Denzel Washington surge careca e violento no trailer de O Protetor

Enviado por / FontePor Roberto Sadovski, do UOL

Denzel Washington é um astro incomum. Nunca fez uma continuação. Nunca encarou um “filme-evento” que o colocasse ao lado de robôs gigantes, super-heróis ou monstros abissais. Ainda assim, tem uma carreira sólida e consistente, com nenhum grande fracasso no currículo – sua maior bilheteria ainda é O Gângster, filmaço de Ridley Scott, também com Russell Crowe no elenco, que faturou 267 milhões de dólares em 2007. O público gosta de assistir a Denzel Washington porque ele é real. Eclético, ele abraça filmes de grande peso dramático (HurricaneMalcolm X,Coragem Sob FogoFiladélfiaO Voo) com a mesma dedicação que se entrega athrillers de ação e ficção científica (Maré VermelhaChamas da VingançaO Livro de EliIncontrolável). Denzel, no fim das contas, não tem filme ruim. O Protetor, adaptação da série de TV dos anos 80 que o coloca como um espião aposentado que ajuda quem necessita usando cérebro, punhos e balas (aqui ele protege a adolescente Chlöe Grace Moretz), marca uma nova parceria com Antoine Fuqua, diretor de Dia de Treinamento, que lhe rendeu o Oscar de melhor ator. Careca e casca-grossa, é Denzel do jeito que a platéia gosta de ver – e Fuqua, que não faz um bom filme desde… errr… Dia de Treinamento (ok, Atirador é quase bacana…), pode reencontrar seu mojo trabalhando com o astro. O primeiro trailer de O Protetor você confere em seguida, com o filme agendado para 2 de outubro.

 

 

+ sobre o tema

para lembrar

Kobe Bryant morre em acidente de helicóptero na Califórnia

O ex-jogador de basquete Kobe Bryant, de 41 anos,...

Peça ‘Filho do pai’, com Antonio Pitanga, aborda relação de pai e filho

Antonio Pitanga e Nando Cunha protagonizam o espetáculo Filho...

Teatro – Contos Africanos a partir de Shakespeare no CCB

No Grande Auditório do Centro Cultural de Belém pelas...
spot_imgspot_img

Segundo documentário sobre Luiz Melodia disseca com precisão o coração indomado, rebelde e livre do artista

Resenha de documentário musical da 16ª edição do festival In-Edit Brasil Título: Luiz Melodia – No coração do Brasil Direção: Alessandra Dorgan Roteiro: Alessandra Dorgan, Patricia Palumbo e Joaquim Castro (com colaboração de Raul Perez) a partir...

Flávia Souza, titular do Fórum de Mulheres do Hip Hop, estreia na direção de espetáculo infantil antirracista 

Após mais de vinte anos de carreira, com diversos prêmios e monções no teatro, dança e música, a multiartista e ativista cultural, Flávia Souza estreia na...

Tony Tornado relembra a genialidade (e o gênio difícil) do amigo Tim Maia, homenageado pelo Prêmio da Música Brasileira

Na ausência do homenageado Tim Maia (1942-1998), ninguém melhor para representá-lo na festa do Prêmio da Música Brasileira — cuja edição 2024 acontece nesta quarta-feira (12),...
-+=