terça-feira, abril 20, 2021

Resultados da pesquisa por 'estupro'

medico

Gilmar Mendes concede liberdade ao médico Roger Abdelmassih

Roger Abdelmassih deve passar o Natal em casa. O presidente do STF (Supremo Tribunal Federal), ministro Gilmar Mendes, concedeu um habeas corpus na noite desta quarta-feira determinando a soltura do médico. O pedido foi impetrado no STF na segunda (21) pelos advogados Márcio Thomaz Bastos e José Luis Oliveira Lima. O médico ficou preso por cerca de quatro meses. Na decisão, Mendes afirma que a prisão preventiva do médico, "sem a demonstração de fatos concretos", resultou em "mero intento de antecipação de pena". Abdelmassih está preso desde o dia 17 de agosto, sob a acusação de ter cometido atentado violento ao pudor e estupro contra ex-pacientes. Ele já teve pelo menos outros cinco pedidos de liberdade negados pela Justiça, e permanecia detido em São Paulo. Fred Chalub/Folha Imagem Abdelmassih, acusado de atentado violento ao pudor e estupro contra ex-pacientes Os advogados do médico alegavam entre outras coisas, que não existia ...

Leia mais
A demonstrator holds a baloon that reads "Legal abortion now" during a protest against femicides and violence against women in Buenos Aires, Argentina, June 4, 2018. REUTERS/Marcos Brindicci

Governo defende liberar aborto

Programa federal retoma polêmica e recomenda ao Congresso descriminalizar a interrupção de gravidez por: Renata Mariz, do Correio Braziliense  Foto: REUTERS/Marcos Brindicci Em um dos últimos atos oficiais de 2009, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva lançará, nesta segunda-feira (21/12), o 3º Programa Nacional de Direitos Humanos que, em 121 páginas, traz temas consensuais na sociedade e alguns pontos controversos. Um deles, mencionado na edição anterior do programa de forma evasiva, é a interrupção da gravidez. Na versão atual do documento, está clara a recomendação para que o Legislativo modifique o Código Penal de forma a garantir a "descriminalização do aborto". Enquanto entidades ligadas aos direitos da mulher comemoram a posição clara do governo federal, deputados da Frente Parlamentar pela Vida, que reúne políticos ligados a diversos credos religiosos, prometem uma reação agressiva contra qualquer tentativa de ressuscitar o tema no Congresso Nacional. "Irei acompanhar ...

Leia mais
central_mulher_180d

Violência contra a mulher, um problema de saúde pública

por Andréa Fachel Leal*Desde 1999, a Organização das Nações Unidas (ONU) proclamou que 25 de Novembro é o Dia Internacional pela Eliminação da Violência contra as Mulheres.Que importância tem essa data? Por que um dia especial?É bom lembrar que esse é um problema de muitas pessoas. As mulheres constituem pelo menos metade da população mundial. Em algumas faixas etárias, como a dos idosos, são mais da metade das pessoas. Em todo o mundo, as mulheres têm maior expectativa de vida do que os homens. As mulheres sobrevivem aos homens, mas não podemos concluir que as mulheres tenham melhores condições de saúde do que eles.Apesar de tantas mulheres no planeta, elas foram apenas muito recentemente reconhecidas como sujeitos plenos de direitos: na Conferência Mundial sobre Direitos Humanos, ocorrida em Viena em 1993, declarou-se que os direitos das mulheres são direitos humanos. Acabaram-se as fronteiras entre o espaço público e o espaço ...

Leia mais
m-penha

Em dois anos, mais de 78 mil mulheres foram agredidas em MT

Mais de 78 mil mulheres agredidas em apenas oito municípios de Mato Grosso nos últimos dois anos. O dado estarrecedor foi contabilizado em Delegacias, Juizados e Varas Judiciais responsáveis pela apuração desses crimes. O crescente número de violência contra a mulher motivou o Conselho Estadual dos Direitos da Mulher (CEDM-MT) a promover nesta quinta-feira (10) um seminário com o tema "Violência contra a mulher é a violação aos Direitos Humanos" a partir das 08h no auditório da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB-MT), em Cuiabá. Na mesma data também se comemora o encerramento da campanha 16 Dias de Ativismo pelo fim da violência doméstica.   O evento também será uma oportunidade para sensibilizar os governantes pela adesão ao Pacto Nacional pelo Enfrentamento à Violência contra a Mulher. Mato Grosso é um dos três Estados que ainda não aderiu ao pacto. A Defensoria Pública, entre outras instituições, é parceira da Secretaria ...

Leia mais
congo

No Congo, casas para denunciar as violências sexuais

Por Elise VincentDe Goma (Congo) Barbárie cotidiana Duas mulheres, uma com o filho no colo, ambas vítimas de estupro, esperam por tratamento em hospital de Bukavu, no Congo Todos os dias, em Goma, mulheres chegam para relatar uma paz como ela não se pretende. Relatos em voz baixa, com mímicas dos golpes, o sutiã ou a saia levantados para mostrar os ventres e os seios feridos. Muitas vezes elas chegam sozinhas, das cidades vizinhas, e os relatos se encadeiam, nos quartos escuros. Aqui, são chamadas de "casas de escuta". As mais cuidadas têm uma cama e uma cortina. Outras são barracos de madeira com teto de lona, possuem somente um banco, uma mesa baixa com uma toalha branca. Zawadi tem 23 anos e as palavras daquela que traduz por ela: "Eu não conheço essa paz da qual sempre se fala". A palavra que ela não diz é "estupro". O último ...

Leia mais

Mulher corta pênis do companheiro com faca de cozinha no Espírito Santo

Fonte: O Globo - VITÓRIA- Uma mulher de 24 anos cortou o órgão genital do companheiro em Cachoeiro de Itapemirim, no Espírito Santo. Ela ficou revoltada após a filha de 6 anos relatar que havia sido abusada sexualmente pelo padrasto, de 26 anos, na noite do último sábado. A família vivia junto há cerca de quatro anos e a menina é filha do primeiro casamento da mãe. Ela tem ainda mais uma menina de 2 anos, fruto da segunda união.   De acordo a Polícia Civil, no sábado passado, a menina estava com a avó, que é deficiente visual, enquanto a mãe estava na casa de uma amiga. Foi quando o homem retirou a menina da presença da avó e a levou para o quarto, onde tentou manter relações sexuais com ela. Ao sentir dor, a menina gritou e o homem a deixou, ameaçando bater na enteada caso ela contasse ...

Leia mais
unifem

Revista CLAUDIA entrevista Inés Alberdi, diretora executiva da Unifem

Fonte: Revista Claudia - Um relatório recém-lançado pelo fundo da ONU que se dedica às questões femininas revela que os países têm feito muito pouco - ou quase nada - para diminuir a diferença salarial entre homens e mulheres, acabar com a mortalidade materna e nos dar condições para assumir a cota que nos cabe na gestão dos negócios e da política. A diretora executiva do Unifem, Inés Alberdi, faz aqui um balanço da nossa situação, que precisa mudar urgentemente. Você é parte dessa luta pressionando nossos governantesEm 2000, a comunidade internacional estabeleceu metas para o desenvolvimento do milênio e marcou um prazo para que elas se concretizassem: o ano de 2015. Ultrapassamos a metade do tempo e a conclusão da ONU é que há alguns avanços, como a redução do número de pessoas que vivem com menos de 1 dólar por dia. Mas, no que se refere às mulheres, ...

Leia mais
(Foto: Reprodução/ Smokewood Entertainment)

FILME: Precious

Sinopse  A adolescente afro-americana, obesa, analfabeta Clareece "Precious" Jones (Gabourey Sidibe) vive no Harlem com sua familia desajustada; engravidada duas vezes pelo pai e em uma relação destrutiva com a sua mãe (Mo'Nique). Precious recebe o convite para entrar em uma escola alternativa, onde ela tem esperança de poder mudar a direção de sua vida. O filme conta também com Mariah Carey que faz o papel de uma assistente social Mrs. Weiss, Paula Patton como a professora de Precious, Ms. Rain, e Lenny Kravitz como John, um enfermeiro. Baseado no romance "Push", do escritor norte-americano Sapphire, "Precious" foi um dos grandes vencedores do Festival de Sundance, em janeiro. O longa do produtor e diretor Lee Daniels consegue ser ao mesmo tempo tenso e divertido. Se é que agressões verbais e físicas, por mais "merecidas" que eventualmente sejam, possam figurar exatamente como diversão. O fato é que, da primeira à última ...

Leia mais
unb1

Caso UNIBAM: Jovens tiram a roupa para repudiar machismo na universidade

Grupo de 250 pessoas fez passeata até o Salão de Atos da Reitoria para apoiar a aluna Geisy Arruda, ameaçada no mês passado na Uniban   Às 14 horas desta quarta-feira cerca de 250 estudantes - alguns nus, outros vestidos apenas com roupas íntimas - chegaram à reitoria da Universidade de Brasília em protesto contra a atitude machista dos estudantes da Uniban de São Bernardo do Campo (SP) contra estudante Geisy Arruda. Os alunos estão no Salão de Atos da Reitoria para entregar ao reitor José Geraldo de Sousa Júnior um documento com reivindicações de políticas institucionais para a segurança da mulher na instituição.   O grupo considera o caso de Geisy absurdo e o comparam com situações de preconceito e machismo registrados na UnB. Um exemplo citado durante a manifestação foram os atos de violência sexual ocorridos na universidade, como o ataque a uma estudante de 18 anos, em abril deste ano. Manifestantes percorrem o campus chamando a comunidade ...

Leia mais
Images crime faixa

O crime de ser mulher

BRASÍLIA - Noutro dia, uma mulher de mais de 60 anos foi amordaçada, torturada e violentada por um criminoso que entrou na sua casa, em Brasília, fazendo-se passar por bombeiro eletricista. Fonte: Folha de São Paulo Por Eliane Cantanhêde É dramático, mas comum. Pior foi a entrevista da delegada (delegadaaa!) a uma rádio, em que ela nem sequer fez referência ao crime e ao criminoso, centrando suas suspeitas (ou seriam certezas?) sobre a própria vítima: se nunca tinha visto o homem, como entabulou conversa com ele? Se morava sozinha, como deixou o estranho entrar? E sentenciou: "Há muita coisa estranha nessa história". Nada disse sobre o estupro, a violência, a covardia, as escoriações, as muitas horas que a mulher havia ficado ferida, amarrada e amordaçada. No inconsciente da delegada, a vítima era a ré. Afinal, uma mulher madura, sozinha, sabe-se lá! É o que ocorre na Uniban, quando vândalos recalcados ...

Leia mais
Debora Diniz2

O urro ancestral da faculdade injuriada

Universitários que encurralaram a colega de vestido curto não eram delirantes: eram agressores mesmo Por: Debora Diniz*   Vídeos veiculados pelo YouTube mostram a estudante de Turismo Geisy Arruda, da Uniban, em São Bernardo do Campo, sendo xingada e acuada por outros alunos por causa do comprimento do vestido. Ela teve de ser escoltada para fora do prédio por policiais. O caso não caberia nem em um folhetim vulgar, não fosse o YouTube denunciando a verdade. A "puta da faculdade" é uma história bizarra: uma mulher de 20 anos é vítima de humilhações. A razão foi um vestido rosa e curto que a fazia se sentir bonita. Sem ninguém saber muito bem como o delírio coletivo teve início, dezenas de pessoas passaram em coro a gritar "puta" e ameaçá-la de estupro. A saída foi esconder-se em uma sala, sob os urros de uma multidão enfurecida pela falta de decoro do ...

Leia mais
(Foto: João Godinho)

Pare o mundo que eu quero descer pra virar lenda Brasil caiu no ranking de desigualdade entre os sexos

Por: Fátima Oliveira Os assuntos são inúmeros. Deixam a gente zonza. Informação demais em algum momento nos exaure. Mas muvuca pouca é besteira. A vida política do país está uma zoeira só. Em horas assim tenho vontade de sumir e virar lenda. Em nome da honestidade intelectual digo que está difícil demais focar em apenas um assunto para palpitar. Tentar, até que tentei. "O Brasil caiu nove posições no ranking global de desigualdade entre os sexos organizado pelo Fórum Econômico Mundial, ocupando a 82ª posição entre 136 países." Piorou demais. Em 2006, o Brasil ocupava a 67ª posição; em 2007, a 74ª; e, em 2008, a 73ª. As principais razões apontadas para a queda em 2009 foram a diferença de renda obtida pelo mesmo tipo de trabalho de acordo com o gênero (da 100ª para a 114ª colocação) e a queda da renda estimada anual (da 54ª para a 69ª ...

Leia mais
uniban

Violência contra a Mulher: Aluna hostilizada por usar roupa curta na Uniban

'Eles estavam possuídos, fiquei com muito medo', afirmou estudante. Tumulto aconteceu no dia 22; estudante teve que ser escoltada pela PM. Fonte: G1 Estudante mostra vestido que usou na quinta-feira (22) e causou polêmica na faculdade (Foto: Marlene Bergamo/Folhapress)   "Costumo usar vestidos curtos e calças apertadas, assim como outras meninas. Naquele dia, tinha pegado ônibus, andado na rua e ninguém disse nada", contou a estudante de 20 anos do curso de turismo hostilizada por alunos na quinta-feira (22) por usar roupa curta na Uniban, em São Bernardo do Campo, no ABC.   A Polícia Militar foi chamada por colegas da jovem para conter o tumulto e permitir que a garota deixasse a faculdade. Muitas pessoas filmaram a cena e divulgaram as imagens no site de vídeos YouTube, na internet. A universidade pediu para que o conteúdo fosse retirado.   A garota lembra que saiu coberta por um avental branco. "Eles estavam ...

Leia mais
19broom

Condenado a morte sobrevive a 18 tentativas de execução

Brown acordou às 5h08 do dia que acreditava ser o último de sua vida. Um guarda o acompanhou ao chuveiro às 5h51. Eram 6h27 quando Brown comeu cereais com leite. Às 8h07 já estavam preparados, no instituto correcional de Lucasville, os três produtos químicos utilizados no coquetel da morte. Às 9h31, um recurso de último minuto deixou em suspenso a execução de Brown, a quem serviram um almoço de frango com vagem, purê de batatas, salada e suco de uva às 12h28. Era sua última refeição. Às 12h48, um juiz determinou que a apelação havia fracassado. O Estado tiraria sua vida às 13h30. Em ponto.   Seguindo as normas ao pé da letra, os funcionários jogaram fora o primeiro coquetel e prepararam um segundo (às 13h24 e às 13h31). Até aqui, tudo era rotina. Como também deveria ser rotina encontrar uma veia no braço do condenado e injetar a dose ...

Leia mais
Thinkstock/Getty Images

Restrições não reduzem taxa de aborto, diz estudo

Taxa de abortos onde a prática é legal é praticamente igual em países onde há restrições. Fonte: G1 - Thinkstock/Getty Images As leis de restrição para a prática do aborto não reduzem o número de mulheres que tentam interromper gestações indesejadas, afirma um relatório divulgado nesta terça-feira (13).   Segundo o estudo do Instituto Guttmacher, com sede nos Estados Unidos, a taxa de abortos em países onde a prática é legal é praticamente igual nos países onde há restrições.   O estudo analisou 197 países e afirma que "o declínio do aborto em termos mundiais ocorreu em paralelo a uma tendência global de liberalizar as leis de aborto".   De 22 países que mudaram suas leis de aborto na última década, 19 reduziram significativamente as leis de aborto. Na América Latina, os casos mais recentes de liberalização do aborto foram o Uruguai e a cidade do ...

Leia mais
O casal Michelle e Barack Obama (Foto: Mark Wilson / Staff/Getty Images)

Origens da primeira-dama contêm um complexo caminho desde a escravidão

WASHINGTON – Em 1850, o senhor mais antigo de uma propriedade da Carolina do Sul pegou uma caneta e dividiu cuidadosamente suas posses. Entre máquinas de tecer, foice, toalhas de mesa e o gado que ele legou aos seus herdeiros longínquos, havia uma escrava de seis anos avaliada logo depois em US$ 475.  Em seu testamento, ela é descrita simplesmente como “Melvinia, a garota negra”. Após a morte do homem, ela foi levada para longe das pessoas e lugares que conhecia e despachada para a Georgia. Enquanto ela ainda era apenas uma adolescente, um homem branco a teria engravidado de seu primeiro filho sob circunstâncias perdidas ao longo da história. Nos anos da escravidão norte-americana, essa dolorosa história seria completamente normal, a não ser por uma razão: essa união, consumada cerca de dois anos antes da Guerra Civil, marcou as origens de uma árvore genealógica que se estenderia da Geórgia ...

Leia mais
Foto | O reverendo Jesse Jackson / Kris Connor - Getty Images

Reverendo Jesse Jackson

Jesse Louis Jackson, Sr. (nascido a 8 de outubro de 1941), é um ativista americano dos direitos civis e pastor batista.  Foi candidato à presidência pelo Partido Democrático em 1984 e 1988.  Fundou as entidades que se fundiram para formar o Rainbow/PUSH.  Numa enquete da AP-AOL, “Vozes Negras”, em fevereiro de 2006, Jackson foi votado como “o mais importante líder negro”, com 15% de votos. Juventude Jackson, ao nascer, recebeu o nome de Jesse Louis Burns.  Sua cidade natal é Greenville, Carolina do Sul.  É filho de Helen Burns, mãe solteira, que tinha 16 anos quando ele nasceu.  Seu pai biológico, Noah Louis Robinson, ex-boxeador profissional e figura de destaque na comunidade negra, era casado com outra mulher, quando Jesse nasceu.  Ele não se envolveu com a vida do filho.  Em 1943, dois anos após o nascimento do menino, sua mãe casou-se com Charles Henry Jackson, que adotaria Jesse quatorze anos ...

Leia mais
abr 06 encontros 01

Casa de prostituição

  Caminhamos no sentido da abolição da perseguição à mulher e do fim do estigma de uma profissão que se reconhece a mais antiga Fonte: Folha de São Paulo - por: LUIZA NAGIB ELUF   A LEI que acaba de modificar os artigos referentes aos crimes sexuais do Código Penal (lei 12.015, de 7/8/09) não apenas inovou com relação ao estupro e ao atentado violento ao pudor como também alterou vários outros dispositivos, dentre os quais o que aborda a atividade do comércio sexual referente à casa de prostituição. Anteriormente, nos termos do artigo 229 do Código Penal, que data de 1940, era crime "manter, por conta própria ou de terceiro, casa de prostituição ou lugar destinado a encontros para fins libidinosos, haja ou não intuito de lucro ou mediação direta do proprietário ou gerente". Nesses termos, qualquer lugar em que ocorressem encontros com fins sexuais estava proibido. A pena ...

Leia mais
ellen_johnson_sirleaf

Senhora presidente: perguntas para Ellen Johnson-Sirleaf

Fonte:IG - Delas - Chefe de Estado da Libéria, a única mulher a comandar um país da África imagina como seria um mundo com as mulheres no poder Como única mulher a ocupar o posto de chefe de Estado na África, qual é a sua opinião sobre o recente documentário "Manda o Diabo de Volta para o Inferno" (Pray the Devil Back to Hell, 2008) que credita às mulheres da Libéria todo o fim da sangrenta guerra civil daquele país?Ellen Johnson-Sirleaf: Assisti ao documentário e aplaudo as mulheres que enfrentaram chuva e sol para promover a paz, defendendo a reconciliação e o final da guerra. Gosto de dizer que nosso país deve muito a elas.   Sua posse, em janeiro de 2006, foi como a realização de um sonho feminista.Ellen Johnson-Sirleaf: As pessoas não pensavam que isso aconteceria na Libéria, pois somos um país pobre, devastado pela guerra e que, ...

Leia mais
Valter Campanato/Agência Brasil.

Campanha pró-aborto de feto sem cérebro pressiona STF a decidir este ano

Cartaz e vídeo relançam polêmica em torno de ação que tramita há 5 anos. Malformação congênita, a anencefalia atinge uma a cada mil crianças. Por  Emilio Sant'Anna, do G1  Valter Campanato/Agência Brasil. Enquanto o Supremo Tribunal Federal (STF) se prepara para julgar o direito à interrupção da gravidez de fetos sem cérebro, os grupos a favor e contra o aborto continuam travando uma disputa ideológica nos bastidores. Neste mês, duas organizações de defesa dos direitos reprodutivos da mulher lançaram campanhas que voltam a impulsionar uma controvérsia que já dura no mínimo cinco anos. O Supremo tem em suas mãos uma oportunidade única de aliviar o sofrimento de muitas mulheres que se vêem obrigadas a continuar com uma gravidez que não será bem-sucedida"   A anencefalia é uma malformação congênita que atinge cerca de um em cada mil bebês e leva ao nascimento da criança sem o ...

Leia mais
Página 107 de 109 1 106 107 108 109

Últimas Postagens

Artigos mais vistos (7dias)

Twitter

Welcome Back!

Login to your account below

Retrieve your password

Please enter your username or email address to reset your password.

Add New Playlist