terça-feira, janeiro 26, 2021

Resultados da pesquisa por 'cultura afrobrasileira'

Irmãs sergipanas fazem sucesso com grife inspirada na cultura africana

Confira a primeira reportagem da série Made in Sergipe Por Fernanda Araujo, do F5News  Elas são irmãs e, além disso, sócias em um empreendimento de moda afrobrasileira em Sergipe - a grife Maria Marrenta. Apaixonadas pelo estilo da moda étnica, Amanda Rodrigues e Fernanda Teles sempre procuraram por roupas diferenciadas, mas a falta desse tipo de peça no mercado local inspirou as meninas. Elas começaram a confeccionar as próprias roupas com produtos da terra, tanto para usá-las, quanto para comercializá-las. “Nessa trajetória de não encontrar roupas diferentes, às vezes tínhamos que viajar para Salvador, Rio de Janeiro e São Paulo. Então, criamos o ateliê”, diz Amanda. Sem se contentar com o padrão da moda, o espaço das irmãs surgiu com a proposta de atender a todos os tamanhos e idades, diversificando a gama de produtos desde roupas a acessórios e objetos de decoração, sempre mantendo o estilo afro. “A gente tenta ...

Leia mais

Museu no negro oferece nove oficinas culturais gratuitas

Canto, danças, instrumentos musicais e teatro são algumas das atividades ofertadas ao público de Vitória. Inscrições até 13/02 No Seculo Diario Para os interessados em participar de aulas de dança, teatro, música e contação de histórias, entre outras, começaram nesta terça-feira (3) e seguem até sexta-feira (13) as inscrições para as oficinas do Museu Capixaba do Negro Veronica da Pas, o (Mucane), no Centro de Vitória. Ao todo serão oferecidas 164 vagas, distribuídas em nove oficinas. "Historicamente, a arte e a cultura sempre foram um instrumento de ascensão social e econômica para a população negra no Brasil. Nesse sentido, propiciamos à comunidade acesso a um conjunto de oficinas, de forma gratuita, objetivando contribuir com a formação cultural dos alunos de uma forma mais ampla, bem como através da arte", contou o coordenador do Mucane, Wellington Nascimento. A única oficina que terá processo seletivo para aceitação de pessoas será a de ...

Leia mais
Foto: Gabriel Brito/Correio da Cidadania

Cultura Negra do Rio Grande do Sul para o Brasil

A TV brasileira sempre foi um antro de reprodução de valores conservadores, preconceituosos e depreciativos da cultura popular, sobretudo da cultura e da própria vida de negras e negros. Cultura Negra Foto: Gabriel Brito/Correio da Cidadania Por Douglas Belchior Poucos são os programas de TV que abordam com propriedade e de maneira a valorizar a contribuição dos africanos, africanas e seus descendentes para a formação da nação brasileira. Daí a felicidade em conhecer o programa Nação, apresentado pela jornalista Fernanda Carvalho, que desde a faculdade foca seu trabalho na história e na cultura afrobrasileira. Ela é também editora do blog Em Negritto, que reúne entrevistas com personalidades negras e textos sobre a discriminação racial. A jornalista também produziu e apresentou o Dica de Beleza no programa É Geral, veiculado pela TVE. O Nação apresenta temas relacionados à história, à cultura e à diáspora africana, sobretudo com o objetivo de desfazer a imagem errônea de que no ...

Leia mais
iStockphoto

Falta capacitação para ensinar a cultura afro

Apesar da boa vontade dos professores, qualidade de iniciativas fica comprometida pela carência de profissionais que dominem o tema iStockphoto Há dez anos, a Lei número 10.639 incluiu a obrigatoriedade de conteúdos referentes à cultura e história afro-brasileira no currículo da educação básica. Desde então, universidades e movimentos sociais têm se esforçado para suprir a falta de capacitação de professores na área e vencer a resistência de alguns educadores que ainda encaram com estranheza a proposta. A legislação que alterou a Lei de Diretrizes e Bases não cria uma nova disciplina, mas explicita a necessidade de se trabalhar a temática, especialmente nas áreas de Educação Artística, Literatura e História. As escolas têm autonomia para incluir o assunto em outras disciplinas, mas, o obstáculo maior, segundo analistas, ainda é a escassez de subsídio para oferecer aos estudantes algo além do tradicional ensino sobre a escravidão no Brasil. ...

Leia mais
O dia da Consciência Negra tem homenagens no monumento Zumbi dos Palmares (Foto: © Tomaz Silva/Agência Brasil)

FCMS promove palestra ‘Personalidades Históricas Afrobrasileiras; do Império ao Século XX’

Campo Grande (MS) – A Fundação de Cultura do governo do Estado por meio da Biblioteca Pública Estadual Dr. Isaías Paim em parceria com o Instituto Luther King promove a palestra "Personalidades Históricas Afrobrasileiras; do Império ao Século XX" com o professor e historiador Carlos Versoza no próximo dia 6 de novembro (terça-feira) às 19h30 no Instituto Luther King. A palestra será em comemoração ao dia nacional da Consciência Negra celebrado em 20 de novembro. O dia nacional da Consciência Negra é comemorado e celebrado em várias partes do Brasil e faz alusão à morte de Zumbi dos Palmares, último e maior líder do histórico Quilombo de Palmares. O nome Palmares foi dado pelos portugueses, devido ao grande número de palmeiras encontradas na região da Serra da Barriga, ao sul da capitania de Pernambuco, hoje estado de Alagoas. O Quilombo de Palmares existiu por um período de quase cem anos, ...

Leia mais
capoeira-33744

Festival promove no Ceará atividades de capoeira e cultura negra

Promover a cultura afrodescendente e a arte da capoeira. Com esse intuito, começa em Fortaleza o V Festival Internacional de Capoeira e Tradições Afrodescendentes – Tribos, Berimbaus e Tambores 2012, que será realizado de 23 a 29 de julho. Nos dois últimos dias, o encontro segue para a praia de Parajuru, a 110km da Capital. O evento é promovido anualmente desde 2008 pelo Centro Cultural Capoeira Água de Beber (CECAB), com a supervisão do Mestre Ratto. Entre os convidados estão o Mestre Lua Rasta (BA), Mestre Kall (Ave Branca – DF), Mestre Luiz Renato Vieira (Beribazu – DF) e Contramestre Pingo (Aruê Capoeira – DF). Além dos capoeiristas do Ceará, cerca de 50 praticantes de capoeira são esperados no festival, vindos de vários estados do Brasil e de outros países, como Venezuela, Hungria, França, Turquia e Holanda. "Este ano será especial pela comemoração dos 30 anos da minha prática de ...

Leia mais
pequena africa

RJ: Pequena África – 100 anos de cultura Negra

Evento com capoeira angola, jongo e première do filme "Fly Away Beetle" celebra cultura negra na Zona Portuária Kabula Rio e Centro Cultural Pequena África resgatam a memória afro-carioca com um dia de atividades no Largo de S. F. da Prainha Rio de Janeiro, 22 de outubro de 2011 – A história e a cultura negra encravadas nas ruas, calçadas e casarões da Zona Portuária do Rio de Janeiro será revivida através de um grande evento no próximo dia 22 de outubro (sábado), no Largo de São Francisco da Prainha, na Praça Mauá. capoeira angola, jongo, comida típica e a première do filme "Fly Away Beetle" ("Voe Longe Besouro") compõem a programação do encontro "Pequena África - 100 anos de cultura Negra", promovido de forma conjunta pela escola de capoeira angola Kabula Rio e pelo Centro Cultural Pequena África (CCPA). O acontecimento celebra a cultura afro-carioca e o centenário do ...

Leia mais
BUMBA MEU BOI

Bumba-meu-boi do Maranhão: Conselho Consultivo avalia registro como patrimônio cultural

Festa tradicional reúne várias manifestações culturais e se transforma em uma grande celebração tendo o boi como o centro do universo místico-religioso O Conselho Consultivo do Patrimônio Cultural estará reunido no próximo dia 30 de agosto, na nova sede do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional – Iphan, em Brasília, para avaliar o registro do Complexo Cultural do Bumba-meu-boi do Maranhão como Patrimônio Cultural do Brasil. A proposta de foi apresentada em 2008 ao Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional – Iphan pela Comissão Interinstitucional de Trabalho, composta pela Superintendência Regional do Iphan e atual Superintendência do Iphan no Maranhão, Secretaria de Estado de Cultura, Fundação Municipal de Cultural, Comissão Maranhense de Folclore, Grupo de Pesquisa Religião e Cultura Popular da UFMA, representantes dos Grupos de Bumba-meu-boi dos Sotaques da Baixada, Matraca, Zabumba, Costa-de-mão, Orquestra e de Bois Alternativos. O Bumba-meu-boi do Maranhão é uma celebração múltipla que ...

Leia mais
pqdebate_cotas1-300x200

Para ativista, cultura do preconceito resulta em ambiente social deteriorado

Filósofa, que está lançando o livro "Racismo, sexismo e desigualdade no Brasil", analisa também a discriminação racial e a política para mulheres Por: Virginia Toledo São Paulo – "As ações de preconceito que são praticadas atualmente, todas elas são extremamente deletérias; elas acabam construindo um caldo de cultura violento, em que as pessoas não se sentem mais seguras ou protegidas. Isso produz, como consequência, um ambiente social deteriorado". A crítica é de Sueli Carneiro, filósofa e doutora em Educação pela Universidade de São Paulo (USP) e fundadora do Geledés Instituto da Mulher Negra. A ativista e feminista está lançando o livro "Racismo, sexismo e desigualdade no Brasil", que analisa criticamente a sociedade brasileira e a forma com que o preconceito racial e o sexismo estão estruturados, o que, na visão da autora, explica o crescimento da intolerância. Em entrevista à Rede Brasil Atual, Sueli analisa os possíveis motivos do aumento ...

Leia mais
manifestacao_cultural

Planos de Aula: As manifestações culturais afro-brasileiras

Autor: ANA FLÁVIA RIBEIRO SANTANA UBERLANDIA - MG ESC DE EDUCACAO BASICA Co-autor(es):Aléxia Pádua Franco Dados da Aula Planos de Aula: As manifestações culturais afro-brasileiras. O que o aluno poderá aprender com esta aula - Compreender o que é uma manifestação cultural. - Conhecer algumas das manifestações culturais afro-brasileiras. - Analisar e localizar as regiões brasileiras em que as manifestações culturais afro-brasileiras mais se destacam e são preservadas pela população local. - Compreender a importância da valorização das manifestações culturais afro-brasileiras. Duração das atividades 04 aulas de 50 minutos. Conhecimentos prévios trabalhados pelo professor com o aluno Não há necessidade de conhecimentos prévios dos alunos para o encaminhamento desta aula.   Estratégias e recursos da aula Atividade 1 - Descobrindo o que é uma manifestação cultural. Depois de apresentar aos alunos o significado do termo "manifestações culturais", introduza algumas das manifestações culturais afro-brasileiras, através das imagens abaixo relacionadas. Pedir aos alunos para ...

Leia mais
SAM_3654

III Congresso da Cultura e Religião Yorùbá:Os Agudás

Em todo caso, é comum ouvir-se sobre a contribuição africana na formação da sociedade brasileira, a proposta desta III edição do Congresso de Cultura e Religião Yoruba é fazer um caminho inverso e apresentar a contribuição da cultura brasileira para a sociedade africana, assim promovendo espaços de reflexão e troca de saberes. O Congresso objetiva tratar da questão dos AGUDÁS. Os africanos trazidos como escravos para o Brasil e que aqui tiveram filhos, e que por conta própria retornaram aos seus países de origem, com esse filhos passaram a ser  chamados de AGUDAS.  São histórias de luta, superação e obstinação naquilo que se deseja. Grande parte das pessoas desconhecem esse lado da história pois, a escravidão mostra sempre sua pior face. O termo AGUDÁ, era a denominação dada àqueles que retornaram aos seus países de origem após terem saído como escravos. O seu retorno a África principalmente a Nigéria e ...

Leia mais
Comida-tpica_Macei_Frutos-do-Mar

Alagoano herdou culinária, danças e costumes da cultura negra.

A influência dos hábitos alimentares, da dança, linguagem e outras tradições provenientes das matrizes africanas estão presentes no cotidiano dos alagoanos, independente da posição que ocupam na pirâmide socioeconômica e cultural. Muita gente desconhece, por ignorância ou preconceito, que a população, não importando a cor da pele e descendência, herdou muito da cultura negra, a exemplo do movimento do corpo por meio do pagode, forró, axé e samba; o ninar do bebê; a culinária e até a linguagem, uma vez que não adota a forma imperativa da língua portuguesa e opta pelo vocabulário mais direto e menos formal. A opinião é do professor de história do Centro de Estudos Superiores de Maceió (Cesmac) e pesquisador do Núcleo de Estudos Afrobrasileiros (Neab), Zezito de Araújo. De acordo com ele, o modo de fazer a comida dos alagoanos, nordestinos e brasileiros sofreu forte influência da alimentação dos africanos. “Vale diferenciar a comida ...

Leia mais

Prêmio cultural para artistas negros espera receber 700 inscrições

Com cerca de 160 adesões até a última semana, o 1º Prêmio Nacional de Expressões Culturais Afro-brasileiras espera encerrar o período de inscrições, que se estenderá até o dia 5 de março próximo, com até 700 concorrentes, disse a presidente do Centro de Apoio ao Desenvolvimento Osvaldo dos Santos Neves (Cadon), Ruth Pinheiro.     O prêmio é resultado de reivindicação feita ao Ministério da Cultura (Minc) pelos 160 grupos de artistas de teatro e dança que participaram do 2º Fórum de Performance Negra, realizado em Salvador (BA), em 2006.     O lançamento do edital ocorreu em janeiro passado. O prêmio é uma iniciativa do Minc em parceria com a Fundação Cultural Palmares (FCP) e o Cadon e tem patrocínio da Petrobras.     Ruth disse que o grande objetivo do prêmio é "dar visibilidade para os artistas dedicados à cultura afrobrasileira". Uma das cláusulas do edital estabelece que as ...

Leia mais
premios

I PRÊMIO NACIONAL DE EXPRESSÕES CULTURAIS AFRO-BRASILEIRAS

O Prêmio Expressões Culturais Afrobrasileiras foi concebido em 2006, após o II Fórum Nacional de Performance Negra, realizado no Teatro Vila Velha, em Salvador, cujo destaque principal de temas debatidos girou em torno da falta de elaboração de editais públicos e das linhas de financiamentos, direcionadas exclusivamente para o desenvolvimento de artistas, grupos e companhias que trabalhem com a produção artística de estética negra, a fim de valorizar a cultura afrodescendente e suas manifestações contemporâneas, potencializando tanto as ações de grupos já estabelecidos no Brasil, quanto as dos grupos emergentes. Nesta primeira edição serão contemplados três segmentos: Teatro Dança Artes Visuais O Prêmio é realizado pelo CADON - Centro de Apoio ao Desenvolvimento Osvaldo dos Santos Neves, em conjunto com a Fundação Cultural Palmares - FCP e patrocínio da Petrobras.   Cadastre-se na opção Inscreva-se Leia o Edital anexo em PDF (no final da página)   Dicas de Elaboração Abaixo ...

Leia mais

Fundação Cultura Palmares divulga ciclo de palestras sobre elaboração de projetos e captação de recursos

A Fundação Cultural Palmares (FCP) divulgou, em nota publicada em 14 de janeiro de 2010, a implementação do Projeto Parabólica Palmares, com a realização de um ciclo de palestras com orientações básicas a respeito da elaboração de trabalhos e captação de recursos em dez capitais - Brasília, Belo Horizonte, São Paulo, Macapá, Salvador, Porto Alegre, Maceió, Recife, Goiânia e Rio de Janeiro - até março de 2010. As palestras serão voltadas para gestores/as e técnicos/as de instituições de cultura afro-brasileiras, agentes culturais, políticos, artistas e produtores/as. A nota não traz outros detalhes da iniciativa, que estará sob a coordenação do Departamento de Fomento e Promoção da Cultura Afrobrasileira/DEP-FCP (diretor Elisio Lopes Junior, secretária Edcleide Honório, telefone 61 3424-0173, fax 61 3424-0133, e-mail [email protected]). Fundação Palmares apresenta projeto parabólica (14/01/2010 - 13:27)   Promover o debate direto entre a Fundação Cultural Palmares, vinculada ao Ministério da Cultura, e os agentes sociais ...

Leia mais
Joelma-Gentil

FORTALEZA: Programação Cultural Gratuita da Prefeitura Municipal de Fortaleza (de 12 a 16 de novembro)

Fonte: Avol - DIA 12 (Quinta-feira) QUINTA CULTURAL\\ 18h30     No mês em que se comemora a Semana da Consciência Negra, o projeto Quinta Cultural desta semana começa com o lançamento do livro "Trajetórias, Históricas e Pedagógicas da População Negra no Ceará", organizado por Joelma Gentil e Ivan Costa Lima. A publicação traz nos artigos de Lincolin de Jesus, Hilário Ferreira, William Augusto, Joelma Gentil e Ivan Costa Lima a religiosidade do seu legado iorubá, a presença negra na história a partir do período pré-abolição e sua contribuição cultural ao estado do Ceará. Traz também as experiências educacionais nas quais as heranças afrobrasileiras são centrais na reflexão educativa. O livro é fruto de uma ação política e educativa proposta pelo movimento negro unificado (MNU/CE)   Em seguida, o Movimento Cultural Flor de Cactus encena a peça "Novos Quilombos", que traz uma reflexão sobre preconceito e a história dos negros ...

Leia mais
congado

Ponto de Cultura luta para preservar a arte dos congadeiros

Fonte: New. Divirta-se   Sete Lagoas - Em dias de festa, eles se alinham em duas ou três filas indianas. Devidamente fardados, os soldados mantêm viva uma tradição que, aos poucos, vem perdendo espaço nas grandes cidades. Mas ela resiste devido ao amor e à dedicação dos congadeiros.Em Sete Lagoas, o Ponto de Cultura Cecília Preta quer se tornar referência para a cultura afrobrasileira. Com verba de R$ 180 mil, o projeto vai beneficiar comunidades carentes. O local escolhido não poderia ser melhor: o "quartel general" das guardas de congo, a Associação Regional dos Congadeiros de Sete Lagoas, cidade da Região Central do estado, a 70 quilômetros de Belo Horizonte. Criada há 30 anos, a entidade reúne 22 grupos. Se forem contabilizadas outras manifestações afrodescendentes, como pastorinhas e folias de reis, 50 irmandades atuam por lá. De acordo com o presidente da associação, capitão-mor Geraldo Simeão Machado, o ponto de ...

Leia mais
african_history

Uma afrobrasileira no Afrikan History Week 2009

Afrikan History Week 2009 Luanda Carneiro Jacoel é uma afrobrasileira na Semana da História da Africa que ocorrerá na Noruega de 2 a 5 de setembro. Ela integra o espetáculo " SALVE AS RAINHAS" (Hail the Queen) dedicado a homenagear as mulheres africanas e afrodescendentes presentes na Europa e Escandinavia. With great pleasure we are proud to present this years festival! We started out in 02 and had our first festival in 05, and ever since we've been growing bigger and bigger. The fifth year of Afrikan History Week should be a big celebration for all people in Norway, not just Afrikans. We believe this festival should make us all proud, as it commemorates a big part of Norwegian society! This years theme is "civilization", a topic which aims to highlight the various migrations and travels the african cultural heritage has survived and enriched the world with. In this context, ...

Leia mais

Fundação Cultural Palmares lança edital para projetos

Fonte: Diário do Pará Com o objetivo de proporcionar a crianças e jovens em idade escolar atividades relacionadas ao ensino sobre a história e a cultura afrobrasileira, a Fundação Cultural Palmares lançou no início deste mês, o edital Idéias Criativas para 20 de novembro - Dia Nacional da Consciência Negra. A Fundação Palmares, instituição vinculada ao Ministério da Cultura, vai disponibilizar R$ 400 mil aos 15 projetos vencedores. Os interessados em participar do edital devem se inscrever até o dia 14 de setembro. Os projetos deverão ser enviados somente por meio dos serviços de postagem dos Correios. A relação dos projetos inscritos será divulgada no site da Fundação, no endereço eletrônico www.palmares.gov.br. Com o tema "Renascimento Africano Fesman", o edital pretende apoiar projetos culturais que tragam em seu conteúdo subsídios para promover a Lei n° 10.639/03, que torna obrigatório na escola o estudo da história da África e dos africanos. ...

Leia mais
Arte: Romulo Arruda

Dia da Consciência Negra e luta antirracista

“O racismo não é um ato ou um conjunto de atos e tampouco se resume a um fenômeno restrito às práticas institucionais; é, sobretudo, um processo histórico e político em que as condições de subalternidade ou de privilégio de sujeitos racializados é estruturalmente reproduzida²”. Impera no Brasil uma normalidade na forma subalternizada como o negro ocupa lugar na sociedade. Assim, ver “pessoas de cor” em estratos sociais inferiores é percebido como algo dentro da ordem das coisas, seja pedindo esmola na rua, limpando espaços públicos e privados ou residindo em lugares sem o mínimo de infraestrutura e dignidade humana. Isto se deve a uma ideologia arraigada pelos séculos de escravidão que o país viveu a maior parte de sua História. Características de uma sociedade escravocrata são muito mais comuns em nosso cotidiano do que se supõe, elas se manifestam e se reproduzem no discurso dominante, na mídia, nos espaços de ...

Leia mais
Página 2 de 15 1 2 3 15

Últimas Postagens

Artigos mais vistos (7dias)

Twitter

Welcome Back!

Login to your account below

Create New Account!

Fill the forms bellow to register

Retrieve your password

Please enter your username or email address to reset your password.

Add New Playlist