper famoso acusado de homofobia

O garoto contou a novidade durante o show e ainda reafirmou por Twitter no Caras UOL Foto- Reprodução:Instagram Jaden Smith estava apresentando o seu show e acabou surpreendendo todo o seu público com uma declaração inesperada. O filho de Will Smith se declarou para o rapper Tyler, The Creator em cima do palco e ainda garantiu que os dois estão em um relacionamento. O registro do momento já viralizou nas redes sociais e tem agitado bastante a web. O músico que estaria vivendo um romance com o ator já foi acusado de práticas homofóbicas anteriormente, mas nos últimos meses tem deixado brechas sobre a sua real sexualidade. "Eu só quero dizer que o Tyler, The Creator é o meu melhor amigo no mundo inteiro. Eu amo demais o Tyler e quero dizer uma coisa para vocês. Eu quero dizer. O Tyler não quer contar, mas eu ...

Leia mais
Walter Craveiro/Divulgação/G1

Brasil desperdiça poetas por racismo, misoginia e homofobia, dizem estudiosos de Luiz Gama e Hilda Machado

Mesa desta sexta juntou Lígia Ferreira e Ricardo Domeneck para falar sobre nomes 'ignorados' pela crítica que ficaram fora do cânone literário. Eles foram chamados de 'garimpeiros da literatura'. Por Cauê Muraro, G1 A partir da esquerda: a mediadora Rita Palmeira, Lígia Ferreira (pesquisadora da obra de Luiz Gama) e Ricardo Domeneck (pesquisador da obra de Hilda Machado) na mesa 'Poeta na torre de capim', que abriu a programação da Flip 2018 nesta sexta-feira (27) Foto: Walter Craveiro/Divulgação/G1 O Brasil desperdiça poetas e escritores e os deixa fora do cânone literário por racismo, mosigonia e homofobia. Essa foi uma das conclusões da mesa que abriu nesta sexta-feira (27) a programação da 16ª Festa Literária Internacional de Paraty (Flip). O encontro juntou, Lígia Ferreira e Ricardo Domeneck, pesquisadores que estudam justamente obra de poetas "ignorados por leitores" e "silenciados pela crítica": o ex-escravo, poeta, escritor e abolicionista ...

Leia mais
Luana Barbosa dos Reis morreu após abordagem da PM em Ribeirão Preto (Foto: Reprodução/EPTV)

Irmã de Luana Barbosa alega racismo e homofobia, e pede ‘júri popular’ a PMs

Testemunhas foram ouvidas na 1ª audiência do caso, marcada por manifestação na porta do Fórum. Defesas nega agressão e pedem julgamento de policiais por lesão corporal seguida de morte. Do G1 Luana Barbosa dos Reis morreu após abordagem da PM em Ribeirão Preto (Foto: Reprodução/EPTV) A primeira audiência de instrução sobre a morte de Luana Barbosa dos Reis, após uma abordagem policial em Ribeirão Preto (SP), foi marcada por protestos de movimentos negros e LGBT, na tarde desta quarta-feira (18). O caso ganhou repercussão depois que a ONU Mulheres e o Alto Comissariado da ONU para os Direitos Humanos (ACNUDH) afirmaram se tratar de "caso emblemático da prevalência e gravidade da violência racista, de gênero e lesbofóbica no Brasil." Segurando cartazes e gritando palavras de ordem, como “Luana, presente”, os manifestantes ficaram em frente à entrada principal do Fórum, por onde passaram os familiares de Luana ...

Leia mais

Copa do Mundo de 2018 coloca racismo, machismo e homofobia em evidência

Nunca antes um mundial expôs tanto pautas de raça, gênero e orientação sexual como a Copa do Mundo da Rússia. Boa notícia é que o holofote nas opressões gerou reações Por Ivan Longo Do Revista Fórum Foto: The Hidden Flag/Reprodução A capacidade de um esporte de massas de funcionar como um espelho da sociedade foi, mais uma vez, comprovada na Copa do Mundo da Rússia. Nem só de futebol se faz uma Copa, mas de tudo que acontece ao longo de um mês de competições que envolvem culturas, países e realidades diferentes em um só lugar. O poder de exposição e mobilização da internet e das redes sociais, que só aumenta ano a ano, trouxe a este mundial, no entanto, um ingrediente a mais. Episódios de racismo, homofobia e machismo que são tão presentes no mundo do futebol, mas por vezes invisibilizados, não passaram despercebidos ao ...

Leia mais

7 famosos que perderam trabalhos por racismo ou homofobia

Hollywood ainda é um lugar muito preconceituoso – largamente porque o mundo ao redor de Hollywood ainda é um lugar muito preconceituoso, e é um sample da vontade do público dominante que a indústria do cinema busca representar, infelizmente. por Caio Coletti no Observatório do Cinema Abaixo, confira famosos que perderam trabalho por racismo ou homofobia: Observatório do Cinema JAMIE FOXX | Foxx confessou que foi barrado da produção de um musical durante seus anos de faculdade por ser negro: “Eles precisavam de um tenor, e haviam me visto cantando em algum outro lugar. Então, na verdade, foi a produção do musical que veio até mim – mas eles não me deixaram entrar no palco, eu só podia cantar atrás das cortinas”. Observatório do Cinema RUPERT EVERETT | O astro de 59 anos afirmou que perdeu “três em cada quatro” papéis para os quais foi testado ...

Leia mais

“Um negão desse tamanho ser gay?!” Uma conversa sobre racismo e homofobia

Fórum conversou com Hebert Vinícius Miranda, o Jump, poeta do subúrbio do Rio de Janeiro viralizou nas redes sociais com um vídeo em que fala sobre racismo e homofobia. Assista a entrevista Por Felipe Martins, da Revista Fórum  Foto:  Julio Campagnolo No auge da polêmica provocada pela liminar judicial que autorizou a famigerada “cura gay”, o vídeo de um poeta do subúrbio do Rio de Janeiro viralizou nas redes sociais com mais de 500 mil visualizações. Hebert Vinícius Miranda ou Jump, apelido que ganhou no tempo de atleta do salto em distância, retratou nas poderosas rimas a hipocrisia da sociedade brasileira que prega contra o respeito às identidades de gênero durante o dia e “acessa escondido o pornô transex”. Morador de Vigário Geral, um dos bairros mais pobres da cidade, Jump abordou na entrevista em vídeo que acompanha esta matéria a realidade de ser negro, LGBT e periférico no Brasil: ...

Leia mais
Página 1 de 78 1 2 78

Últimas Postagens

Artigos mais vistos (7dias)

No Content Available

Twitter

Welcome Back!

Login to your account below

Retrieve your password

Please enter your username or email address to reset your password.

Add New Playlist