Planejamento libera seleção com 825 vagas para analista de políticas sociais

Satellite

O Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão autorizou a realização de concurso público com 825 oportunidades para diversos órgãos – para o cargo de analista técnico de políticas sociais. As contratações terão como contrapartida a extinção de postos ocupados por terceirizados e por consultores contratados por meio de organismos internacionais. O edital de abertura deve ser publicado em até seis meses. As informações estão no Diário Oficial da União, na página 66 da primeira seção de sexta-feira (25).

As chances serão para a Secretaria de Direitos Humanos; Secretaria de Políticas de Promoção da Igualdade Racial; Secretaria de Políticas para as Mulheres; Ministério da Educação; Ministério da Previdência Social; Ministério da Justiça; Ministério das Cidades; Ministério do Desenvolvimento Agrário; Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome; Ministério do Trabalho e Emprego; e Ministério da Saúde.

Segundo a portaria interministerial 229/2012, o ingresso nos cargos de analista exige diploma de graduação ou título de pós-graduação lato ou strictu sensu (nas modalidades de especialização, mestrado ou doutorado). As áreas abrangidas serão as de gestão social, previdência, assistência social, educação e saúde.

 

 

 

Fonte: Lista Racial  

-+=