terça-feira, novembro 24, 2020

    Resultados da pesquisa por 'rafaela silva'

    Roberto Castro

    Rafaela Silva perde para japonesa em “final antecipada”, mas bate francesa e é bronze no Mundial

    Campeã olímpica da Rio 2016, judoca do Brasil encara Yoshida, campeã mundial de Baku 2018 na semi, e é derrotada. Na luta pelo terceiro lugar, derrota Sarah Leonie Cysique, da França Por Carlos Gil e Gabriel Fricke, do Globo Esporte  Foto: Roberto Castro A semifinal do terceiro dia de disputas do Mundial de Judô trouxe a luta mais esperada da categoria -57kg. De um lado, a brasileira Rafaela Silva, atual campeã olímpica. Do outro, a japonesa Tsukasa Yoshida, que levou o título mundial em Baku 2018. Na "final antecipada", uma verdadeira batalha que terminou com o triunfo da atleta da casa. Em seguida, Rafa teve a chance de lutar pelo bronze contra a francesa Sarah Leonie Cysique e não decepcionou, confirmando seu favoritismo sobre a jovem de 21 anos e garantindo o pódio em Tóquio. - Eu entrei aqui muito focada, queria muito ganhar o Mundial ...

    Leia mais

    Campeã olímpica Rafaela Silva apoia campanha da ONU contra discriminação racial; vídeo

    Hoje, 21 de março, Dia Internacional pela Eliminação da Discriminação Racial, a campeã olímpica Rafaela Silva e a ONU Brasil querem falar com você! É sobre filtragem racial. Acontece quando as pessoas são escolhidas para serem abordadas pela polícia por causa da cor. Do Nações Unidas Foto: ONU A juventude negra tem que ter o direito de ir ou estar em qualquer lugar sem ser vista como suspeita! É por isso que a Rafaela está com a gente na campanha #VidasNegras: pelo fim da filtragem racial e por igualdade. Vem com a ONU dar um basta no racismo! Compartilhe essa ideia! Acesse: bit.ly/vnegras.

    Leia mais

    “Preto não pode andar de táxi?” Rafaela Silva relata abuso policial

    Campeã mundial de judô em 2013 e medalha de ouro nos Jogos Olímpicos do Rio 2016, Rafaela Silva relatou ter sido vítima de preconceito nesta quinta-feira (22), no Rio de Janeiro. no EsportUOL A judoca afirma que foi parada por um policial ao pedir um táxi no aeroporto. Segundo ela, o homem só entrou na viatura e foi embora depois de perguntar ao taxista se ele a havia “pegado na favela”. "Na altura do campeonato, chegando no Rio de Janeiro, tive que passar vergonha e descobrir que preto não pode andar de táxi agora. Passaram 4 policiais dentro do carro e ficaram encarando o táxi que eu estava dentro", começou a relatar em um vídeo publicado no Instagram. "Eu continuei mexendo no celular, fingi que não era nem comigo. Daqui a pouco eles ligam a sirene e mandam o taxista encostar. Levaram o taxista pra um lado, e o outro ...

    Leia mais

    Judoca de ouro, Rafaela Silva é pedida em casamento na Disney

    A judoca brasileira Rafaela Silva, medalhista de ouro na Rio-2016, viveu uma nova emoção neste fim de ano, mas, desta vez, longe dos tatames. Por Dani Braga no Enfim Sós Judoca Rafaela Silva recebe aliança da noiva Thamara, na Disney (rafaelasilvaa/Instagram) A atleta fluminense foi pedida em casamento pela namorada, a ex-judoca Thamara Cezar, na Disney, com direito a aliança e proposta feita de joelhos. O casal postou fotos do momento nas redes sociais. Na legenda, Rafaela pediu “socorro”, enquanto a namorada disse que é “romantismo é uma de suas qualidades”. Seguidores das duas elogiaram a atitude de Thamara e comentaram sobre a “cara de brava” da medalhista olímpica: “Rafaela com cara de brava até nessa hora hahahahaha Lindonaaaas”. Rio-2016 Aos 24 anos, Rafaela proporcionou aos torcedores um dos momentos mais emocionantes dos Jogos do Rio. Ela se tornou primeira campeã olímpica do Brasil a oito quilômetros de onde nasceu e foi criada, ...

    Leia mais
    Foto: David Ramos/Getty Images

    Judoca Rafaela Silva recebe destaque do COI em campanha contra o racismo

    Comitê celebra, junto com a ONU, o Dia Internacional da Eliminação da Discriminação Foto: David Ramos/Getty Images Do O Globo O Comitê Olímpico Internacional (COI) destacou, em seu site oficial, a história da judoca carioca Rafaela Silva como símbolo da luta contra o racismo. Nesta terça-feira, o comitê celebra o Dia Internacional da Eliminação da Discriminação Racial com apoio da Organização das Nações Unidas (ONU) e outras entidades internacionais. Rafaela foi citada pelo COI como representante do triunfo contra a discriminação racial. Nascida na Cidade de Deus, na Zona Oeste do Rio, a judoca deu seus primeiros passos no esporte através do Instituto Reação, ONG fundada pelo também judoca Flavio Canto. Depois de ser vítima de comentários racistas após uma performance aquém do esperado em Londres-2012, Rafaela foi campeã mundial de judô no ano seguinte e atingiu a consagração definitiva nos Jogos do Rio-2016, quando conquistou ...

    Leia mais

    A vida de uma campeã olímpica: Rafaela Silva luta para não ser esquecida

    Rafaela Silva coroou quase duas décadas de trabalho com uma medalha de ouro. A história da menina que nasceu na Cidade de Deus e venceu o preconceito para ser campeã encantou durante a Olimpíada do Rio, mas e depois? Se há dois meses a judoca atingiu o topo do mundo com a maior conquista da carreira, hoje o objetivo é manter o ritmo para não ser esquecida. Por Gustavo Franceschini do UOL "A gente viu que a Sarinha foi campeã em Londres e agora em 2016 ninguém falou, só criticaram 2014 e 2015 dela pelos resultados. O nosso objetivo é que o trabalho não seja esquecido. A gente quer ser lembrada para o resto da vida", disse Rafaela Silva, em entrevista exclusiva ao UOL Esporte. A preocupação de Rafaela, ouro na categoria até 57 kg, reflete um pouco do que é o esporte olímpico no país. Os investimentos públicos ...

    Leia mais

    Rafaela Silva namora há três anos uma ex-judoca: ‘Agora eu me realizo nela’

    Não foi apenas a medalha de ouro e a glória olímpica que o judô deu para Rafaela Silva: o esporte também lhe trouxe um amor. Foi também no Instituto Reação, onde treina, que ela conheceu Thamara Cezar, com quem comemora três anos de namoro no próximo dia 27. no Extra Na hora da conquista da medalha, na última segunda-feira, Thamara estava longe da família de Rafaela porque prefere assistir às lutas afastada, e por isso as duas ainda não se viram. Mas a moça conta o que falou para a namorada quando conversaram pelo telefone, logo após o ouro: — Disse que ela era [email protected]$% e que tinha conseguido o que queria. Campeã sul-americana de judô duas vezes antes de encerrar a carreira , ela se derrete ao falar da amada: — Agora eu me realizo nela, a acompanho sempre nas lutas e treinos. Nos perfis da medalhista nas redes ...

    Leia mais

    Rafaela Silva é a melhor heroína que o esporte brasileiro poderia ter como espelho

    O olhar fixo antes de entrar no tatame para final olímpica demonstrava o tamanho da determinação de Rafaela Silva. A judoca era o melhor exemplo da expressão “sangue nos olhos”. A vontade de vencer se fez crescente em cada uma de suas lutas nos Jogos Olímpicos, até a chance de visualizar o ouro contra a atleta da Mongólia. Brilho que ela mirou e não deixou escapar. Que, ao final dos quatro minutos de batalha, se transformou nas lágrimas de felicidade guardadas por quatro anos. Lágrimas também de desabafo, de quem se superou na vida e na carreira, para atingir a maior glória do esporte mundial. Para, enfim, ser a primeira heroína brasileira nos Jogos Olímpicos de 2016. Não poderia haver melhor. Merece, e muito, esta volta por cima.. Por: Leandro Stein, do Trivela O conteúdo deste texto poderia ser o mesmo independente do metal da medalha, independente do resultado da competição. Mas que bom ...

    Leia mais

    ‘A carne mais barata é a negra?’, dispara Elza Soares sobre ouro olímpico de Rafaela Silva

    Arrasadora na cerimônia de abertura da Olimpíada e símbolo de uma vida repleta de reviravoltas e superação, a cantora Elza Soares foi mais uma dentre milhões de brasileiros que se emocionaram com a medalha de ouro da judoca Rafaela Silva, conquistada nesta segunda-feira, a primeira do Time Brasil nos Jogos. Do  Extra  Elza comenta sobre ataques racistas sofridos por Rafaela após derrota em Londres 2012. Foto: Divulgação "Meu bem, muito feliz com seu sucesso! Qual o seu recado para os racistas? Conte comigo sempre, Elza", escreveu a lenda da MPB em seu Twitter. "A carne mais barata do mercado é a carne negra? Um selinho, Elza Soares", disparou em seguida a cantora, fazendo menção ao seu clássico "A carne". . @Rafaelasilvaa Meu bem, muito feliz com seu sucesso! Qual o seu recado para os racistas? Conte comigo sempre. Elza. #RafaelaResponde — Elza Soares (@ElzaSoares) 9 de agosto de 2016 . ...

    Leia mais

    Rafaela Silva: O macaco que tinha que estar na jaula hoje é campeão

    Após conquistar a primeira medalha de ouro para o Brasil nos Jogos Olímpicos Rio 2016, a judoca Rafaela Silva fez um desabafo ao sair do tatame ao lembrar os ataques racistas que sofreu no Twitter após ser desclassificada na olimpíada de Londres em 2012, por aplicar um golpe proibido contra uma adversária; "Já passou, tem quatro anos. Eu só posso falar: o macaco que tinha que estar na jaula em Londres hoje é campeão olímpico em casa. Hoje eu não sou a vergonha para a minha família", afirmou Rafaela Do Brasil247 Após conquistar a primeira medalha de ouro para o Brasil nos Jogos Olímpicos Rio 2016, nesta segunda-feira (8), a judoca Rafaela Silva fez um desabafo ao sair do tatame. "Treinei muito depois de Londres porque não queria repetir o sofrimento. Depois da minha derrota, muita gente me criticou, disse que eu era uma vergonha para minha família, para meu ...

    Leia mais

    Rafaela Silva dá ao Brasil sua primeira medalha de ouro na Rio-2016

    Foi sangrando, foi tenso, mas foi a primeira medalha de ouro do Brasil nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro. O ouro é de uma carioca, nascida em uma favela e que começou a lutar em um projeto social. Rafaela Silva é a nova campeã dos leves (57kg) do judô, após bater a mongol Sumiya Dorjsuren, atual líder do ranking mundial, nesta segunda-feira (08). Por Bruno Doro, do UOL  “Treinei muito depois de Londres porque não queria repetir o sofrimento. Depois da minha derrota, muita gente me criticou, disse que eu era uma vergonha para minha família, para meu país. E agora sou campeã olímpica", comentou após a conquista. "Para uma criança que saiu da comunidade com cinco anos e começou no judô por brincadeira é demais. Eu dedico a todo mundo", disse Rafaela. Rafaela Silva enfrenta Sumiya Dorjsuren, da Mongólia, na decisão do ouro no judôimagem: Toru Hanai/Reuters Com sua ...

    Leia mais

    Rafaela Silva é a 1ª brasileira na semifinal do judô da Rio-2016

    Traumas servem para que você supere seus medos. Não que a judoca Rafaela Silva tenha algum. Mas nesta segunda-feira, na Arena Carioca 2, no Parque Olímpico da Barra da Tijuca, ela deixou para trás um pesadelo que a acompanhava há quatro anos. Por Ana Cora Lima e Bruno Doro, da UOL  A brasileira que nasceu na Cidade de Deus, a comunidade carente retratada pelo cineasta Fernando Meireles, está na semifinal dos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro. Ainda não é uma medalha, mas a vitória que a levou até lá foi simbólica: ela derrotou Hedvig Karakas, a mesma húngara que a tirou dos Jogos de Londres, em 2012, episódio que levou a depressão e quase a tirou do esporte. Após derrotar a vice-líder do ranking mundial, a sul-coreana Jandi Kim, nas oitavas de final, Rafaela enfrentou Karakas com as arquibancadas vibrando. Sua família estava lá. A irmã, Raquel, que faz parte ...

    Leia mais

    Campeã mundial, Rafaela Silva fica com o bronze no Pan de Toronto

    Rafaela Silva é uma das atletas mais consistentes da seleção brasileira de judô. Aos 23 anos, ela tem duas medalhas em Mundiais, uma delas de ouro, e já tinha sido prata no Pan há quatro anos. Neste domingo, a carioca somou mais um pódio à coleção com um bronze em Toronto. Por Bruno Doro Do Uol  A judoca garantiu o terceiro lugar ao bater a Venezuela Anriquelis Barrios na disputa pelo bronze. Agressiva, ela foi para cima logo no começo da luta e conseguiu jogar a rival de costas no chão. Os árbitros chegaram a marcar ippon, mas voltaram atrás e anotaram um wazari. Em desvantagem, a venezuela foi para cima e chegou a machucar a boca de Rafaela, que após um choque viu sua boca sangrar por conta do aparelho. No fim, porém, venceu o ataque inicial da brasileira, que venceu a luta e pôde comemorar o bronze. Na semi, ...

    Leia mais
    rafaela1

    Chamada de macaca nas Olimpiadas de Londres Rafaela Silva é medalha de ouro feminina do judô brasileiro

    Da Cidade de Deus ao topo do mundo, Rafaela supera racismo e trauma   Rafaela Silva conquistou nesta quarta-feira o ouro do peso leve do Mundial de Judô e atingiu o melhor momento em sua breve carreira. O título é também uma recompensa por sua árdua trajetória até chegar ao topo do mundo. Nascida na Cidade de Deus, a judoca teve no esporte um meio para se desenvolver e é campeã mundial um ano depois de sofrer uma pesada derrota na Olimpíada de Londres. A carioca encontrou o judô por meio do Instituto Reação, mentalizado pelo medalhista olímpico Flávio Canto, e escapou das tentações das ruas humildes - ela chegou a ver um primo seguir para o tráfico de drogas. Atualmente, Rafaela mora em Jacarepaguá e estuda psicologia. "A mãe dela a colocou no judô por que dava muito trabalho em casa. Ficava o dia inteiro na rua soltando pipa ...

    Leia mais
    rafaela1

    Vítima de racismo nas Olimpiadas de Londres, Rafaela Silva é medalha de ouro feminina do judô brasileiro

    Da Cidade de Deus ao topo do mundo, Rafaela supera racismo e trauma   Rafaela Silva conquistou nesta quarta-feira o ouro do peso leve do Mundial de Judô e atingiu o melhor momento em sua breve carreira. O título é também uma recompensa por sua árdua trajetória até chegar ao topo do mundo. Nascida na Cidade de Deus, a judoca teve no esporte um meio para se desenvolver e é campeã mundial um ano depois de sofrer uma pesada derrota na Olimpíada de Londres. A carioca encontrou o judô por meio do Instituto Reação, mentalizado pelo medalhista olímpico Flávio Canto, e escapou das tentações das ruas humildes - ela chegou a ver um primo seguir para o tráfico de drogas. Atualmente, Rafaela mora em Jacarepaguá e estuda psicologia. "A mãe dela a colocou no judô por que dava muito trabalho em casa. Ficava o dia inteiro na rua soltando pipa ...

    Leia mais
    twitter-olimpiadas-racismo

    Enquanto isso no Brasil: Rafaela Silva e COB desistem de caso de racismo

    O Comitê Olímpico Brasileiro (COB) informou nesta terça-feira que não dará prosseguimento ao caso de racismo que a judoca Rafaela Silva teria sofrido por meio do Twitter. A entidade repudiou o incidente e chegou a consultar seu departamento jurídico sobre o caso, mas a própria atleta optou por não buscar a Justiça. De acordo com Rosicléia Campos, treinadora da Seleção feminina, a judocarecebeu mensagens de cunho preconceituoso pela rede social após sua eliminação nas oitavas de final da Olimpíada de Londres na categoria até 57 kg. "Chamaram de macaca, que tinha que ir para jaula. Que país é esse que a cor de pele justifica um ato assim?", questionou a técnica. Rafaela recebeu ofensas e cobranças pesadas por parte de internautas após sua derrota para a húngara Hedvig Karakas por desclassificação após tentar um golpe ilegal. Uma usuária do Twitter reclamou com a atleta pelo microblog: "cara, que vexame. Não ...

    Leia mais

    A flor, a náusea, a “nossa Rafaela” e a desconhecida

    Em artigo recém publicado(1), disse que Drummond não foi convidado para a grandiosa e bela festa de abertura das Olimpíadas. Um amigo me contestou, lembrando que Drummond esteve presente com o trecho da poesia “A Flor e a Náusea”, recitado, em português, pela atriz Fernanda Montenegro, e, em inglês, pela não menos competente atriz britânica Judi Dench. Por Jorge Luiz Souto Maior enviado para o Portal Geledés O trecho em questão foi o seguinte: Uma flor nasceu na rua! Passem de longe, bondes, ônibus, rio de aço do tráfego. Uma flor ainda desbotada ilude a polícia, rompe o asfalto. Façam completo silêncio, paralisem os negócios, garanto que uma flor nasceu. Sua cor não se percebe. Suas pétalas não se abrem. Seu nome não está nos livros. É feia. Mas é realmente uma flor. Sento-me no chão da capital do país às cinco horas da tarde e lentamente passo a mão nessa forma insegura. ...

    Leia mais
    twitter racismo

    Olimpíadas 2012: Ministro manda que PF investigue racismo contra Rafaela no Twitter

    COB divulga nota de repúdio contra ataques e diz que judoca não quer levar o caso adiante LONDRES - Das respostas intempestivas a comentários agressivos que recebeu pelo Twitter, após ser eliminada da competição de judô dos Jogos de Londres, Rafaela Silva fez questão de se desculpar. Mas algumas delas ainda lhe doem bastante, a ponto de ela não segurar as lágrimas na manhã desta terça-feira, no Excel Centre, onde assistia às lutas de Leandro Guilheiro e Mariana Silva. Rafaela foi vítima de racismo e o GLOBO teve acesso às acusações que lhe foram enviadas pelo Twitter, dizendo que "lugar de macaca é na jaula" e que "vc não é melhor do que ninguém porque você é NEGRA". O racismo pelo Twitter vai virar caso de polícia. O ministro do Esporte, Aldo Rebelo, disse que vai determinar à Polícia Federal que investigue o caso. - Racismo é uma questão de ...

    Leia mais
    Rafaela Silva

    Olimpíadas 2012: COB divulga nota de repúdio e diz que Rafaela não quer levar caso adiante

    Ministro Aldo Rebelo determinou que Polícia Federal investigasse o caso de racismo contra a judoca brasileira no Twitter LONDRES - Das respostas intempestivas a comentários agressivos que recebeu pelo Twitter, após ser eliminada da competição de judô dos Jogos de Londres, Rafaela Silva fez questão de se desculpar. Mas algumas delas ainda lhe doem bastante, a ponto de ela não segurar as lágrimas hoje de manhã, no Excel Centre, onde assistia às lutas de Leandro Guilheiro e Mariana Silva. Rafaela foi vítima de racismo e o GLOBO teve acesso às acusações que lhe foram enviadas pelo Twitter, dizendo que "lugar de macaca é na jaula" e que "vc não é melhor do que ninguém porque você é NEGRA". O racismo pelo Twitter vai virar caso de polícia. O ministro do Esporte, Aldo Rebelo, disse que vai determinar à Polícia Federal que investigue o caso. - Racismo é uma questão de ...

    Leia mais

    Boas de parir: mulheres negras e violências reprodutivas

    “Quando o médico se aproximou de mim disse, agora com essas mulheres aqui vocês não terão nenhum problema. O parto é rápido e sem dor. Igualzinho a cavalos. . Eu sentia dor do mesmo jeito que as mulheres brancas . Além disso, esse médico não sabe do que ele tá falando. Ele nunca deve ter visto uma égua. Quem disse que elas não sentem dor? Só porque ela não chora?”. Tony Morrison, em O olho mais azul. Por Emanuelle Goes, Da Catarinas Aqualtune, avó de Zumbi dos Palmares, foi tema do enredo da Mancha Verde, neste ano (Foto: Miguel Schincariol via getty images) Reprodução, exaustão e resistência são palavras que fazem parte do vocabulário de mulheres negras escravizadas e que permanecem até os dias de hoje: somos vistas como as que suportam tudo, no senso comum e na (pseudo) ciência. Estas características vinculadas às mulheres negras, construídas ...

    Leia mais
    Página 1 de 4 1 2 4

    Últimas Postagens

    Artigos mais vistos (7dias)

    Twitter

    Welcome Back!

    Login to your account below

    Create New Account!

    Fill the forms bellow to register

    Retrieve your password

    Please enter your username or email address to reset your password.

    Add New Playlist