quinta-feira, junho 17, 2021

Resultados da pesquisa por 'gays'

jaqueline_1

Primeira transexual brasiliense a chegar a um doutorado na UnB fala sobre preconceito

Engajada em movimentos sociais e defensora das minorias, ela deseja que seu exemplo possa ser seguido por outras pessoas que sofrem o mesmo drama O encontro foi marcado na Universidade de Brasília (UnB) ao meio-dia e meia da quinta-feira chuvosa. Lá estava ela, pontualmente. O ambiente lhe é muito familiar. Afinal, as mais recentes conquistas — aquelas que conduziram e ainda conduzirão seu destino profissional — ali aconteceram. De longe, avista-se aquela mulher negra, de 1,77m e 75 kg. O peso só foi revelado depois. Talvez, depois da idade, seja o maior e mais temido segredo de qualquer mulher. Os cabelos, em aplique, são médios e cuidadosamente cacheados. Veste terninho bege, com blusa de seda preta. Os sapatos, de salto alto, combinam com a blusa. A bolsa também é preta.   Nos dedos da mão direita, dois grandes anéis. E uma aliança muito especial no anelar da esquerda. É a ...

Leia mais

Para proteger homossexuais, Senado dos EUA muda lei

Fonte: Folha de São Paulo - O Senado americano aprovou uma alteração da lei federal de crimes de ódio. Com a mudança, a lei passará a proteger também homossexuais. A medida fez parte de uma lei de definição do orçamento do Pentágono. Aprovada por 68 votos a 29, a lei segue agora para a sanção do presidente Barack Obama. Até então, a definição de crimes de ódio incluía apenas os ataques motivados por raça, cor, religião ou nacionalidade. Obama já sinalizou que pretende aprovar a lei, o que pode ajudar a melhorar a imagem do presidente junto a ativistas gays e lésbicas, que questionam o compromisso do presidente com a sua agenda política. A Câmara havia aprovado no início do mês a medida com 281 a 146 votos. Em ambas as Casas, a lei passou quase sem o apoio de republicanos. A medida permite que autoridades federais reforcem investigações e ...

Leia mais
icaro-parada

Porto Seguro: Tenente gay concede entrevista

Fonte: Radar PORTO SEGURO - As denúncias feitas pelo tenente PM Ícaro Ceita do Nascimento, homossexual que se diz vítima de perseguições dentro da corporação, e repercutidas pelo RADAR64, deram origem a uma série de manifestações de repúdio de associações de policiais e grupos GLBTs.   Acusado de deserção e de atirar em um colega de farda por disputar com ele o amor de um soldado, Ceita foi preso duas vezes e teve contra si um polêmico pedido de exoneração da PM em parecer do 1º promotor de justiça militar, Luiz Augusto Santana, enviado ao ex-comandante geral da corporação. No documento, o promotor considera que a carreira militar e a homossexualidade são 'antagônicas'. Em entrevista, Ícaro fala dos abusos sofridos em sua carreira, depressão, da luta para conseguir realizar seu trabalho com dignidade. Há quanto tempo você está na Polícia Militar? Tem 8 anos. Para entrar na corporação, é preciso ...

Leia mais
rainbow flag

MOVIMENTO GAY PROCESSARÁ A PREFEITURA DE CAXIAS E PEDIRÁ A LULA QUE BLOQUEIE OS REPASSES DE VERBAS FEDERAIS.

    O Movimento de gays, lésbicas, bissexuais e transsexuais - GLBT de Duque de Caxias/RJ ingressará com uma Ação Civil Pública contra a Prefeitura de Duque de Caxias, devido a proibição da Parada Gay no domingo dia 11 de outubro de 2009. Os ativistas vão pedir na ação judicial uma indenização de 10 milhões reais, a criação de uma secretaria municipal de direitos humanos e que o prefeito faça um curso sobre direitos homoafetivos. Entendemos que a prática do Prefeito feriu a ordem constitucional vigente que garante a liberdade de expressão e a proteção da dignidade, prevista no Art. 1ª e incisos da Constituição Federal de 1988. Os gays tem direito de manifestar pacificamente suas orientações sexuais, e reivindicações por seus direitos, assim como os evangélicos e demais grupos da sociedade. Entendemos, que o ato do prefeito ZITO fortalece a prática da homofobia, incentivando a assassinato, espancamentos de homossexuais, ...

Leia mais

Manifesto: Racismo e crimes no Hipermercado Carrefour

No dia 07 de agosto de 2009 Januário Alves de Santana, funcionário da Universidade de São Paulo - USP foi com sua esposa, dois filhos, irmã e cunhado fazer compras no Hipermercado Carrefour, na loja da Avenida dos Autonomistas, em Osasco. Na dependência do estabelecimento foi vítima de tortura por motivação racial, dois crimes hediondos enquadrados, na constituição e nas leis 9.455/1997 e 719/1989 (Lei Caó). Sob suspeição de um crime inusitado - roubar seu próprio carro - Januário Santana foi espancado com socos, cabeçadas, chutes e coronhadas, numa salinha da loja por cerca de cinco seguranças. Ao mesmo tempo ouvia impropérios relacionado a sua raça. A vítima e sua esposa, Maria dos Remédios do Nascimento Santana, pagaram o preço de serem negros e comprarem um carro EcoSport, que está sendo pago em 72 parcelas de R$ 789,00. No local do evento, depois de acionada a Polícia Militar tornou-se cúmplice do ...

Leia mais
(Foto: João Godinho)

As presidenciáveis e seus problemas: deixa o trem arder

Por Fátima Oliveira - As disponíveis na praça são todas mulheres difíceis O título é inspirado num livro que li em meu tempo de Colégio Colinense: "A Moça e seus Problemas" (Haroldo Shryock). Era leitura compulsória para "as meninas da Casa do Estudante". Datado de 1954, é uma lavagem cerebral contra os prazeres do parque de diversão que é o nosso corpo. Odiei. Desde sempre, curto estados de paixão, ao contrário das moças de fino trato. Pula! As presidenciáveis da praça são, todas, mulheres difíceis - que mandam em suas vidas. Gosto! "Pero", estou de tocaia. Matutando. Há homens amigos das mulheres e mulheres inimigas das mulheres. É assuntar. Deixei de votar em quem criminaliza o aborto e em quem fica em cima do muro, tucanamente, como Lula, em quem sempre votei. Nada mais plumagem de tucano do que Lula no tema aborto. Dá uma no cravo e outra na ...

Leia mais

Governo britânico pede perdão a matemático gay

Fonte: Folha de São Paulo - Pai da ciência da computação se matou após condenação por homossexualismo Reconhecimento inédito do premiê Gordon Brown foi motivado por petição na internet que reuniu 31,3 mil assinaturas em um mês O governo britânico pediu ontem desculpas pelo tratamento "chocante" ao qual o matemático Alan Turing, um dos cientistas mais reverenciados do país, foi submetido para coibir sua homossexualidade, e que o levou ao suicídio em 1954. Surpreendente, o pedido resulta de uma petição on-line que, em pouco mais de um mês, atraiu 31,3 mil assinaturas e desenterrou na mídia a história do pai da inteligência artificial. "Turing foi um matemático brilhante, famoso por decifrar os códigos da alemã Enigma. Não é exagero dizer que, sem sua notável contribuição, a história da Segunda Guerra poderia muito bem ter sido outra", diz o premiê Gordon Brown em comunicado no site do governo. ...

Leia mais
stf2

Ações afirmativas são desafio para o Supremo

Fonte: Conjur -   Já tinha a Ação Direta de Inconstitucionalidade (Adin) 3197 envolvendo o sistema adotado pelas universidades estaduais do Rio de Janeiro, criado por lei estadual, bem como as Adins 3.330, 3314 e 3379, que se encontram apensadas, questionando o Prouni. A primeira com julgamento já iniciado, voto favorável do ministro Carlos Ayres Britto e pedido de vista do ministro Joaquim Barbosa. São situações distintas, mas tem, na base de suas discordâncias, divergências e polêmicas, o fato de estabelecerem parâmetros de cunho racial para fins de políticas públicas. Espera-se, é verdade, que, ainda neste semestre, venha o STF a se debruçar sobre o assunto, estabelecendo parâmetros e juízos de constitucionalidade sobre o sistema adotado (numa das ações, pela Universidade de Brasília; na outra, pelo estado do RJ). Em extensa decisão de 29 páginas, o ministro Gilmar Mendes, no período do recesso, não se furtou a tecer comentários sobre ...

Leia mais

Justiça de 9 Estados e do DF já reconhece união homossexual

da Folha Online Apesar de não existir oficialmente, a união estável entre pessoas do mesmo sexo já foi reconhecida pela Justiça de nove Estados e do DF segundo levantamento feito nos Tribunais de Justiça, informam Johanna Nublat e Larissa Guimarães na edição de hoje da Folha. A reportagem completa está disponível apenas para assinantes do jornal e do UOL. Essas decisões veem a união de gays e de lésbicas como uma família, o que ainda é bastante controverso no país, pois não existe legislação específica. Essa situação pode mudar após a aguardada manifestação do Supremo Tribunal Federal sobre a questão. O STF foi provocado a se posicionar no ano passado, pelo governador do Rio, Sérgio Cabral (PMDB). Ele entrou com ação pedindo que a união estável de pessoas do mesmo sexo tenha valor igual ao de uma união heterossexual. Enquanto não há uma regra clara, fica a cargo de cada ...

Leia mais
lao

Justiça Condena Programa Super-Pop por ofensas e danos morais a Lésbicas

Fonte: Católicas pelo Direito de Decidir -   O Juiz Mario Sergio Leite, da 2ª. Vara Cível de Barueri-SP, proferiu no último dia 8 de julho uma sentença condenatória à Rede TV e ao advogado Celso Vendramini, no processo movido contra eles pela psicóloga e escritora Valéria Melki Busin, 42, e pela servidora pública Renata Junqueira de Almeida, 44, determinando o pagamento de uma indenização por danos morais a ambas no valor de 80 salários mínimos.   Em março de 2002, Valéria e Renata compareceram ao Programa Superpop da Rede TV, apresentado por Luciana Gimenez, para participar de uma entrevista ao vivo sobre união estável entre pessoas do mesmo sexo, com o objetivo de reduzir a discriminação e o preconceito contra homossexuais.. Ao contrário do alegado no convite, entretanto, ambas foram surpreendidas com a realização de um "barraco", em que foram ofendidas verbalmente em razão de sua orientação sexual.   ...

Leia mais
naacp

Obama faz discurso histórico no centenário do NAACP

Fonte: UOL Internacional -   O presidente Barack Obama dirigiu um discurso ardente à população negra dos Estados Unidos na noite da última quinta-feira, alertando os pais negros para a necessidade de aceitarem as suas responsabilidades, "guardando o videogame Xbox e colocando as crianças na cama em um horário razoável" e dizendo às crianças negras que o fato de crescerem pobres não é motivo para tirarem notas baixas na escola.   "Ninguém escreveu o seu destino para você", disse ele, dirigindo as suas observação a "todos os outros Baracks Obamas que estão por aí", e que um dia poderão crescer para tornarem-se presidentes. "O destino de vocês está em suas mãos, e não se esqueçam disso. É isso o que temos que ensinar a todos os nossos filhos! Nada de desculpas! Nada de desculpas!".   Obama falou durante 45 minutos para uma plateia de vários milhares de pessoas, em sua ...

Leia mais
021382548-FMM00

‘A dor da discriminação ainda é sentida nos EUA’, diz Obama

Fonte: G1 - Presidente americano discursou nessa quinta-feira (16). Obama disse que negras, latinos e gays sofrem com o preconceito. O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, fez um discurso histórico nessa quinta-feira (16), em Nova York, e comentou sobre os direitos civis dos negros diante da Associação Nacional para o Avanço das Pessoas de Cor (NAACP, pela sigla em inglês). O sacrifício dos outros "começou a jornada que me trouxe aqui", afirmou Obama, o primeiro presidente negro dos EUA, falando da importância da instituição. "Não se deixe enganar: a dor da discriminação ainda é sentida na América", disse o presidente, filho de uma mãe branca do Kansas e de um pai negro, do Quênia. O mandatário americano afirmou ainda que a crise econômica afetou os negros. Comentou ainda que as crianças afro-americanas têm cinco vezes mais chance de parar na prisão do que as brancas. E disse que é ...

Leia mais
Empresas

Para [email protected]

Característico da cultura brasileira, o preconceito vitima não só as minorias, mas a sociedade inteira. Surpreendentemente, o mundo corporativo surge como espaço propício para criar o caldo da diversidade e mudar esse quadro Por Amália Safatle O sonho de Leila era lecionar. Formada em Letras nas Faculdades Oswaldo Cruz, em São Paulo, gosta demais da língua inglesa. Mas, quando conseguia vaga em uma escola pública, o governo estadual não concedia o laudo médico.   Leila tem 5% da visão. Até que acabou desistindo, isso há cerca de quatro anos. Dois anos atrás, a secretaria estadual de Educação criou cotas para deficientes. Mas aí Leila Bahia, hoje coordenadora de Recursos Humanos da Hewlett-Packard, a HP, já tinha se encaminhado para outro rumo. Com funções administrativas, é braço direito dos que fazem a seleção dos novos contratados da empresa. E se prepara para um dia colocar o "olhômetro" em funcionamento, tornando-se uma ...

Leia mais

Delegacia de Crimes Raciais apura morte na Parada Gay

Fonte: Estado de São Paulo -   Delegacia de Crimes Raciais e Delitos de Intolerância (Decradi) passou a investigar ontem a morte do chef de cozinha Marcelo Barros, de 35 anos. A vítima foi espancada logo após a Parada Gay e morreu na Santa Casa de São Paulo três dias depois. Segundo a Secretaria de Segurança Pública, o inquérito instaurado na 1ª Delegacia Seccional Centro como lesão corporal seguida de morte passou para as mãos de Margarete Barreto, titular da Decradi. A principal linha de investigação é que grupos neonazistas de white powers estejam envolvidos, intolerantes a gays, negros, nordestinos e judeus. Foi justamente um grupo com essas semelhanças que foi visto por testemunhas perto de uma estação do metrô após o crime. A polícia vai levantar as ligações feitas do celular roubado de Barros. Até ontem à noite a Justiça não havia concedido a quebra do sigilo. Por meio ...

Leia mais
images 2

Há um racismo indicioso que exige luta dos movimentos sociais de uma maneira que não se pensava antes diz Boaventura Santos

Fonte: http://www.direitoshumanos.etc.br {xtypo_quote}Há um racismo indicioso que exige luta dos movimentos sociais de uma maneira que não se pensava antes diz Boaventura Santos {/xtypo_quote}   Sociólogo português reconhece a atuação do Movimento Negro e do Movimento Quilombola, classificando-os "como fortes e emergentes". Ele foi o grande nome do seminário Universidade e Sociedade, iniciado ontem (4/6) na Universidade de Brasília, e sentenciou: "a sociedade brasileira é racista e acabou" Por :Isabel Clavelin     Aclamado pelos movimentos sociais e partidos de esquerda, Boaventura Sousa Santos apresentou a conferência "A Reinvenção da Emancipação Social a partir das Epistemologias do Sul", na última quinta-feira (4/6), na Universidade de Brasília. O sociólogo português abordou temas bastante conhecidos pelo movimento social brasileiro, como o distanciamento das universidades dos grandes problemas sociais e o descrédito da ação política dos movimentos sociais pela academia. E mais: conclamou o público para a valorização dos saberes indígenas, afrodescendentes, de ...

Leia mais
mvbill

“Com a criminalização da homofobia, muitos crimes não ficarão impunes”, diz MV Bill

Fonte: A Capa Por Marcelo Hailer* O cantor carioca de rap, MV Bill, 35, surpreendeu muita gente quando, no dia 17 de dezembro de 2008, foi publicado no site "Não Homofobia" uma declaração sua em defesa da criminalização da homofobia e pela liberdade da manifestação gay. Também no site da Central Única das Favelas (CUFA), organização fundada pelo cantor, há um tópico onde a entidade questiona se não é a hora de o movimento hip hop abraçar a causa gay. MV Bill ganhou as manchetes dos grandes meios de comunicação quando, em 1999, se apresentou no extinto Free Jazz Festival - atual Tim Festival - portando uma arma falsa em sua cintura. Na época, ele disse à imprensa que se tratava de um manifesto contra a violência. As polêmicas em torno do cantor não parariam por aí. Sempre contundente em suas composições, quis também levar suas críticas ao vídeo. Deu ...

Leia mais

“Com a criminalização da homofobia, muitos crimes não ficarão impunes”, diz MV Bill

Fonte: A Capa Por Marcelo Hailer* Foto: Fernanda Testa/G1 O cantor carioca de rap, MV Bill, 35, surpreendeu muita gente quando, no dia 17 de dezembro de 2008, foi publicado no site "Não Homofobia" uma declaração sua em defesa da criminalização da homofobia e pela liberdade da manifestação gay. Também no site da Central Única das Favelas (CUFA), organização fundada pelo cantor, há um tópico onde a entidade questiona se não é a hora de o movimento hip hop abraçar a causa gay. MV Bill ganhou as manchetes dos grandes meios de comunicação quando, em 1999, se apresentou no extinto Free Jazz Festival - atual Tim Festival - portando uma arma falsa em sua cintura. Na época, ele disse à imprensa que se tratava de um manifesto contra a violência. As polêmicas em torno do cantor não parariam por aí. Sempre contundente em suas composições, quis também levar suas críticas ...

Leia mais
GETTY IMAGES

Governo quer livro didático com temática homossexual

O governo quer que sejam incluídos nos livros didáticos a temática de famílias compostas por lésbicas, gays, travestis e transexuais. Ainda na área da educação, recomenda cursos de capacitação para evitar a homofobia nas escolas e pesquisas sobre comportamento de professores e alunos em relação ao tema. Essas são algumas das medidas que integram o Plano Nacional de Promoção da Cidadania e Direitos Humanos de LGBT (lésbicas, gays, bissexuais, travestis e transexuais), documento firmado entre representantes de 18 ministérios. Do UOL GETTY IMAGES O texto traz 50 propostas, que deverão se transformar em política de governo até 2011. São medidas em diversas áreas. Na saúde, o grupo prevê acesso universal a técnicas de reprodução assistida a LGBTs em idade fértil, recomenda o fim da restrição imposta a essa população para doação de sangue e garante que companheiros do mesmo sexo sejam incluídos como dependentes em planos ...

Leia mais

Amy Winehouse aparece em vídeo cantando música racista

Canção se refere aos diferentes imigrantes que moram no Reino Unido, mas em um tom depreciativo Do Estadão  John D. Shearer/BEI/BEI/Shutterstock Mais uma vez a cantora Amy Winehouse estampa a primeira página de publicações britânicas sobre celebridades. O site News of the World publicou nesta segunda-feira, 9, um vídeo caseiro em que a artista da soul music aparece cantando uma música racista. A fita foi, aparentemente, feita antes do casamento de Amy com Blake Fielder-Civil, em 2007, segundo informou o jornal El País. A música que Amy canta no vídeo é muito popular entre as crianças, e no Brasil chegou a ser gravada pela apresentadora Xuxa. A letra serve para aprender as partes do corpo: "cabeça, ombro, joelho e pé". Na gravação, contudo, Amy troca as palavras originais por: "blacks, pakis, gooks and nips, gooks and nips. And deaf and dumb and blind and gay" ("Negros, paquistaneses, orientais e japoneses. ...

Leia mais
Foto: João Godinho

“Obrigado, Iowa!”

Ainda que a distância ideológica entre um republicano e um democrata seja zero, com democrata na Casa Branca o mundo é sempre outro Por Fátima Oliveira Enquanto no Quênia a deterioração da situação política atinge a barbárie, com centenas de mulheres e crianças, quase todas da tribo do presidente Mwai Kibaki, os kikuyu, sendo estupradas nos confrontos pós-eleições presidenciais, evidenciando a atualidade cruel da prática de guerra de estuprar as mulheres dos inimigos tão-somente para humilhá-los, um descendente de queniano discursava dizendo: "Obrigado, Iowa!" "Foi a esperança que me trouxe aqui, hoje. Com um pai que nasceu no Quênia, uma mãe que nasceu no Kansas e uma história que só poderia acontecer nos Estados Unidos da América, ouvi muitas vezes que este dia nunca chegaria." Era o senador por Illinois (capital: Springfield; a maior cidade é Chicago, que eu amo, com seu misterioso e belo lago Michigan - maior lago de ...

Leia mais
Página 70 de 71 1 69 70 71

Últimas Postagens

Artigos mais vistos (7dias)

Twitter

Welcome Back!

Login to your account below

Retrieve your password

Please enter your username or email address to reset your password.

Add New Playlist