terça-feira, novembro 24, 2020

    Resultados da pesquisa por 'juventude negra'

    CUT Brasil

    CUT e centrais assinam declaração em apoio ao sistema de cotas afirmativas

      A CUT e as demais centrais sindicais estiveram reunidas nesta terça-feira (2) com o ministro da Igualdade Racial, Edson Santos, para reafirmar o apoio ao sistema de ações afirmativas, principalmente às cotas raciais na educação, que encontra-se sob fogo cerrado dos neoescravocratas do DEM.   Representada pelo seu presidente, Artur Henrique, e pela secretária nacional de Combate ao Racismo, Maria Júlia Nogueira, a CUT sublinhou "a necessidade da mobilização unitária do conjunto das centrais e movimentos sociais para combater a discriminação e promover a igualdade racial".   Além da declaração em apoio às cotas, assinada pelos presidentes da CUT, CGTB, CTB, Força Sindical, NCST e UGT e também do INSPIR (Instituto Sindical Interamericano pela Igualdade Racial), as entidades decidiram ingressar como amicus curiae na Arguição de Descumprimento de Preceito Fundamental (ADPF) 186, que tramita no Supremo Tribunal Federal (STF). "Esta arguição do Demo é uma proposta indecente, extremamente reacionária, ...

    Leia mais
    PNDH-3

    Programa Nacional de Direitos Humanos – PNDH-3 – DECRETO Nº 7.037, DE 21 DE DEZEMBRO DE 2009

    DECRETO Nº 7.037, DE 21 DE DEZEMBRO DE 2009. Aprova o Programa Nacional de Direitos Humanos - PNDH-3 e dá outras providências. O PRESIDENTE DA REPÚBLICA, no uso da atribuição que lhe confere o art. 84, inciso VI, alínea "a", da Constituição DECRETA: Art. 1o Fica aprovado o Programa Nacional de Direitos Humanos - PNDH-3, em consonância com as diretrizes, objetivos estratégicos e ações programáticas estabelecidos, na forma do Anexo deste Decreto. Art. 2o O PNDH-3 será implementado de acordo com os seguintes eixos orientadores e suas respectivas diretrizes: I - Eixo Orientador I: Interação democrática entre Estado e sociedade civil: a) Diretriz 1: Interação democrática entre Estado e sociedade civil como instrumento de fortalecimento da democracia participativa; b) Diretriz 2: Fortalecimento dos Direitos Humanos como instrumento transversal das políticas públicas e de interação democrática; e c) Diretriz 3: Integração e ampliação dos sistemas de informações em Direitos Humanos e construção de ...

    Leia mais
    antonio_carlos_orkut

    Acusado de racismo, Antônio Carlos é rejeitado por vascaínos

    Técnico do São Caetano se envolveu em caso de preconceito e foi "barrado" pelo público no Orkut Parte dos torcedores do Vasco reagiu mal à confirmação do interesse pelo técnico Antônio Carlos Zago, do São Caetano, dada pelo presidente Roberto Dinamite no início da semana. Em comunidade da rede social Orkut, os cruzmaltinos revelaram sua desaprovação, chamando o treinador de "Racista". A inscrição "Racista, Não!" aparece ao lado da foto do ex-jogador na capa da comunidade 'Vasco da Gama', que tem mais de 370 mil membros. A acusação faz menção ao episódio com o volante Jeovânio, do Grêmio, em março de 2006, pelo Campeonato Gaúcho.   Então zagueiro do Juventude, Antônio Carlos desferiu uma cotovelada, foi expulso e deixou o gramado esfregando a pele com os dedos, em referência à cor da pele do rival. Pelo caso, o ex-jogador chegou a ser suspenso por 60 dias. Por isso, a torcida ...

    Leia mais
    tabaco 0

    Tabagismo afeta principalmente negros e pobres no Brasil–IBGE

    Fonte: G1 -Por Rodrigo Viga Gaier RIO DE JANEIRO (Reuters) - Dos quase 25 milhões de brasileiros com mais de 15 anos de idade que eram fumantes no ano passado, a grande maioria era negra, de baixa renda e baixa escolaridade, mostrou um estudo inédito do IBGE divulgado nesta sexta-feira. "O perfil do fumante é bem claro. As classes baixas fumam mais e, consequentemente, quanto menor a escolaridade maior é a incidência do tabaco. A cor da população também influencia", disse à Reuters Cimar Pereira Azeredo, coordenador da pesquisa.   O estudo mostrou que 17,2 por cento da população com idade superior a 15 anos consumia derivados de tabaco no ano passado, ou o equivalente a 24,6 milhões de pessoas.   Os homens fumam mais que as mulheres, de acordo com o levantamento. Enquanto a incidêcia entre os homens é de 21,6 por cento, entre as mulheres é de 13,1 ...

    Leia mais
    A desinformação pavimenta os caminhos da ignorancia e perpetua a desorganização e a servidão do negro: Vamos construir nossas próprias referencias!

    Um dia de Luta na Morada Eterna dos Ancestrais

    Fonte: Lista Racial - Por: Reginaldo Bispo Na eternidade, morada dos ancestrais, embaixo de um Baobá, saudosos militantes do MN discutem a situação do negro no Brasil em 2009. Zumbi, o sábio mais velho, dirige a reunião e fala primeiro: " Não sei se choro de tristeza ou de raiva, a luta dos palmarinos não era pra dar nisso!. Depois de 314 anos parte significativa dos negros brasileiros, em eu nome violentam a dignidade de meu povo, e como Ganga Zumba, aceitam as migalhas enganosas do poder escravista. Negras e negros tem a obrigação de reverter essa farsa. " Malcoln X, ao lado do líder, olhando ao fundo, para J. Brown, Chico Bento e Florestan Fernandes, J.Julio Chiavenatto, Décio Freitas e tantos outros, agradece "Vocês serão sempre bem vindos em nossas reuniões, mas é função dos pretos dirigirem a própria luta, pelos meios que se fizerem necessários" e olhando fixamente para Florestan ...

    Leia mais
    lula_copy

    Lula: Deus abençoe o Brasil e o povo negro deste país

    Fonte: A Tarde - (assista a íntegra do pronunciamento) Discurso do Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, durante cerimônia de comemoração do Dia Nacional da Consciência Negra Salvador, Bahia, 20 de novembro de 2009.   Quero cumprimentar o nosso querido companheiro e amigo Mahmoud Abbas, presidente da Autoridade Palestina, na pessoa do qual saúdo todos os integrantes da comitiva palestina, Quero cumprimentar o companheiro Jaques Wagner, no nome de quem eu quero cumprimentar todas as autoridades aqui presentes, Quero cumprimentar o Dom Geraldo Magela e, cumprimentando ele, eu cumprimento todas as religiões aqui presentes, E quero cumprimentar o nosso querido povo baiano, neste Dia extraordinário da Consciência Negra, Eu vou ser muito breve hoje, porque ontem eu pensei que ia falar dez minutos, na Petrobras, no Rio Grande do Norte, falei uma hora e pouco. Hoje, eu disse que ia falar pouco, na Ford, e falei uns 50 ...

    Leia mais
    EGBE-AXe

    ARACAJU: EGBE AXÉ

    EGBE AXÉ, ou seja, a força da comunidade é um projeto que pretende mobilizar a comunidade do Bairro América e seus entornos num dia dedicado a cultura afro-brasileira.  Durante todo o dia 21 de novembro, teremos diversas atividades voltadas a comunidade que envolve atividades educativas, sociais e culturais, proporcionando uma dia de comemoração e reflexão sobre o negro e sua cultura. A partir das discussões sobre a Lei 10639/03 que institui a obrigatoriedade do ensino de História e Cultura Afro-Brasileira em sala de aula, teremos discussões voltadas aos professores da rede estadual e municipal e a comunidade em geral sobre esta temática, como também temas de conscientização sobre o HIV, a gravidez na adolescência, diabetes, hipertensão, com aferição da pressão arterial e da glicemia. Serão desenvolvidas atividades culturais com apresentação de grupos afro, de dança e demais atividades voltadas a valorização da cultura negra.  Teremos exposições fotográficas e também oficinas ...

    Leia mais
    vilma_reis_copy

    Pesquisadores negros depõem na CPI da Violência Urbana em Brasília

    Fonte: Jornal Ìrohin Por Jamile Menezes “Nós não nascemos para enterrar os mais novos” (Vilma Reis) Djair Santana de Jesus, negro, 16 anos, estudante do ensino fundamental, com mãe negra chefa de família, foi assassinado pela Polícia Militar da Bahia, na comunidade do Alto da Esperança, na região das Sete Portas, sob a acusação de ter trocado tiros com os policiais da ROTAMO. As mulheres que protestaram a sua morte foram covardemente espancadas e sua tia, dona Jaciara Santana, foi baleada nas nádegas.." Esta realidade se repete em Salvador e na maioria das cidades brasileiras. Segundo dados da UNICEF, até 2012 33 mil mães em todos os estados brasileiros não verão seus filhos completarem 18 anos.   O quadro acima foi relatado pela socióloga Vilma Reis em seu depoimento na audiência pública da CPI da Violência Urbana, realizada na Câmara de Deputados, em Brasília, na última quarta - feira (11). ...

    Leia mais
    Cotas-porque-sim

    SALVADOR: Agenda afirmativa

    14/11 – Encontro de Terreiros de Águas Claras/CajazeirasRealização: Câmara Municipal de Salvador/SEMUR14/11 – Feijoada de GingaLocal: Centro Social Urbano da Liberdade   15/11 – Caminhada pela Liberdade ReligiosaLocal: Engenho Velho da FederaçãoHorário: 15h 13 e 16/11 – Oficina de Elaboração do Plano de Trabalho para o Selo daDiversidade Étnico-RacialRealização: SEMUR 15, 16 e 17/11 – Seminário: Experiências Ibero-Americanas de Políticas Públicasde Promoção da Igualdade Étnico-Racial com Perspectiva de GêneroRealização: SEGIBApoio: Prefeitura Municipal de Salvador/Governo do Estado da Bahia 15/11 – Apresentação da experiência da Secretaria na Cidade de ItuberáRealização: Instituto da Juventude 16/11 – Seminário Politica Afirmativa em SalvadorLocal: Colégio Ômega - São Cristovão do Aeroporto 16/11 – Abertura da Semana AZEVICHELocal: Secretaria Estadual de Desenvolvimento e Combate a PobrezaHorário: 17h 16/11 – Encontro sobre a Caminhada da LiberdadeLocal: auditório da OABRealização: Forúm de Entidades Negras 18/11 – 1º Seminário “Diálogos Negros”Realização: SECULT/SEMUR 18/11 – Encontro de Samba com Gal ...

    Leia mais
    relatorio_unu

    Dossiê apresentado pela Campnha Reaja a ONU

    Fonte: Folha Popular - Aqui estamos! Para além de um simples expediente dramático. Temos a oportunidade de colocar o Estado Brasileiro frente a frente com seus crimes. Temos aqui a oportunidade histórica de subverter a lógica da ordem sócio-racial que nos faz maioria em ruas, favelas e instituições carcerárias deste país.Mas o que vamos fazer? Queremos apontar as nossas críticas e nossa perspectiva já de início, para não deixar passar despercebido que o sistema, o projeto de Estado Brasileiro se apresenta para nós como uma engrenagem que é movida a sangue.   Representamos aqui a maioria do povo baiano e, como povo, viemos neste dia provar através de alguns casos emblemáticos ocorridos na Bahia os diversos crimes contra a população negra. Entretanto, é importante ressaltar que nossa escolha em trazer esses casos emblemáticos não exaure a lista de crimes praticados contra nós. Então, nossa escolha traz uma delimitação e com ...

    Leia mais
    Carlos Marighella (Foto: Imagem retirada do site Diálogos do Sul)

    Carlos Marighella

    nascimento: 5 de dezembro de 1911, Salvador, Bahia morte: 4 de novembro de 1969, São Paulo, SP Carlos Marighella foi morto em emboscada preparada pelo DOPS de São Paulo. O mulato Carlos Marighella era filho de um imigrante italiano, o operário Augusto Marighella e Maria Rita do Nascimento, negra e filha de escravos. Teve sete irmãos e irmãs. Descendo de italiano. Meu pai era operário, nascido em Ferrara (Alta Itália,região de Emília).Chegara como imigrante a São Paulo e se transladara à Bahia. Minha ascendência por linha materna procede de negros haussás, escravos africanos trazidos do Sudão e afamados na história das sublevaçoes baianas contra os escravistas. Carlos Marighella. Fez os estudos iniciais no Ginásio da Bahia, hoje Colégio Central. Contrariando as expectativas reservadas a famílias de poucas posses, em 1929, Carlos começou a cursar engenharia civil na Escola Politécnica da Bahia. Já nessa época, com 18 anos, Carlos despertou para as ...

    Leia mais
    21-janeiro-2010

    Carta aberta da Comissão Paulista Pró-Conferência à Comissão Organizadora Nacional da I Confecom

    Fonte: Confecom   Por meio de carta aberta à Comissão Organizadora Nacional da Confecom, a Comissão Paulista Pró-Conferência de Comunicação protesta contra os sucessivos adiamentos de reuniões decisivas para a realização da I Confecom e solicita o adiamento no prazo para realização das etapas estaduais também por duas semanas, como ocorreu com a etapa nacional.   Abaixo, a carta na íntegra.   Carta aberta à Comissão Organizadora da Conferência Nacional de Comunicação Nós, movimentos sociais e organizações da sociedade civil integrantes da Comissão Paulista pró Conferência Nacional de Comunicação (Confecom), protestamos contra mais um adiamento de decisões fundamentais da CON – Comissão Organizadora Nacional, em prejuízo do processo nos Estados. Particularmente nos dirigimos ao Governo Federal, por meio do Ministério da Comunicação, da Secretaria de Comunicação e da Secretaria Geral da Presidência, para que tomem ciência das dificuldades que os Estados estão enfrentando no processo, especialmente aqueles onde o Poder ...

    Leia mais

    Toni Morrison

    - Nascida em: 18 de fevereiro de 1931 (78 anos), em Lorain, Ohio, Estados Unidos - - Profissão: Romancista, editora - - Gêneros: African American literature Literatura afro-americana - - Livros notáveis: Beloved, Song of Solomon - - Prêmios notáveis: Nobel Prize in Literature 1993, Pulitzer Prize for Fiction 1988. - Toni Morrison Toni Morrison (nascida Chloe Ardelia Wofford em 18 de fevereiro de 1932, é uma autora, editora e professora americana, vencedora do Prêmio Nobel. Seus romances são conhecidos pelos temas épicos, diálogo vívido e personagens negros, ricamente detalhados. Incluem-se, entre seus romances mais conhecidos, The Bluest Eye (O Olho mais Azul), Song of Solomon (Canção de Salomão) e Beloved (Amada), que ganhou o Prêmio Pulitzer de ficção em 1988. Sua obra tem sido adaptada para os palcos e para o cinema. Juventude e carreira Toni Morrison nasceu em Lorain, Ohio, filha de George e Ramah (Willis) Wofford. Foi a segunda ...

    Leia mais

    Imitação da Vida faz 50 anos

    Fonte: Portal.RPC-Nada parece verdadeiro em Imitação da Vida. Sarah Jane é negra, embora seja branca; Lora é uma atriz, embora só apareça em fotos publicitárias; Steve é um fotógrafo, embora renuncie com desenvoltura à arte em troca de um bom emprego; o sr. Loomis é um agente, mas mais parece um cáften, oferecendo suas atrizes a produtores de teatro e cinema. O que é verdadeiro no filme com que Douglas Sirk encerrou a carreira (em estúdios), então? Annie, talvez. Annie, a negra que é negra, a empregada dedicada e servil. Neste filme que chega aos 50 anos em plena juventude, narra-se em princípio a história de duas mães. A branca Lora e a negra Annie cuidam de suas filhas, Susie e Sarah Jane, como princesinhas. Na medida do possível. Existe uma brancura ostensiva em Lora. Ela se comporta como se não houvesse discriminação racial. Impossível saber até que ponto isso ...

    Leia mais
    poder-da-escrita3

    Sai a nova edição atualizada do ‘Fala, Crioulo!’

    Fonte: Cruzeiro On Line -   Com o fim do AI 5 e o início da redemocratização após o golpe militar de 64, ressurgia nos diversos segmentos da sociedade a possibilidade de discutir abertamente suas questões. Não foi diferente com o movimento negro. Nesse contexto, o ator, escritor e produtor cultural Haroldo Costa, hoje com 79 anos, organizou o livro de depoimentos "Fala, Crioulo!" (Record, 336 págs.). Com a comemoração dos 120 anos da Lei Áurea, atualizou o livro acrescentando novos depoimentos e mantendo alguns do livro original.   Os 27 anos que separam as duas versões mostram uma mudança no comportamento social do negro. "Antigamente tinha aquela mística de que o negro quando evoluía queria casar com branca e loura, pensando em ascensão social. Atualmente há um grande número de profissionais liberais e essas pessoas chegaram onde chegaram à custa de muito sacrifício e luta. Elas sabem que existem ...

    Leia mais
    rap

    A luta do rap com a tragédia

    Fonte: O Povo- Tradicionalmente, a construção do rap brasileiro se estabelece a partir de três grandes questões: o racismo, a pobreza e a violência. Cada vez mais assumida por espaços oficiais, como a imprensa e a academia, essa produção incorpora novas temáticas e discussões As experiências estéticas produzidas pela juventude dos bairros das periferias das grandes cidades brasileiras ganharam uma visibilidade incomum através do movimento hip hop, que é um verdadeiro laboratório de linguagens desenvolvidas pelos seus artistas iniciados nas artes de rua: o rap, o grafite, o break, o basquete de rua. O mais novo elemento do hip hop, o ``conhecimento``, se divide em duas áreas. Uma delas abriga os estudos da teoria e da história do hip hop, e de cada uma de suas artes em particular. Na outra área, a literatura periférica ou marginal, que vem vêm alcançando níveis surpreendentes de publicações. Os autores trabalham em conexão, ...

    Leia mais
    me-de-maio-2006

    Salve Geral gera protesto no cinema

    Fonte: Outubro Vermelho - No dia de estréia de Salve Geral nos cinemas nacionais, as mães, familiares e amigos das vítimas do massacre de maio de 2006 vão para a frente do espaço Unib(r)anco para protestar contra a espetacularização de seus sofirmentos e para reivindicar justiça e apuração dos crimes atrozes cometidos pelas forças estatais. Segue carta a ser distribuída durante o ato.   Ato Político-Cultural na estréia do filme "Salve Geral" SALVE A VERDADE E A JUSTIÇA!!! O ESTADO NO BANCO DOS RÉUS!!! CONTRA O GENOCÍDIO DA JUVENTUDE POBRE E NEGRA!!!   Sexta-feira, 02 de Outubro de 2009, às 18hs em frente ao Espaço Unibanco de Cinema (Rua Augusta, 1475 - próximo à esquina com a Av. Paulista)   - pedimos para que tragam velas, tambores, fotos e camisetas das vítimas históricas do Estado Brasileiro (em particular das vítimas dos "Crimes de Maio" de 2006) -   "Nós não ...

    Leia mais
    Foto | O reverendo Jesse Jackson / Kris Connor - Getty Images

    Reverendo Jesse Jackson

    Jesse Louis Jackson, Sr. (nascido a 8 de outubro de 1941), é um ativista americano dos direitos civis e pastor batista.  Foi candidato à presidência pelo Partido Democrático em 1984 e 1988.  Fundou as entidades que se fundiram para formar o Rainbow/PUSH.  Numa enquete da AP-AOL, “Vozes Negras”, em fevereiro de 2006, Jackson foi votado como “o mais importante líder negro”, com 15% de votos. Juventude Jackson, ao nascer, recebeu o nome de Jesse Louis Burns.  Sua cidade natal é Greenville, Carolina do Sul.  É filho de Helen Burns, mãe solteira, que tinha 16 anos quando ele nasceu.  Seu pai biológico, Noah Louis Robinson, ex-boxeador profissional e figura de destaque na comunidade negra, era casado com outra mulher, quando Jesse nasceu.  Ele não se envolveu com a vida do filho.  Em 1943, dois anos após o nascimento do menino, sua mãe casou-se com Charles Henry Jackson, que adotaria Jesse quatorze anos ...

    Leia mais
    (FOTO: CHRISTIAN HARTMANN/REUTERS - 27.01.2015)

    Christiane Taubira

    Christiane Taubira, nascida em 2 de fevereiro de 1952 em Cayenne, Guiana, é uma política francesa. É presidente do Walwari (« leque », em língua indígena) e membro do Partido Radical de Esquerda. Christiane Taubira vem de uma família modesta. Sua mãe, que cuidava de idosos, criou sozinha seis filhos. Após seus estudos no Liceu Félix Eboué, em Canyenne, Christiane Taubira prosseguiu seus estudos na França, onde tornou-se economista (primeiro, segundo e terceiro ciclo de Ciências Econômicas em Paris II - Assas e Panthéon). Obteve igualmente diplomas em sociologia e etnologia afro-americana (Sorbonne e Jussieu) e em agro-alimentação (terceiro ciclo do Centro Francês da Cooperação Agrícola Paris e Bordeaux) (Foto: Joël Saget, AFP) Regressando à Guiana, desempenhou as seguintes funções: • Professora de Ciências Econômicas • Diretora do CNAM (Guiana) • Diretora Geral do Caricoop (Cooperação Agrícola Antilhas-Guiana), do Atpag (Serviços Ténicos da Pesca Marítima) e ...

    Leia mais
    christiane_taubira01

    Christiane Taubira

    Christiane Taubira, nascida em 2 de fevereiro de 1952 em Cayenne, Guiana, é uma política francesa. É presidente do Walwari (« leque », em língua indígena) e membro do Partido Radical de Esquerda.   Christiane Taubira vem de uma família modesta. Sua mãe, que cuidava de idosos, criou sozinha seis filhos. Após seus estudos no Liceu Félix Eboué, em Canyenne, Christiane Taubira prosseguiu seus estudos na França, onde tornou-se economista (primeiro, segundo e terceiro ciclo de Ciências Econômicas em Paris II - Assas e Panthéon). Obteve igualmente diplomas em sociologia e etnologia afro-americana (Sorbonne e Jussieu) e em agro-alimentação (terceiro ciclo do Centro Francês da Cooperação Agrícola Paris e Bordeaux) Regressando à Guiana, desempenhou as seguintes funções: • Professora de Ciências Econômicas • Diretora do CNAM (Guiana) • Diretora Geral do Caricoop (Cooperação Agrícola Antilhas-Guiana), do Atpag (Serviços Ténicos da Pesca Marítima) e do Occe (Cooperação e Comércio Exterior com ...

    Leia mais
    Página 100 de 103 1 99 100 101 103

    Últimas Postagens

    Artigos mais vistos (7dias)

    Twitter

    Welcome Back!

    Login to your account below

    Create New Account!

    Fill the forms bellow to register

    Retrieve your password

    Please enter your username or email address to reset your password.

    Add New Playlist