segunda-feira, junho 1, 2020

    Áreas de Atuação

    defensoria-publica

    Concurso: Abertas as inscrições de Estagiário em Direito para Defensoria Pública

    Fonte: Lista Racial- Abertas até 24/11 inscrições para concurso de estagiário de direito da Defensoria para Capital e Mogi das Cruzes A Defensoria Pública do Estado de São Paulo publicou no último dia 16/11 edital para concurso regionalizado de estagiário de direito. São 59 vagas divididas entre as Regionais Leste, Sul, Norte-Oeste e Criminal na capital. Outras quatro vagas são destinadas para a Regional de Mogi das Cruzes, na Região Metropolitana. As inscrições são gratuitas. Os candidatos podem se inscrever entre os dias 16 e 24 de novembro em uma das cinco regionais para onde se destinam as vagas. O horário para entrega da inscrição é das 10h às 17h. Apenas na Regional Criminal da Capital é das 13h às 17h. A ficha de inscrição e o edital com todas as informações sobre o concurso, inclusive os endereços para entrega da ficha de inscrição, estão disponíveis no site www.defensoria.sp.gov.br/dpesp/concursos. O...

    Leia mais
    racial

    Lei 10.639/03 a obrigatoriedade desconhecida

    Ensinar História e Cultura Afro-brasileiras e africanas não é mais uma questão de vontade pessoal e de interesse particular. É uma questão curricular de caráter obrigatório que envolve as diferentes comunidades: escolar, familiar, e sociedade. O objetivo principal para inserção da Lei é o de divulgar e produzir conhecimentos, bem como atitudes, posturas e valores que eduquem cidadãos quanto à pluralidade étnico-racial, tornando-os capazes de interagir objetivos comuns que garantam respeito aos direitos legais e valorização de identidade cultural brasileira e africana, como outras que direta ou indiretamente contribuíram ( contribuem) para a formação da identidade cultural brasileira. A LDB sofreu muitas modificações durante os anos. A lei 10.639, de janeiro de 2003, a qual traz alguns parágrafos interessantes : "Art. 26-A. Nos estabelecimentos de ensino fundamental e médio, oficiais e particulares, torna-se obrigatório o ensino sobre História e Cultura Afro-Brasileira. § 1o O conteúdo programático a que se refere...

    Leia mais
    Nova-ortografia-reforma-na-língua-portuguesa

    O que muda com a reforma da língua portuguesa

    Mudanças incluem fim do trema e devem mudar entre 0,5% e 2% do vocabulário brasileiro. Veja abaixo quais são as mudanças. Fonte: Folha Educação     HÍFEN   Não se usará mais: 1. quando o segundo elemento começa com s ou r, devendo estas consoantes ser duplicadas, como em "antirreligioso", "antissemita", "contrarregra", "infrassom". Exceção: será mantido o hífen quando os prefixos terminam com r -ou seja, "hiper-", "inter-" e "super-"- como em "hiper-requintado", "inter-resistente" e "super-revista" 2. quando o prefixo termina em vogal e o segundo elemento começa com uma vogal diferente. Exemplos: "extraescolar", "aeroespacial", "autoestrada"   TREMA Deixará de existir, a não ser em nomes próprios e seus derivados   ACENTO DIFERENCIAL Não se usará mais para diferenciar: 1. "pára" (flexão do verbo parar) de "para" (preposição) 2. "péla" (flexão do verbo pelar) de "pela" (combinação da preposição com o artigo) 3. "pólo" (substantivo) de "polo" (combinação antiga e...

    Leia mais
    yoruba

    Yorùbá: língua, memória e parte da consciência do povo negro

    Diferente de línguas mortas como o latim, o grego arcaico e o aramaico, há uma língua de tradição falada, surgida há milênios e que atravessou o Oceano Atlântico nos porões nos navios negreiros vindos da costa ocidental africana para sobreviver até hoje na Bahia: o yorùbá. Fonte: Rede Bahia Dividido em centenas de dialetos e falado por 30 milhões de pessoas espalhadas por Benin, Nigéria, Togo, Serra Leoa e Cuba, termos como abadá, acarajé, afoxé, agogô, axé, caruru, ilê, kabula, oiá, vatapá, xinxin e zumbi mostram que palavras do dicionário yorùbá também fazem parte do dia-a-dia dos baianos. "O yorùbá é tão falado aqui na Bahia que as pessoas usam palavras no diálogo e não sabem que têm origem no yorùbá", explica a coordenadora pedagógica da Escola Municipal Eugênia Anna dos Santos, Alexsandra Oliveira. Antes mesmo da implementação da lei 10.639/03, que estabelece a obrigatoriedade do ensino de história da África...

    Leia mais
    fuvest

    FUVEST 2010: Vestibular da Fuvest mistura questões modernas e conservadoras

    Nem careta nem moderninha. A prova deste domingo da Fuvest combina disciplinas com questões de perfil mais conservador, com perguntas claras e diretas --como em matemática, química e física--, com disciplinas que têm abordagens mais contextualizadas -como português, inglês e história. Do Folha de São Paulo  Essa oposição, diz Matheus Prado, presidente do cursinho Henfil, é o que vem se verificando nos últimos anos e não deve mudar agora. "A prova da Fuvest vai continuar com a cara da Fuvest", diz. O edital não especifica quantas questões são de cada matéria, mas, segundo os cursinhos consultados pela Folha, a proporção não muda muito de um ano para outro. Se tudo continuar igual, das 90 questões, 16 serão de português, cinco de inglês, nove interdisciplinares e dez de cada uma das seguintes matérias: matemática, história, geografia, física, química e biologia. Com isso, a disciplina que tem mais peso na prova da...

    Leia mais
    grandemidia1

    A grande mídia e a desigualdade racial

    Fonte: Carta Maior - Por Venício Lima Pesquisa do Observatório Brasileiro de Mídia revela posicionamento contrário de grandes revistas e jornais brasileiros em relação aos principais pontos da agenda de interesse da população afrodescendente (ações afirmativas, cotas, Estatuto da Igualdade Racial e demarcação de terras quilombolas). por: Venício Lima O "Dia da Consciência Negra" é comemorado em todo o país na data em que Zumbi - o herói principal da resistência simbolizada pelo quilombo de Palmares - foi morto, 314 anos atrás: 20 de novembro de 1695. Muitas revoltas, fugas e quilombos aconteceram antes da Abolição em 1888. O Brasil de 2009 é, certamente, outro país. Apesar disso, "os negros continuam em situação de desigualdade, ocupando as funções menos qualificadas no mercado de trabalho, sem acesso às terras ancestralmente ocupadas no campo, e na condição de maiores agentes e vítimas da violência nas periferias das grandes cidades".O estudo Síntese de...

    Leia mais
    quadropesquisa1

    Pesquisa revela oposição de jornais e revistas contra agenda da população negra

    Fonte: Vera Cardozo - Em artigo na Carta Maior, Venício Lima apresenta resultados de uma pesquisa realizada pelo Observatório Brasileiro de Mídia que revela o posicionamento contrário de grandes revistas e jornais brasileiros em relação aos principais pontos da agenda de interesse da população afrodescendente (ações afirmativas, cotas, Estatuto da Igualdade Racial e demarcação de terras quilombolas). A pesquisa analisou 972 matérias publicadas nos jornais Folha de São Paulo, O Estado de São Paulo e O Globo, e 121 nas revistas semanais Veja, Época e Isto É - 1093 matérias, no total - ao longo de oito anos.   No período compreendido entre 1º de janeiro de 2001 a 31 de dezembro de 2008, foi acompanhada a agenda da promoção da igualdade racial e das políticas de ações afirmativas em torno dos seguintes temas: cotas nas universidades, quilombolas, ação afirmativa, estatuto da igualdade racial, diversidade racial e religiões de matriz...

    Leia mais
    Marcelo-Testa-Baldochi-3

    Tribunal de Justiça do Maranhão rejeita denúncia contra Juiz Marcelo Baldochi acusado pela prática Trabalho Escravo

    Fonte: Centro de Defesa da Vida e dos direitos humanos de Acailandia.   O Centro de Defesa da Vida e dos Direitos Humanos de Açailândia e outros movimentos que lutam pela erradicação do trabalho escravo receberam com surpresa e preocupação a rejeição da denúncia do Ministério Público em face do juiz de direito Marcelo Testa Baldochi pela prática de submeter trabalhadores à condição análoga a de escravo pelo Tribunal de Justiça do Maranhão.   Esta decisão ainda que não seja definitiva, reforça um sentimento de descrédito para com o Poder Judiciário, reforça ainda um sentimento de impunidade e regozija fazendeiros que insistem em manter essa prática, deixando trabalhadores mais vulneráveis e com receio de denunciar.   Neste tempo, felicitamos os votos a favor do recebimento da denúncia dos desembargadores JOSÉ JOAQUIM FIGUEIREDO DOS ANJOS, BENEDITO DE JESUS GUIMARÃES BELO, PAULO SÉRGIO VELTEN PEREIRA e RAIMUNDO NONATO DE SOUZA, demonstrando que...

    Leia mais
    livro-escravidao-nunca

    Livro analisa o processo escravagista brasileiro

    Uma publicação que sintetiza, com riquezas de detalhes, a escravidão, o abolicionismo, a trajetória de Luiz Gama (1830-1882) e as atuais propostas de ações afirmativas, trazendo à tona um debate sobre as consequências da escravidão no Brasil. Estas são as discussões centrais do livro Escravidão Nunca Mais! (Ed. Lettera.doc), do advogado Nelson Câmara. O lançamento será nesta quarta-feira (18/11), na Saraiva Megastore Shopping Pátio Paulista, em São Paulo. Fonte: Conjur A obra tem o objetivo de analisar o processo escravagista brasileiro. Procura, ainda, extrair elementos históricos e sociais que apontem as razões, raízes e efeitos posteriores à escravidão no Brasil. Tem também o objetivo de, na atualidade, refletir e discutir políticas de ações afirmativas para a inclusão social dos afrodescendentes e índiodescendentes.   Tudo isso associado ao aparecimento do fenômeno libertário Luiz Gama, personagem do século XIX, ex-escravo que veio menino da Bahia e que viveu em um dos maiores...

    Leia mais
    3804775048 7e04b82f42 o1

    A reprodução da desigualdade racial através da reprodução da violência simbólica

    O maior símbolo do preconceito e da discriminação é representado pelos baixos índices socioeconômicos da população negra e pelo acesso desta às posições na pirâmide social. Fonte: FilosofoNet A educação que é vista como o meio para se ascender na pirâmide social, apresenta ainda muitas disparidades. Enquanto os brancos estudam 8,8 anos, os negros passam apenas 6,8 na escola.  Dos que chegam à faculdade apenas 2,2 conseguem concluí-la. Se considerarmos os pardos como negros esta taxa aumentaria para 19,1 contra 77,8 dos brancos.*   Fonte: IBGE,1999/Inep, 2001   Na saúde a disparidade continua. Enquanto 54% dos atendimentos e 59% de internações nos SUS são de brancos, esses índices sobem para 76% e 81% respectivamente na população negra. Também é uma porcentagem pequena dos negros que possuem planos de saúde chegando a 14,7% em relação aos 32% de brancos que o possuem.   Em relação ao desemprego as mulheres são mais...

    Leia mais
    marta1

    Tocantins: Livro de História e Cultura Afro-Brasileira e Africana será distribuído para Escolas

    O livro “História e Cultura Afro-Brasileira e Africana”, que reuni uma coletânea de textos pedagógicos sobre fatos da história afro-brasileira, foi lançado na noite da última segunda-feira, 16, durante a abertura do IV Fórum Estadual de Educação e Cultura Afro-Brasileira do Tocantins, que aconteceu no auditório do Palácio Araguaia, em Palmas.   Autoridades, professores, alunos, representantes do movimento negro e simpatizantes prestigiaram o lançamento do livro. Para Maria Luiza Barbosa da Silva, do Grupo de Consciência Negra do Tocantins, que estava no evento, o conteúdo é fundamental para memorizar os movimentos sociais da cultura negra. A obra, com 258 páginas e ilustrações coloridas, aborda o estudo das relações étnicos-raciais, geografia da África, escravidão no Tocantins, comunidades negras rurais, cultura negra, entre outros aspectos sobre o movimento afro. O livro será distribuído para todas as escolas da rede estadual de ensino. A publicação traz o resultado final do curso de especialização...

    Leia mais
    GARY S CHAPMAN/GETTY

    Pesquisa mostra jovens divididos em relação ao aborto

    RIO - Jovens progressistas, mas divididos em relação ao aborto, contra a legalização das drogas e ligados à família. O perfil foi extraído de entrevistas a 1.854 participantes da I Conferência Nacional de Juventude, a maioria militantes dos movimentos sociais, e será descrito no livro "Quebrando Mitos: Juventude, participação e políticas", que será lançado nesta quarta-feira no Rio. A pesquisa, coordenada pelas sociólogas Mary Garcia Castro e Miriam Abramovay, mostra que 32,6% dos participantes do encontro, que aconteceu em abril do ano passado, em Brasília, se disseram totalmente contra a legalização do aborto, enquanto 22,2% se disseram a favor. Entre os entrevistados, 10,2% dos declararam ser indiferentes em relação ao assunto. Por Maiá Menezes , do  Extra Foto: GARY S CHAPMAN/GETTY Quando o assunto é legalização das drogas, a posição contrária é nítida: 26% dos participantes se disseram a favor (15,6%) ou completamente a favor do...

    Leia mais
    Cursos-EAD-Para-Professores-Gestores-e-Alunos-da-Rede-Estadual-de-Paraíba-3

    Orçamento da Educação para a igualdade executou 43%

    Nesta segunda semana de novembro, está na marca dos 43% a execução orçamentária das ações que objetivam a Educação inclusiva, não-sexista, não-racista, não-homofóbica e não-lesbofóbica, previstas no II Plano Nacional de Políticas para as Mulheres - PNPM. Dez dos 15 programas governamentais comprometidos com o financiamento dessas ações prioritárias do II PNPM estão sob a responsabilidade do MEC. Fonte: Cfemea O acesso de mulheres, negras e quilombolas à educação O Programa Brasil Alfabetizado (1060) é um dos carros-chefe nesta área, em que se destacam três ações, orientadas a atender mulheres, negras, quilombolas e indígenas visando reduzir o analfabetismo. A primeira é para a Concessão de Bolsa para Equipes de Alfabetização (ação 0920), que já empenhou todo seu valor autorizado (R$164 milhões) e já empenhou 88,64% desse total. Para 2010, boas notícias: o governo propôs um aumento de 82,93%, passando a dotação da ação para R$300 milhões. A segunda, trata das...

    Leia mais
    ciencias

    Estudantes de escola pública terão Olimpíadas de Ciência a partir de 2010

    O presidente Luiz Inácio Lula da Silva afirmou nesta sexta-feira que será criada no próximo ano a Olimpíada de Ciência para alunos das escolas públicas de todo o país. Hoje os estudantes participam anualmente das Olimpíadas de Matemática e de Português. Fonte: Folha Online O anúncio do presidente foi feito na tarde de hoje na abertura do 9º Congresso Nacional de Iniciação Cientifica e do 7º Congresso Internacional de Iniciação Cientifica realizado na FMU (Faculdades Metropolitanas Unidas), em São Paulo. Na ocasião, Lula destacou os benefícios do investimento em educação e ressaltou a importância da Olimpíada de Ciência "para provocar a inteligência e a vontade das pessoas". Lula ainda afirmou que olimpíadas de outras matérias ainda devem ser desenvolvidas para despertar no Brasil o prazer de estudar. Segundo o presidente, o número de alunos inscritos na Olimpíada de Matemática neste ano foi de 19,2 milhões. De acordo com ele, há...

    Leia mais
    imagem 201111181321624856

    Estudantes têm até dia 23 para justificar falta no Enade

    Os estudantes que não compareceram à prova do Enade, realizada no último dia 8, deve justificar a ausência até o próximo dia 23. Fonte: Folha Online   Os pedidos deverão conter o requerimento de dispensa do Enade 2009. O formulário está disponível na página do Inep e, depois de preenchido, deve ser anexado aos documentos que terão de ser enviados pelo correio. Esses documentos são a declaração original de aluno regular e habilitado ao Enade 2009, que precisa ser comprovada por assinatura do responsável pela instituição de educação superior do estudante, e cópia autenticada do documento que comprove impedimento de participação no exame. Os documentos com o pedido de dispensa deverão ser encaminhados exclusivamente pelo correio para a Comissão Especial de Análise e Julgamento de Dispensa - Enade 2009 -, do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira, ligado ao Ministério da Educação. O endereço é Caixa Postal nº...

    Leia mais
    ufcg-

    Encontro debaterá ações afirmativas na UFCG, violência policial, racismo e direitos humanos (2)

      Colocar na pauta da UFCG as questões raciais. Este um dos principais objetivos do 1º Encontro da Consciência Negra da Universidade Federal de Campina Grande, que ocorrerá hoje, 16, no Auditório do Centro de Extensão José Farias, no Campus de Campina Grande. A promoção é do Núcleo de Estudos Afro-Brasileiro da Universidade Federal de Campina Grande e Movimento Negro de Campina Grande, com o apoio da Associação dos Docentes da Universidade Federal de Campina Grande-ADUFCG. O Encontro também busca reinserir as questões raciais na pauta da UFCG porque, segundo os organizadores do evento, elas não têm sido discutidas na instituição. Um exemplo é a questão das cotas para o ingresso na instituição, já adotado em outras universidades. Outras são as questões envolvendo racismo contra as populações negras que estão nas áreas de atuação da universidade e os esforços para a implantação da Lei federal 10.639, que o ensino de...

    Leia mais
    ufcg-

    Encontro debaterá ações afirmativas na UFCG, violência policial, racismo e direitos humanos

      Colocar na pauta da UFCG as questões raciais. Este um dos principais objetivos do 1º Encontro da Consciência Negra da Universidade Federal de Campina Grande, que ocorrerá hoje, 16, no Auditório do Centro de Extensão José Farias, no Campus de Campina Grande. A promoção é do Núcleo de Estudos Afro-Brasileiro da Universidade Federal de Campina Grande e Movimento Negro de Campina Grande, com o apoio da Associação dos Docentes da Universidade Federal de Campina Grande-ADUFCG. O Encontro também busca reinserir as questões raciais na pauta da UFCG porque, segundo os organizadores do evento, elas não têm sido discutidas na instituição. Um exemplo é a questão das cotas para o ingresso na instituição, já adotado em outras universidades. Outras são as questões envolvendo racismo contra as populações negras que estão nas áreas de atuação da universidade e os esforços para a implantação da Lei federal 10.639, que o ensino de...

    Leia mais
    a

    Sergipe: Governo promove o VI Fórum Off-line do Programa Cidadania e Paz nas Escolas

    O Governo do Estado de Sergipe, através da Secretaria de Estado da Educação (Seed) e da Secretaria de Segurança Pública (SSP), deu início na manhã desta segunda-feira, 16, ao VI Fórum Off-line do Programa Cidadania e Paz nas Escolas. Aproveitando as comemorações do Dia Nacional da Consciência Negra, a ser celebrado na próxima sexta-feira, 20, o fórum vai abordar o tema 'Racista eu, qual a minha cor?'. Fonte: Faxaju O objetivo do evento é provocar a discussão entre os diversos profissionais que dedicam seus estudos às questões relacionadas à identidade e sua contribuição para um bom relacionamento interpessoal, visando favorecer  um ambiente harmonioso. O fórum, que termina no dia 30 de novembro, poderá ser acessado através do site: http://www.ssp.se.gov.br/cidadania e tem como público-alvo a comunidade escolar e sociedade civil em geral. As discussões terão como moderadores o promotor de Justiça dos Direitos da Educação, Luiz Fausto Dias de Valois Santos,...

    Leia mais
    campanha

    ONU lança campanha contra preconceito no Brasil

    Fonte: G1- Prostitutas, gays, lésbicas, portadores de HIV e negros são protagonistas de campanha da ONU Objetivo é alertar a sociedade para os diretos humanos.   A ONU (Organização das Nações Unidas), lançou nesta segunda-feira (16), no Palácio do Itamaraty, no Centro do Rio, a campanha “Igual a Você”, para combater o preconceito. O objetivo é conscientizar a sociedade sobre a discriminação contra estudantes, gays, lésbicas, portadores do vírus HIV, negros, prostitutas, refugiados, transexuais, travestis e usuários de drogas.   Veja o vídeo da campanha da ONU contra o preconceito   “Todos nós que sofremos preconceitos devemos mostrar a cara, assim ajudamos no equilíbrio da civilidade”, disse Gabriela Leite, ex-prostituta, diretora da ONG Da Vida e uma das participantes da campanha. Dez filmes de 30 segundos serão veiculados em emissoras de todo o país. Os personagens são as próprias vítimas de preconceito, como Jacqueline Rocha Côrtes, professora de inglês, ativista...

    Leia mais
    saresp

    Rede municipal de ensino de SP começa a avaliar 335 mil alunos nesta terça

    Estudantes farão exame para testar conhecimento de português. Na quarta-feira, eles farão prova de matemática. Fonte: G1 Cerca de 335 mil alunos da rede municipal de ensino de São Paulo fazem testes de português nesta terça (17) e de matemática na quarta (18). A Prova São Paulo, que avalia o desempenho dos estudantes, serve como parâmetro para o planejamento escolar do ano seguinte. A metodologia da prova permite saber o rendimento de cada aluno. A prova avaliará todos os alunos do 2º, 4º, 6º e 8º anos. Os alunos das outras séries serão avaliados por amostragem.   Também farão a prova os estudantes matriculados nas turmas do programa PIC, com aulas mais reforçadas, dos 3º, 4º e 5º anos com desempenho igual ou menor a 150 na escala de proficiência em português na avaliação de 2008. Prova Os alunos terão três horas para responder ao exame. O teste reúne 20...

    Leia mais

    Últimas Postagens

    Artigos mais vistos (7dias)

    Instagram

    Twitter

    Facebook

    Welcome Back!

    Login to your account below

    Create New Account!

    Fill the forms bellow to register

    Retrieve your password

    Please enter your username or email address to reset your password.

    Add New Playlist