terça-feira, dezembro 1, 2020

    Resultados da pesquisa por 'ofensas racistas'

    Imagem: Geledés

    Atacante do Athletic Bilbao é alvo de ofensas racistas durante jogo do Espanhol

    Torcedores do Espanyol imitaram macacos para Iñaki Williams enquanto este se encaminhava para o banco de reservas após ser substituído; clube promete investigação Do Estadão  Geledés O atacante Iñaki Williams, do Athletic Bilbao, foi alvo de ofensas racistas durante a partida entre sua equipe e o Espanyol no estádio Cornellá-El-Prat, casa do adversário, neste sábado, 25. Enquanto Williams se dirigia para o banco de reservas após ser substituído por Raúl Garcia, os fãs do time catalão fizeram barulhos de macaco para ele. O jogo terminou empatado em 1 a 1. Williams reagiu ofendendo os que lhe insultavam de 'filhos da p***' e, ao se sentar no banco, comentou o ocorrido com companheiros de time, incluindo o capitão do Athletic, Muniain. O juiz da partida, Sánchez Martínez, foi avisado da situação, mas não a registrou na súmula. Ainda assim, o incidente deve ser investigado por LaLiga, entidade ...

    Leia mais
    Casos de racismo bateu recorde no Brasil — Foto: Arte GloboEsporte.com

    No mês da consciência negra, relatório mostra recorde de ofensas racistas no futebol brasileiro

    Parcial do levantamento anual mostra 53 casos envolvendo clubes brasileiros; em 2018, o estudo apontou 44 ocorrências Por Elton de Castro, do Globo Esporte Casos de racismo bateu recorde no Brasil — Foto: Arte GloboEsporte.com No mês da consciência negra, o futebol brasileiro deu mais uma demonstração de que o racismo está longe de ser um problema superado. Isso porque o Observatório da Discriminação Racial no Futebol divulgou uma parcial do relatório que mensura a incidência de casos racistas no futebol brasileiro e o número aponta para um recorde em 2019, em relação aos levantamentos dos cinco anos anteriores: são 53 casos envolvendo clubes do futebol nacional, sendo 47 em campeonatos nacionais e seis em torneios organizados pela Conmebol. Em 2018, ano que detinha a pior marca até então, ocorreram 44 casos. Casos de discriminação racial em 2019 — Foto: Reprodução Observatório ...

    Leia mais

    Cantora Ludmilla é alvo de ofensas racistas durante Prêmio Multishow; “a cobrança de vocês uma hora vai chegar”

    A cantora Ludmilla divulgou em sua conta particular no Instagram um vídeo em que é alvo de preconceito racial. O fato aconteceu na arena do Prêmio Multishow o qual ela venceu dois prêmios como cantora do ano e "música chiclete" com "onda diferente", no último dia 29. Do TNOnline (Foto: Reprodução/Instagram) Quando a cantora sube ao palco, alguém da platéia a chama de “macaca”. “Não sabemos quem foi a pessoa exatamente. Cara, até quando isso? Olha, as coisas para mim e acho que para a maioria dos brasileiros nunca foram fáceis. Com preconceito e julgamentos pelo tom de pele, vocês só complicam as coisas. A vontade de me diminuir é tanta que não pensam nas consequências dos seus atos. Eu só queria deixar bem claro para vocês, racistas, que além da justiça ser lenta aqui e as pessoas praticarem racismo comigo ainda não terem sido punidas, ...

    Leia mais
    Novo escudo da associação inglesa de futebol - Crédito Divulgação

    Associação Inglesa de Futebol eleva suspensão mínima para ofensas racistas a 6 jogos

    A Associação Inglesa de Futebol (FA) elevou de cinco para seis partidas a suspensão mínima obrigatória para infratores que exibiram comportamento discriminatório pela primeira vez antes do início da temporada 2019-2020. por Hardik Vyas em Bengaluru no DCI A medida vem na esteira de um relatório anual da entidade britânica antidiscriminação Kick It Out que mostrou um aumento de 43% nos relatos de ofensas racistas no futebol inglês na última temporada. Na semana passada, o Chelsea aplicou uma proibição vitalícia a um torcedor por ofender racialmente o meia-atacante Raheem Sterling durante uma partida da campanha passada do Campeonato Inglês contra o Manchester City em casa. A Fifa, entidade que governa o futebol mundial, duplicou sua suspensão mínima por racismo para 10 jogos no mês passado, já que as autoridades do esporte estão tentando reprimir tais atitudes na esteira de uma série de incidentes de grande destaque no futebol. A suspensão ...

    Leia mais

    Botafoguense é detido por ofensas racistas a familiares de jogador

    O incidente ocorreu no Engenhão, durante o empate sem gols entre Botafogo e Flamengo, pela semifinal da Copa do Brasil Lance! Por Daniela Leone Do Correio24horas Um torcedor do Botafogo causou um tumulto na arquibancada do estádio Nilton Santos, no Rio de Janeiro, quarta-feira (16) à noite, no empate sem gols entre o time alvinegro e o Flamengo, pelo jogo de ida das semifinais da Copa do Brasil. O botafoguense foi acusado de injúria racial por proferir ofensas racistas a familiares do atacante rubro-negro Vinícius Júnior e acabou detido em flagrante pelos policiais militares, que o encaminharam ao Jecrim (Juizado Especial Criminal do Local). Uma tia e um tio do jogador se sentiram ofendidos e foram prestar queixa, mas não quiseram conceder entrevista. Os parentes estavam situados em um dos camarotes reservados à delegação do Flamengo. Após o incidente, o local ganhou a segurança de um policial. “Vi as imagens, pois estava no outro camarote. Aparentemente ...

    Leia mais
    Foto:Maksim Bogodvid / RIA Nóvosti

    Naturalizado russo, goleiro brasileiro é alvo de ofensas racistas em Moscou

    O goleiro Guilherme Marinato, 31, foi alvo de ofensas racistas em jogo da Supercopa da Rússia, em Moscou, na última sexta-feira (14). Nascido no Brasil e naturalizado russo, o jogador defende atualmente o Lokomotiv,que perdeu por 2 a 1 para o Spartak Moscou na prorrogação, e ouviu os xingamentos da torcida rival. Foto:Maksim Bogodvid / RIA Nóvosti   Do Uol "Banana, banana. Por que diabos a seleção russa precisa de um macaco?", questionaram os torcedores do Spartak Guilherme vem sendo convocado regularmente para a equipe nacional do país e esteve na Copa das Confederações de 2017, que foi realizada na Rússia.   Os torcedores do Spartak não falaram o nome de Guilherme, mas o jogador é o único entre os que foram titulares do Lokomotiv que não nasceu na Rússia e defende a seleção do país. Guilherme começou a carreira no Atlético-PR, time que defendeu entre 2005 e 2007. ...

    Leia mais

    Abel Neto relata que é vítima de ofensas racistas em estádios brasileiros

    Com a presença da atleta transgênero Isabelle Neris, jogadora do time de vôlei Voleiras, o programa Bem, Amigos! de segunda-feira (3) promoveu um debate sobre discriminação no esporte. Presente na atração, o repórter da TV Globo Abel Neto contou que já foi vítima de ofensas racistas em estádios de futebol. no UOL Esportes ''Muitas vezes. Até hoje quando vou a algum estádio, dependendo do estádio tem alguns xingamentos. Em português claro: macaco. Na verdade, esse tipo de falta de educação, de intolerância, tem relação com todo mundo, independente de ser negro. Às vezes é por bairrismo, já vi mulheres repórteres, ofensas, xingamentos. São coisas que existem, infelizmente, não só no Brasil, mas em todas os países no mundo, mas que a gente tem que enfrentar'', disse Abel, quando questionado pelo apresentador Luis Roberto sobre o assunto. ''Acho que todo mundo é igual, mulher, negro, branco, japonês, índio. Enfim, se você tem ...

    Leia mais

    Mulher negra recebe carta anônima com ofensas racistas no Paraná

    Caso ocorreu em Araucária, na Região Metropolitana de Curitiba. Doceira ficou abalada e precisou da ajuda de terapeutas para desabafar. Do G1  A doceira Janete Martins, que mora em Araucária, na Região Metropolitana de Curitiba, precisou de tratamento psicológico após receber uma carta anônima com ofensas racistas. "Eu tenho orgulho da minha cor. Tenho orgulho dos meus cabelos afro. Eu até pensei em me calar, mas a gente sabe que muita gente passa por isso. Então, por isso eu resolvi falar", argumentou. "A pessoa que escreveu essa carta estava com muita raiva, eu imagino. Porque ela fala a respeito de pessoas de cor, que nunca vão ser igual ao branco, que eu nunca vou ser recebida nos mesmo lugares igual a um branco. Que eu nunca vou ganhar igual a um branco. E que é melhor eu aceitar porque eu tenho no sangue um DNA de um escravo. Isso pesou ...

    Leia mais

    MC Carol diz que vai a delegacia após receber ofensas racistas

    "Tá vendo essa minha cara? Pois é... essa é minha cara de preocupação quando um bando de gente sem serviço organiza um ataque na minha página com comentários racistas, machistas e homofóbicos". A cantora MC Carol fez um post em suas redes sociais nesta quarta-feira, 24, para denunciar os ataques preconceituosos que sofreu e dizer que vai a delegacia para fazer uma denúncia. do Catraca Livre Créditos: Reprodução / Facebook MC Carol denuncia preconceito na internet As ofensas começaram em um post em sua página no Facebook nesta madrugada. Ao site Ego, a representante da cantora explicou que, após observar os comentários, percebeu se tratar de um grupo organizado, que inclusive usa uma mesma hashtag. Dentre os ataques, há também ofensas gordofóbicas."Quando você sobe em uma balança ela mostra o número do seu CPF?", escreveu um internauta. A assessoria da cantora diz que a artista está tentando reverter o episódio em algo positivo. "Ela ficou ...

    Leia mais

    Polícia identifica acusado de fazer ofensas racistas à cantora Ludmilla

    Um dia após a cantora Ludmilla, do hit ‘É hoje’, usar sua conta do Instagram para fazer uma denúncia de racismo, o delegado Alessandro Thiers, da Delegacia de Repressão aos Crimes de Informática (DRCI), afirmou que já identificou o acusado de ofender a funkeira. Ainda de acordo com o delegado, o homem já foi ouvido e confessou o crime. no O Globo Ele será indiciado pelo crime de injúria preconceituosa, com a causa de aumento de pena pelo crime ter sido cometido na internet. O inquérito policial será encaminhado à Justiça. Na segunda-feira, a funkeira compartilhou nas redes sociais as imagens do comentários ofensivos feitos pelo acusado. Nas mensagens ela é chamada de “macaca" e “crioula nojenta”. Segundo a cantora, não foi a primeira vez que ela sofreu esse tipo de agressão. Em nota, Ludmilla disse que estava muito triste e tomaria as providências legais para denunciar o crime e tentar ...

    Leia mais

    Professor é preso por ofensas racistas a um estudante em sala de aula na Praia Grande

    Um professor foi preso por injúria racial após supostas ofensas a um estudante dentro de uma escola municipal de Praia Grande, no litoral de São Paulo, na tarde desta terça-feira (8). De acordo com familiares do aluno, a situação se repetia com frequência há semanas. no G1 O caso ocorreu na Escola Municipal Isabel Figueroa Bréfere, no bairro Aviação. A criança de 12 anos, que inicialmente não queria contar aos pais o que acontecia, foi orientada a gravar com o celular quando fosse ofendida novamente pelo professor. Após conseguir o registro, o menino entrou em contato com a família, que acionou a Polícia Militar. “O professor fazia piada: 'olha os dentes dele, parece a Torre Eiffel'. Ele humilhava mesmo, dizia que era preto, que tinha que acender a luz para enxergar. Dizia que, para beijar uma menina mais alta, teria que subir na escada, porque era anão”, relata Paulo Sérgio Vieira ...

    Leia mais
    Neymar foi vítima de racismo em clássico catalão
Foto: Efe

    Neymar prefere não rebater ofensas racistas na Espanha: ‘Só jogo futebol’

    Atacante foi vítima de discriminação em clássico de Barcelona Do O DIA Espanha - No último sábado, o atacante Neymar foi vítima de racismo na Espanha. Após o clássico catalão contra o Espanyol, a TV local, "La Sexta" flagrou parte dos torcedores do clube rival imitando sons de macacos após o brasileiro se dirigir ao vestiário. O ex-diretor blaugrana Toni Freixa denunciou no Twitter o preconceito com relação ao camisa 11, mas o atacante preferiu não apresentar uma postura firme sobre o assunto. "Não escutei os gritos. Não escuto coisas fora do campo. É difícil as coisas me incomodarem, apenas jogo futebol", disse, em entrevista à emissora "Atresmedia", após deixar o hospital no qual visitou crianças internadas nesta segunda. Leia Também: Racismo abala Neymar por que ele não acha que é negro O vídeo divulgado pelo canal também mostra um comportamento bastante agressivo dos torcedores adversários com muitos integrantes do ...

    Leia mais
    Foto: Sergio Zalis/Globo

    Taís Araújo agradece apoio após ofensas racistas: ‘Vocês me emocionaram’

    Taís Araújo agradeceu o apoio de amigos e fãs, na noite de domingo, após publicar no Facebook um desabafo sobre comentários racistas feitos em seu perfil na rede social, no sábado à noite. Depois da imensa repercussão — a mensagem teve mais de 84 mil compartilhamentos e foi curtida por cerca de 575 mil pessoas até a manhã desta segunda-feira —, a atriz disse ter se emocionado com as demonstrações de carinho. Do Extra “A sociedade é linda! Alguns poucos não nos representam! Somos maiores que isso! Eu quero ser pra sempre todos vocês que me emocionaram hoje! TO-DOS! ‪#‎SomosTodosTaisAraujo‬”, escreveu Taís. Os insultos foram deixados nos comentários de uma foto que havia sido postada pela atriz em outubro. Foram publicadas frases como “cabelo de esfregão”, “já voltou pra senzala?” e “pensava que o Facebook fosse pra humanos, não para macacos”. As denúncias de racismo serão investigadas pela Delegacia de ...

    Leia mais

    Estudante grávida é vítima de enxurrada de ofensas racistas em grupo de universitários

    Uma mulher negra, grávida de três meses, foi vítima de ofensas racistas, machistas e gordofóbicas depois de entrar no grupo “Graduação da Depressão”, no Facebook, para interagir com outros universitários. Carla Gomes, de 21 anos, de Porciúncula, no Norte do Rio, decidiu comentar em uma postagem que a indignou, com conteúdo discriminatório. Foi o pretexto para uma enxurrada de ofensas a ela, que, de uma hora para outra, viu sua vida pessoal ser invadida por desconhecidos que iniciaram uma perseguição virtual, xingando-a e expondo sua imagem pela rede. Por Breno Boechat, do Extra  O cardápio de preconceitos foi extenso: racismo, machismo e gordofobia apareceram nas mensagens. Sob uma aparente calma de quem acredita na impunidade, dezenas de jovens — todos membros do grupo — partiram para o ataque contra ela, que se manifestou para alertar que muitas das piadas compartilhadas naquela rede eram discriminatórias. Um dos integrantes do grupo, que se ...

    Leia mais

    ONG espalha outdoors pelo País mostrando ofensas racistas contra Maju

    Objetivo da ação é mostrar à cidade de onde partiu a ofensa que o racismo ainda está bastante presente na sociedade Do iG Os ataques sofridos no início do mês passado pela jornalista Maria Julia Coutinho, a Maju, provocaram comoção e milhares de mensagens de apoio na internet com a hashtag #SomosTodosMaju. Mas agora o apoio vem de fora da web, na forma de outdoors e busdoors em diversas cidades brasileiras viabilizados pela ONG Criola. Nos espaços publicitários, a organização que briga pela defesa e pelos direitos da mulher negra mostra uma série de comentários postados na página do Jornal Nacional, onde internautas fizeram ofensas gratuitas e gravíssimos contra a jornalista faz a previsão do tempo. Um serviço de geolocalização foi utilizado para mapear e mostrar de onde foram realizadas as infelizes postagens. As cidades Americana (SP) e Feira de Santana (BA) já estão com outdoors devidamente instalados. Em Recife (PE), a campanha ...

    Leia mais

    Suspeitos de ofensas racistas contra casal de Muriaé já têm passagens pela polícia

    O delegado responsável pelo caso já identificou 50 perfis que cometeram o crime. Dentre elas, algumas pessoas, moradores de São Paulo, já foram presas anteriormente   João Henrique do Vale O delegado Eduardo Freitas da Silva, responsável pelo inquérito que investiga o caso da jovem negra Maria das Dores Martins, de 20 anos, que foi vítima de comentários racistas depois de postar uma foto no Facebook ao lado do namorado branco, vai a Belo Horizonte na próxima semana para trocar informações com agentes da Delegacia Especializada de Investigações de Crimes Cibernéticos. Aproximadamente 50 pessoas, com idades entre 15 e 20 anos, já foram identificadas como os autores da ofensa. Entre os internautas, há pessoas com passagens policiais. Os primeiros levantamentos da delegacia de Muriaé já foram feitos para identificar os perfis. “Notamos que são pessoas jovens e que algumas já até cometeram outros ataques com o mesmo teor. Agora, vamos ...

    Leia mais

    STJD exclui Grêmio da Copa do Brasil por ofensas racistas a goleiro Aranha

    Pedro Ivo Almeida Em sessão da 3ª Comissão Disciplinar, STJD decide excluir o Grêmio da Copa do Brasil por ofensas racistas ao goleiro Aranha O Grêmio está fora da Copa do Brasil. O time gaúcho foi excluído do torneio nesta quarta-feira (03), em sessão da 3ª Comissão Disciplinar do STJD (Superior Tribunal de Justiça Desportiva), por causa de ofensas racistas proferidas por torcedores contra o goleiro Aranha, titular do Santos, em partida válida pelas oitavas de final da competição nacional. Em decisão unânime, o clube ainda recebeu uma multa total de R$ 54 mil, e as pessoas que foram identificadas xingando o jogador foram proibidas de entrar em estádios por 720 dias. O árbitro Wilton Pereira Sampaio (Fifa-GO) foi multado em R$ 1.600 e suspenso por 90 dias por não relatar o incidente na versão inicial da súmula, e os auxiliares também foram punidos por esse motivo (multa de R$ ...

    Leia mais

    Após novas ofensas racistas, Grêmio suspende organizada

    Torcida Geral do Grêmio gritou cânticos com a palavra "macaco" na partida contra o Bahia no último domingo O episódio de racismo envolvendo o goleiro Aranha, no duelo contra o Santos na semana passada, e a repetição de cânticos da torcida utilizando a palavra "macaco" na vitória de domingo sobre o Bahia, fizeram a diretoria do Grêmio agir. Nesta segunda-feira (1º), o clube anunciou a suspensão da torcida organizada Geral do Grêmio por "tempo indeterminado". Os torcedores da organizada foram identificados como culpados pelos cantos do último domingo, já que a tradicional música cantada pelas arquibancadas com os dizeres "olha a festa macaco" em provocação ao rival Internacional, é de autoria da Geral. Para evitar que o clube seja punido, a diretoria decidiu se mexer e ela própria aplicar uma punição nesta parte da torcida. Após a partida de domingo, o presidente do clube, Fábio Koff, chegou a dar entrevista para repudiar o comportamento desta ...

    Leia mais

    Goodyear e Titan Pneus indenizarão a empregado alvo de ofensas racistas, mais de R$ 95 mil

    A Segunda Turma do Tribunal Superior do Trabalho negou provimento a agravo interposto pela Titan Pneus do Brasil Ltda. contra decisão que havia condenado a empresa e a Goodyear do Brasil Produtos de Borracha Ltda. por prática discriminatória. As duas terão que pagar indenização de mais de R$ 95 mil por danos morais a um trabalhador que provou que era discriminado e perseguido pelo gerente. O empregado buscou em juízo a reparação por danos morais devido a ofensas das quais foi alvo por parte de um gerente. As testemunhas ouvidas disseram que o superior fazia piadas racistas com o empregado porque ele era "preto" e dizia a todos que "se sua filha casasse com um preto ele a mataria". A 43ª Vara do Trabalho de São Paulo levou em conta os depoimentos para condenar as empresas a pagar indenização no valor de R$ 10 mil, afirmando que o dever de ...

    Leia mais
    Página 1 de 25 1 2 25

    Últimas Postagens

    Artigos mais vistos (7dias)

    Twitter

    Welcome Back!

    Login to your account below

    Create New Account!

    Fill the forms bellow to register

    Retrieve your password

    Please enter your username or email address to reset your password.

    Add New Playlist