Resultados da pesquisa por 'ideologia'

    Falar de feminismo não é ideologia: é direito!

    Só em 2014, a Central de Atendimento à Mulher (Ligue 180) realizou 485.105 mil atendimentos. No primeiro semestre de 2015 este serviço já contava com 360 mil denúncias de violência ou pedidos de ajuda. Por Tatiana Moura, do Brasil Post  Segundo o IPEA (2014), estima-se que cerca de 527 mil pessoas sejam estupradas ou sofram tentativas de estupro no Brasil por ano, embora apenas 10% cheguem a ser oficialmente denunciadas. Das denúncias efetivamente registradas em 2011, 88,5% das vítimas eram do sexo feminino, 50% destas com menos de 13 anos e 70% eram crianças e adolescentes. A polêmica que se gerou nos últimos dias em torno da questão do Enem que usou a célebre frase de Simone de Beauvoir, "Não se nasce mulher, torna-se" em uma questão para abordar a lutas pela igualdade de gênero desde o século XX, coloca novamente em evidência a perigosa cultura machista e patriarcal que ainda ...

    Leia mais

    Sobre o que chamam “ideologia de gênero”

    “O Estado Democrático de Direito precisa garantir os direitos à livre orientação sexual, à igualdade de gênero, bem como combater a discriminação. Para tal, é pressuposto que este Estado seja laico, que não promova um grupo em detrimento de outro, menos ainda reprima a diversidade presente na sociedade em prol de preceitos religiosos”, afirma, em artigo, a deputada federal Maria do Rosário (PT-RS) Por Maria do Rosário*, da Revista Fórum  O avanço do conservadorismo se dá a passos largos na sociedade brasileira e é refletido, por vezes de maneira caricata, no Congresso Nacional. O debate parlamentar tem sido imbuído de preconceito e se limitado à superfície de temas de natureza complexa, permitindo assim que a definição propositalmente equivocada do conceito de gênero e de terminologias associadas interditem a construção coletiva, impeça votações de matérias importantes e preste um desserviço à sociedade brasileira. Foi assim na discussão do Plano Nacional de Educação (PNE), na qual ...

    Leia mais

    Violência e ideologia

    Assistimos ao espetáculo da violência. A própria frase encerra seu significado mais dramático. Parte das pessoas encara a violência no papel de espectadores e a consomem pelo filtro dos meios de comunicação – seja a televisão, o rádio, as redes sociais. Sujeitos apassivados adornianamente pela indústria cultural, transformados em espectadores que expectoram catarticamente para o vídeo burro seus anseios e frustrações, para vê-los realizados pelo outro inexistente, tornando-os vazios. Por  Mauro Luis Iasi Do Blog da Boitempo A raiva, a violência, a fúria, mas também a paixão romântica, a aventura ou fantasia, projetam desde fora os elementos do ser social, projetado para fora de si mesmo para se reconhecer no outro. Tal mecanismo não é necessariamente de estranhamento, se pensarmos que assim nos constituímos como seres sociais, se reconhecendo no outro. O problema é a natureza e qualidade deste outro. A mercantilização da arte e da comunicação reconstrói o objeto de ...

    Leia mais

    Princesa Isabel e a ideologia do branqueamento – Zumbi dos Palmares e o Movimento Negro

    Uma das formas pelas quais a dominação é reproduzida, além do uso de meios coercitivos, é pela formulação de um consenso em que os subalternos são convencidos do acerto e mérito da superioridade, inclusive intelectual e moral, de seus dominadores. A construção ideológica dessa hegemonia seleciona e utiliza determinados mitos, personagens e versões de fatos, ao mesmo tempo em que oculta outros fatos menos convenientes. Talvez, apenas isso possa explicar o caso de grande parte da população negra no Brasil, que, de certo modo, tem aceitado a situação de inferioridade que lhe foi atribuída pela classe dominante branca. Um dos meios utilizados para o exercício dessa arquitetura mental foi na insistência da celebração de certas datas históricas. Por Jairo de Carvalho Do Urutagua O calendário cívico brasileiro ignora personagens e feitos de representantes da comunidade negra como mais um expediente com que se limitou nos afrodescendentes mais um aspecto de sua ...

    Leia mais

    A PM-SP revela sua ideologia em nota oficial

    Para suprimir o debate sobre a desmilitarização, Polícia Militar adota discurso radical e insinua que críticos são comunistas por José Antonio Lima na Carta Capital Em nota oficial enviada ao portal UOL e publicada nesta terça-feira 9, a Polícia Militar de São Paulo deixou claro que seu comando está alinhado ideologicamente com um dos discursos mais extremistas da política brasileira. É uma revelação espantosa, pelo conteúdo, que resvala com o autoritarismo, e pela forma como foi feita. A nota oficial da PM-SP é uma resposta ao coronel reformado Adilson Paes de Souza, que em entrevista ao portal disse acreditar que a PM-SP trata parte da população brasileira como um potencial inimigo, assim como ocorria na ditadura. O comentário de Souza é uma referência aos altos índices de violência da Polícia Militar, em especial nas regiões periféricas das cidades brasileiras. A PM-SP rebateu a afirmação de Souza com números de sua atuação (prisões, apreensões, atendimentos ...

    Leia mais

    “Morenas exóticas” – um debate sobre colorismo, negritude e arquétipos femininos da ideologia da mestiçagem

    Ao longo de nossas vivências, somos habituadas a acreditar que a sociedade brasileira se constituiu pela mistura harmoniosa de raças, que nossos antepassados – europeus, indígenas, africanos – conformaram uma mistura, étnica e cultural, que deu origem ao mestiço ou, ainda, à identidade brasileira. por Bianca Gonçalves no Mina Explosiva Dessa forma, minando o reconhecimento das diferenças, fundou-se o mito da democracia racial.  Estratégica, essa perspectiva naturaliza e sustenta os discursos racistas que permeiam a construção de nossas identidades e, por conseguinte, embranquece, tal como manda a hegemonia, grande parte das heranças e discursividades de povos historicamente oprimidos. Em Rediscutindo a mestiçagem, Kabengele Munanga mostra que o discurso positivado da identidade mestiça (isto é, a mestiçagem enquanto elemento que “eleva” uma nação, e não o contrário, conforme ocorreu nos EUA durante a segregação racial) se deu através de um longo caminho até chegar ao auge com o racista Gilberto Freyre, que deu forma teórica ...

    Leia mais
    “Ideologia de gênero”: a emergência de uma teoria religiosa sobre os riscos da democracia sexual

    “Ideologia de gênero”: a emergência de uma teoria religiosa sobre os riscos da democracia sexual

    Não estamos mais em uma Era de caça às bruxas e nem de queima de livros. Isso significa que temos que conviver com a existência de livros controversos. Há os que consideram os livros que eu e outros acadêmicos estudamos como perigosos. De minha parte, também diria que há no mercado editorial livros que apresentam riscos, pois levo a sério o potencial das palavras no agenciamento da vida. Palavras podem ajudar a viver, mas palavras também podem destruir a vida. Graças ao processo histórico de secularização, emergiram princípios éticos na regulação da vida em sociedade, tais como a liberdade de consciência e de expressão, direitos fundamentais relacionados diretamente à dignidade humana. Portanto, não mais se queimam livros (e sequer pessoas em praça pública), o que não impediu a instauração de inquérito civil, por parte do Ministério Público, sobre o livro A estratégia – o plano dos homossexuais para transformar a ...

    Leia mais

    PNE e a “ideologia de gênero”

    Mais um motivo apareceu para atrasar a votação do Plano Nacional de Educação (PNE), o qual já deveria estar valendo para o decênio 2011-2020. Um dos projetos de lei mais polêmicos dos últimos anos, o PNE define as metas e as estratégias da educação brasileira para os próximos dez anos, orientando as políticas educacionais em todos os níveis. Primeiramente truncado por conta das disputas em torno dos 10% do PIB (leia aqui), agora é a vez de o gênero entrar nesse balaio de gato. Opositores querem, a todo custo, retirar a assim chamada “ideologia de gênero” dessa lei. por Adriano Senkevics Setores conservadores, mobilizados por políticos fundamentalistas, têm se oposto à votação do PNE em razão de sua menção à “igualdade de gênero”. Nos termos dos obscurantistas, tratar-se-ia de uma “ideologia de gênero”. ( Reprodução/ensaiosdegenero.wordpress.com) A rigor, o PNE fala pouco sobre gênero. Essa pequena palavra – que abriga um poderoso ...

    Leia mais
    ONIR ARAÚJO: “O RACISMO É UMA IDEOLOGIA DE DOMINAÇÃO”

    ONIR ARAÚJO: “O RACISMO É UMA IDEOLOGIA DE DOMINAÇÃO”

      por Caren Rhoden, Tiago Miotto, O reconhecimento constitucional do direito dos povos indígenas e quilombolas às terras que tradicionalmente habitam, como parte de sua identidade e condição para a sobrevivência de sua cultura, data de 1988. Vinte e cinco anos depois, acumulam-se relatos de abusos, violência direta e indireta, perseguição e intimidação a lideranças inclusive por parte de governos, situações de extrema vulnerabilidade social e contínuos impasses na resolução do acesso a essas terras. Da mesma maneira, acumulam-se projetos de lei, emendas e investidas da bancada ruralista que intentam a retirar esses direitos, fazer retroceder o reconhecimento conquistado com a luta de movimentos sociais organizados e impedir a continuidade das demarcações e titulações de terras de povos indígenas e quilombolas no país. No caso das comunidades de remanescentes quilombolas, a situação é alarmante: das cerca de 3000 que se estima que existam no país, apenas 193 possuem seu território titulado. Além disso, ...

    Leia mais
    manipulacao-midiatica

    Ministro defende ‘busca ativa democrática’ contra ideologia da mídia

    Em debate no Fórum Social, Gilberto Carvalho (Secretaria Geral) diz que avanço da democracia requer 'disputa ideológica' e aproximação com 'novos incluídos', para que não fiquem 'à mercê da ideologia' da mídia. Para ele, governo também tem responsabilidade na democratização da comunicação. Publicidade oficial contribui, mas marco regulatório defasado, não. Secretaria prepara-se para lançar portal da participação popular. André Barrocal Porto Alegre – O avanço social e da democracia no país exige uma "busca ativa democrática" dos brasileiros que subiram de vida nos últimos anos e começam a fazer parte do jogo político nacional, para que eles não fiquem "à mercê da ideologia dos meios de comunicação". A opinião é do ministro-chefe da Secretaria Geral da Presidência, Gilberto Carvalho, que participou nesta sexta-feira (27) de debate sobre democracia, no Fórum Social Temático. A expressão "busca ativa democrática" é uma referência ao mecanismo da "busca ativa" usado pelo governo no programa ...

    Leia mais
    Filipe Zau

    Filipe Zau: O negro e o Estado Novo – Angola face à ideologia política do Estado Novo

    por Filipe Zau Para uma melhor compreensão das políticas educativas nas décadas de 30 e 40 do regime do Estado Novo em Angola, tornar-se necessário conhecer a visão de alguns dos seus ideólogos em relação ao Outro, africano, maioritariamente negro e colonizado. Algumas opiniões, aqui, apresentadas estão inseridas numa obra, editada pela "Oficina do Livro" e intitulada "Henrique Galvão; Um Herói Português"; um trabalho biográfico do investigador Francisco Teixeira da Mota, advogado, licenciado pela Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa e pós-graduado pelo Instituto da Comunicação Social da Faculdade de Direito da Universidade de Coimbra. O facto de, este autor, na bibliografia consultada, ter citado três artigos meus, publicados no Jornal de Angola de 29 de Agosto, 4 e 9 de Setembro de 2009, sob os títulos: "Novos dados, novas elucubrações"; "Dados sobre o assalto ao paquete Santa Maria; e "O navio Santa Maria e o 4 de Fevereiro"; proporcionou-me ...

    Leia mais
    Literatura e ideologia: uma entrevista com Alice Walker

    Literatura e ideologia: uma entrevista com Alice Walker

    Gostaria de dizer que planejamos tudo desde o começo, mas foi coincidência, mesmo. A capa do Sabático de hoje é um texto, veja bem, cedido pessoalmente pelo Prêmio Nobel de Literatura de 2000, Gao Xingjian, ao repórter Jotabê Medeiros durante um evento em Turim, algumas semanas atrás. O tema: os embates entre ideologia e literatura. "Podemos dizer que a ideologia foi o mal do século", argumenta Xingjian. E tive a confirmação da entrevista por telefone com Alice Walker, Pulitzer de ficção e National Book Award de 1983 por A Cor Púrpura, só na quarta-feira à noite, quando a capa já estava diagramada. Conversei com ela na quinta à tarde, horas antes do fechamento, sobre o livro Rompendo o Silêncio, da Bertrand Brasil, uma seleção de narrativas sobre os dias que ela passou no Congo Oriental, em Ruanda e no Oriente Médio. E a questão é que a literatura de Alice ...

    Leia mais
    mjalexander alice walker 1816-final

    Literatura e ideologia: uma entrevista com Alice Walker

      Gostaria de dizer que planejamos tudo desde o começo, mas foi coincidência, mesmo. A capa do Sabático de hoje é um texto, veja bem, cedido pessoalmente pelo Prêmio Nobel de Literatura de 2000, Gao Xingjian, ao repórter Jotabê Medeiros durante um evento em Turim, algumas semanas atrás. O tema: os embates entre ideologia e literatura. "Podemos dizer que a ideologia foi o mal do século", argumenta Xingjian. E tive a confirmação da entrevista por telefone com Alice Walker, Pulitzer de ficção e National Book Award de 1983 por A Cor Púrpura, só na quarta-feira à noite, quando a capa já estava diagramada. Conversei com ela na quinta à tarde, horas antes do fechamento, sobre o livro Rompendo o Silêncio, da Bertrand Brasil, uma seleção de narrativas sobre os dias que ela passou no Congo Oriental, em Ruanda e no Oriente Médio. E a questão é que a literatura de ...

    Leia mais
    02 crianca indigiena

    Relatório aponta desenvolvimentismo como ideologia anti-indígena e acusa o governo de não cumprir com os direitos humanos.

    Por Aline Scarso Relatório sobre a violência em 2010 denuncia o governo por não promover os direitos humanos     Prisões arbitrárias, invasões de aldeias, homicídios, desnutrição infantil, falta de acesso à saúde e à educação, racismo e discriminação étnico-cultural. O Relatório Violência contra os Povos Indígenas no Brasil, lançado nessa quinta-feira (30) em Brasília, chama a atenção para a situação de miséria e violência em que vivem milhares de índios no país e denuncia o governo por não promover os direitos humanos destes povos. O Relatório reúne pesquisas de campo de equipes do Cimi (Conselho Indigenista Missionário) feitas em 11 regionais, além de registros que saíram na imprensa, em documentos policiais e do Ministério Público Federal no ano de 2010, praticamente abrangendo as comunidades indígenas de todo o país. Um fato alarmante é o crescimento do número de mortes de crianças com menos de cinco anos. Foram registradas 92 ...

    Leia mais
    racial89

    A produção da Ideologia do òdio racial e de classe acontece: diga não à violência e ao ódio de raça e classe

      A produção da ideologia racial acontece, na maior parte dos casos, sem a consciência dos envolvidos, pois “a existência determina a consciência”, como certa vez afirmou Karl Marx. Para os que não percebem o risco do conceito é adequada a metáfora de crianças a brincar com armas de fogo. No entanto, também agem no mercado os “traficantes do ódio”, plenamente conscientes dos possíveis efeitos de seu comércio, especialmente sobre o segmento populacional de pele mais escura, sua maior vítima ou sobre aqueles que não aceitam a injustiça social que podem ser brancos ou negros que lutam por uma sociedade igualitária e fraterna. A perigosa catarse da Oposição derrotada Lembrando que segundo o Código Penal:Incitação ao CrimeArt. 286 – Incitar, publicamente, a prática de crime:Pena – detenção, de 3 (três) a 6 (seis) meses, ou multa. Apologia de Crime ou CriminosoArt. 287 – Fazer, publicamente, apologia de fato criminoso ou ...

    Leia mais
    (Foto: João Godinho)

    Não serve ao feminismo tentar nivelar ideologias díspares

    Por: FÁTIMA OLIVEIRA Não voto em candidaturas antiaborcionistas e entendo que só merece ser eleito para o Executivo quem respeita a pluralidade de opiniões existente numa sociedade democrática e compreenda que as leis num Estado laico não podem seguir um caminho teocrático. Já escrevi que as eleições presidenciais de 2010 aportam uma novidade: é a primeira vez que a direita lodosa, casquenta, casqueira e intiqueira ficou "sem mel e sem cabaça" e não indicou nomes viáveis à Presidência da República. Não sumiu do mapa, nem sumirá, a expressão do pensamento conservador, racista e feudal que zanza por aí e faz política; somente se viu obrigada à fragmentação e se imiscuiu nas três candidaturas mais visíveis, Dilma, Marina e Serra, e exerce influências sobre elas. Desconheço candidato(a) que disse que não quer voto esse ou voto aquele, logo a presença conservadora no leque de apoios, a depender da extensão dos acordos ...

    Leia mais

    Quem tem minha aparência: A complexa ideologia de cores por trás da vitória de Barack Obama – Por: Liv Sovik

    Fonte: Revista Pernambuco: Suplemento Cultural do Diário Oficial do Estado. No.36, jan 2009, p.8. Por: Liv Sovik Reprodução/Facebook O que até um ano atrás era inimaginável, aconteceu. Nos Estados Unidos, um negro foi eleito presidente. Mas ele é negro, mesmo? Vive expressando sua gratidão filial à mãe e avó brancas. Herdeu sua aparência negra de um pai ausente, um imigrante queniano que permaneceu muito pouco nos Estados Unidos. Ainda criança, teve a experiência extraordinária de viver na Indonésia, com o padrasto muçulmano. No entanto, afirma ser americano por excelência ("em nenhum outro país no planeta minha história seria sequer possível"), até por causa da diversidade que lhe compõe. Afirma tudo, inclusive a relação nominal com o islã, tabu americano do momento: na posse ele será Barack Hussein Obama. Ele não parece inteiramente negro por isso: pelas múltiplas associações e pelo poder que conquistou e emana. No entanto, nos Estados Unidos pode ...

    Leia mais
    Foto: Marcus Steinmayer

    Ideologia Tortuosa, por Sueli Carneiro

    O mito de a desigualdade racial ser produto das diferenças educacionais também está em xeque No artigo “Tortuosos Caminhos” publicado na revista Caros Amigos de junho último, César Benjamin, a propósito de questionar a adoção de cotas para negros, reproduz a fórmula clássica do modus pensante e operandi nos marcos de nossa democracia racial: o Brasil é um país mestiço, portanto é impossível determinar quem é negro e quem é branco. E, ainda que isso fosse possível, raça é um conceito falacioso já desmascarado pela ciência contemporânea e, por fim, “constituir uma identidade baseada na raça é especialmente reacionário”, conclui Benjamin. Portanto, políticas afirmativas/cotas para negros seriam um anacronismo em nossa sociedade. São argumentos de fácil aceitação pelo que reiteram das ideologias presentes no senso comum em que o elogio à mestiçagem e a crítica ao conceito de raça vem se prestando historicamente, não para fundamentar a construção de uma ...

    Leia mais
    Imagem: Delmaine Donson/Getty Images

    O ‘novo normal’ é acessível para todos?

    O “novo normal” do qual estamos falando é uma expressão cunhada por Mohamed El-Erian, empresário americano, conselheiro econômico principal da Allianz, para caracterizar o fato de que esta crise não é como as que vivemos nas últimas décadas. A COVID-19 nos aterroriza pela incapacidade que temos diante do imprevisto, pela ausência de informações sobre o seu surgimento e desencontros quanto às formas de lidar com a pandemia. Sabemos, sim, da sua propagação. Estamos tendo repercussões de toda ordem: econômica, social, ambiental, emocional, enfim em todas as dimensões do ser humano, que serão agudizadas com o tempo. Sabemos que nada nos assegura, ainda, quanto à prevenção por vacina. Neste momento estamos colhendo compromissos de mudança, mas mudança disruptiva, por parte dos dirigentes de empresas, profissionais de RH, lideranças em geral, bem intencionados. Reconhecemos que a solidariedade, a ação conjunta das empresas em função de soluções ágeis a favor da luta contra o inimigo ...

    Leia mais
    Página 2 de 77 1 2 3 77

    Últimas Postagens

    Artigos mais vistos (7dias)

    Twitter

    Facebook

    Welcome Back!

    Login to your account below

    Create New Account!

    Fill the forms bellow to register

    Retrieve your password

    Please enter your username or email address to reset your password.

    Add New Playlist