Resultados da pesquisa por 'trabalhadores'

    (Foto: NAYRA HALM/FOTOARENA/FOTOARENA/ESTADÃO CONTEÚDO)

    Trabalhadores à espera de auxílio se sentem insultados por Bolsonaro

    A declaração do presidente Jair Bolsonaro na última quinta-feira, de que as pessoas à espera do auxílio-emergencial são uma "minoria barulhenta", não foi bem recebida pelos trabalhadores. A frase foi dita durante sua live semanal transmitida pelas redes sociais. Segundo a Caixa Econômica Federal, há 17 milhões de pedidos do benefício de R$ 600 represados. O estudante de Psicologia e deficiente visual Lucas Bento Morais, de 20 anos, disse ter se sentido humilhado pela fala do presidente, que segundo ele teve um tom pejorativo. — Essa minoria tem pobres, negros, e deficientes visuais, como eu. Não é uma minoria de empresários. Me sinto humilhado porque a gente é pobre e é uma população invisibilizada diariamente. Essa fala do Bolsonaro é de extrema irresponsabilidade. Como chefe do Executivo ele precisa ser ponderado, até porque ele não foi eleito só pelos empresários. Entre as pessoas que estão com pedidos em análise provavelmente ...

    Leia mais
    NAYRA HALM/FOTOARENA/FOTOARENA/ESTADÃO CONTEÚDO

    Trabalhadores relatam problemas para receber os R$ 600 de auxílio emergencial

    A Caixa já anunciou que vai antecipar o pagamento da segunda parcela do auxílio, mas muitos trabalhadores reclamam que não receberam nem a primeira. Do G1 NAYRA HALM/FOTOARENA/FOTOARENA/ESTADÃO CONTEÚDO Milhões de brasileiros já receberam o auxílio emergencial do governo, mas muita gente que está habilitada no cadastro ainda não viu o dinheiro na conta. O comércio fechou e a renda não entrou mais na casa da Cláudia de Moura, que trabalha com eventos. Ela cria a filha sozinha e espera resposta do governo para receber o auxílio emergencial de R$ 1.200 a que tem direito. “Ligo lá e eles me informam que não tenho cadastro. E me mandam fazer o cadastro no site. Eu vou no site fazer o cadastro e eles me falam que o cadastro está realizado, que tenho que aguardar a análise”, conta a bartender. A Caixa anunciou que já vai antecipar o ...

    Leia mais
    Foto: Shutterstock

    Creche noturna: é possível? Será essa a única alternativa para filhos e filhas de trabalhadores?

    O que está em questão quando se discute um projeto de lei sobre creche noturna? É grande a dificuldade, por parte de muitas mães, pais e responsáveis por bebês e crianças pequenas, para conciliar a vida profissional e as demandas da vida pessoal! Por Célia Regina Batista Serrão, do UNIFESP Foto: Shutterstock As jornadas de trabalho numa sociedade capitalista e globalizada são as mais variadas. Muitos pais e mães exercem suas atividades profissionais em horários que avançam em parte do período da noite, outras(os) estão alocadas(os) em jornadas noturnas. Há ainda os pais e as mães que estudam no período noturno. Temos também que considerar que pais e mães que trabalham no chamado “horário comercial” saem de seus empregos entre 17h e 18h30. Caso a creche ou a pré-escola não estejam nas proximidades de seu local de trabalho, terão que recorrer a terceiros para buscar seus ...

    Leia mais
    "A empresa só fala que vai apoiar os motoristas infectados, mas não fala o valor. E o motorista que não está infectado, como eu?" - Fernanda Carvalho / Fotos Públicas

    Em BH, trabalhadores informais e de aplicativos estão entre a doença e a penúria

    Reformas dos últimos anos aumentaram o número dos trabalhadores mais vulneráveis perante a crise sanitária por Wallace Oliveira no Brasil de Fato "A empresa só fala que vai apoiar os motoristas infectados, mas não fala o valor. E o motorista que não está infectado, como eu?" - Fernanda Carvalho / Fotos Públicas Ficar em casa, evitar aglomerações, reduzir contato físico, cumprir medidas severas de higiene. Eis algumas orientações imprescindíveis para evitar a propagação mais rápida da covid-19 e uma sobrecarga no sistema de saúde, que seria catastrófica para todos. Com efeito, é preciso seguir o que recomendam os profissionais da saúde. Ao mesmo tempo, a maioria das famílias brasileiras sofre duplamente, seja pela ameaça de adoecer pela pandemia ou pela iminência de padecer pela penúria. A situação já é difícil para quem ainda tem emprego com carteira assinada ou outra fonte de rendimento, como aposentadoria, pensão ...

    Leia mais
    Inti Ocon/AFP

    Trabalho escravo: fiscalização resgata 59 trabalhadores em Minas

    Operação de fiscalização resgatou 59 trabalhadores em condição de trabalho análoga à escravidão no final de agosto, no interior de Minas Gerais. A informação foi divulgada hoje (3) pela Secretaria Especial de Previdência e Trabalho do Ministério da Economia. A fiscalização foi feita em conjunto por auditores-fiscais do trabalho e agentes da Polícia Rodoviária Federal, no período de 19 a 28 de agosto. Por Luciano Nascimento, da Agência Brasil  Inti Ocon/AFP De acordo com o ministério, os trabalhadores estavam em cafezais nos municípios de Campos Altos e Santa Rosa da Serra e retiravam, de forma manual, o resto do café que havia ficado nas plantas, após colheita feita por máquinas. A fiscalização constatou que os resgatados não tinham a Carteira de Trabalho e Previdência Social assinada e não recebiam pelo trabalho nem o pagamento proporcional ao salário mínimo. Os trabalhadores também não recebiam equipamentos de proteção individual para ...

    Leia mais
    Marcos Santos/USP Imagens Carteira de trabalho

    Trabalhadores autônomos somam 24 milhões no país, diz IBGE

    Os trabalhadores por conta própria no país chegaram a 24 milhões de pessoas no trimestre encerrado em maio deste ano. O número é 1,4% superior ao registrado no trimestre encerrado em fevereiro deste ano (mais 322 mil pessoas) e 5,1% maior do que o observado no trimestre finalizado em maio de 2018 (mais 1,17 milhão de pessoas). Por Vitor Abdala, da Agencia Brasil Marcos Santos/USP Imagens Carteira de trabalho O contingente de trabalhadores autônomos no Brasil é recorde da série histórica, iniciada em 2012. Os dados são da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad), divulgada hoje (28) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). O crescimento desses trabalhadores contribuiu para o aumento da população ocupada como um todo, que ficou em 92,9 milhões de pessoas, 1,2% superior (mais 1,07 milhões de pessoas) ao trimestre anterior e 2,6% a mais (2,36 milhões de pessoas a ...

    Leia mais
    imagem: Campanha Nacional pelo Direito a Educação

    Nota de solidariedade aos estudantes trabalhadores e familiares da escola Raul Brasil

    Nota da Campanha sobre o massacre ocorrido nesta quarta-feira na Escola Estadual Raul Brasil em Suzano, na grande São Paulo no Campanha Nacional pelo Direito a Educação imagem: Campanha Nacional pelo Direito a Educação Nota de Solidariedade aos estudantes, trabalhadores e familiares da Escola Raul Brasil Brasil, 13 de março de 2019 A Campanha Nacional pelo Direito à Educação lamenta profundamente o massacre ocorrido nesta quarta-feira na Escola Estadual Raul Brasil em Suzano, na grande São Paulo, e manifesta sua solidariedade à comunidade escolar, aos familiares das vítimas e aos demais feridos. Lamentavelmente, ataques dessa natureza estão se tornando recorrentes no Brasil. O massacre de Realengo, Rio de Janeiro, ocorrido em 2011, deixou treze mortos e doze feridos na Escola Municipal Tasso da Silveira, sendo esta oitava maior tragédia desse tipo em número de vítimas no mundo. No episódio, o assassino portava dois revólveres e munição ...

    Leia mais

    “Mercado de trabalho desperdiça oportunidade por não dar as mesmas possibilidades para trabalhadores negros”, diz especialista

    O racismo chegou no Brasil pelo mar. Atracou por aqui conduzindo navios que carregaram, por quase quatro séculos, cerca de 5 milhões de pessoas (famílias inteiras negras). Arrancadas de seus países de origem, tiveram suas histórias e raízes negadas para servir à corte portuguesa, mas especialmente aos grandes proprietários brasileiros, da maneira mais violenta que existe: escravizados. Com forte acento na efetivação do mercado transatlântico de escravos, o Brasil foi o país que mais importou africanos no período da escravidão, um título que, além de vergonhoso, reverbera pelos séculos da história do país até hoje em todos os campos. Há uma série de esforços internos de vários países e destes em coletivo com vistas a equiparar os direitos negados às populações negras por meio de pressão internacional com tratados construídos desde 1945 compondo um amplo arcabouço de direitos humanos. Mais especificamente falando de equidade racial, estão a Convenção Internacional sobre a ...

    Leia mais
    Foto: Flávio Florido

    Temer deveria explicar aos trabalhadores braçais que eles vão dançar

    Cortador de cana Servente de pedreiro Carvoeiro Roçador de juquira Operário de frigorífico Colhedor de fumo Mineiros Segurança particular Gari Profissional do sexo Motoboy Pescador comercial Trabalhadora empregada doméstica Caminhoneiro Costureira E, sem se esquecer, professor. Foto: Flávio Florido Por Leonardo Sakamoto, do Blog do Sakamoto Michel Temer quer convocar movimentos que ajudaram no processo de impeachment para a tornar as reformas trabalhista e previdenciária mais palatáveis para a população. Em outras palavras, dourar a pílula da imposição dos 65 anos como idade mínima para aposentadoria e enfiá-la goela abaixo da xepa sem discussão. Seria mais honesto e corajoso se Michel falasse diretamente, olho no olho, dos trabalhadores braçais que serão os mais afetados pela mudança e explicar que terão que suar mais a camisa em nome da economia e da manutenção da taxa de lucro alheia. Só não sei qual seria a reação das pessoas que começaram a ...

    Leia mais

    Juíza diz que trabalhadores são “viciados” e defende retenção de documentos

    “ Trabalhadores são, em sua maioria, viciados em álcool e em drogas ilícitas, de modo que gastam todo o dinheiro do salário, perdem seus documentos e não voltam para o trabalho, quando não muito praticam crimes.” Por Piero Locatelli, da Repórter Brasil O comentário acima parece ter sido feito há mais de 100 anos, nos primórdios do mercado de trabalho assalariado no Brasil, mas foi proferido por uma juíza do Trabalho em Santa Catarina, neste ano. A juíza Herika Machado da Silveira Fischborn se referia a 156 trabalhadores que não recebiam salários há pelos menos dois meses e tiveram seus documentos retidos pelos donos da fazenda onde colhiam maçãs, em abril de 2010. Por lei, o empregador é obrigado a devolver a carteira de trabalho de um funcionário em até 48 horas após a assinatura do documento. Porém, segundo a juíza, a infração resultou em um suposto “benefício à ...

    Leia mais

    Temer e Terceirização: Empresários batem palmas, trabalhadores pagam o pato

    Esta notícia é para você, caro amigo trabalhador, cara amiga trabalhadora, que abraçou patos amarelos, chamando-os de amigos, e acreditou no conto de que basta derrubar uma péssima presidente e um governo incompetente para o Brasil virar um lugar com rios de onde fluem leite e mel, cheio de unicórnios fofinhos e potes de ouro no final de arco-íris. Por Leonardo Sakamoto Do Blog do Sakamoto Durante um rega-bofe com a nata do empresariado, em São Paulo, nesta quinta (16), o ministro-chefe da Casa Civil Eliseu Padilha foi ovacionado ao defender que o país precisa “caminhar no rumo da terceirização'', explicando que o projeto que permite isso deve ser votado com rapidez no Congresso Nacional. Pergunta: Por que os empresários bateram palminhas? Alternativas: a) Porque eles acham importante que os trabalhadores que já estão terceirizados conforme a lei atual possam ter mais direitos garantidos? b) Porque poderão economizar demitindo empregados contratados conforme ...

    Leia mais
    Foto: Flávio Florido

    Se o dinheiro não vê fronteiras, por que as erguemos para os trabalhadores?

    Não existe imigrante ilegal. Pois não existem seres humanos ilegais. O que temos, por força das fronteiras, são pessoas que não possuem os documentos de entrada ou de trabalho exigidos por um país ou um bloco de países. Ou que estão em situação de imigração considerada ilegal. Isso parece uma “fresta'' conceitual, uma “frescura do politicamente correto''. Contudo, esconde um abismo. Foto: Flávio Florido Por Leonardo Sakamoto, do Blog do Sakamoto    Às vezes, esquecemos que a escolha das palavras que usamos, consciente ou inconscientemente, não é aleatória. Diz muito sobre a forma como vemos o mundo e nos relacionamos com ele. Ou como fomos ensinados, formados ou doutrinados a legitimar a exploração como se fosse algo normal. Afinal, se o diabo está nos detalhes, o inferno são as entrelinhas da nossa fala. Por exemplo, o que é “migrante''? O forasteiro que vem de fora roubar nossos empregos e destruir ...

    Leia mais
    “Liberdade de expressão” é como self-service: você come o que lhe convém

    Um golpe contra os trabalhadores está em curso no Congresso Nacional

    A Câmara dos Deputados está prestes a aprovar um projeto que amplia os casos em que pode ocorrer terceirização no Brasil. Por Leonardo Sakamoto, do Blog do Sakamoto  – Ah, japa, mas eu não tenho nada a ver com isso. Bem, se você não se preocupa com décimo-terceiro salário, adicional de férias, FGTS e Previdência Social, então nem leia esse post. Caso contrário, deveria saber que o projeto de lei 4330/2004, de autoria do deputado federal Sandro Mabel (PMDB-GO), que legaliza a contratação de prestadoras de serviços para executarem atividades-fim em uma empresa, pode ser votado nesta semana. Ou seja, de uma hora para outra, a empresa em que você trabalha pode pedir para você abrir uma empresa individual e começar a dar nota fiscal mensalmente para fugir de impostos e tributos. Escrevi um texto, tempos atrás, para tentar explicar o que está em jogo e o retomo a discussão neste post. Por exemplo, uma ...

    Leia mais

    Em vídeo, artistas criticam terceirização de trabalhadores; assista

    Wagner Moura, Dira Paes, Camila Pitanga, Bete Mendes e Osmar Prado participam da campanha “Todos contra a Terceirização”; o vídeo, gravado em 2013, voltou a circular com a polêmica em torno do PL 4.330/04 Por Redação, da Revista Fórum  Por um lado, o presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), já manifestou apoio ao projeto de lei 4.330/04, que regulamenta a terceirização de trabalhadores. Segundo ele, o PL terá prioridade nas votações da Casa. Do outro, centrais sindicais e ativistas de vários movimentos fazem pressão contra a proposta legislativa, considerada uma afronta aos direitos trabalhistas conquistados até então. A Associação Nacional dos Magistrados da Justiça do Trabalho (Anamatra) é uma das entidades que criticam o PL. Há anos, a campanha “Todos contra a Terceirização” tenta chamar a atenção para o risco de precarização e exploração da mão-de-obra desses profissionais. Uma das peças de divulgação da iniciativa é um vídeo gravado com artistas ...

    Leia mais

    Jovem filha de trabalhadores rurais é empossada como Defensora Pública

    “Ser Defensora Pública é a concretização de um sonho, ainda mais no meu Estado”, afirmou emocionada, a tocantinense Joice Mayara de Oliveira Silva, 25 anos, natural de Porto Nacional, durante cerimônia de posse como Defensora Pública Substituta do Tocantins, realizada na sexta-feira, 30, na sala do Conselho Superior da Instituição, em Palmas. No Defensoria Pública de Tocantins Acompanhada pelos pais José Luis e Maria Dilma, dos irmãos José Augusto e Deyla Jordana e familiares, Joice Oliveira agradeceu o apoio da família, a recepção dos Defensores Públicos e Servidores da Instituição. “Quero contribuir para o crescimento da Defensoria Pública do Estado do Tocantins que vem sendo destaque em todo Brasil, sempre citada como uma das cinco melhores Defensorias Públicas do país”. A nova Defensora Pública conta que alimenta este sonho desde os sete anos de idade, motivada por um tio que é da área jurídica. “Desde criança eu me interesso pela área. Na época em que o edital do Concurso foi publicado, eu ...

    Leia mais
    341cf8hu3hxp01mmodtkl70ra

    Trabalhadores haitianos em São Paulo são cobiçados por empresários do País

    Cerca de 20 empresas já procuraram o Ministério do Trabalho interessadas em contratar os estrangeiros. Áreas da construção civil, limpeza e agronegócio são as que mais procuram Por Ana Flávia Oliveira A onda migratória de haitianos em São Paulo, que se intensificou no começo de abril, após o fechamento de um abrigo para os estrangeiros no Acre, trouxe também empresários atrás dessa mão-de-obra estrangeira. Segundo o Ministério do Trabalho, ao menos 20 empresas estão interessadas em contratar os recém-chegados. As áreas da construção civil, limpeza e agronegócio são as que mais ofertam vagas. Na semana passada, em menos de uma hora, a reportagem viu ao menos três empresários oferecendo emprego aos grupos de haitianos no pátio da Igreja Nossa Senhora, onde fica a Missão Paz, no Glicério, região central de São Paulo. O local é o principal abrigo da cidade para esses imigrantes. O empresário do ramo da construção civil ...

    Leia mais
    341cf8hu3hxp01mmodtkl70ra

    Trabalhadores haitianos em São Paulo são cobiçados por empresários do País

    Cerca de 20 empresas já procuraram o Ministério do Trabalho interessadas em contratar os estrangeiros. Áreas da construção civil, limpeza e agronegócio são as que mais procuram Por Ana Flávia Oliveira A onda migratória de haitianos em São Paulo, que se intensificou no começo de abril, após o fechamento de um abrigo para os estrangeiros no Acre, trouxe também empresários atrás dessa mão-de-obra estrangeira. Segundo o Ministério do Trabalho, ao menos 20 empresas estão interessadas em contratar os recém-chegados. As áreas da construção civil, limpeza e agronegócio são as que mais ofertam vagas. Na semana passada, em menos de uma hora, a reportagem viu ao menos três empresários oferecendo emprego aos grupos de haitianos no pátio da Igreja Nossa Senhora, onde fica a Missão Paz, no Glicério, região central de São Paulo. O local é o principal abrigo da cidade para esses imigrantes. O empresário do ramo da construção civil ...

    Leia mais
    cana-mao-300x225

    MPT aciona usina por discriminar trabalhadores

    Raízen Energia mantinha "lista suja" com nomes de funcionários que entraram na Justiça contra a empresa Por Redação Para procurador, mensagem é que é preferível trabalhar até a exaustão ou morte a causar problemas à empresa (foto: Imprensa Sindical); foto no alto: site da Raízen O Ministério Público do Trabalho (MPT) em Bauru ingressou com ação civil pública contra a Raízen Energia S.A, pedindo o pagamento de indenização por danos morais no valor de R$ 10 milhões devido à prática de discriminação de funcionários. A companhia mantinha uma “lista suja”, com nomes de trabalhadores que acionaram a empresa na Justiça, apresentaram problema de saúde ou baixa produtividade em safras anteriores. Quem tinha o nome nessa lista não seria contratado para trabalhar em novas safras. A Raízen Energia foi criada a partir da junção de negócios de Shell e Cosan, é hoje a quinta maior empresa em faturamento e a principal ...

    Leia mais
    barra

    Trabalhadores negros causam ‘Poluição visual e mau cheiro’, disse administrador de condomínio da Barra

        O objetivo, para a maioria, era realizar os exames médicos para, em breve, iniciar um emprego novo. Mas a expectativa transformou-se em frustração na porta do condomínio comercial Le Monde, na Barra da Tijuca, na Zona Oeste do Rio. Barrados na entrada, trabalhadores negros ainda ouviram um administrador dos edifícios dizer que causariam “poluição visual e mau cheiro” no espaço, segundo consta no registro de ocorrência feito na 16º DP (Barra) na noite desta quarta-feira. A ofensa também foi presenciada por um PM que foi ao local atender o chamado. O grupo começou a chegar ao endereço, situado no número 3.500 da Avenida das Américas, por volta das 8h. O destino de todos era a clínica BioCardio, especializada em medicina do trabalho, que ocupa três salas no quarto andar do bloco 7. Com idades variando entre 18 e 59 anos, alguns deles negros, boa parte dos pacientes iria ...

    Leia mais
    barra

    Trabalhadores negros causam ‘Poluição visual e mau cheiro’, disse administrador de condomínio da Barra

    O objetivo, para a maioria, era realizar os exames médicos para, em breve, iniciar um emprego novo. Mas a expectativa transformou-se em frustração na porta do condomínio comercial Le Monde, na Barra da Tijuca, na Zona Oeste do Rio. Barrados na entrada, 18 trabalhadores ainda ouviram um administrador dos edifícios dizer que causariam “poluição visual e mau cheiro” no espaço, segundo consta no registro de ocorrência feito na 16º DP (Barra) na noite desta quarta-feira. A ofensa também foi presenciada por um PM que foi ao local atender o chamado. O grupo começou a chegar ao endereço, situado no número 3.500 da Avenida das Américas, por volta das 8h. O destino de todos era a clínica BioCardio, especializada em medicina do trabalho, que ocupa três salas no quarto andar do bloco 7. Com idades variando entre 18 e 59 anos, alguns deles negros, boa parte dos pacientes iria começar a ...

    Leia mais
    Página 1 de 153 1 2 153

    Últimas Postagens

    Artigos mais vistos (7dias)

    Twitter

    Welcome Back!

    Login to your account below

    Create New Account!

    Fill the forms bellow to register

    Retrieve your password

    Please enter your username or email address to reset your password.

    Add New Playlist