Estilista de rua faz sucesso após ter foto compartilhada no Facebook

A vida do estilista José Carlos Ferreira, 34 anos, virou de cabeça para baixo graças ao Facebook. Desde o último dia 28 de junho, o desenhista não parou de receber ligações e propostas de emprego após sua foto começar a circular pela rede social e ser compartilhada por mais de 6.900 usuários.

Morador de São Gonçalo, Carlos – como prefere ser chamado – sentava em frente a uma loja de móveis todas as tardes e ali, com um pequeno lápis 2B, borracha e lápis de cor, desenhava croquis e os vendia a R$ 1. A rua, segundo ele, foi escolhida por ser motivo de inspiração. “Eu comecei a viver o que as pessoas vestiam. A moda está na rua, não dentro de casa. Ver todo mundo passando, cada um com o seu estilo, me inspira”, contou.

Com os desenhos vendidos na rua, o desenhista tirava entre R$ 30 e R$ 50 por dia. Com o lucro, comprava material para produzir mais croquis e ainda ajudava nas despesas da casa em que mora com a mãe, Celina Ferreira. Orgulhosa do filho, ela contou que a paixão do rapaz pelo desenho começou na infância. “Ele me pedia lápis e papel para rabiscar. Sentava no chão e passava um bom tempo desenhando”, afirmou.

No entanto, conforme foi crescendo, Carlos deixou os rabiscos de lado para ajudar a mãe a pagar o aluguel da casa e as demais despesas. Mas um acidente mudou os rumos da vida do rapaz, que se viu obrigado a se aposentar por invalidez, após cair de uma escada no antigo trabalho. “Me aposentei e não podia trabalhar em mais lugar nenhum. Acabei entrando em depressão por não poder fazer mais nada. Foi quando voltei a desenhar como forma de me distrair”, explicou o estilista, que complementou dizendo não imaginar o sucesso que fazia na Internet. “Não sabia de nada. Até que me ligaram de São Paulo para dizer que viram minha foto na Internet e queriam me oferecer um emprego. Eu falei que não era eu, mas me descreveram e aí eu descobri tudo. Ainda não me acostumei com essa atenção toda”, disse ele em meio a risadas.

Quando perguntado sobre se sabia quem era a pessoa que havia publicado a foto no Facebook, Carlos diz imaginar quem é, mas não ter certeza. “Um dia uma menina conversou comigo, falou que meus desenhos eram muito bons, tirou foto minha e pegou meu telefone. Acho que deve ter sido ela, mas não lembro o nome. Só sei que agradeço muito a ela por isso”, disse emocionado.

croquies-ipad-techtudo
Croquis feitos pelo desenhista (Foto: Imagem retirada do site TechTudo)

A jovem responsável pela divulgação da foto do desenhista é a estudante de Publicidade Kamyla Costa que, encantada com o trabalho do rapaz, publicou a foto em seu mural. “Eu publiquei e pedi para que todo mundo compartilhasse. Queria que tivessem muitos compartilhamentos, mas não esperava tanto”, afirmou a jovem. Em três dias, a imagem já havia sido compartilhada por mais de 4 mil usuários que elogiavam o trabalho do estilista.
Com o sucesso alcançado e a chuva de propostas, Carlos, que é analfabeto e portanto não assina suas obras, foi orientado pela amiga Soraya Silva, a não vender mais os desenhos na rua, já que nenhum deles recebe o nome do desenhista. “Oriento para ele se organizar e não cair em roubadas. Desde que ele estourou venho cuidando para que ele seja reconhecido pelo trabalho que faz. Estamos vendo cursos para ele se alfabetizar e estudar moda, que é seu grande sonho”, contou.

Sobre os estudos, Carlos é enfático. “Quero aprender a ler, escrever e depois estudar moda. Estudar é muito importante. Sei desenhar, mas preciso de uma base para ser mesmo estilista. Quero também poder dar aulas para crianças da comunidade”, afirmou.

A convite do TechTudo, Carlos passou pelo desafio de desenhar um croqui no iPad. Foi a primeira vez que ele teve contato com o eletrônico. Mesmo surpreso e sem acreditar que conseguiria cumprir o pedido, o estilista topou e aprovou. “Isso aqui é genial! Não ficou bom como eu queria, mas é a primeira vez, né? Uma semana e eu fico craque. É bem prático, gostei muito!”, disse.

desenhos carlos
Croquis do estilista feitos com exclusividade para o TechTudo (Foto: Imagem retirada do site TechTudo)

Para ver como foi a primeira experiência do estilista com o iPad e a produção de um desenho de Carlos exclusivamente para o TechTudo, assista o vídeo abaixo.

Foto em destaque: Reprodução/ TecTudo

+ sobre o tema

Clipe de Michael Jackson gravado no Brasil supera 1 bilhão de plays no YouTube

"They don't care about us", clipe gravado por Michael...

Cinema presente na Semana da Consciência Negra em Pelotas

O cinema irá integrar o calendário de eventos...

As Duas Cores de Machado de Assis

"Mulato, ele foi de fato, um grego da melhor...

para lembrar

102 anos da Umbanda, a religião dos negros, índios e caboclos

Recebi do amigo André Queiroz, que por sua vez recebeu...

São Paulo recebe maratona de shows gratuitos para comemorar os 50 anos do hip-hop

Uma verdadeira maratona de shows vai tomar a região...

Virada da Consciência em SP terá palestras, peça de teatro e baile black

Com cerca de 500 atividades em São Paulo em...

Caminhada fortalece cultura africana

No dia 26 de novembro, acontece a 1ª...
spot_imgspot_img

Aos 105, Ogã mais velho do Brasil, que ajudou a fundar 50 terreiros só no Rio, ganha filme e exposição sobre sua vida

Luiz Angelo da Silva é vascaíno e salgueirense. No mês passado, ele esteve pela primeira vez no estádio de São Januário, em São Cristóvão,...

Gilberto Gil afirma que não se aposentará totalmente dos palcos: “continuo querendo eventualmente cantar”

No fim de junho, saiu a notícia de que Gilberto Gil estava planejando sua aposentadoria dos palcos. Segundo o Estadão, como confirmado pela assessoria do...

Mostra sobre Lélia Gonzalez vê negros e indígenas como centro da cultura nacional

As escolas de samba do Rio, os blocos afro da Bahia, as congadas de Minas Gerais, as comemorações da Semana Santa e do Natal. O que todas essas celebrações têm...
-+=