sexta-feira, abril 16, 2021

Resultados da pesquisa por 'machistas'

Iza faz ensaio do programa Música Boa Ao Vivo, em São Paulo - Iwi Onodera:UOL

Iza diz que comparações a Anitta e Ludmilla são ‘machistas e desnecessárias’

Cantora promete lançar hit do verão de 2020 com Ciara e Major Lazer No F5, da Folha de São Paulo Iza é capa da GQ Brasil (Foto: Hentrique Gendre/GQ Brasil) Iza, 29, já deixo claro que não concorda com comparações entre mulheres. Após conquistar espaço como jurada do programa musical The Voice (Globo) e se apresentar no Rock in Rio 2019 com Alcione, ela afirma que as artistas são diferentes entre si, e por isso dispensa comparações com Anitta ou Ludmilla. “As comparações entre mulheres na música são machistas e desnecessárias, e feitas por pessoas que acham que elas são comparáveis. Nós somos todas diferentes, especiais e incríveis. Isso é fruto de um mercado que é machista mesmo, mas acredito que as coisas estão mudando”, afirmou a cantora em entrevista à revista GQ Brasil, da qual é capa da edição especial de número 100, em novembro. ...

Leia mais
imagem reprodução Teleton : SBT

Como a mulher deve responder a ataques machistas, como os de Silvio Santos

Depois do bafafá envolvendo Silvio Santos e Claudia Leitte no Teleton, voltaram à mídia outras vezes em que o comunicador fez comentários grosseiros para mulheres. Ele perguntou a Maísa, por exemplo, se ela já havia perdido a virgindade. Também disse para Eliana que a roupa dela estava indecente; além de comentar o peso de Preta Gil. por Lucas Vasconcelos do Universa imagem reprodução Teleton : SBT A questão a ser respondida é: como uma mulher pode se livrar desse tipo de situação? "Todas essas situações são de assédio. Silvio Santos faz isso de forma que pareça uma "brincadeira", reforçando a naturalização desse tipo de comportamento violento", diz a militante da Marcha Mundial das Mulheres, Maria Júlia Montero. Infelizmente, quando uma situação de assédio acontece, muitas vezes a mulher está sozinha ou isolada no ambiente e não consegue responder de forma efetiva, ressalta Maria Júlia. "E ninguém é ...

Leia mais

Machistas não passarão, nem aqui, nem na Rússia

A convite do Geledés, as membras Adriana Cecílio, Amanda Vitorino, Daiany Campos, Isabela G. Del Monde, Louise Oliveira, Priscila Pamela e Thayná Yaredy da Rede Feminista de Juristas- deFEMde, escrevem sobre o repúdio das mulheres aos atos machistas de brasileiros na Rússia. Enviado para o Portal Geledés  Reprodução/deFEMde A Copa do Mundo Masculina da FIFA 2018, sediada na Rússia, começou no dia 14 de junho. Já no fim de semana que seguiu à abertura dos jogos, viralizou no Brasil, especialmente na plataforma WhatsApp, vídeos de homens brasileiros assediando cidadãs russas. Nos vídeos, os brasileiros pediram para mulheres russas dizerem frases como “eu quero dar minha boceta para vocês” e gritavam frases como “boceta rosa” ao lado de uma das vítimas. Inicialmente, o vídeo foi recebido como uma grande brincadeira. Frases como “Os brasileiros são muito bons kkkkk” acompanhavam a divulgação do conteúdo. Entretanto, não demorou mais ...

Leia mais

A história das mães que perdem a guarda dos filhos com base em decisões machistas

Justiça separa mães de filhos com base em machismo institucional e poder econômico. Sem terem cometido crimes ou posto a segurança dos filhos em risco, elas são vítimas de decisões consideradas raras e muitas vezes injustas por especialistas no tema Por Sarah Fernandes Do Pragmatismo Politico O machismo institucional impetrado nas famílias e no sistema judiciário, somado à morosidade dos processos e ao poder econômico de algumas famílias levaram pelo menos 300 mães, que se reúnem em grupos de ajuda, a perderem a guarda de seus filhos e a ficarem proibidas de verem as crianças por meses e até anos. Sem terem cometido crimes ou posto a segurança dos filhos em risco, elas são vítimas de decisões consideradas raras e muitas vezes injustas por especialistas no tema. “Quem nunca viu mãe perder a guarda de filho é porque viu poucos pais entrarem na Justiça para pedi-la”, defende a jornalista Adriana Mendes, ...

Leia mais
NEW YORK, NY - APRIL 05:  Author Chimamanda Ngozi Adichie attends the 8th Annual Women In The World Summit at Lincoln Center for the Performing Arts on April 5, 2017 in New York City.  (Photo by Monica Schipper/WireImage)

Esta é a ‘ferramenta feminista’ de Chimamanda Ngozi Adichie para identificar situações machistas

A gente pode inverter 'X' e ter os mesmos resultados? Para Educar Crianças Feministas (Cia das Letras, 2017), um dos livros da autora nigeriana Chimamanda Ngozie Adichie, nada mais é do que uma extensa carta para uma amiga que acabou de ser tornar mãe de uma menina. Em uma conversa no passado, esta amiga perguntou à Chimamanda: "O que devo fazer para criar a minha filha como feminista?", mesmo antes de ser mãe. "Minha primeira reação foi pensar que eu não sabia. Parecia uma tarefa imensa", escreve a autora. Em cerca de 90 páginas, com um texto simples e fluído, a escritora faz um manifesto sobre como criar uma criança feminista, relata situações vividas por ela como mãe e retoma questões ligadas à igualdade de gênero para responder à pergunta da amiga. Mas, logo no início do livro, Chimamanda dá uma dica preciosa para identificar situações machistas -- que pode ...

Leia mais

Alunos denunciam professores da FGV por declarações racistas e machistas

Diretório estudantil disse ter informado à coordenadoria sobre denúncias. Fundação diz rechaçar 'discriminação e preconceito' e que desconhece postagens de alunos. Alunos denunciam racismo e machismo na FGV (Foto: Reprodução/Facebook) Por  Cintia Acayaba Do G1 Aluos da Fundação Getúlio Vargas (FGV) denunciaram professores de economia e administração por declarações racistas e machistas durante as aulas. Segundo o Diretório Acadêmico, uma comissão de ética da coordenadoria da faculdade foi aberta para apurar as denúncias e definir punição para os docentes. Em um grupo do Facebook exclusivo para alunos da FGV, uma aluna relatou que um professor declarou que "mulher só faz o trabalho quando enche ela de porrada. Não tem que tratar mulher com beijo e mimimi! Tem que tratar com tapa, tem que mostrar que quem manda é o homem". O texto, postado em 8 de março, Dia Internacional da Mulher, termina com a aluna dizendo ...

Leia mais

Após posts machistas, estagiário de construtora é demitido

Com direito à lição de moral no Facebook, estagiário que fez posts machistas em rede social foi demitido nesta quarta-feira, 8 D0 Catraca Livre  Em tempos de redes sociais, onde todos se expressam e sente-se no direito de falar o que bem entendem, há também alguns casos de excessos. Como no caso do estagiário da Cantareira Construtora e Imobiliária, de Maringá (PR), que aproveitou as dependências da empresa para fazer fotos, com legendas, no mínimo, provocativas. Desafiando "feministas e aborteiras", o jovem, não identificado, escreveu em seu Facebook. "Procurando alguma feminista pra ajudar a descarregar. Direitos iguais até chegar a carga de cimento". Em outra postagem, o estagiário direciona as provocações às"aborteiras": Analisando um projeto hidrossanitário onde vai passar os argumentos das feministas, aborteiras, etc". Retratação e demissão do estagiário Não demorou muito para que a empresa, também pelo Facebook, publicasse um pedido de desculpas, além do anúncio do desligamento do ...

Leia mais
WARSAW, POLAND - OCTOBER 23:  Women hold a protest against Polish abortion laws with umbrellas at the parliament (Sejm) who are part of the´black protest´movement on October 23, 2016 in Warsaw, Poland. (Photo by Madeleine Lenz/Corbis via Getty Images)

30 frases machistas que tentam te controlar e você não percebe

1. Você é uma mocinha. Aprende a sentar. Por Dany Santos, do HuffPost Brasil 2. Menina não brinca de luta. 3. Menina não grita. 4. Você é uma princesa. 5. Fecha as pernas. Senta direito! 6. Já sabe cozinhar, já pode casar! 7. Por que você tá brava? É TPM? 8. Mulher com pelo parece um homem. 9. Vestido curto demais. Tá pedindo... 10. Trocou uma de 40 por duas de 20. 11. Pra ficar bonita, mulher tem que sofrer. 12. Mulher no volante, perigo constante. 13. A única coisa que você pilota bem é fogão. 14. Mulher não gosta de homem; gosta de dinheiro. 15. Uma mulher só é completa quando tem filhos. 16. Se acabou depois dos filhos. 17. Tá gorda demais. 18. Tá magra demais. 19. Não corta o cabelo! 20. É muito bonita pra ser inteligente. 21. Mulher de boca suja é horrível. 22. Muito fresca. 23. Mulher ...

Leia mais

Por que os homens não se consideram machistas e os brancos não se consideram racistas?

Pesquisas mostram reconhecimento de racismo e machismo na sociedade, mas pessoas não se reconhecem machistas e racistas Por Luka no OperaMundi O Instituto Avon encomendou ao Instituto Locomotiva a pesquisa “O papel dos homens na desconstrução do machismo”. Foram entrevistadas cerca de 1.800 pessoas, entre elas 900 homens cis, mas não foi especificada a orientação sexual destas pessoas. De acordo com a pesquisa, 89% dos entrevistados acredita que as mulheres negras sofrem mais que as brancas e 88% acreditam que a sociedade brasileira é machista. Porém, apenas 24% dos entrevistados se consideram machistas. Em 2014, o Instituto Data Popular divulgou uma pesquisa preliminar em que 92% dos entrevistados considerava o Brasil um país racista. Porém, apenas 1,3% dos entrevistados se consideravam racistas. Estes dados revelam questões importantes. A primeira é a compreensão que machismo e racismo existem em nosso país e que são questões a serem enfrentadas e desconstruídas. A segunda é o ...

Leia mais

Mulheres votaram em Trump apesar de posturas machistas, diz pesquisa

Boca de urna da CNN mostra que 42% das mulheres votaram nele.  Mais da metade das mulheres brancas apoiaram o republicano. Por France Presse Do G1 Apesar das acusações de agressão sexual, das declarações misóginas e sua polêmica posição sobre o aborto, Donald Trump conquistou a Casa Branca graças, em parte, ao voto feminino, que se pensava ser massivamente inclinado à sua adversária Hillary Clinton. A democrata conquistou 54% dos votos das mulheres, mas Trump conseguiu 42%, mais do que o esperado, de acordo com os números de bocas de urna da emissora CNN. Mais da metade das mulheres brancas apoiaram o candidato republicano, segundo a CNN, e 62% não possuem título universitário. Esses resultados contradizem os prognósticos segundo os quais as declarações sexistas do republicano durante a campanha - incluindo uma gravação de 2005 onde se gaba de ter agarrado uma mulher por entre as pernas - levariam as mulheres ...

Leia mais

Revista AzMina é condenada por expor comentários machistas

Revista AzMina deve pagar indenização de R$ 2 mil reais a um homem que foi criticado por pregar a desigualdade entre os gêneros publicamente Do Az Mina Quem senta no Divã de hoje é a redação da Revista AzMina.  Perder faz parte da vida de quem topa a luta, mas algumas derrotas vêm com um baque mais duro porque são injustas. A Revista AzMina experimentou isso nas últimas semanas quando foi condenada a pagar uma indenização de R$ 2 mil a um homem por criticar comentários machistas que ele fez publicamente. O caso correu em menos de dois meses, uma velocidade impressionante para um mundo em que pessoas pobres ficam na cadeia além da pena sob a desculpa de que não há juízes para julgar os casos. Não podemos revelar a identidade de quem nos atuou na Justiça e nem dar detalhes do processo por perigo de sofrermos ainda mais retaliações. ...

Leia mais

Após ofensas machistas, jogadores do Sparta Praga treinam com time feminino

Dois jogadores do time Sparta Praga, da Tchecoslováquia, levaram mais do que uma bronca do técnico por terem disparado comentários machistas contra uma árbitra. Como castigo, o goleiro Tomas Koubek e o meia Lukas Vacha irão treinar com o time feminino do clube para repensarem as declarações de que “lugar de mulher é na cozinha”. O presidente da Federação Tcheca de Futebol, Miroslav Pelta, considerou os comentários “inaceitáveis”. Do Extra — Os jogadores irão passar vários dias no campo feminino do clube, para que possam ver que as mulheres têm muito valor fora da cozinha — declarou o clube em comunicado publicado por jornais tchecos. A capitã do time femino do Sparta Praga, Iva Mocova, aprovou a decisão. — Nós estamos ansiosas para que os garotos venham treinar conosco — disse Mocova. O primeiro a fazer o comentário foi Koubek, criticando a juíza Lucie Ratajova, que não viu um impedimento ...

Leia mais

Os 9 títulos mais machistas dos Jogos Olímpicos do Rio

Listas de “gostosas”, “mulheres de” que ganham medalhas ou belezas loiras de olhos azuis” Reunimos os casos mais flagrantes de sexismo na cobertura da competição. Por CLARA FERRERO, do El Pais Simone Biles é a grande sensação da ginástica nestes Jogos Olímpicos. A nadadora Katinka Hosszu bateu o recorde mundial dos 400 metros e está cheia de ouros, e a norte-americana Katie Ledecky arrasou na piscina, conseguindo o primeiro lugar — e fazendo história — nos 400m livres. Apesar de nos Jogos Olímpicos de 2016quase 50% dos esportistas serem mulheres (45%, para sermos exatos) e dos impressionantes feitos esportivos que estão conseguindo, muitos meios de comunicação se negam a reconhecê-las como algo mais que um pedaço de carne. É o que afirma um estudo da Universidade de Cambridge que acaba de ser publicado e que afirma que a mídia trata de forma diferente a informação esportiva se (oh, que surpresa!) o protagonista é homem ...

Leia mais

Mãe de Valentina, ex-MasterChef Junior, se manifesta em Cannes contra propagandas machistas

Sete meses depois de ter visto sua filha Valentina, de 12 anos, sofrer assédio sexual nas redes sociais enquanto participava do programa MasterChef Junior, Daniela Schmitz decidiu se posicionar sobre o caso e sobre as propagandas machistas. Do Brasil Post Schmitz, que é vice-presidente executiva de engajamento para marketing na agência Edelman Significa, se manifestou por meio de um texto publicado no site Meio e Mensagem. No texto, a executiva afirma discordar da tese de que os assediadores de sua filha são "doentes e pedófilos": "A maior parte deles são simplesmente rapazes que desde sempre foram impactados por imagens e mensagens nas quais as mulheres ou pedaços delas eram tratadas como objetos sexuais. Imagens e mensagens contidas nos anúncios, nos filmes e outdoors que os leitores deste jornal criaram, aprovaram e veicularam. E assim, cresceram, crescemos… ajudando através da publicidade a construir a cultura do estupro." Inspiração O impulso de ...

Leia mais

O complicado dilema sobre gays enrustidos e mulheres machistas

Claro que existem mulheres machistas tanto quanto existem gays enrustidos e amargos, mas essas pessoas não podem ser as grandes culpadas pela própria opressão, não faz sentido Por NANA QUEIROZ, do AzMina Nesta semana eu dei um fora nas redes sociais. Quando soube do horrível ataque em Orlando, em que um homem que parecia ter conflitos com a própria sexualidade matou 49 pessoas na boate gay Pulse, soltei uma frase mais ou menos assim: “É isso que a sociedade ganha ao reprimir os homossexuais, leva as pessoas à loucura e a atos extremos.” O que há de errado com a minha postagem? Acompanhe comigo o raciocínio que eu, alertada com muito carinho por meus amigos gays e lésbicas, também acabei de entender:ao insinuar que todo ato violento de homofobia vem dos próprios gays enrustidos, eu estava aumentando o coro que diz que eles são o câncer do mundo. Ou seja: o ...

Leia mais
(Foto: Reprodução/ Twitter)

Machistas anônimos

acabo de fundar o MA, o Machistas Anônimos, alternativa terapêutica com excelente perspectiva profilática. Reprodução/ Twitter Por Lelê Teles Enviado para o Portal Geledés ninguém nasce machista, torna-se machista. taí um mote sensacional para o próximo exame do ENEM, mas nem vai rolar porque a seleção agora está sob a custódia do patriarcado, dos cabras do machistério. ué, você se tornou feministo agora, perguntou-me um energúmeno; assim, mudando a palavra para o masculino. é amigão, eu respondi, estou procurando um lugar melhor para viver; esse mundo que eu habitava, digo esse meu mundo interior, tava meio poluído, tinha lixo demais acumulado. mas você vai continuar sendo chato na mesa do bar e nas redes sociais toda vez que alguém fizer uma brincadeira que você julga machista? ah, mas é claro amiguinho. e mais, essa reunião aqui é o pontapé inicial de uma onda que vai se agigantar. enquanto eu falava ...

Leia mais
Foto: 
Parkwood Entertainment/Beyonce.com

Beyoncé compartilha dores legítimas e distribui pontapés em questões machistas e racistas em disco

Foram precisos seis discos – só na carreira solo, afinal foram quatro álbuns de estúdio com o trio Destiny’s Child – para sentirmos Beyoncé. Enfim, ela traz os fãs para perto. Para a vida dela, suas questões e dúvidas, sejam sociais, políticas e amorosas. Beyoncé, maior nome do pop da atualidade, viu sua carreira crescer exponencialmente, hit seguido de hit com velocidade invejável. Por PEDRO ANTUNES . do Estadão Posicionou-se em questões importantes da luta feminista, colocou o dedo na ferida do racismo nos Estados Unidos, em canções ou em ações fora dos palcos e estúdios. Poderosa, afinal. É esse o único adjetivo que se pode pensar depois de ouvir o nome de Beyoncé. A cantora vestiu essa armadura e partiu para a briga que merecia ser brigada ao longo dos anos. Em Lemonade, sexto disco, lançado e surpresa no último fim de semana com exclusividade no serviço de música por ...

Leia mais
Fotomontagem de Gerson Carneiro

Marina Lacerda e Helena Zelic: O machismo e a violência por trás de supostas brincadeiras não podem ser naturalizados; dizer que é brincadeira é minimizar ofensas machistas

Esta cena vai entrar para a história. por Conceição Lemes, do Viomundo Metido a azarador, o senador José Serra (PSDB-SP) levou uma invertida do tamanho da sua canalhice nessa quarta-feira 9, durante jantar de final de ano, na casa do senador Eunício Oliveira (PMDB-CE), em Brasília. Cerca de 40 senadores estavam presentes, entre os quais Kátia Abreu (PMDB-TO), atualmente ministra da Agricultura. Ela conversava com um grupo de colegas quando, segundo seu relato à Folha (veja matéria abaixo), Serra “simplesmente chegou numa roda em que não tinha sido chamado, sem mais nem menos”.  E  afirmou: “Kátia, dizem por aí que você é muito namoradeira”. Kátia jogou uma taça de vinho na cara de Serra: “Nunca lhe dei esse direito nem essa ousadia. Por favor, saia dessa roda, saia daqui imediatamente”. À Folha, ela justificou: “Eu fiz o que qualquer mulher honrada faria. Respondi à altura de quem preza a sua honra”. Serra saiu-se com o surrado ...

Leia mais

#Meuamigosecreto: mulheres fazem campanha para denunciar “amigos” machistas

Movimento relata também casos de discriminação, racismo e homofobia Por Douglas Carvalho , no Diário de Pernambuco  Mulheres de todas as partes do Brasil aproveitaram o fim de ano, época da tradicional brincadeira do Amigo Oculto, para denunciar pessoas de seus convívios sociais que, para elas, têm comportamento machista. Pela tag #meuamigosecreto, elas se uniram nas redes sociais para relatar, por exemplo, casos de discriminação, racismo e homofobia. “Se diz feminista mas usa o fato de ser professor pra pegar aluna menor de idade”, publicou uma usuária no Twitter. “Ama curtir fotos de mulheres com decote e shortinho mas a namorada dele não pode tirar foto assim”, postou outra mulher. A ex-deputada federal pelo Rio Grande do Sul e ex-candidata à presidência da República em 2014, Luciana Genro (PSOL), também aderiu à campanha. As denúncias também ocorreram pelo Facebook.

Leia mais

“É preciso cortar comportamentos machistas em rodas de homens”

Entre a semana passada e esta, mais um feito de Juliana de Faria, 30, ganhou projeção nacional. Indignada com o assédio sexual sofrido nas redes sociais por uma criança de 12 anos (a menina Valentina, participante do Programa Master Chef Júnior), a ativista criou, no Twitter, a campanha #primeiroassedio, convidando todos a compartilharem esse tipo de acontecimento. (Aqui no Draft falamos sobre isso ontem.) Isso foi na noite do dia 21. Em quatro dias, a hashtag tinha 82 mil citações, entre tweets e retweets. Hoje, menos de 10 dias depois, Juliana já deu diversas entrevistas sobre o assunto e foi citada em um sem número de reportagens. Referência feminista desde que criou o Think Olga, em 2013, um think tank (em vias de virar ONG) do feminino, e a Chega de Fiu Fiu, campanha contra o assédio sexual no Brasil que ficou internacionalmente conhecida, ela é uma das responsáveis por colocar o feminismo na pauta do ...

Leia mais
Página 1 de 34 1 2 34

Últimas Postagens

Artigos mais vistos (7dias)

Twitter

Welcome Back!

Login to your account below

Retrieve your password

Please enter your username or email address to reset your password.

Add New Playlist