Conheça as modelos afro-americanas que fazem história no mundo da moda

FONTEDo G1
Acima, modelos negros desfilam para o estilista Alexandre Herchcovitch. À direita, modelo negra desfila para a Animale, marca envolvida numa controvérsia sobre racismo. Há esforços, mas a diversidade étnica ainda é limitada (Foto: Rafael Gagliano/Hyset e Ze Takahashi/ AgÍncia Fotosite)

Naomi Sims

Naomi Sims, Photo (Foto: Divulgação/ Ladies Home Journal)

Primeira top model negra americana, Naomi Sims foi capa da revista Life em 1969, com matéria que chamava atenção para as modelos afro-americanas. Mais tarde, lançaria sua própria marca de beleza. Faleceu em 2009, aos 61 anos, de câncer.

Donyale Luna

 

Donyale Luna (Foto: Divulgação/ Queen)

Donyale Luna foi a primeira modelo negra a estampar a capa de uma Vogue — em 1966, em sua versão inglesa. Participou de filmes de Fellini e Andy Warhol, de quem era amiga. Morreu de overdose, em 1979.

Grace Jones

 

(Foto: LARRY ELLIS/GETTY IMAGES)

Antes de se tornar cantora, a jamaicana Grace Jones foi modelo no fim da década de 60, trabalhando entre Nova York e Paris (onde dividiu apartamento com Jerry Hall). Grace marcou época com sua androginia, cabelo geométrico e roupas excêntricas.

Inam

(Foto: Troy Word)

Esposa de David Bowie, a somaliana Iman começou a modelar no fim dos anos 70, foi musa de Saint Laurent e fotografou com Helmut Newton e Irving Penn.

Luana de Noailles

Luana de Noailles na revista francesa Collections Femme Chic, anos 1970 (Collections Femme Chic/Reprodução)

Muito antes de Gracie Carvalho, Emanuela de Paula e cia, a baiana Luana de Noailles fez sucesso na década de 70, trabalhando para Yves Saint Laurent e Christian Dior. Já Veluma fez carreira internacional os anos 80, antes de se dedicar a dar cursos de modelo.

Naomi Campbell

 

Naomi Campbell (Foto: Kristy Sparow/Getty Images)

Naomi Campbell dispensa apresentações, mas não custa lembrar que ela pertenceu à geração das supermodelos dos anos 90. A inglesa posou para a capa de (pasmem!) mais de 500 revistas e foi a primeira negra a estampar a da Vogue francesa. Barracos à parte, fez história.

Tyra Banks

Tyra Banks (Foto: Getty Images)

Antes de se tornar a apresentadora do America´s Next Top Model, Tyra Banks foi outra top da década de 90 e a primeira modelo afro-americana a aparecer nas capas das revistas GQ e Sports Illustrated.

Alek Wek

(Foto: Jody Rogac/The Observer)

Nascida no Sudão, Alek Wek foi à Inglaterra com sua família para escapar da guerra civil no seu país. Começou sua carreira só aos 18 anos, mas foi um dos rostos mais marcantes (e únicos) do fim dos anos 90.

Liya Kebede

Liya Kebede. (Foto: Gareth Cattermole/Getty Images)

Ao lado de Naomi Campbell, a etíope Liya Kebede é a segunda e única negra entre os fashion icons do Models.com. Uma das principais tops dos anos 90 tem grandes campanhas de beleza no currículo. Em 2009, Liya interpretou no filme Flor do Deserto a modelo Waris Dirie que sofreu mutilação genital ainda criança na Somália e, anos mais tarde, se tornou modelo na Inglaterra.

 

-+=