Cantora Whitney Houston teria sido assassinada, revela FBI

Enviado por / FonteDa Revista Quem

Um investigador especialista em celebridades, em Hollywood, afirmou que Whitney Houston pode ter sido assassinada. Segundo o site “Radar Online”, Paul Huebl possui registros em fita dos possíveis assassinos da cantora. “Tenho evidências que apontam que Whitney tenha sido vítima de traficantes poderosos, que enviaram capangas para cobrar uma dívida enorme envolvendo drogas”, disse ele, que já enviou todo seu material para o FBI.

Segundo a publicação, a polícia está realizando a investigação usando uma rede de informantes do tráfico, para tentar trazer a verdade à tona. Paul afirmou que dois homens desconhecidos foram vistos por diversas vezes no Beverly Hills Hilton no período em que Whitney esteve hospedada. Um dia antes da morte da cantora, ela recebeu um pacote de cocaína em seu quarto. Na gravação da fita, ouve-se ela dizer: “Estou cansado desta m****”. O FBI acredita que ela estava se referindo a sua dívida de drogas, que havia chegado a US$1,5 milhão (aproximadamente R$3 milhões).

No dia em que morreu, Whitney foi deixada em seu quarto por 45 minutos e, quando ambos assassinos entraram em seu quarto, foram capturados por um vídeo de segurança. O legista que fez a autópsia afirmou que nenhum jogo sujo estaria envolvido na morte dela, mas o investigador discorda completamente.

“O corpo de Whitney mostra feridas clássicas de defesa que teriam ocorrido enquanto ela lutava por sua vida”, disse Paul, que detalhou os machucados e apontou para uma luta corporal nos últimos minutos de vida da estrela em seu quarto de hotel.

Morte

Whitney Houston morreu no dia 11 de fevereiro deste ano. Ela foi encontrada morta na banheira do quarto do hotel Beverly Hills Hilton, no qual estava hospedada. Um membro da equipe da cantora encontrou-a desacordada e ligou para a segurança do hotel, e em seguida chamou o serviço de emergência 911 (equivalente ao 192, no Brasil).

Fontes informaram ao site americano “TMZ” que a polícia chegou ao local em poucos minutos, mas já tinham para-médicos tentando reanimar a cantora, atriz e ex-modelo. Ela não respondeu, e foi declarada morta às 15h55 (horário local), sendo 21h55 (horário brasileiro de verão).

 

+ sobre o tema

É impossível descrever a dor, diz modelo sobre circuncisão feminina

Somali Waris Dirie escreveu livro que inspirou filme em...

Assim falou Luiza Bairros

Nascida em 1953, a gaúcha de Porto Alegre Luiza...

para lembrar

Heloisa Pires – O Pescador de histórias

O Pescador navega pelas águas africanas. Às vezes, percebe...

Jesse Jackson, um dos principais ativistas do movimento negro dos EUA, está com Mal de Parkinson

Um dos principais líderes dos direitos civis da população...

Antologia “Retratos Pandêmicos” reúne 89 novos autores e autoras

Depois de uma imersão dedicada em 6 meses de...
spot_imgspot_img

Livro sobre Luiz Gama o consagra como o maior advogado negro da abolição

Impossível não ficar mexido, ou sair a mesma pessoa, com a mesma consciência dos fatos narrados, depois da leitura de "Luiz Gama Contra o Império",...

O atleta negro brasileiro que enfrentou o nazismo nas Olimpíadas de 1936

A poucos dias da abertura dos Jogos Olímpicos de Paris, em uma Europa cada vez mais temerosa com a agenda política de forças alinhadas...

Taís Araujo abre álbum de fotos de viagem para a Amazônia

Taís Araujo compartilhou uma sequência de fotos de sua viagem pela Amazônia nesta terça-feira (23.07), em seu perfil do Instagram. Ela disse que aproveitou...
-+=