Angolana, Leila Lopes, vence Miss Universo 2011

Enviado por / FonteDo Mundo das Tribos

A angolana Leila Lopes, de 25 anos, foi eleita a Miss Universo 2011 na noite desta segunda-feira, 12. A cerimônia aconteceu no Credicard Hall, na zona sul de São Paulo. A brasileira Priscila Machado, de Canoas, no Rio Grande do Sul, ficou na terceira colocação. Leila desbancou 88 candidatas. A representante da Ucrânia, Olesya Stefanko, conquistou a segunda posição.

Leila Lopes recebeu a coroa e a faixa da mexicana Ximena Navarrete, vencedora do concurso em 2010, e foi aplaudida pelas torcidas de todo o mundo. A Miss Universo ganhou um curso na New York Academy, com todas as despesas pagas, além de um ano de acomodação de luxo em Nova York, viagens pelo mundo representando patrocinadores e ONGs e um ano de serviços de beleza e estética.

História de Leila Lopes

Leila Lopes nasceu em Benguela em 26 de fevereiro de 1986 e é filha de pais cabo-verdianos. Apesar de agora deter o papel de Miss Universo, a rainha da beleza não dispensa o apetite. Afirmou em uma entrevista que adora os pratos típicos da terra, como kalulu, carne seca com funge de milho, mufetes, cabidela e kisara. Respeitando o regulamento, Leila Lopes afirma ser solteira, porém possui um namorado que sempre apoiou seu sonho.

Em decorrência da participação no concurso, Leila Lopes teve de trancar sua faculdade que fazia em Londres, capital inglesa. A universidade não permite que os alunos estudem pela internet e realizem apenas os testes, por isso a angolana teve de tomar a difícil decisão de trancar o curso de graduação de Gestão de Empresas durante este ano, até que saísse o resultado final do Miss Universo.

Apesar de ter nascido no país, a Miss Angola conhece pouco de sua nação, porém desde foi eleita para representar a Angola a miss já visitou as províncias de Huíla e do Bengo – e adorou.

Outro passatempo que Leila Lopes não dispensa é uma boa dança no estilo kuduro. É fã de Bruno M. e passa horas admirando as letras das músicas do cantar. Sua principal admiração no mundo da moda é Naomi Campbell, top model negra.

Com 1,79m de altura, Leila Lopes hoje possui o lugar que muitas mulheres gostariam de estar.

 

+ sobre o tema

Rapper Diddy e Ciara vêm ao Brasil para o Fashion Rocks

O rapper norte-americano Diddy, também conhecido como P. Diddy...

‘A Receita’ debate a violência contra mulheres negras

A peça ‘A Receita’, do grupo O Poste Soluções...

Sul-africanos resignados a um iminente adeus a Mandela

No dia em que aumentou significativamente o contingente de...

para lembrar

Reggae: ritmo jamaicano sofreu preconceito até ter reconhecimento

A cidade de São Luís tem motivos para comemorar: aos 411...

Rosa Parks e Sally Ride dois ícones históricos ganham sua versão Barbie

Crianças em todo o mundo poderão brincar com as...

Estudantes africanos criam Campanha para mostrar diversidade da África: “não somos um país”

Campanha traz estudantes segurando bandeiras de países do continente...

FSM-BA: íntegra da carta lida na Assembleia de Movimentos Sociais

Veja abaixo a carta lida na abertura da assembleia...
spot_imgspot_img

Da fofoca às janelas do Brasil, exposição evidencia africanidade que vive em nós

Depois da fofoca e de um cafuné no meu caçula, tentei tirar um cochilo, mas terminei xingando uma cambada de moleques que cantavam "Tindolelê" na rua. A frase ficou meio maluca, mas essa loucura tem seu método...

Spcine marca presença no Festival de Cinema de Cannes 2024 com ações especiais

A Spcine participa Marché du Film, evento de mercado do Festival de Cinema de Cannes  2024 e um dos mais renomados e influentes da...

‘Está começando a segunda parte do inferno’, diz líder quilombola do RS

"Está começando a segunda parte do inferno", com esta frase, Jamaica Machado, líder do Quilombo dos Machado, de Porto Alegre, resumiu, com certo desânimo, a nova...
-+=