segunda-feira, outubro 19, 2020

    Violência Racial e Policial

    Djamila Ribeiro (foto: MAURO PIMENTEL)

    A cultura do estupro avança como uma verdadeira pandemia no Brasil

    Na sexta passada, quem estava em Sergipe assistindo à TV viu, várias vezes, reproduzido o vídeo de um homem que flagrava outro estuprando uma menina de 11 anos. Munido de uma faca, o agressor correu ao passo que a criança gritou notando a presença de um terceiro. Só a descrição do vídeo já seria chocante, mas não bastou: emissoras mostraram o vídeo dezenas de vezes, sem cortes ou avisos de que seria uma cena de violência. Tanto a TV Sergipe, afiliada da TV Globo, como a TV Atalaia, afiliada da TV Record, transmitiram estupro em looping, prendendo a audiência aos gritos da criança. No sábado, um homem foi preso em Sabará, em Minas Gerais, acusado de "molestar uma criança". Ele abordou a menina de 12 anos com sua caminhonete, dizendo-se fotógrafo e que gostaria de tirar fotos dela. Convidou-a para entrar no carro, onde passou a mão nos seios, braços...

    Leia mais
    Muitas pessoas nas redes sociais compararam as imagens de Neely com a era da escravidão (Imagem retirada do site BBC)

    Homem negro amarrado por policiais nos EUA pede indenização de R$ 5,5 milhões

    Um homem negro que foi conduzido pela rua com uma corda por dois policiais brancos montados a cavalo processou a cidade de Gavelston, no Estado do Texas, onde tudo ocorreu, e seu Departamento de Polícia, pedindo indenização de US$ 1 milhão (R$ 5,5 milhões). A polícia se desculpou no ano passado, depois que foram compartilhadas imagens de Donald Neely, de 44 anos, após ser preso por invasão criminosa. A ação alega que a conduta dos policiais foi "extrema e ultrajante" e causou prejuízos físicos, emocionais e mentais em Neely. As acusações feitas contra Neely foram posteriormente rejeitadas por um tribunal. Muitas pessoas nas redes sociais compararam as imagens de Neely com a era da escravidão, uma alusão explicitamente mencionada no processo. De acordo com a ação, os policiais deveriam estar cientes de que Neely, "sendo conduzido com uma corda e por policiais montados por uma rua da cidade como se...

    Leia mais
    Irmão gêmeo de Gustavo Amaral, Guilherme (ao centro), e ativistas protestaram em Porto Alegre contra a impunidade (Foto: ARQUIVO PESSOAL)

    Morte de engenheiro negro por policial no RS gera indignação e movimento Black Lives Matter local

    No dia 19 de abril deste ano, o engenheiro elétrico gaúcho Gustavo Amaral, de 28 anos, estava radiante: era seu primeiro dia como chefe de equipe, liderando uma operação de manutenção de subestações. Gustavo morava em Santa Maria e trabalhava na empresa de seu pai de serviços elétricos. Ele dirigia o carro da empresa a caminho do trabalho em Marau, no noroeste do Rio Grande do Sul, junto com outros três colegas quando parou em uma barreira policial na estrada. Os policiais da região haviam montado a barreira para interceptar uma caminhonete que havia sido roubada por ladrões. Os bandidos se depararam com o bloqueio mas avançaram mesmo assim, atingindo em cheio o carro de Amaral. Nesse momento, o jovem engenheiro elétrico e seus três colegas saíram às pressas do veículo e buscaram um lugar seguro para se proteger. Os quatro trabalhadores vestiam uniformes da empresa, que incluem calças refletoras...

    Leia mais
    Jacob Blake (Foto: Reprodução/Twitter)

    EUA: Jacob Blake, homem negro que foi baleado nas costas por policiais, deixa hospital após seis semanas

    Jacob Blake deixou o hospital em Milwaukee, Wisconsin após seis semanas e foi transferido para um centro de reabilitação de coluna vertebral em Chicago, Illinois. Em 23 de agosto, Blake foi baleado com sete tiros nas costas por policiais na cidade de Kenesha. Ele ficou com os movimentos da cintura para baixo paralisados. #JacobBlake released this powerful video message from his hospital bed today, reminding everyone just how precious life is. #JusticeForJacobBlake pic.twitter.com/87CYlgPDBj — Ben Crump (@AttorneyCrump) September 6, 2020 A violência policial contra o homem negro fez ressurgir um nova onda de protestos nos Estados Unidos alguns meses após as manifestações que eclodiram no país após o assassinato por sufocamente de George Floyd, também negro, pela polícia norte-americana. Os disparos contra Blake atingiram o estômago, rins, fígado, cólon e intestino delgado. Para mostrar solidariedade a Blake e aos manifestantes, que estavam sendo reprimidos pelo governo de Donald Trump, jogadores...

    Leia mais
    Derek Chauvin/ AFP

    Policial acusado da morte de George Floyd é libertado após pagar fiança de US$ 1 milhão

    O ex-policial Derek Chauvin, acusado pela morte de George Floyd, ganhou liberdade condicional nesta quarta-feira (7) após o pagamento de US$ 1 milhão (cerca de R$ 5,6 milhões), segundo documentos da Justiça dos Estados Unidos. Ele foi detido em maio após ser flagrado com o joelho sobre o pescoço de George Floyd em Minneapolis, nos Estados Unidos. Chauvin deve cumprir com algumas condições para continuar solto, conforme diz um documento enviado pela Corte ao xerife do distrito de Hennepin County, Minnesota. Segundo o registro, ele não poderá voltar ao trabalho policial e nem se aproximar da família do ex-segurança negro. As acusações às quais Chauvin responde são as seguintes: Homicídio em segundo grau — assassinato intencional não premeditado, quando o autor tem intenção de causar danos corporais à vítima Assassinato em terceiro grau — quando se considera que o responsável pela morte atuou de forma irresponsável ou imprudente A acusação...

    Leia mais
    Mirtes Souza, mãe de Miguel Otávio, que morreu ao cair do 9º andar de um prédio em Recife Imagem: Pedro De Paula/Código 19/Folhapress

    ONU cita caso de Miguel como exemplo de “racismo sistêmico” na pandemia

    O acidente que resultou a morte do garoto Miguel Otávio Santana da Silva, de cinco anos no Recife, é um exemplo de como o "racismo sistêmico" cobra seu preço durante a pandemia. O alerta faz parte de um documento produzido pelo Grupo de Trabalho da ONU sobre Pessoas de Descendência Africana. O caso brasileiro é mencionado como uma demonstração de que certas populações são vulneráveis durante a pandemia e que a situação das empregadas domésticas no país é exemplo disso. O governo poderá dar uma resposta nesta quarta-feira, durante o debate no Conselho de Direitos Humanos da ONU que irá tratar do tema. De acordo com o texto, em todo o mundo, "falhas em avaliar e mitigar riscos associados à pandemia e ao racismo sistêmico levaram a fatalidades". "No Brasil, a trágica morte de Miguel Otávio Santana da Silva, uma criança afro-brasileira de 5 anos de idade, foi um desses...

    Leia mais
    Foto não datada de William Green — Foto: Brenda Michaele Green via AP

    Família de William Green, assassinado por policial nos EUA recebe US$ 20 milhões após acordo

    A família de um homem negro morto por um policial dos Estados Unidos receberá US$ 20 milhões (cerca de R$ 112,6 milhões) após um acordo civil, anunciou seu advogado nesta segunda-feira (28). Em um dos maiores acordos do gênero nos Estados Unidos, o condado de Prince George, em Maryland, pagará essa quantia à família de William Green, que foi baleado e morto algemado no início deste ano. "É um acordo histórico que reflete a natureza hedionda, a natureza brutal, a natureza sem sentido do que aconteceu com Green", disse o advogado William Murphy. Green foi preso no dia 27 de janeiro no condado de Prince George, que faz fronteira com a capital dos Estados Unidos, Washington, após supostamente bater seu carro em vários outros. O policial Michael Owen teria atirado seis vezes em Green, de 43 anos, enquanto ele estava algemado e no carro da polícia. Owen, que também é negro,...

    Leia mais
    Breonna Taylor aparece em cartazes e fotos em várias cidades americanas (REUTERS)

    EUA: policiais que mataram mulher negra Breonna Taylor são absolvidos e gera protestos em Louisville (vídeo)

    Nas redes sociais, imagens circulam de grupos de extrema-direita armados intimidando os manifestantes contra a violência policial. O grupo Boogaloo Boys é formado por supremacistas brancos neonazistas e apoiadores de Donald Trump O departamento da polícia metropolitana de Louisville, no estado norte-americano do Kentucky, absolveu nesta quarta-feira, 23, os seis agentes envolvidos na morte de Breonna Taylor, segundo a Reuters. A absolvição dos policiais de Louisville gerou protestos na cidade. Grupos do movimento negro, que estimulam atos contra o racismo policial desde o início do ano, tiveram que enfrentar a violência dos policiais que protegeram o departamento. Louisville is going hard for Breonna right now. Every other city is joining them at 7 p.m. pic.twitter.com/qDx9D1s8UY — Joshua Potash (@JoshuaPotash) September 23, 2020 Confrontations between protesters and police downtown #Louisville #LouisvilleProtest #BreonnaTaylor pic.twitter.com/2873g9DuEq — Brendan Gutenschwager (@BGOnTheScene) September 23, 2020 Nas redes sociais, imagens circulam de grupos de extrema-direita armados intimidando os...

    Leia mais
    Fotos mostram marcas que ficaram da abordagem — Foto: Eliane Silva/Arquivo Pessoal

    Pedagoga negra agredida com soco por PM presta depoimento à corregedoria hoje

    A mulher negra que foi agredida com chute e soco no rosto durante uma abordagem policial em frente à casa dela, em Macapá, vai prestar nesta terça-feira (22) o primeiro depoimento sobre a ocorrência na delegacia e também na Corregedoria da Polícia Militar. Ela vai ser ouvida pelos investigadores do caso, que ocorreu na última sexta-feira (18). Os policiais foram afastados do trabalho. A pedagoga Eliane do Espírito Santo, de 39 anos, vai relatar nesta manhã como foi a ação dos três policiais militares que resultou em violência. Ela também afirma que ouviu ofensas racistas durante a condução dela à delegacia a bordo da viatura. A Polícia Militar (PM) do Amapá disse tratar-se de um caso isolado e apura a abordagem. Os agentes foram afastados das funções. A corporação não revelou os nomes deles, nem quando serão ouvidos. O Ministério Público do Amapá (MP-AP) e a Ordem dos Advogados do...

    Leia mais
    Mulher e espancada por PMS (Foto: Reprodução)

    PM espanca com chutes e socos mulher negra durante abordagem (VÍDEO)

    Um policial militar foi flagrado em vídeo agredindo uma mulher negra durante uma abordagem, em Macapá. Nas imagens, que viralizou nas redes sociais  enquanto policiais revistam dois homens, a mulher reclama com os agentes. O PM então começou lançou uma série de golpes contra a mulher, concluindo rasteiras e socos, como mostra o vídeo abaixo. Segundo informações do portal UOL, os policiais envolvidos na abordagem serão afastados enquanto o caso é investigado. Mais insuportável do que ver isso é não ver reação social a isso. A eleição de Bolsonaro transformou a barbárie em projeto nacional.pic.twitter.com/oY08ZEanDX — Fernando Haddad (@Haddad_Fernando) September 20, 2020

    Leia mais
    Rua Domênico Palma (SP), onde policial civil negro foi abordado por PMs Imagem: Reprodução/Google Maps

    Policial negro é abordado por PM branco durante o trabalho pela 2ª vez

    O policial civil negro W.V.S, 39, que em junho deste ano foi agredido por PMs enquanto levava suspeitos, voltou a ser abordado por colegas enquanto trabalhava. Em boletim de ocorrência registrado hoje, ele afirma que policiais militares o pararam na Rua Domênico Palma, em São Paulo, quando ele dirigia uma viatura descaracterizada e, mesmo depois da identificação, um segundo grupo de PMs teria impedido sua saída do local. Segundo relato de W.V.S. no boletim, ele percebeu pelo retrovisor a aproximação de dois policiais militares em motocicletas e, imaginando que seria abordado, acionou os sinais luminosos da viatura para indicar que era um policial civil. Mesmo assim, os militares o pararam, de acordo com o relato. W.V.S. conta que mostrou seu documento funcional de policial civil e ainda informou que o veículo era uma viatura oficial. Depois de prestar informações aos militares, W.V.S. também teria pedido que eles se identificassem, e...

    Leia mais
    Lewis Hamilton no pódio do GP da Bélgica de Fórmula 1 30/08/2020 Pool via REUTERS/Francois Lenoir

    Hamilton diz que não vai desistir de fazer campanha por justiça

    O seis vezes campeão mundial de Fórmula 1 Lewis Hamilton afirmou que não desistirá de usar sua plataforma para fazer campanha por justiça racial, depois que o órgão regulador do esporte confirmou que não haverá investigação sobre suas ações no Grande Prêmio da Toscana. O piloto da Mercedes vestiu uma camiseta preta no domingo com a frase “Prendam os policiais que mataram Breonna Taylor”, na parte da frente, e “digam o nome dela” no verso com uma fotografia da norte-americana, que foi morta por policiais em março. Em um post no Instagram, o britânico disse a seus 20 milhões de seguidores: “quero que saibam que não vou parar, não vou desistir, não vou desistir de usar essa plataforma para lançar luz sobre o que eu acredito ser certo”. “Esta é uma jornada para todos nós nos unirmos e desafiarmos o mundo em todos os níveis de injustiça, não apenas racial”,...

    Leia mais
    Tamika Palmer, mãe de Breona Taylor, durante processo judicial - 15/09/2020 Foto: Bryan Woolston/Reuters

    Louisville pagará US$12 milhões em acordo judicial após morte de Breonna Taylor pela polícia

    A cidade de Louisville, no Estado norte-americano de Kentucky, vai pagar 12 milhões de dólares à família de Breonna Taylor, uma mulher negra morta pela polícia durante operação em seu apartamento, para encerrar um processo judicial por homicídio culposo, disse o prefeito Greg Fischer nesta terça-feira. O acordo é um dos maiores do gênero na história dos Estados Unidos, onde os departamentos policiais muitas vezes são protegidos de pagar indenizações por mortes ocorridas sob sua custódia. A medida não admite explicitamente irregularidades cometidas pela cidade, mas será acompanhada por reformas no Departamento da Polícia Metropolitana de Louisville, incluindo a exigência de que os comandantes aprovem mandados de busca antes que estes sejam submetidos a um juiz, afirmou Fischer em uma entrevista coletiva. Nenhum policial foi acusado criminalmente pela morte de Taylor, mas o procurador-geral de Kentucky, Daniel Cameron, um político negro do Partido Republicano, deve apresentar o caso a um...

    Leia mais
    Naomi Osaka usando máscara facial com o nome de George Floyd no US Open Imagem: Matthew Stockman / Getty Images

    US Open: Osaka protesta contra racismo com máscara com nomes de vítimas

    Antes de entrar em quadra para disputar as quartas de final do US Open ontem, Naomi Osaka usou uma máscara facial com o nome de George Floyd. A tenista de 22 anos tem mostrado nomes de vítimas de injustiça racial nos Estados Unidos em todas as partidas da competição. George Floyd, um homem negro de 40 anos, morreu no dia 25 de maio depois de ter sido imobilizado com um joelho sobre o pescoço durante uma abordagem policial violenta na cidade de Minneapolis, no estado norte-americano de Minnesota. "Sinto que eles são muito fortes. Não tenho certeza do que seria capaz de fazer se estivesse no lugar deles, mas sinto que sou uma parte pequena neste momento, a fim de espalhar a consciência. Não vai diminuir a dor, mas espero que eu possa ajudar com tudo que eles precisarem", disse Osaka à ESPN. A tenista, que...

    Leia mais
    La'Ron Singletary, chefe da polícia de Rochester, é visto de máscara após encontro com autoridades locais nesta terça-feira (8) — Foto: Adrian Kraus/Reuters

    Chefe da polícia de Rochester, nos EUA, deixa o cargo em meio às investigações do caso Daniel Prude

    O chefe da polícia de Rochester, La'Ron Singletary, anunciou nesta terça-feira (8) que deixará o cargo após avanços nas investigações do caso Daniel Prude, mais um homem negro morto após ação policial nos Estados Unidos. Outros quatro policiais em altos cargos na corporação anunciaram a demissão. Singletary alegou que críticos estão tentando "destruir a carreira e a identidade" dele. "A descaracterização e a politização das ações que eu tomei depois de ser informado da morte de Prude não são baseadas em fatos, e eu não apoio isso", disse o policial. Mais cedo, a prefeita de Rochester, Lovely Warren, disse que soube de "novas informações trazidas à luz" sobre o caso Prude. Ela não deu mais detalhes, no entanto, sobre o avanço das investigações. Na semana passada, os sete policiais envolvidos na abordagem a Prude foram suspensos das funções por decisão da prefeita. "Quando eu vi esse vídeo, fiquei furiosa", afirmou...

    Leia mais
    Breonna Taylor aparece em cartazes e fotos em várias cidades americanas (REUTERS)

    Breonna Taylor, a vítima da polícia na própria casa que inspirou campanha por justiça

    Quase seis meses depois de Breonna Taylor ter sido morta com pelo menos cinco tiros, disparados por policiais à paisana que haviam arrombado a porta do seu apartamento no meio da madrugada, seu nome continua sendo repetido por manifestantes, políticos e celebridades nos Estados Unidos. Inicialmente, a morte da jovem negra nas mãos da polícia, ocorrida em 13 de março em Louisville, no Estado do Kentucky, não despertou atenção nacional. Mas, dois meses depois, em maio, a morte de outro americano negro, George Floyd, sob custódia de um policial branco na cidade de Minneapolis (Estado de Minnesota), desencadeou uma onda de protestos contra o racismo e a brutalidade policial em todos os Estados Unidos e também em outros países. Nas ruas de todo o país, manifestantes começaram a mencionar o nome de Breonna e a pedir justiça. A campanha "Say her name" ("Diga o seu nome") se espalhou durante os...

    Leia mais
    Policiais ainda seguram Daniel Prude, um homem negro, no chão mesmo com a presença de uma ambulância — Foto: Rochester Police via Roth and Roth LLP via AP

    Vídeo mostra policiais colocando capuz na cabeça de homem negro que morreu asfixiado nos EUA

    Um vídeo divulgado nesta quarta-feira (2) mostra o momento em que policiais colocam um capuz na cabeça de um homem negro, identificado como Daniel Prude, perto de Nova York, nos EUA. Prude morreu em 30 de março por asfixia. A divulgação das imagens ocorre em meio ao debate sobre a violência policial e o racismo nos Estados Unidos. O país vive uma onda de protestos desde a morte de George Floyd, em maio. Os atos ganharam novo impulso recentemente após policiais balearem sete vezes Jacob Blake pelas costas. No caso de Prude, a polícia foi acionada pela própria família da vítima, que buscava ajuda por causa de supostos problemas mentais do homem. As imagens divulgadas pela família do homem nesta quarta-feira (2) mostram Prude nu, cooperando com os policiais e atendendo às ordens de ficar no chão. Ele estava com as mãos atrás das costas, algemado. Nevava em Nova York,...

    Leia mais
    Professor diz que foi agredido e baleado por PM em Monte Alegre, em Goiás — Foto: Reprodução/Arquivo Pessoal

    PM é preso suspeito de atirar em professor de comunidade quilombola durante abordagem, em Monte Alegre de Goiás

    A Polícia Civil investiga o caso de um professor de 25 anos da rede estadual que foi supostamente agredido e baleado por um aspirante a oficial da Polícia Militar na noite de terça-feira (1º), em Monte Alegre de Goiás, na região nordeste do estado, onde o jovem dá aulas para uma comunidade quilombola. O delegado a cargo da investigação, Carlos Eduardo Florentino da Cruz, confirmou que o militar foi preso. O PM foi autuado por constrangimento ilegal, majorado pelo uso de arma de fogo, fraude processual, coação e ameaça. Já o professor foi autuado por lesão corporal grave pelo excesso doloso de sua legítima defesa. As circunstâncias da discussão ainda não foram reveladas pela polícia. O G1 não localizou a defesa do policial militar para se manifestar sobre o caso até a última atualização desta reportagem. Um relatório preliminar da Polícia Civil aponta que o policial militar supostamente agredia um...

    Leia mais
    Ronnie Long (Imagem: Reprodução/You Tube/WCNC)

    Após 44 anos, homem negro condenado à prisão perpétua é inocentado nos EUA (vídeo)

    Em 1976, o homem negro de 20 anos Ronnie Long foi acusado de roubar e estuprar uma mulher branca, Sarah Judson Bost (54), na Carolina do Norte (EUA). A mãe de Long e sua esposa defenderam que o jovem era inocente e que estavam com ele no momento do crime. Mesmo diante da ausência de provas sólidas, um júri composto por pessoas brancas condenou Long à prisão perpétua. Ele foi inocentado após 44 anos, na quinta-feira (27), e colocado em liberdade. A reportagem é da revista Fórum. O advogado de Long, Jaime Lau, relatou que foram entregues provas à justiça que indicavam outro suspeito, mas que foram ignoradas. Depois de 44 anos, um grupo de três juízes do Tribunal de Apelações determinou que Long teve seus direitos violados. A magistrada Stephanie Thacker disse que as provas descartadas incluíam análises de laboratório que não vinculavam Long à cena do crime. Na época,...

    Leia mais
    Dois balões marcam o local onde o ciclista Dijon Kizzee, de 29 anos, foi baleado pela polícia Imagem: AFP

    Polícia mata ciclista negro a tiros por suposta violação de trânsito nos EUA

    Um ciclista negro foi baleado e morto pela polícia de Los Angeles, no mais recente caso de morte de um cidadão negro por policiais norte-americanos, e o Departamento de Polícia e um advogado que representa a família do homem ofereceram relatos divergentes hoje sobre o incidente. O ciclista, Dijon Kizzee, de 29 anos, foi baleado mais de 20 vezes pelas costas na tarde de ontem, após dois adjuntos do xerife tentarem pará-lo por uma violação do código de trânsito para ciclistas, disse Benjamin Crump, que afirmou representar a família de Kizzee. O Departamento de Polícia de Los Angeles diz que Kizzee, cuja identidade foi confirmada pelo legista do condado, foi baleado menos de 20 vezes após ter deixado cair uma arma de fogo que levava e ter acertado um soco em um dos oficiais. A morte provocou novos protestos na cidade por manifestantes furiosos com os casos de violência contra...

    Leia mais

    Últimas Postagens

    Artigos mais vistos (7dias)

    Twitter

    Welcome Back!

    Login to your account below

    Create New Account!

    Fill the forms bellow to register

    Retrieve your password

    Please enter your username or email address to reset your password.

    Add New Playlist