Botafoguense é detido por ofensas racistas a familiares de jogador

Botafoguense é detido por ofensas racistas. O incidente ocorreu no Engenhão, durante o empate sem gols entre Botafogo e Flamengo, pela semifinal da Copa do Brasil

Lance!

Por Daniela Leone Do Correio24horas

Botafoguense é detido por ofensas racistas

Um torcedor do Botafogo causou um tumulto na arquibancada do estádio Nilton Santos, no Rio de Janeiro, quarta-feira (16) à noite, no empate sem gols entre o time alvinegro e o Flamengo, pelo jogo de ida das semifinais da Copa do Brasil. O botafoguense foi acusado de injúria racial por proferir ofensas racistas a familiares do atacante rubro-negro Vinícius Júnior e acabou detido em flagrante pelos policiais militares, que o encaminharam ao Jecrim (Juizado Especial Criminal do Local).

Uma tia e um tio do jogador se sentiram ofendidos e foram prestar queixa, mas não quiseram conceder entrevista. Os parentes estavam situados em um dos camarotes reservados à delegação do Flamengo. Após o incidente, o local ganhou a segurança de um policial. “Vi as imagens, pois estava no outro camarote. Aparentemente foi isso aí [crime de racismo]. A Justiça agora vai avaliar”, comentou o presidente do Flamengo, Eduardo Bandeira de Melo.

Através do Twitter, o Flamengo condenou a manifestação de racismo: “Somos de todos tons de pele, todos os credos, somos todos, menos alguns! Somos rubro-negros! Uma Nação! Racismo, aqui, não!”, diz a postagem.

Flamengo e Botafogo voltam a se enfrentar pela Copa do Brasil no dia 23 de agosto, às 21h45, no Maracanã.

-+=