Jennifer Hudson vai interpretar Aretha Franklin em cinebiografia

Quase nove anos após o Oscar de Atriz Coadjuvante por Dreamgirls – Em Busca de um Sonho, Jennifer Hudson terá uma nova chance de brilhar. A atriz e cantora, revelada no reality show American Idol, vai interpretar Aretha Franklin em um filme que vai retratar a vida da Rainha do Soul, afirma o The Tracking Board.

Por  Taiani Mendes, do Adoro Cinema

Ainda sem título ou diretor, a produção de Scott Bernstein (Straight Outta Compton) vai mostrar a transição da artista de cantora gospel a estrela mainstream na década de 1960, com destaque para o relacionamento próximo com o pai, maior incentivador, e os abusos sofridos na época do primeiro casamento, com Ted White.

Há anos existe a tentativa de levar para os cinemas a trajetória da lendária cantora e Aretha chegou a declarar que gostaria de ver Halle Berry interpretando-a, mas a atriz rejeitou a oferta alegando não saber cantar. No ano passado a Rainha do Soul reuniu-se com executivos do canal Lifetime para uma rodada de propostas e a coisa pareceu evoluir, ao ponto da artista revelar o nome de sua nova favorita:

“Audra McDonald tem uma ótima voz. É focada na Broadway, mas a grande questão é se ela pode cantar soul como eu.”

Em conversa com o Wall Street Journal meses mais tarde, ela citou também Jennifer Hudson como uma possibilidade, então a decisão final provavelmente foi de seu agrado. Denzel Washington vivendo seu pai e Terrence Howard – que recentemente contracenou com Hudson em Empire – como Smokey Robinson seriam outras escalações ideais, segundo a primeira mulher incluída no Rock & Roll Hall of Fame.

Ao que tudo indica a Lifetime não tem mais qualquer relação com esta cinebiografia, que deverá ser distribuída pela Universal, parceira de Bernstein.

Ainda sobre Aretha, será exibido no Festival de Toronto um documentário póstumo de Sydney Pollack sobre a gravação do clássico álbum Amazing Grace, de 1972, até hoje o mais vendido da carreira da artista.

+ sobre o tema

Filme baiano ‘Órun Àiyé’ emite nota de repúdio após sofrer preconceito religioso

A produção da animação baiana “Órun Àiyé” emitiu uma...

Nós, os crueis

Todos nós, brasileiros, somos carne da carne daqueles negros...

para lembrar

Cardeal africano defende preservativo e aposta em papa negro

Fonte: Jornal Agora - O cardeal Peter Kodwo Appiah...

Colunista critica redução da pena de Danilo

O jornalista esportivo Cosme Rímoli, do Portal R7, da...

Raissa Santana, a Miss Brasil 2016, quer mostrar que mulheres negras podem TUDO

Nascida na Bahia, Raissa Santana se mudou, aos seis...

Tema de um documentário, André Leon Talley diz que ‘a raça’ o define

Top editor da 'Vogue', ele assinou matérias fundamentais da...
spot_imgspot_img

Livro sobre Luiz Gama o consagra como o maior advogado negro da abolição

Impossível não ficar mexido, ou sair a mesma pessoa, com a mesma consciência dos fatos narrados, depois da leitura de "Luiz Gama Contra o Império",...

Exposição e seminário em São Paulo celebram legado de Nelson Mandela

No dia 18 de julho é celebrado o Dia Internacional Nelson Mandela, data estabelecida pela Organização das Nações Unidas (ONU) em reconhecimento à contribuição...

Ex-seguranças da Chic Show, amigas se emocionam em festival: ‘Chorei muito’

A Chic Show, festa/baile black símbolo da resistência cultural negra paulistana, celebra 50 anos em grande estilo com um festival no Alianz Parque neste...
-+=