Início África e sua diáspora No Orun Morre aos 72 anos bailarino Rubens Barbot, criador da primeira Cia de...

Morre aos 72 anos bailarino Rubens Barbot, criador da primeira Cia de Dança Contemporânea negra do Brasil

Com uma trajetória inspiradora, um dos maiores bailarinos e coreógrafos do Brasil, Rubens Barbot, morreu aos 72 anos, nesta quinta-feira (27), no Hospital  Municipal Souza Aguiar, por causas ainda não divulgadas.

Natural da cidade do Rio Grande (RS) e radicado no Rio de Janeiro desde 89, o artista é fundador da “Cia Rubens Barbot de Teatro e Dança”,  primeira Cia Negra de Dança Contemporânea do Brasil que atualmente tem 32 anos de atuação, deixa um legado inquestionável para comunidade negra.

Acamado desde 2019, o bailarino que também é fundador de uma das principais bases da arte negra carioca, o Terreiro Contemporâneo, um centro cultural localizado no centro do Rio que abriga companhias de arte negras, reúne uma carreira artística internacional, que ao longo das últimas décadas, vem impactando gerações.  O bailarino dedicou quase quarenta anos à pesquisa de movimentos dos corpos afro-brasileiros. 

Informações sobre o velório ainda não foram divulgadas.

-+=