terça-feira, julho 7, 2020

    Planos de Aula

    Plano de Aula: A longa batalha pela igualdade racial

    Plano de Aula: A longa batalha pela igualdade racial

    Ensino Médio Objetivos A partir de dados sociodemográficos, avaliar a condição da população negra no Brasil atual Conteúdos Negros e mercado de trabalho – Mudanças demográficas – Preconceito e discriminação racial – Equidade racial – políticas públicas Tempo estimado Quatro aulas Introdução Plano de Aula: A longa batalha pela igualdade racial. VEJA desta semana traz uma reportagem com base na recente pesquisa da Fundação Getúlio Vargas sobre a ascensão e mobilidade social de negros no Brasil. Os dados mostram que houve crescimento de 57% no grupo de pessoas negras que atingiram renda familiar mensal acima de 7 mil reais, índice superior a outros grupos segundo a cor, como os brancos, que obtiveram crescimento de 17%. Trata-se de um fato a se comemorar – e muito –, já que os indicadores representam uma melhoria na condição de vida e bem-estar de negros ou afrodescendentes – hoje maioria da população, como mostraram os...

    Leia mais
    Plano de aula: Quebra cabeça Dia da Consciencia Negra

    Plano de aula: Quebra cabeça Dia da Consciência Negra

    Quebra Cabeça DIA DA CONSCIÊNCIA NEGRA Atividade para alunos da pré-escola. Clique aqui para baixar a imagem para impressão Quebra cabeça Dia da Consciência Negra ou abra a imagem abaixo >> clique (direito) sobre a imagem e escolher salvar imagem Plano de aula: Quebra cabeça Dia da Consciência Negra « Plano de aula: Gibi Quilombo... A Escravidão Negra: da África ao Brasil...  

    Leia mais
    Plano de Aula: A arte africana e suas influencias

    Plano de Aula: A arte africana e suas influencias

    TEMA: A arte africana e suas influências JUSTIFICATIVA: A arte africana e suas influencias. A cultura africana oferece elementos relacionados a todas as áreas do conhecimento onde será trabalhado em todas as séries do ensino fundamental e Médio. O Ensino da História sempre privilegiou as civilizações que vieram em torno do Mar Mediterrâneo. O Egito estava entre elas, mas raramente, relacionadas a África, tanto que, junto com os outros países do Norte do Continente, pertence a chamada África Branca, termo usado que despreza os povos negros que ali viveram antes das invasões dos persas, gregos e romanos. O Continente Africano era dividido em Reinos antes da chegada dos Europeus. O Reino do Congo era dividido em aldeias familiares, distritos e províncias, e todos os governadores eram conselheiros do rei. Esses são comparados com o modo de vida do negro em nosso país, na época da escravidão, nos quilombos e nos dias...

    Leia mais
    beijo_da_palavrinha

    Mia Couto-O beijo da palavrinha

    Texto: Mia Couto - Ilustrações: Malangatana   Ed. Língua Geral Livro: Mia Couto-O beijo da palavrinha. A história se passa em uma aldeia no interior da África onde há uma família muito pobre que não conhece o mar. Imagine alguém sentir o mar através da palavra MAR. O que esta palavrinha traz da grandeza do mar? O autor nos mostra que esta palavrinha traz muito desta grandeza e nos faz ver e sentir o mar ao defini-lo através de um momento de cumplicidade, sensibilidade, solidariedade e muita imaginação de dois irmãos. Em O beijo da palavrinha, Mia Couto conduz-nos ao interior de sua Moçambique, a um lugar onde vivia uma menina que nunca vira o mar, e para enfatizar a distância da localidade do litoral, afirma: viviam numa aldeia tão interior que acreditavam que o rio que ali passava não tinha nem fim nem foz. Logo na primeira página o autor contextualiza, de maneira simples e clara, o ambiente...

    Leia mais
    Kiriku_e_a_Feiticeira

    Kiriku e a Feiticeira

    Kiriku e a Feiticeira. Na África Ocidental, nasce um menino minúsculo, cujo tamanho não alcança nem o joelho de um adulto, que tem um destino: enfrentar a poderosa e malvada feiticeira Karabá, que secou a fonte d'água da aldeia de Kiriku, engoliu todos os homens que foram enfrentá-la e ainda pegou todo o ouro que tinham. Para isso, Kiriku enfrenta muitos perigos e se aventura por lugares onde somente pessoas pequeninas poderiam entrar. Entre magia, coragem e astúcia: cultura e tradição africana. Acadêmicas: Andreza Guandeliny, Débora Rodrigues, Gerusa Baião dos Santos, Kátia Aparecida Medeiros, Sônia Alves Curiosidade: O diretor do filme, Michel Ocelot, passou parte da infância na Guiné, onde conheceu a lenda de Kiriku. Objetivo Mostrar através do filme KIRIKU E A FEITICEIRA um pouco da história, da cultura africana, passando esse conhecimento de forma clara, objetiva e de fácil linguagem, para que os alunos compreendam fatos comuns da vida...

    Leia mais
    Plano de aula: Consciência Negra II

    Plano de aula: Consciência Negra II

    Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro. PUC- rio Curso: Tecnologia em Educação Mediadora: Odete Soares de Sá Cursista: Eli Monteiro de A. Nunes Disciplina: OFICINA: Projeto Pedagógico Utilizando Ambientes Interativos Virtuais Atividade Única e Individual: Enriquecendo Nosso planejamento Turma: AP05- AIV Tema da Aula: Consciência Negra Ementa: Proposta de Aula Interdisciplinar Utilizando Recursos Midiáticos O que o aluno poderá aprender com esta aula: Consciência Negra II. O aluno irá conhecer e refletir sobre a história dos povos africanos, sua origem, sua cultura, entender melhor a origem do povo brasileiro e, conhecer de maneira mais profunda sobre a Lei 10.639/03, numa perspectiva acerca do papel da escola e a obrigatoriedade do ensino de história da África e da cultura afro-brasileira de acordo com PCNs, fazer parte do currículo da escola e na formação da nossa cultura, nomes, comidas, bebidas, danças, ritmos, instrumentos musicais. O objetivo principal é que o aluno possa...

    Leia mais
    PRECONCEITO RACIAL: A vida tem a cor que você pinta

    Preconceito Racial: A vida tem a cor que você pinta

    UBERLANDIA - MG ESC DE EDUCACAO BASICA Co-autor(es)LUCIANNA RIBEIRO DE LIMA; MARTA REGINA ALVES PEREIRA; FÁTIMA REZENDE NAVES DIAS; GLÁUCIA COSTA ABDALA DINIZ Autor: LILIANE DOS GUIMARAES ALVIM NUNES, do Portal do Professor Estrutura Curricular Modalidade / Nível de Ensino Componente Curricular Tema Ensino Fundamental Inicial Ética Diálogo Ensino Fundamental Inicial Ética Justiça Ensino Fundamental Inicial Ética Respeito mútuo Ensino Fundamental Inicial Ética Solidariedade   Dados da Aula PRECONCEITO RACIAL: A vida tem a cor que você pinta. O que o aluno poderá aprender com esta aula: a) Identificar posturas preconceituosas em colegas de sala ou em pessoas da sociedade de uma maneira geral. b) Respeitar colegas e professores/as que pertencem a diferentes classes sociais, etnias, raças, religiões, dentre outros. c) Conhecer alguns elementos da cultura negra e valorizá-la.   Duração das atividades 2 aulas de 50 minutos Conhecimentos prévios trabalhados pelo professor com o aluno Não há necessidade de se trabalhar...

    Leia mais
    Preconceito - Conhecimento vence opressão

    Preconceito – Conhecimento vence opressão

    Autor Grace Luciana Pereira SAO PAULO - SP Universidade de São Paulo Modalidade / Nível de Ensino Componente Curricular Tema Ensino Fundamental Final Pluralidade Cultural Direitos humanos, direitos de cidadania e pluralidade Dados da Aula O que o aluno poderá aprender com esta aula Preconceito - Conhecimento vence opressão visa discutir sobre o preconceito e suas raízes na cultura brasileira partindo da abolição no Brasil; Aprender sobre o que o Código penal diz sobre racismo. Discutir o artigo 5º da Constituição Brasileira. Duração das atividades Uma seqüência de atividades de 6 aulas Conhecimentos prévios trabalhados pelo professor com o aluno Descobrir o que os alunos sabem sobre a abolição da escravatura. Discussão sobre histórias de preconceito que os alunos conhecem. Verificar qual o conhecimento dos alunos sobre a lei em relação à discriminação. Estratégias e recursos da aula Diálogos contra o Racismo Orientações ao professor É fundamental que o professor...

    Leia mais
    blank

    Plano de aula: A África que você não vê na Tv

    Autor Valéria Silva Neri BRASILIA - DF Universidade de Brasília   Modalidade / Nível de Ensino Componente Curricular Tema Ensino Fundamental Inicial Pluralidade Cultural Pluralidade e educação   Dados da Aula O que o aluno poderá aprender com esta aula A África que você não vê na Tv. Nessas aulas o aluno terá a oportunidade de conhecer a cultura da África, suas lendas, suas músicas, culinária, brincadeiras, etc. e suas influências na nossa cultura. O objetivo é mostrar para o aluno que a África não é só pobreza, como geralmente é mostrado na mídia, ou escravidão, como aborda alguns livros didáticos. Dessa forma o aluno terá uma visão mais ampla e conciente das nossas raízes culturais. Duração das atividades Serão 4 aulas com duração média de 1 hora cada. Essas aulas poderão ser feitas próximo a semana da consciência Negra. Conhecimentos prévios trabalhados pelo professor com o aluno É interessante que...

    Leia mais
    A Escravidão Negra: da África ao Brasil

    A Escravidão Negra: da África ao Brasil

    Autor Virna Ligia Fernandes Braga - Co-autor: Oswaldo José Bueno Alves da Silva - JUIZ DE FORA - MG - COL DE APLICACAO JOAO XXIII - Modalidade / Nível de Ensino Componente Curricular Tema Ensino Médio Artes Música: Contextualização Ensino Médio História Processo histórico Ensino Médio História Trabalho Dados da Aula O que o aluno poderá aprender com esta aula A Escravidão Negra: da África ao Brasil. O aluno terá contato com a situação vivenciada pelos negros durante o transporte nos navios negreiros e a consequënte chegada ao Brasil, para o trabalho nas lavouras de cana-de-açúcar. Duração das atividades Duas aulas de 50 minutos Conhecimentos prévios trabalhados pelo professor com o aluno A Expansão Marítima. O Pioneirismo da Península Ibérica. A Descoberta do Brasil. A lavoura açucareira. Estratégias e recursos da aula 1ª ETAPA: Todo Camburão Tem Um Pouco De Navio Negreiro O Rappa Composição: Marcelo Yuka Tudo começou quando a...

    Leia mais
    blank

    Racismo ensino Ciências escolar: relações sociais

    Autor SANDRO PRADO SANTOS - Co-autor Cláudia Regina M. G. Fernandes - UBERLANDIA - MG - ESC DE EDUCACAO BASICA -   Modalidade / Nível de Ensino Componente Curricular Tema Ensino Médio Biologia Diversidade da vida Educação de Jovens e Adultos - 1º ciclo Estudo da Sociedade e da Natureza Cultura e diversidade cultural Ensino Fundamental Final Pluralidade Cultural Direitos humanos, direitos de cidadania e pluralidade   Dados da Aula O que o aluno poderá aprender com esta aula Racismo e ensino Ciências no contexto escolar: implicações nas relações sociais. Essas aulas possuem um caráter de ações educativas de combate ao racismo e a discriminação. Dessa forma, o professor enquanto mediador poderá contribuir para que os alunos desconstruam estereótipos de inferioridade étnico-racial, valorizando a diversidade existente em nossa sociedade e principalmente no cotidiano escolar. Duração das atividades 3 aulas (50 minutos cada) Conhecimentos prévios trabalhados pelo professor com o aluno É...

    Leia mais
    livro_moca_bonita

    Valorizando diversidade Menina bonita do laço de fita

      Modalidade / Nível de Ensino Componente Curricular Tema Ensino Fundamental Inicial Língua Portuguesa Alfabetização Ensino Fundamental Inicial Língua Portuguesa Língua oral: valores, normas e atitudes   Autor Amanda Barros Teixeira - Co-autor(es)Andréa Vassallo Fagundes - JUIZ DE FORA - MG - Universidade Federal de Juiz de Fora - Dados da Aula O que o aluno poderá aprender com esta aula Valorizando a diversidade - Menina bonita do laço de fita Incentivar o gosto pela leitura de histórias narradas. Desenvolver habilidede de escrever frases a paritr de gravuras. Interpretar fatos da história a partir de perguntas sugeridas. Tratar a questão das diferenças, valorizando a diversidade a partir da raça negra. Duração das atividades 3 aulas de 50 minutos Conhecimentos prévios trabalhados pelo professor com o aluno No dia anterior a essa aula, mandar um bilhete pedindo aos alunos para trazer alguma foto de seus familiares (mãe, pai, avô, tia, etc). Estratégias...

    Leia mais
    Plano de aula - Gênero de diversidade

    Plano de aula – Gênero de diversidade

    Dados da Aula O que o aluno poderá aprender com esta aula Gênero de diversidade, visa conhecer e utilizar ferramentas de pesquisa na internet de maneira objetiva; Pesquisar conteúdos a serem trabalhados em sala, para desenvolver atitudes de aluno investigador; Ampliar conhecimentos a cerca das questões de gênero e favorecer conscientização para equidade; Conhecer a realidade da mulher e suas atribuições na sociedade brasileira e da sua comunidade local; Respeitar às diversidades nas formações familiares, opção sexual e desempenho de papéis sociais. Autor:  Claudia de Medeiros Lima - SALVADOR - BA - ESCOLA LANDULFO ALVES - Duração das atividades 10 aulas Conhecimentos prévios trabalhados pelo professor com o aluno Diálogo com os alunos sobre a realidade da sua família e comunidade nas questões de gênero e violência contra a mulher. Estratégias e recursos da aula 1ª etapa Diálogo com alunos sobre o que sabem a cerca do gênero masculino e...

    Leia mais
    blank

    Diversidade Cultural da sociedade brasileira

      Dados da Aula DIVERSIDADE CULTURAL DA SOCIEDADE BRASILEIRA  o que o aluno poderá aprender com esta aula? Diversidade cultural da sociedade brasileira Exprimir, por meio de exemplo, o conceito de cultura como algo dinâmico e plural. Reconhecer o caráter multiétnico e a diversidade cultural da sociedade brasileira, adotando perante tal pluralidade atitudes isentas de preconceitos. Observar mudanças ocorridas em aspectos da cultura no passado e no presente. Identificar traços culturais característicos de diferentes regiões do Brasil Autor Vânia Lúcia Lima Vieira de Mello - Co-autor: Sulamita Nagem Dias Lima - BELO HORIZONTE - MG - ESC FUND DO C PEDAG DA UFMG - Duração das atividades Aproximadamente, 03 aulas Conhecimentos prévios trabalhados pelo professor com o aluno Habilidades de codificação e decodificação Gênero textual propaganda: forma composicional, linguagem e função. Estratégias e recursos da aula Estratégias e recursos da aula: -Vídeos -Aula dialogada -Áudio -Leitura de Texto -Interpretação de texto...

    Leia mais
    consciencia_negra

    Plano de aula – Consciência Negra

    Consciência Negra. A professora usará um telefone de lata para chamar a atenção dos alunos para a comunicação entre Luci personagem brasileira e Xhosa menino africano que mora na Namíbia . Após os alunos perceberem que escutamos o que o outro diz no telefone de lata, a professora contará a história e mostrará cartazes com as ilustrações do livro. A menina Luci atira um telefone de lata no telhado, um tempo depois começa a se comunicar com Xhosa um menino africano que conta a ela como vivem os africanos, seus hábitos,costumes, suas histórias... Luci passa então, a se interessar pelo continente africano e começa juntamente com seus pais(Ilda e Luiz) a pesquisar sobre a sagrada mãe África. 2) Produção textual: Os alunos produziram uma história coletiva para o menino Xhosa como é viver no Brasil, o que as crianças gostam de brincar, o que fazem nas horas de folga, como...

    Leia mais
    multiculturalism-freedom-equality

    Plano de aula – Respeitar diferenças

    Para afastar o fantasma do preconceito e formar jovens mais tolerantes devemos respeitar diferenças Muitos professores que trabalham em escolas públicas de periferia comentam que as turmas, com o passar dos anos, vão "clareando". Grosseira, a expressão indica que há menos alunos negros na 7ª e 8ª séries do que na 1ª. A cruel constatação, no entanto, não significa o reconhecimento de que existe preconceito na escola. Pesquisa realizada pela professora Irene Sales de Souza, da Universidade Estadual Paulista, em Franca, mostrou que 83% dos 200 entrevistados negaram já ter presenciado situações de discriminação no ambiente escolar, apesar de todos serem unânimes em afirmar que existe racismo no Brasil! Por isso, está mais do que na hora de abordar essa difícil questão em sala de aula e evitar que mais crianças (sobretudo da raça negra) desistam de estudar. "A discriminação afeta a auto-estima do estudante. Isso se reflete no aprendizado...

    Leia mais
    Ricardo Stuckert/Agência Brasil

    Plano de aula – Por que os heróis nunca são negros?

    Por que os heróis nunca são negros visa mostrar que existe um racismo velado no Brasil e que a imagem dos negros nos livros ainda é inferiorizada perante o branco. Aumentar a auto-estima dos alunos afro-descendentes, despertar a turma para a diversidade da raça humana e promover o respeito pelas diversas etnias. Tema: Preconceito racial Como chegar lá Faça um levantamento dos heróis e heroínas conhecidos pelo grupo. Provavelmente os de cor branca serão maioria. Em seguida apresente personagens negras de livros e filmes (como o desenho animado Kiriku e a Feiticeira, disponível em fita VHS) e pessoas notórias que sejam representadas de maneira positiva. Discuta os motivos dessa diferença, peça pesquisas em jornais e revistas que comprovem a discriminação Dica Não chegue com discurso pronto sobre o racismo. Deixe os alunos concluírem que o preconceito e a discriminação existem, sim, no Brasil e que precisam ser combatidos. Ao falar da...

    Leia mais
    A aluna Roseane queria ter os cabelos trançados como os da colega Juliana: ampliação dos padrões de beleza Foto: Ricardo B. Labastier/ Sorvo

    Plano de Aula – A cultura negra em sala de aula

    Educação não tem cor Por Roberta Bencini no Revista Escola Plano de Aula com discussões e projetos bem elaborados, é possível combater o preconceito racial que existe, sim, na escola. Está nas suas mãos, professor, o sucesso dessas crianças, negras e brancas, como alunas e cidadãs Roseane Souza de Queirós, 8 anos, tem os cabelos lisos e claros, mas queria que eles fossem trançados e escuros como os da colega de sala de aula Juliana Francisca de Souza Claudino, uma garota negra também de 8 anos. Um dia, apareceu com o mesmo penteado afro. A atitude de Roseane surpreende. É muito, muito mais comum a criança negra desejar se parecer com a maioria dos heróis dos contos de fadas europeus, com as modelos estampadas em revistas e jornais e com os colegas que recebem maior atenção em sala, todos brancos e loiros. As duas meninas participam sistematicamente de discussões e...

    Leia mais

    Últimas Postagens

    Artigos mais vistos (7dias)

    Instagram

    Twitter

    Facebook

    Welcome Back!

    Login to your account below

    Create New Account!

    Fill the forms bellow to register

    Retrieve your password

    Please enter your username or email address to reset your password.

    Add New Playlist