Elite branca reage contra cotas para negros na UnB…

Fonte: O pensador da aldeia –

 

Todas as cotas possíveis e imagináveis para os negros do mundo sempre serão mixarias oferecidas pelos Estados brancos. A dívida da elite branca brasileira, em particular, com a nossa comunidade negra é astronômica. Quem sentencia este valor impagável é a história recente do Brasil. Juiz melhor para a questão não há. Negros demais foram chicoteados, humilhados e esmagados durante a escravidão para que tradicionais famílias da burguesia e da oligarquia brasileiras pudessem desfrutar de seus privilégios pretéritos e presentes. Importante ressaltar que muitas famílias da elite branca, em virtude de suas sucessivas heranças, ainda desfrutam desses privilégios, logo, continuam a se beneficiar dos frutos produzidos pelo horror da escravidão.

 

Entretanto, um certo setor da elite branca brasileira que prosperou com a escravidão reluta em aceitar esse direito histórico dos negros. O DEM, eterno PFL, partido das oligarquias brasileiras, aliado visceral dos tucanos e sustentáculo da ditadura militar quando era ARENA, entrou com uma ação no STF contra as cotas oferecidas a estudantes negros pela Universidade de Brasília. A iniciativa exige a suspensão imediata do sistema de cotas na UnB. O pedido de suspensão das cotas do DEM apresentado ao STF foi feito por intermédio da moça loira, branca e de olhos verdes da foto, que é advogada e autora de uma dissertação de mestrado contrária ao sistema de cotas para negros nas universidades públicas. Detalhe: a dissertação contrária ao sistema de cotas para negros defendida pela advogada branca, de olhos verdes e loira da foto, foi o ministro do STF, Gilmar Mendes, conhecido por ter sido indicado ao posto pelo ex-presidente FHC e, sobretudo, por ter concedido liberdade por duas vezes ao banqueiro-latifundiário condenado Daniel Dantas.

Matéria original: Elite branca reage contra cotas para negros na UnB…

 

Saiba mais sobre Cotas leia:

Boaventura de Sousa Santos – Justiça social e justiça histórica

Entrevista com Mario Sergio Cortella

Contardo Calligaris – Raças e cotas

Elio Gaspari – As cotas desmentiram as urucubacas

Elio Gaspari – A cota de sucesso da turma do Prouni

Fernando Conceição – A grande mídia contra as ações afirmativas

José Jorge de Carvalho – Cotas: uma nova consciência acadêmica

Átila Roque – As cotas e a ditadura do pensamento único

Juiz William Douglas – Cotas para negros: porque mudei de opinião

Reinaldo Bulgarelli – Cafona é ser racista

Sueli Carneiro – O melhor das cotas

-+=
Sair da versão mobile