Guest Post »
Murray corrige jornalista e protagoniza novo episódio contra sexismo no esporte

Murray corrige jornalista e protagoniza novo episódio contra sexismo no esporte

Tenista número 1 do mundo, britânico Andy Murray interrompeu jornalista em coletiva e lembrou das mulheres em novo episódio de combate ao sexismo no tênis

Do Globo Esporte 

O tenista britânico Andy Murray se despediu do torneio de Wimbledon, mas protagonizou um dos momentos mais marcantes do dia. O número 1 do mundo corrigiu um jornalista novamente e voltou a mostrar por que é um ícone contra o sexismo no esporte.

Durante a coletiva de imprensa nesta quarta-feira, um jornalista disse que seu algoz Sam Querrey era o primeiro americano a atingir a semifinal do torneio desde 2009. O escocês respondeu “jogador masculino” (“male player”).

Todos riram no calor do momento, mas o tenista permaneceu sério e repetiu a afirmação quando o jornalista disse que não havia entendido.

Se os americanos não iam longe em Londres há oito anos, as tenistas do país continuaram dominando o torneio. Serena Williams venceu cinco títulos nos últimos dez anos. Um dia antes de Querrey, a irmã Venus havia atingido a semifinal do torneio.

Não é a primeira vez que o tenista ressalta o tênis feminino. Ele rebateu Djokovic no ano passada e defendeu a premiação igualitária e ainda protagonizou uma cena parecida aqui no Rio de Janeiro. Quando um jornalista britânico disse que ele era o primeiro tenista a vencer duas medalhas de ouro, Murray lembrou que Venus e Serena possuíam quatro ouros, somando simples e duplas.

Além de ser muito próximo a mãe Judy, capitã da Grã Bretanha na Fed Cup, Murray foi o primeiro tenista top a ser treinado por uma mulher, a francesa Amélie Mauresmo.

– Se eu me tornei feminista? Bem, se ser feminista é lutar para que uma mulher seja tratada igual a um homem, então sim, acho que me tornei – disse o tenista quando trabalhava com Mauresmo, em 2015.

Atual líder do ranking, Murray permanece na liderança após o torneio londrino. Ele poderá ser ultrapassado pelo espanhol Rafael Nadal, número 2 do mundo, a partir do mês de agosto.

Escreva um comentário e participe!

Related posts