Resultados da pesquisa por 'estupro'

    Casos de estupro coletivo mais que dobraram no Brasil nos últimos cinco anos

    Segundo dados do ministério da Saúde, ocorrem uma média de 10 casos por dia de violência contra a mulher praticada por mais de um agressor no RBS Dados do ministério da Saúde apontam que os casos de estupro coletivo mais que dobraram nos últimos cinco anos, saltando de 1.570 casos, em 2011, para 3.526, no ano passado, uma média de 10 casos por dia, em todo o país. Acre, Tocantins e Distrito Federal lideram as taxas de estupro coletivo. Para especialistas, esses casos de violência são estimulados pela falta de investigação e punição aos agressores. Segundo as mulheres ouvidas na reportagem de Vanessa Nakasato, para o Seu Jornal, da TVT, trata-se de um "crime de poder", em que o objetivo do agressor é subjugar o corpo da mulher. A socióloga e assessora da USP Mulheres Wânia Pasinato destaca que, em muitos casos, os agressores filmam e divulgam as cenas do crime cometido como ...

    Leia mais

    Guru indiano é condenado a 20 anos de prisão por estupro

    Manifestações da população contra a sentença resultaram em 38 pessoas mortas, 250 feridas e quase 1 mil detidas Do Metrópoles  Nesta segunda-feira (28/8), um juiz da Índia sentenciou a 20 anos de prisão o influente guru Gurmeet Ram Rahim Singh, condenado por estupro na semana passada. Um toque de recolher e uma forte presença policial, com ordem de atirar para matar, evitaram manifestações como as registradas na última sexta-feira (25), que resultaram em 38 mortos, 250 feridos e quase 1 mil detidos. Um porta-voz do Escritório Central de Investigação (CBI, na sigla em inglês), que apurou o caso, informou que Singh cumprirá duas penas consecutivas de 10 anos de prisão, uma para cada condenação por estupro. Anteriormente, autoridades do governo e advogados disseram à imprensa local e às agências internacionais que o guru cumpriria a sentença dupla simultaneamente, totalizando 10 anos. “Talvez tenha ocorrido um erro de comunicação por parte ...

    Leia mais

    República cola cartaz incentivando estupro e violência contra mulher

    Após repercussão negativa, moradores e ex-moradores da república pediram desculpas e disseram que vão queimar cartaz por Natália Oliveira e Pedro Ferreira no O Tempo Um cartaz fazendo apologia ao estupro e a violência contra a mulher foi pregado na parede de uma república em São João del Rei, no Campo das Vertentes, e gerou revolta nas redes sociais. O informativo trata dos direitos e deveres dos estudantes, porém traz deveres que estimulam bater em mulher e embebedá-la para poder ficar com ela. Em um de seus artigos os estudantes escreveram: “nunca se deve bater em uma mulher, ela pode gostar”. E o cartaz segue com uma sequência de artigos machistas como: “o que é bom a gente come e mostra; o que é ruim a gente não mostra, mas come”, diz.  Em outras frases eles pegam mais pesado dizendo:  “é vedada toda e qualquer recriminação aos moradores que embebedar ...

    Leia mais
    Black and white image of a little girl hugging her mother

    Após estupro e pedido de aborto negado, menina de 10 anos dá à luz

    A menina não sabe que teve um bebê. O recém-nascido foi levado para adoção Por Rafaela Lima Do Metro Poles Uma indiana de 10 anos, que teria sido estuprada por seu tio e engravidado dele, deu à luz uma menina nesta quinta-feira (17/8). No mês passado, após familiares entrarem na justiça para pedir a interrupção da gravidez, ela foi informada de que era muito jovem para realizar um aborto. Segundo o juiz que decidiu o caso, o procedimento não era “uma opção” porque ela é nova e a gravidez está em estágio avançado. De acordo com a agência de notícias Press Trust of India, a menina não sabe que teve um bebê. Os pais disseram para a pequena que ela teve uma pedra no estômago e que, por isso, precisou fazer uma cirurgia para retirá-la. O recém-nascido foi levado para adoção. A menina só contou para a mãe sobre o abuso sexual depois que foi ...

    Leia mais

    Preconceito e culpabilização à vítima são comuns em casos de estupro

    Especialistas alertam que culpabilizar a mulher é torná-la mais vítima de uma situação em que ela já foi colocada neste papel por Gabriela Florêncio no A Notícia "Mas onde você estava? Você tinha bebido quando isso aconteceu? Que roupa você estava usando? Você provocou ele, né?". Ver o comportamento da vítima – e não do autor – colocado em questão é vivência comum entre as mulheres em situação de violência sexual. Os questionamentos listados acima são ouvidos com frequência e menosprezam o sofrimento e responsabilizam as mulheres, como se a agressão pudesse ser justificada. Culpabilizar a mulher é torná-la mais vítima de uma situação em que ela já foi colocada neste papel, alertam os especialistas. — É preciso acolher essa mulher e não a culpabilizar, não a tornar cada vez mais vítima da situação. Porque ela mesma já vai se auto responsabilizar. É como se houvesse sempre um promotor dentro da ...

    Leia mais

    Senado aprova PEC que torna estupro crime imprescritível

    O projeto de emenda constitucional que torna imprescritível o crime de estupro foi aprovado por unanimidade, nesta quarta-feira, 9 de agosto, pelo plenário do Senado. Apresentada por Jorge Viana (PT-AC), a proposta foi apreciada em dois turnos e segue agora para a Câmara dos Deputados. Na prática, o crime de estupro será punido mesmo tendo ocorrido muito tempo antes. Jorge Viana disse que a proposta é uma vitória das mulheres. “O projeto vai impedir a prescrição e punir os responsáveis por este crime horroroso”, comentou. no Cidade Verde Pela proposta de emenda à Constituição, o crime de estupro passa a figurar, juntamente com o racismo, como crime “inafiançável e imprescritível”. A alteração significa que o crime poderá ser denunciado e punido a qualquer tempo, mesmo depois de vários anos da ocorrência do estupro. Viana lembrou que esse tipo de crime nem sempre é notificado. Em muitos casos, falta coragem à ...

    Leia mais

    Senado aprova PEC que torna o estupro crime imprescritível

    O crime de estupro pode se tornar imprescritível. É o que determina proposta de emenda à Constituição aprovada em segundo turno nesta quarta-feira (9) pelo Senado. Foram 61 votos a favor e nenhum contrário. A PEC 64/2016 já havia sido aprovada em primeiro turno no último dia 9 de maio e segue agora para a análise da Câmara dos Deputados. Do Senado  O texto, do senador Jorge Viana (PT-AC), teve como relatora a senadora Simone Tebet (PMDB-MS). A PEC altera a Constituição para tratar o estupro, juntamente com o racismo, como crime “inafiançável e imprescritível”. Isso significa que o crime poderá ser punido mesmo  muitos anos depois de cometido. Atualmente, o tempo de prescrição varia de acordo com o tempo da pena, que é diferente em cada caso. Esse tempo de prescrição pode se estender até 20 anos. Para estupro de vulnerável, a contagem só começa após a vítima fazer 18 anos. Jorge Viana argumentou ...

    Leia mais

    ‘Precisamos falar sobre o estupro de homens’: vítima conta como sobreviveu a ataque no Congo

    "Se eu falasse sobre isso, teria sido afastado das pessoas. Mesmo aqueles que me trataram não teriam apertado minha mão". Da BBC  Stephen foi estuprado em 2011 durante um conflito no Congo Stephen Kigoma foi estuprado durante o conflito em seu país, a República Democrática do Congo. Ele descreveu sua difícil experiência em uma entrevista com a repórter da BBC Alice Muthengi e pediu que outros sobreviventes também se posicionem. "Eu escondi que era um sobrevivente de estupro. Eu não podia falar sobre isto - é um tabu", afirmou. "Como homem, eu não devo chorar. As pessoas vão dizer que você é um covarde, que é fraco, estúpido". O estupro ocorreu quando homens atacaram a casa de Stephen, em Beni, cidade no nordeste da República Democrática do Congo, país que é palco, há décadas, de guerra civil. "Eles mataram meu pai", conta Stephen. "Três homens me estupraram e disseram: 'Você ...

    Leia mais

    ‘Fingi que era homem para poder trabalhar – até ser acusada de estupro’

    Pili Hussein queria fazer fortuna procurando uma pedra preciosa que acredita-se ser mil vezes mais rara do que diamante, mas, já que as mulheres não podiam trabalhar nas minas na Tanzânia, ela se vestiu como homem e enganou seus colegas por quase uma década. Por Sarah McDermott, da BBC  Vestida de homem, Pili Hussein trabalhou por quase dez anos em uma mina de tanzanita sem ser reconhecida   Hussein cresceu em uma família grande na Tanzânia. Seu pai era um criador de gado que tinha muitas fazendas, seis mulheres e 38 filhos. Mas ela nem sempre se lembra da infância com saudades. "Meu pai me tratava como um garoto e me dava gado para cuidar. Eu não gostava nem um pouco daquela vida", disse à BBC. Mas seu casamento era ainda mais infeliz, e aos 31 anos, Pili fugiu, abandonando o marido abusivo. Em busca de trabalho, ela foi para a ...

    Leia mais

    Polícia do Rio prende 7 por estupro coletivo de menina de 16 anos

    A prisão foi feita em flagrante e entre eles está o ex-namorado da vítima, de 16 anos Do Catraca Livre Quatro homens foram presos e três menores apreendidos por suspeita de terem participado do estupro coletivo Quatro homens foram presos e três menores apreendidos por suspeita de terem participado do estupro coletivo em Ricardo de Albuquerque, zona norte do Rio de Janeiro. A prisão foi feita em flagrante por agentes da 31ª DP na terça-feira, 4 e todos possuem idades entre 15 e 20 anos. A perícia foi feita por volta das 10h30 na casa onde o crime ocorreu. A menina é vítima de abusos desde os nove anos, mas segundo a polícia, não há detalhes sobre quem teria cometido o primeiro abuso. As informações são do "G1". Segundo as investigações, o estupro coletivo ocorreu em uma casa em construção que fica a menos de 500 metros da delegacia. O delegado Renato Perez contou que a vítima aceitou ...

    Leia mais

    ‘Sofri um estupro coletivo no dia do meu casamento’

    Queniana Terry Gobanga foi estuprada por grupo de homens, esfaqueada e deixada à beira da morte, mas sua vida ainda seria marcada por uma segunda tragédia. Do G1  Terry Gobanga (Foto: Arquivo Pessoal) Quando a queniana Terry Gobanga - então Terry Apudo - não apareceu no dia do seu casamento, ninguém poderia imaginar que ela havia sido sequestrada, estuprada e deixada à beira da morte no acostamento de uma estrada. Foi a primeira das duas tragédias a atingi-la. Mas ela sobreviveu. Veja abaixo o seu depoimento: "Seria um grande casamento. Era pastora, então, todos os membros da nossa igreja haviam sido convidados, assim como nossos parentes. Harry, meu noivo, e eu estávamos muito ansiosos - afinal, nos casaríamos na Catedral de Todos os Santos de Nairóbi (capital do Quênia) e eu havia alugado um lindo vestido. Mas na noite anterior ao casamento, percebei que algumas das roupas de Harry estavam ...

    Leia mais

    O dia em que eu deixei de acreditar na Justiça foi o dia em que advoguei em prol de uma criança vítima de estupro

    John Godfrey Saxe dizia que as leis, como salsichas, deixarão de inspirar respeito na proporção em que soubermos como são feitas - a frase passou a ser atribuída a Otto von Bismarck em meados de 1930, como bem observou Fred R. Shapiro em 21 de julho de 2008, no New York Times. Gosto de pensar que Godfrey não se referia apenas ao Legislativo e suas conclusões à meia-noite, mas ao sistema jurídico como um todo. Por Israel Carvalho Jr, do Não Me Kahlo Foto:@ ARTSY SOLOMON Pois então, o dia em que eu deixei de acreditar na Justiça tem a ver com uma decisão de primeira instância, em uma Vara da Infância e da Juventude. Começou com um telefonema, de uma mãe que me pedia para recorrer de uma decisão que a seu ver seria absurda. Eu ainda não era advogado do caso e se tratava de um processo de destituição do ...

    Leia mais

    O que sabemos sobre a investigação do estupro coletivo de uma menina de 12 anos no Rio de Janeiro

    Um ano depois, a mesma violência. Por Andréa Martinelli Do Huffpostbrasil "Cala a boca. Vão ficar ouvindo a sua voz e vão saber que é tu". "Tapa o rosto da novinha". Um ano depois, o mesmo crime. Na Baixada Fluminense, no Rio de Janeiro, uma menina de 12 anos foi vítima de um estupro coletivo. A investigação ainda não tem detalhes sobre quais eram as circunstâncias do crime que, assim como o caso da jovem de 16 anos que foi estuprada coletivamente no ano passado, foi registrado em um vídeo e divulgado na internet. Segundo a polícia, pelo menos cinco rapazes aparecem nus nas imagens. A vítima tenta se esconder atrás de uma almofada e grita pedindo para que o estupro pare, mas os homens continuam com as agressões. As frases acima compõe o vídeo. A denúncia foi feita na última sexta-feira (5) por uma tia da menina e está sendo ...

    Leia mais

    Menina de 12 anos, vítima de estupro coletivo no Rio é insultada na internet

    A menina de 12 anos vítima de um estupro coletivo na Baixada Fluminense, na semana passada, está sendo insultada na internet. Assim como aconteceu com a adolescente da zona oeste do Rio que sofreu a mesma violência há um ano, ofendida até numa letra de funk, a garota está sendo atacada em comentários misóginos. Nos dois casos, as violações foram filmadas e as imagens foram compartilhadas pelo WhatsApp. no Estadão No YouTube, uma internauta que se diz conhecida da vítima escreveu que "não é a primeira vez que ela faz isso" e que a denúncia e a repercussão do estupro é "tempestade em copo d'água". Outra diz que não houve estupro, e sim sexo consentido: "Agora os garotos se ferram... Ela tinha que chegar na mãe e na delegada, em quem for, e assumir que ela quis". Um outro disse que ela é "bem danada", e outro, que  "ela estava ...

    Leia mais
    GUEST POST: FALAR DE ESTUPRO TE ROTULA COMO VÍTIMA

    A quem serve transformar a falsa acusação de estupro em crime hediondo?

    Sugestão chegou ao Senado via portal e-Cidadania. No Brasil um estupro acontece a cada 11 minutos, mas só 10% são denunciados. por Tory Oliveira, da Carta Capital    Uma proposta de tornar uma falsa acusação de estupro crime hediondo e inafiançável chegou à Comissão de Direitos Humanos e Legislação Participativa do Senado. Com 21 mil assinaturas, a iniciativa partiu do Portal e-Cidadania e, por conta do volume de apoiadores, foi encaminhada para à comissão para análise como Sugestão Legislativa 7/2017. O autor da proposta, Rafael Zucco, justifica o pedido afirmando que leu na imprensa que "80% das denúncias de estupro são falsas". Ele cita genericamente a "vingança da mulher contra o homem, alienação parental e conseguir mais bens no divórcio" como os principais motivos que levariam uma mulher a inventar uma denúncia de violência sexual. "A reflexão que faço é: a quem interessa transformar a falsa denúncia de estupro em ...

    Leia mais

    Alunos de medicina do Espírito Santo são acusados de apologia ao estupro

    Jovens aparecem em uma foto com a hashtag #PintosNervosos vestindo jaleco, com as calças abaixadas até os tornozelos e fazendo um gesto com as mãos, que remete à genitália feminina; informação é de que eles seguiriam especialização na área de ginecologia no Revista Fórum Alunos de medicina da Universidade de Vila Velha (UVV) foram denunciados pelo Sindicato dos Médicos do Espírito Santo (Simes) ao Conselho Regional de Medicina (CRM-ES) por acusação de apologia ao estupro. Os jovens aparecem em uma foto publicada na internet vestindo jaleco, com as calças abaixadas até os tornozelos e fazendo um gesto com as mãos, que remete à genitália feminina. Uma dela foi postada no perfil do Instagram de um dos estudantes com a legenda “#PintosNervosos”. Em nota, a Universidade afirmou que “repudia qualquer tipo de ofensa a uma profissão tão importante e fundamental como a medicina”. Segundo a instituição, será instaurada uma comissão de sindicância para apuração ...

    Leia mais

    Defensor de Direitos Humanos é acusado de estupro nos EUA

    Brasileiro teria abusado de estudante bêbada depois de palestra em universidade; defesa diz que vai provar inocência Por Claudia Trevisan Do Estadão WASHINGTON - Especialista em Direitos Humanos e ex-coordenador-geral da Comissão de Mortos e Desaparecidos da Presidência da República, o brasileiro Rafael Schincariol foi detido nos Estados Unidos na semana passada sob a acusação de ter estuprado uma universitária embriagada, após dar palestra na Universidade Tulane, na Louisiana. Libertado sob o pagamento de fiança de US$ 25 mil (cerca de R$ 78 mil), ele terá nova audiência no fim de abril. O caso está em estágio preliminar e a Justiça local ainda precisa decidir se aceitará ou não a acusação contra ele, o que deve ocorrer em 29 de maio. Schincariol, de 34 anos, é acusado de estupro de terceiro grau, cuja pena máxima é de 25 anos de prisão. Seu advogado, Rodrigo Lentz, diz que Schincariol é inocente. "Ele ...

    Leia mais

    O Mais Ordinário dos Estupros

    Neste artigo de Patricia Valério, cuja inspiração é o comentadíssimo curta "Je Suis Ordinaire" da francesa Chloé Fontaine, discute-se a questão dos estupros realizados por homens em suas companheiras no contexto de relações afetivas tradicionais. Por Chloé Fontaine (filme), Patrícia Valério (texto) Do  Infame Uma cena de apenas dois minutos, mas que nos faz refletir sobre um profundo abismo ainda existente nas relações entre homens e mulheres. Por mais que estejamos avançando em inúmeras questões relacionadas à igualdade de gênero, o sexo sem consentimento ainda é pouco discutido e muito vivenciado pelas mulheres em suas relações íntimas. Para amadurecer o debate em torno desse tema, precisamos ampliar nossa visão acerca do que é estupro. O artigo 213 do código penal traz a seguinte definição: “Constranger alguém, mediante violência ou grave ameaça, a ter conjunção carnal ou a praticar ou permitir que com ele se pratique outro ato libidinoso.” Hoje temos ...

    Leia mais

    O estupro não choca?

    Uma menina de 11 anos, violentada, estuprada e grávida. Essa história deveria provocar comoção Por Débora Diniz Do Carta Capital Há alguns sofrimentos que só a ficção nos permite conhecê-los na intimidade de quem sofre. Foi assim que acompanhei a terrível cena de estupro de Lucy, no livro Desonra de John Coetzee. Sem a proteção da fantasia foi que acompanhei a perseguição à menina de 11 anos, estuprada pelo padrasto, em alguma cidade anônima na fronteira entre o Piauí e o Maranhão. Sabemos pouco dos fatos, pois além de escandaloso, o caso é escondido. Em torno de seu corpo e de sua tragédia se lançou a cruzada do aborto: foi mandada embora do hospital para aguardar a gravidez porque não havia mais como protegê-la da leis dos homens. A menina não tem nome, a família desapareceu. Dizem que mãe e filha são agora refugiadas em alguma casa abrigo para deixar a ...

    Leia mais

    Polícia desqualifica estupro ao afirmar que adolescente de 14 anos se prostituía

    A ocorrência envolvendo uma adolescente de 14 anos e um homem teve uma reviravolta surpreendente. Nesta quarta-feira (15), após a Polícia Militar divulgar o flagrante de estupro feito por um militar, o delegado da 20ª DP desqualificou o crime e disse que, na ocasião, a garota estava fazendo programa por R$ 20. Segundo a Polícia Civil, a menina é usuária de drogas. Tanto ela quanto o suspeito, que tem passagem criminal pela Lei Maria da Penha, foram liberados após a decisão. Do Jornal de Brasilia  Relembre o caso Nesta quarta-feira (15), um homem foi preso no momento em que supostamente estuprava uma adolescente de 14 anos ao lado de uma escola na quadra 401 de Santa Maria. De acordo com a Polícia Militar, por volta das 14h, os policiais desconfiaram de um carro que estava parado em um matagal próximo ao colégio e foram até o local. Lá, encontraram o homem ...

    Leia mais
    Página 3 de 105 1 2 3 4 105

    Últimas Postagens

    Artigos mais vistos (7dias)

    Twitter

    Facebook

    Welcome Back!

    Login to your account below

    Create New Account!

    Fill the forms bellow to register

    Retrieve your password

    Please enter your username or email address to reset your password.

    Add New Playlist