Concurso elege Negro e Negra Malê 2015

Enviado por / FonteDo Aratuonline

Candidatos a Negro e Negra Malê desfilaram para o público que lotou a sede do bloco Malê Debalê, em Itapuã, neste domingo (01). Com trajes africanos, passando por uma comissão julgadora que avaliou aos critérios de simpatia, beleza, caracterização afro e desenvoltura no palco, quem levou os títulos de Negro e Negra Malê 2015 foram o animador de festa Celso Henrique Santana e a facilitadora teatral Gisele da Silva Santos. Completando sua 36ª edição, o evento abriu com apresentação do Bloco Malezinho – composto por crianças que desfilam no domingo de carnaval no bairro de Itapuã, seguido da apresentação do grupo Samba e Sede.

“O Malê é um dos blocos que mantém essa tradição iniciada pelo Ilê. Muitos blocos afro deixaram de fazer esse concurso de beleza que, para mim, foi a maior política de ação afirmativa que aconteceu nesse país, pois fez com que as mulheres mestiças dessa terra afirmassem sua identidade, elevasse sua autoestima, buscasse o conhecimento, fosse para academia fazer suas pesquisas, descobrir sua ancestralidade e sua origem. Fico muito contente em perceber que o Malê resistiu, porque não é fácil. A entidade está no caminho certo”, declarou Arany Santana, diretora do Centro de Culturas Populares e Identitárias (CCPI), unidade da Secretaria de Cultura do Estado da Bahia (SecultBA).

O diretor de Relações Internacionais do Malê, Billy Arquimimo, lembrou que a eleição do Negro e da Negra Malê é interessante para dar prosseguimento à história. “Nós somos descendentes do continente africano e sabemos que, de lá pra cá vieram reis e rainhas e para que a gente continue essa narrativa, faz todo sentido manter viva a prática do concurso de beleza negra”.

Além do concurso, o público pôde apreciar as participações especiais de Aloísio de Menezes, Larissa Luz, além de canções de Bob Marley sob a voz de Stacie Aaamon, artista que reside em Los Angeles e tem sua 5ª passagem por Salvador. O evento, que teve apoio da Secretaria de Cultura do Estado da Bahia, encerrou a noite com a banda Katulê.

Vovô do Ilê explicou a importância do evento para o reconhecimento da cultura negra na Bahia.  “É fundamental que os blocos tenham seus espaços de valorização do homem e da mulher negra. Isso é ter identidade. O Malê é de Itapuã e as coisas acontecem aqui. É isso que marca, é isso que valoriza e contribui para a busca da reparação, da autoestima do povo negro depois de tanto tempo de luta numa cidade racista como Salvador”.

Os vencedores além de ganhar troféus, desfilarão em cima do trio no carnaval e participarão das apresentações do bloco durante o ano de 2015. A edição do carnaval terá como tema Kirimurê: Malê Debalê recontando o recôncavo.

Malê Debalê

Nasceu de jovens moradores de Itapuã e outros que residiam em outros bairros, como Garcia e o Tororó. De fora, os jovens traziam a vivência de outras entidades culturais negras que foram se moldando ao jeito “itapuazeiro” de ser, construindo uma entidade que, além de carnavalesca e promotora de valores e significados da Cultura negra, também fosse um espaço de afirmação positiva da história e do sentido do bairro de Itapuã, da lagoa do Abaeté e arredores.

Foto em destaque: Reprodução/ Aratuonline

+ sobre o tema

“Eu sabia da desigualdade racial, mas não fazia nada porque não estava ao meu redor”, diz Giovanna Ewbark em vídeo

Atuando há cerca de um ano como youtuber, Giovanna Ewbank comemorou a...

Angola Janga: a resistência de Palmares em quadrinhos

O Quilombo dos Palmares, um dos principais do período...

Dono do melhor disco do ano, Rincon Sapiência lança a sensacional “Afro Rep”; assista

O rapper lançou seu primeiro álbum de estúdio, Galanga...

Novidade no pop nacional: grupo Donas mal chegou e já é viral no Spotify Brasil

Tem novidade na música brasileira! Essas meninas mal chegaram...

para lembrar

Eu Canto Minha África apresenta novo repertório

Cinco novas músicas cantadas em português e também em...

Ana Luísa Castro representante de Sergipe é eleita Miss Mundo Brasil 2015

A Miss Mundo Sergipe, Ana Luísa Castro, foi coroada,...

M.A.C. posta lábios de modelo negra e recebe comentários racistas

Vários seguidores disseram que ela não era tão bonita...

Conheça as modelos afro-americanas que fazem história no mundo da moda

Naomi Sims Primeira top model negra americana, Naomi Sims foi...
spot_imgspot_img

Um Silva do Brasil e das Áfricas: Alberto da Costa e Silva

Durante muito tempo o continente africano foi visto como um vasto território sem história, aquela com H maiúsculo. Ninguém menos do que Hegel afirmou, ainda no...

Artista afro-cubana recria arte Renascentista com negros como figuras principais

Consideremos as famosas pinturas “A Criação de Adão” de Michelangelo, “O Nascimento de Vênus” de Sandro Botticelli ou “A Última Ceia” de Leonardo da Vinci. Quando...

Quem foi Mama Cax? Conheça a homenageada do Google que foi símbolo de representatividade na Moda

Celebrando o Mês da História Negra nos Estados Unidos, o Google homenageia nesta quarta-feira (08) a modelo Mama Cax. A homenageada se firmou como uma grande referência no mundo da Moda...
-+=