A beleza negra de Juliana Alves: Dermatologia em pele negra

A atriz Juliana Alves está de bem com a vida. A morena, que acaba de interpretar a fogosa Suellen, na trama Caminho das Índias, posou nua pela primeira vez, está comprando um apartamento no Rio de Janeiro, e em pouco tempo realizará o sonho de brilhar também no teatro. Além, é claro, de completar em 2009 quase dois anos de namoro com o ator Guilherme Duarte.

A carreira da morena de 27 anos começou na terceira edição do Big Brother Brasil, em 2003. E do reality show, a modelo passou a atriz de horário nobre: Juliana deslanchou depois de sua participação em Duas Caras. Dona de uma beleza exótica, ela atualmente inspira milhares de mulheres ao assumir os cachos e dizer aos quatro ventos que seus ideiais de beleza são as estrelas Naomi Campbell e Beyoncé.

Na última semana, ela comandou o programa da GNT Superbonita e mostrou que também sabe muito bem ‘bancar’ uma de apresentadora. Em entrevista exclusiva ao Portal CARAS, ela conta sobre seus cuidados com a saúde e como aceitou a imagem que vê todos os dias no espelho.

– Para você, por que as brasileiras gostam tanto dos cabelos lisos?

– Na verdade, existe uma ideia de que as pessoas gostam de cabelo liso porque isso é o que o mercado vende, mas acho que na prática os cabelos crespos e cacheados vendem bem também.

– Gosta de passar uma chapinha de vez em quando? Se sente bonita de cabelo liso?

– Não é como eu mais gosto de me ver, mas eu me divirto em mudar de visual e acho bacana quando preciso fazer isso. Para o dia a dia não costumo fazer chapinha, prefiro ele o mais natural possível.

– Sempre foi assim? Como você se sentia quando era pequena?

– Eu não entendia que na verdade o problema (já que não haviam referências na TV etc) estava nas pessoas e não em mim, de ser diferente do padrão estabelecido pela mídia. Meus pais me ajudaram a ter a consciência que eu precisava pra ter uma boa auto-estima e conviver bem com a minha natureza.

– Como cuida dos cabelos cacheados?

– Eu faço muita hidratação. Uso produtos com recuperam a umidade do meu cabelo. Por ser muito volumoso, eu evito lavar no final da tarde e à noite porque demora a secar.

– Você tem uma pele invejável. Quais são os cuidados diários que você tem?

– Eu uso sabonete antiacne, loção ‘beatriz’, que é um peeling diário, uso filtro solar com ação hidratante hipoalergênico, manipulado por minha dermatologista, Kétlin Cruz da Conceição. Ela é especializada em pele morena e negra, já que meu tipo de pele requer cuidados específicos.

– Qual sua dica infalível de make up? Tem algum item que não pode faltar de jeito nenhum no seu estojo de maquiagem?

– Pra mim é o rímel, porque abre o olhar, principalmente no meu caso que tenho olhos apertadinhos. Faz uma grande diferença!

– Você já posou nua e na última novela da Rede Globo, interpretou uma personagem adepta da minissaia. Como é o cuidado com o corpo? Faz dietas?

– Eu procuro ter uma alimentação balanceada no meu dia a dia e só faço dietas mais radicais quando algum personagem exige isso.

 

+ sobre o tema

A alma terrível das ruas

Centro Cultural Correios traz 120 obras sobre o Rio...

Rio de Jeneiro: O Rappa

O Rappa volta a se apresentar na Fundição Progresso,...

Os 10 melhores jogadores africanos da história

A paixão do povo africano pelo futebol é antiga,...

África tem reservas subterrâneas de água, dizem cientistas

    Terra Cientistas dizem que o continente africano, conhecido pelo clima...

para lembrar

5 videos que dão dicas para homens cuidarem de seu BlackPower

Sempre vemos videos de meninas dando dica de beleza,...

Chiwetel Ejiofor leva o Bafta de melhor ator e é favorito ao Oscar

O ator britânico Chiwetel Ejiofor ganhou o BAFTA de...

Veja repercussão da morte do líder sul-africano Nelson Mandela

A morte do líder sul-africano e ex-presidente da África...

Pelé inspira arte em nova exposição em Londres

Uma exposição em Londres, batizada de "Art, Life, Football"...
spot_imgspot_img

Coletivo Kukuru Itan realiza oficina gratuita de teatro de Nanã para idosos durante o mês de junho

Com a missão de valorizar a identificação de idosos racializados, sobretudo negros, o Coletivo Kukuru Itan criou a oficina de teatro de Nanã, que acontece durante o mês...

Brasileiro dirige único teatro negro da Alemanha

"Ainda tenho um milhão de coisas para fazer", diz Wagner Carvalho, diretor artístico do teatro Ballhaus Naunynstrasse em Berlim, poucas horas antes da estreia da noite. Wagner não...

Cientistas revelam mistério por trás dos antiquíssimos baobás, as árvores da vida

Cientistas afirmam ter resolvido o mistério em torno da origem dos antigos baobás. De acordo com análises de DNA, as árvores teriam surgido pela primeira...
-+=