Resultados da pesquisa por 'homossexuais'

    Uma pessoa doa sangue durante a pandemia de coronavírus em Salvador. (Foto: Reprodução/ HEMOBA)

    Em decisão histórica, STF derruba restrição de doação de sangue por homossexuais

    O designer gráfico M.S., de 26 anos, sempre mentiu ao doar sangue. Homossexual, ele é oficialmente proibido pela Anvisa (Agência de Vigilância Sanitária), por meio da Resolução RDC nº 34/14, e pelo Ministério da Saúde (Portaria nº 158/16) de fazer tal doação, já que ambas instituições determinam que homens que mantiverem relações sexuais com outros homens nos últimos 12 meses não podem fazer a doação. “Negava minha orientação sexual porque acreditava que era por um bem maior, um ato de solidariedade”, diz o jovem. Agora, ele não precisará mais mentir. O Supremo Tribunal Federal (STF) derrubou essa restrição, com a maioria dos votos (7 a 4) nesta sexta-feira considerando-a inconstitucional e discriminatória. O tema foi discutido na Ação Direta de Inconstitucionalidade (ADI) 5543, ajuizada em junho de 2016 pelo PSB, e começou a ser julgado em outubro de 2017, mas foi interrompido por pedido de vista do ministro Gilmar Mendes. ...

    Leia mais
    Refugiados LGBT de Uganda e outros países da África se protegem em campo no Quênia — Foto: Thomson Reuters Foundation/Reuters

    Uganda desiste de aplicar pena de morte para homossexuais

    Governo não vai mais propor ao Parlamento esse tipo de punição após pressão de doadores estrangeiros ao país. No G1 Refugiados LGBT de Uganda e outros países da África se protegem em campo no Quênia (Foto: Thomson Reuters Foundation/Reuters) Uganda não vai mais impor pena de morte para quem praticar relações homossexuais, anunciou um porta-voz da Presidência nesta segunda-feira (14) à agência Reuters. O governo do país africano anunciou na quinta-feira passada a intenção de apresentar ao Parlamento proposta para restabelecer a pena de morte para homossexuais. No entanto, o projeto recebeu críticas pelo mundo – inclusive de empresas que doam para Uganda. "Não há planos do governo de introduzir uma lei como essa", disse à Reuters o porta-voz da Presidência Don Wanyama. Ainda assim, Uganda ainda pune relações homossexuais com prisão perpétua – uma lei que remonta à época da colonização britânica do país. Brunei ...

    Leia mais
    Desenho encontrado na pasta do prontuário de J.U., paciente do Sanatório Pinel de origem japonesa que gostava de retratar paisagens camponesas e que nunca teve um diagnóstico definido. Em liberdade, ele era trabalhador do campo

    Pacientes do Sanatório Pinel incluíam homossexuais e mulheres cultas

    Cartas revelam o drama de quem foi internado à força pelos familiares por ter comportamentos “indesejáveis” Por Ivanir Ferreira, no Jornal da USP   Desenho encontrado na pasta do prontuário de J.U., paciente do Sanatório Pinel de origem japonesa que gostava de retratar paisagens camponesas e que nunca teve um diagnóstico definido. Em liberdade, ele era trabalhador do campo. (Imagem: Reprodução/Jornal da USP) A jovem D.D.R., de 28 anos, era dócil, casada e diariamente se ocupava dos cuidados dos filhos e da casa na São Paulo da década de 1930. Mas tinha como “mau hábito” o prazer da leitura. A alegação dos familiares para interná-la em um hospital psiquiátrico foi que, nos últimos tempos, D.D.R havia apresentado uma mudança radical de comportamento em virtude dos livros que andava lendo, cujo conteúdo tratava dos direitos da mulher e da emancipação feminina. Na carta encontrada em seu prontuário médico, ...

    Leia mais

    Estudo diz que muitos homofóbicos são homossexuais enrustidos

    O Departamento de Psicologia da Universidade da Georgia (EUA) concluiu que 'homofóbicos são gays enrustidos'; os pesquisadores recrutaram homens, declaradamente heterossexuais; eles enfrentaram uma bateria de perguntas que os dividiu em dois grupos: os que se sentiam mais e o que se sentiam menos desconfortáveis com o assunto homossexualidade; em seguida todos foram equipados com um pletismógrafo peniano, aparelho que mede o grau de excitação do pênis em resposta a imagens; os participantes assistiram a cenas de sexo heterossexual, entre duas mulheres e depois entre dois homens; na última situação, cobaias do grupo com mais tendências homofóbicas tiveram quatro vezes mais aumento de volume peniano do que os do grupo formado por quem não se incomodava com homossexuais (Foto: Romulo Faro) Do Brasil247 O Departamento de Psicologia da Universidade da Georgia (EUA) concluiu que 'homofóbicos são gays enrustidos'. Na maioria dos casos, há um conflito tão ...

    Leia mais

    Agressão a homossexuais: SP tem 25 denúncias por mês

    Em seis meses, foram 153 ligações ao Disque 100 em São Paulo, que concentra maioria dos casos no Gazeta de Taubaté Em seis meses, foram registrados 153 chamados de violência contra homossexuais no estado de São Paulo, pelo Disque 100 do Governo Federal, o equivalente a uma média de 25 denúncias realizadas por mês. Os casos representam 17,41% das denúncias do país inteiro, de acordo com dados divulgados pela Secretaria Especial de Direitos Humanos da Presidência da República, o Disque 100 – canal de denúncias sobre violação de direitos humanos. Na região, por exemplo, São José dos Campos registrou quatro chamados de ocorrências homofóbicas no ‘Disque 100’ neste primeiro semestre do ano. Enquanto em Taubaté, nenhum caso foi apresentado em 2016. Já no ano passado, a cidade registrou dois casos. “Existem muitas agressões gratuitas, simplesmente pela pessoa ser homossexual. O preconceito é o principal vilão desses atos de violência”, afirmou o ...

    Leia mais

    Não há justificativas para que homossexuais sejam impedidos de doar sangue

    Quanto vale a vida humana? Depende. Para o Estado Brasileiro a vida vale proporcionalmente os limites de uma discriminação no mínimo imoral, que desperdiça ou deixa de arrecadar mais de 18 milhões de litros de sangue por ano baseado numa seleção sanguínea heteronormativa excludente e preconceituosa. Enquanto isso, milhares de pessoas estão na fila de espera para realização de transfusão de sangue e muitas morrem pela demora ao tratamento hemoterápico. Por Patrícia Mannaro, do Justificando  Ainda assim, no Brasil, vigora a Portaria do Ministério da Saúde nº 158/16, baseada na Resolução da ANVISA nº 34/14, art. 25, XXX, “d”. Portaria nº 158/16 Art. 64 – Considerar-se-á inapto temporário por 12 (doze) meses o candidato que tenha sido exposto a qualquer uma das situações abaixo: IV – “homens que tiveram relações sexuais com outros homens e/ou as parceiras sexuais destes” Me pergunto o que exatamente o legislador quis ao colocar na mesma ...

    Leia mais

    Brasil é o país mais perigoso para homossexuais, diz NYT

    O Brasil vive hoje uma epidemia de violência contra homossexuais que transformou o país no lugar mais perigoso do mundo para lésbicas, gays, bissexuais e transgêneros. Essa é a conclusão de reportagem do jornal americano New York Times publicada nesta terça-feira (5). por Talita Arantes no Exame Citando dados do grupo Gay Bahia, a publicação afirma que mais de 1.600 pessoas foram assassinadas no Brasil por motivações homofóbicas nos últimos quatro anos e meio – o que representa praticamente uma morte por dia. Para o jornal americano, esses números contrastam com a “imagem de uma sociedade tolerante e aberta” de um país que “aparentemente alimenta expressões de liberdade sexual durante o carnaval e que tem a maior parada gay do mundo”. Essa reputação, diz a publicação, não é sem fundamento. “Nas quase três décadas desde que a democracia tomou o lugar da ditadura militar, o governo brasileiro introduziu diversas leis e políticas com o objetivo ...

    Leia mais
    ROME, ITALY - 2016/03/05: Demonstrators kiss each other as they take part in a protest against the bill on civil union which was approved recently by the Italian Senate. Thousands of supporters of LGBT associations take part in a protest in Rome to support gay rights and against the bill on civil union which was approved recently by the Italian Senate that grant legal recognition to civil unions but a provision to allow gay adoption was dropped from the bill in order to ensure passage in the Senate. (Photo by Giuseppe Ciccia/Pacific Press/LightRocket via Getty Images)

    FINALMENTE, o amor venceu! Itália aprova união civil entre homossexuais

    O Parlamento da Itália aprovou, nesta quarta-feira (11) as uniões civis entre casais homossexuais. Do Brasil Post Com a aprovação, a Itália se torna um dos últimos países da Europa Ocidental a reconhecer o casamento entre pessoas do mesmo sexo. De acordo com a BBC, a questão foi altamente controversa na Itália, por conta da resistência dos católicos conservadores. A votação na Câmara dos Deputados registrou 369 a favor e 193 contra. A sessão ocorreu com o voto de confiança do premiê Matteo Renzi. Dessa forma, com a aprovação da Câmara, o projeto de torna lei. Após a aprovação da medida, o chefe de governo comemorou nas redes sociais, e afirmou que pediu pelo voto de confiança para evitar mais atrasos na tramitação. Entre os opositores da lei estão membros do próprio partido de Renzi. È un giorno di festa per tanti, oggi. Per chi si sente finalmente riconosciuto. Per ...

    Leia mais
    Marc Bruxelle via Getty Images

    Pesquisa confirma discriminação contra homossexuais nas escolas

    Estudo realizado pela Universidade Federal de São Carlos (UFSCar), no interior de São Paulo, mostrou que 32% dos homossexuais entrevistados afirmaram sofrer preconceito dentro das salas de aula e também que os educadores ainda não sabem reagir apropriadamente diante das agressões, que podem ser físicas ou verbais, no ambiente escolar. Por Camila Boehm, no Vermelho  Os dados, segundo os pesquisadores, convergem com aqueles apresentados em pesquisa do Ministério da Educação que ouviu 8.283 estudantes na faixa etária de 15 a 29 anos, no ano letivo de 2013, em todo o país, e constatou que 20% dos alunos não quer colega de classe homossexual ou transexual. A professora do Departamento de Ciências Humanas e Educação (DCHE) da Ufscar, que é uma das autoras do estudo, Viviane Melo de Mendonça, afirma que o entendimento desse cenário e a busca por estratégias capazes de revertê-lo não são questões do movimento LGBT, mas sim ...

    Leia mais

    Homossexuais utilizam redes sociais contra o preconceito

    Quando foi agredida pelo segurança de uma boate por ter caído no chão e ser parecida com um menino, a jovem Ana (nome fictício) procurou ajuda no Facebook. Após a indicação de uma amiga, ela conversou pela rede social com Rose Gouvea, integrante da ONG Aliados de Jundiaí, que presta suporte às vítimas de homotransfobia. “O caso da Ana foi mais um de muitos. Recebo, a cada dia, pelo menos um pedido de socorro ou de orientação de homossexuais que desejam agir contra o seu agressor”, explica Rose. Entre os casos mais frequentes, figuram as agressões a lésbicas em boates e aos adolescentes homossexuais por familiares. “Nós orientamos e prestamos suporte para que cada um tome a medida legal cabível referente ao seu caso”, diz. por Conrado Guin no JJ Em paralelo, a ativista explica que as campanhas da internet e o uso de hashtags contra o preconceito são ferramentas ...

    Leia mais

    Presidente Municipal do PSOL diz que não aceitará filiação de homossexuais

    “Não vai ter lugar para essa gente onde a palavra de deus está em primeiro lugar”, disse Bibiano, do PSOL. Por Vanísia Nery, do Juruá Online  Em entrevista ao vivo pelo Sistema Juruá de Comunicação, Bibiano Queiroz, presidente do diretório provisório do PSOL em Cruzeiro do Sul-AC afirmou não apenas ser contra a união civil entre pessoas do mesmo sexo, mas que irá vetar a participação de homossexuais no partido. Bibiano, que também é ministro evangélico, poderá ser o candidato a prefeito pelo PSOL. Ele disse que as posições defendidas por Luciana Genro e Jean Wyllys no PSOL em favor dos direitos LGBT, representariam menos de 10% do partido e que eles estariam isolados. “Hoje a religião está em primeiro lugar dentro do PSOL. No Acre, esse grupo que tem essa tendência, nós não estamos nem conversando com eles. Esse grupo está completamente isolado no PSOL. Nós estamos encaminhando um pedido para ...

    Leia mais
    Larry Downing / AFP via Getty Images

    Obama pede igualdade para homossexuais em África

    Na sua deslocação ao Quénia o presidente norte-americano esteve presente num fórum económico em Nairóbi, onde elogiou o crescimento africano. Esta é a primeira visita de Barack Obama ao país do seu pai desde que assumiu a presidência dos Estados Unidos, em 2009. no RFI  Barack Obama visitou, este sábado, o fórum económico em Nairóbi, na capital do Quénia. Em conferência de imprensa, o presidente norte-americano mostrou-se satisfeito por estar no país de onde é originário o seu pai. «É maravilhoso regressar ao Quénia. Tenho orgulho em ser o primeiro presidente norte-americano a fazer uma visita oficial ao Quénia. Claro que esta estadia tem aspectos que me tocam pessoalmente porque se me chamo Barack Hussein Obama, é por uma razão. O meu pai é daqui, tenho família e amigos aqui, e ao longo das minhas visitas aprendi a compreender e a apreciar, nas ruas de Nairóbi, o calor e o espírito do ...

    Leia mais

    Duas em cada dez empresas se recusam a contratar homossexuais no Brasil

    Companhias rejeitam candidatos gays por temer que sua imagem seja associada a eles Quase 20% das empresas que atuam no Brasil se recusam a contratar homossexuais. A conclusão é de uma pesquisa da empresa de recrutamento e seleção Elancers, que entrevistou 10 mil empregadores e mostrou que muitas companhias preferem rejeitar um candidato gay por temer que sua imagem seja associada a ele. por Wanderley Preite Sobrinho no Carta Capital Anna Castanha sofreu homofobia do chefe Cerca de 7% dessas empresas não contratariam homossexuais “de modo algum”, diz o estudo, enquanto 11% só considerariam a contratação se o candidato jamais pudesse chegar a um cargo de visibilidade, como o de executivo. A pesquisa cita a justificativa de uma das recrutadoras entrevistadas, cujo nome foi preservado: "As empresas rejeitam homossexuais para posições de nível hierárquico superior, como diretores, vice-presidentes ou presidentes porque esses cargos representam a organização em eventos públicos ...

    Leia mais

    Comissão de Direitos Humanos da Câmara vai ouvir nove ‘ex-homossexuais’

    Autor da proposta, Marcos Feliciano (PSC-SP) diz que eles são alvo de discriminação e considerados fingidores POR EVANDRO ÉBOLI / EDUARDO VANINI, do O Globo    BRASÍLIA — Dominada por um grupo de parlamentares considerado mais conservador, a Comissão de Direitos Humanos aprovou na última quarta-feira — por 10 a 6 — audiência pública que irá ouvir nove pessoas que, segundo eles, eram homossexuais e que mudaram a orientação sexual com o tempo. Ainda não há data para ocorrer. A proposta é de autoria do Pastor Marco Feliciano (PSC-SP), que, na justificativa de seu pedido argumenta que os chamados ex-gays são alvos de discriminação e apontados, por seus antigos "pares homossexuais", os companheiros, como fingidores. Segundo o deputado, também as pessoas que sempre foram heterossexuais consideram que os "ex-gays" estão mentindo. — Assim, os homossexuais e os heterossexuais consideram os ex-LGBTTs mentirosos, dissimulados e até mesmo doentes mentais — justifica ...

    Leia mais

    Policial ganha as redes sociais ao pintar cabelo de rosa em defesa dos homossexuais

    Luke Watson mudou de visual para o Dia Internacional do Rosa, criado para combater a homofobia em escolas no Canadá Um policial de Toronto está chamando a atenção nas redes sociais por adotar um visual irreverente, porém com uma boa razão. Luke Watson tingiu o cabelo de rosa para combater a discriminação contra a comunidade LGBT no Canadá. Sua atitude conquistou os usuários do Twitter, que são os responsáveis pela manutenção do look do policial. A cada mil retweets ele mantém o visual por mais uma semana. Assim que a imagem foi publicada na quarta-feira (8), ela imediatamente se tornou viral na internet, acumulando os retweets em cerca de duas horas. Watson usa a hashtag #StopBullyingNow, que significa pare com o bullying agora, para lutar contra a homofobia. A ideia de tingir o cabelo surgiu com o Dia Internacional do Rosa, que, segundo o jornal "New York Daily News", foi criado por dois heterossexuais como ...

    Leia mais
    gay-money

    É a economia, estúpido: ódio aos homossexuais, paixão por seu dinheiro?

    Um dos nossos programas familiares favoritos é passear no Aterro do Flamengo aos domingos pela manhã, quando as pistas destinadas ao trânsito infernal carioca durante a semana estão fechadas. texto de  Marcelo Gruman enviado por Antonio Ozaí da Silva via Guest Post para o Portal Geledés É possível, então, levar o filho e sua bicicleta, sua bola de futebol, uma cesta de piquenique e sentar sob uma das inúmeras árvores que compõem um dos mais belos cenários da cidade, tendo ao fundo o Pão de Açúcar. Não foi diferente no último domingo, quando desfrutamos da companhia de amigos e seus filhos, um deles comemorando seis anos de vida, cúmplice de brincadeiras e arranca-rabos com nosso Miguel, quase seis anos também. Miguel quis levar sua bicicleta, argumentamos que haveria outras diversões, ela ficou em casa. Para sua decepção, a amiga e o aniversariante estavam motorizados, ou melhor, “bicicletados”, a dele vermelha, a dela ...

    Leia mais

    Morre Peterson Ricardo de Oliveira filho de casal de homossexuais agredido em escola de SP

    Morreu, na tarde desta segunda-feira (9), o adolescente Peterson Ricardo de Oliveira, de 14 anos, que estava em coma desde a semana passada após se envolver em uma confusão em uma escola pública na Vila Jamil, em Ferraz de Vasconcelos, Grande São Paulo. no R7 Peterson foi agredido no dia 5 deste mês por ser filho de um casal de homossexuais, segundo um dos pais que conversou com o R7, Márcio Nogueira. — Eu não sabia que meu filho sofria preconceito por ser filho de um casal homossexual. O delegado que nos informou. Estamos tristes e decidimos divulgar o que aconteceu para que isso não se repita com outras crianças. O adolescente estudava na unidade de ensino desde os seis anos. Um irmão de 15 anos, que frequenta o mesmo colégio, presenciou a agressão. O delegado Eduardo Boiguez Queiroz, da delegacia de Itaquaquecetuba, confirmou que o menino se envolveu em uma briga ...

    Leia mais

    Fantasias de carnaval podem reproduzir preconceitos contra negros e homossexuais

    A irreverência do carnaval em muitos casos pode trazer consigo preconceitos há muito enraizados na cultura brasileira. Fantasias como nêga maluca ou mesmo homens travestidos de mulheres acabam por reforçar o racismo e a homofobia, explica a integrante do coletivo de mulheres negras Pretas Candangas, Daniela Luciana. Segundo ela, isso é bastante comum nos blocos de rua. Ontem, no entanto, acabou ocorrendo também durante o desfile da Mangueira, no Rio de Janeiro, quando, em alguns momentos, integrantes da comissão de frente desfilaram com vestimentas que lembram personagens conhecidas como nêga maluca. Por Pedro Peduzzi  Do Agencia Brasil “Sei que os carnavalescos têm autonomia para fazer isso e que, muitas vezes, a comunidade não tem poder de decisão para evitar coisas desse tipo. Mas, nesse caso, coreógrafo e diretoria acabaram por cometer esse erro , o que ofuscou o brilho da escola”, disse a integrante do Pretas ...

    Leia mais

    Chile reconhece união civil de homossexuais

    O Congresso do Chile aprovou, na última quarta-feira (28), o Acordo de União Civil (AUC). Em debate nos últimos quatro anos, o documento reconhece uniões de casais que vivem juntos sem estarem casados, garantindo direitos que, até então, só eram assegurados por meio do casamento civil convencional. Interessante é notar que o texto não faz distinção de sexo e contempla casais héteros e gays. no BrasilPost "A união civil é uma instituição fundamental para aqueles casais que convivem sem estarem casados, trata-se de um estatuto jurídico que não discrimina e se aplica a todos os tipos de casais", disse o porta-voz do governo, Álvaro Elizalde, de acordo com a agência Efe. "O mais importante é que nos permite reconhecer e proteger as diferentes formas de família que há no país", ressaltou. O acordo cria um novo tipo de união civil: coabitantes. De acordo com o El País Brasil, aproximadamente dois milhões de ...

    Leia mais

    Pedidos de pensão para homossexuais sobem 130%

    Crescimento anual é puxado por mulheres. Confira como obter esse direito no INSS   Rio - Os homossexuais passaram a conhecer ainda mais os próprios direitos e a defendê-los. Essa situação é refletida no aumento de 130% ao ano dos pedidos de pensão por casais do mesmo sexo ao INSS. O número, de acordo com uma fonte do governo, vem sendo alavancado por mulheres em relação homoafetivas. Entretanto, a falta de documentação é um motivo para o alto índice de negativas do órgão aos pedidos. O INSS, questionado sobre o assunto, recusou a se manifestar sobre a alta expressiva nos pedidos e as negativas. Em nota não confirmou nem negou as informações. O direito de pensão é concedido pelo órgão aos homoafetivos desde 2000, por meio de decisão judicial e comprovação de união estável. Como essa determinação poderia ser suspensa a qualquer momento, o Ministério da Previdência Social normatizou o pagamento dos ...

    Leia mais
    Página 1 de 65 1 2 65

    Últimas Postagens

    Artigos mais vistos (7dias)

    Twitter

    Facebook

    Welcome Back!

    Login to your account below

    Create New Account!

    Fill the forms bellow to register

    Retrieve your password

    Please enter your username or email address to reset your password.

    Add New Playlist