quinta-feira, julho 7, 2022
InícioÁfrica e sua diásporaEntretenimentoCarnaval 2010: Ilê Aiyê desfila pela primeira vez sem a 'bênção' de...

Carnaval 2010: Ilê Aiyê desfila pela primeira vez sem a ‘bênção’ de Mãe Hilda

A tradicional saída do Ilê Aiyê na rua do Curuzu – no bairro da Liberdade, maior reduto de afrodescendentes do país – na noite do sábado de carnaval ocorreu com o mesmo brilho de sempre, mas no ar pairava um clima de saudade. Pela primeira vez desde a fundação em 1974, o “Mais Belo dos Belos” partiu para o desfile sem a “bênção” da matriarca do bloco, Mãe Hilda dos Santos.

Em 36 anos de história, o Ilê Aiyê sempre combateu o racismo. Apesar de não permitir o desfile de brancos, o bloco tem inúmeros simpatizantes em diversos estados brasileiros e países do mundo. A saída do Ilê é sempre acompanhada por europeus e norte-americanos.

Antes da partida do bloco que é um dos mais tradicionais do carnaval de Salvador, o presidente do Ilê Aiyê, Antonio Carlos Vovô, recebeu o governador da Bahia, Jaques Wagner e a ministra da Casa Civil, Dilma Roussef que participa da folia baiana pela primeira vez.

Em sua chegada, a ministra conversou com os jornalistas, cumprimentou o público e destacou a alegria do povo baiano.

Este ano, o bloco homenageia Pernambuco ressaltando as inúmeras manifestações culturais e de cunho sincrético-religioso e ligadas ao universo afro naquele estado. Outro homenageado do Ilê é o ator baiano Lázaro Ramos, que chegou ao Curuzu vestido com a fantasia do bloco.

A Rainha da Beleza Negra, Gisele dos Santos, também fez o pedido de um carnaval de paz, “não só para os integrantes do Ilê, mas para todos os foliões do carnaval da Bahia.

Mais uma vez, mães e filhos de santo realizaram o ritual das pombas e do milho branco que representa um pedido de paz para o desfile do bloco na avenida. Terminada a cerimônia, a bateria do Ilê iniciou a caminhada pelas ruas da liberdade, que só termina durante a madrugada com a chegada dos foliões ao Campo Grande.

Programação – O Ilê volta a desfilar na avenida nesta segunda-feira (15) com a concentração na Rua Araújo Pinho (Canela) para o desfile previsto a partir das 19h no circuito Osmar (Campo Grande), descendo a Avenida Sete até a Praça Castro Alves, retornando pela Rua Carlos Gomes até os Aflitos.

Na terça-feira, está prevista para ser feita na Rua Chile. O cortejo passa pela Praça Castro Alves, seguindo pela Rua Carlos Gomes e retornando para a Avenida Sete na altura da Casa de Itália.

Artigos Relacionados
-+=