Representantes da ONG Criola, Jurema Werneck e Lúcia Xavier vão desfilar na Imperatriz Leopoldinense

Enviado por / FonteDo Portal do Samba RJ

As ativistas Jurema Werneck e  Lúcia Xavier, coordenadoras  da ONG Criola, instituição de defesa dos direitos humanos, saúde da mulher negra e populações negras,   confirmaram  participação no desfile da Imperatriz Leopoldinense no próximo carnaval.  As duas representantes foram recebidas pelo carnavalesco Cahê Rodrigues e pelo presidente Luiz Pacheco Drumond.  Ambas  tem destacada atuação no combate ao racismo e na implementação de políticas públicas e ações que auxiliam na redução das desigualdades sociais reconhecidas internacionalmente.

Jurema Werneck é médica, mestre em Engenharia de Produção pela Coordenação dos Programas de Pós-graduação de Engenharia, UFRJ (2000) e doutora  em Comunicação e Cultura pela Escola de Comunicação da Universidade Federal do Rio de Janeiro (2007). Tem experiência na área de saúde coletiva, com ênfase em saúde da população negra e atua nos seguintes temas: biopolítica, biotecnologia genética, bioengenharia, saúde e população negra raça, racismo, gênero, cultura afrobrasileira, música negra e samba.

Lúcia Xavier é  assistente social e membro do Conselho Nacional de Promoção da Igualdade Racial representando a Articulação de ONGs de Mulheres Negras Brasileiras (AMNB) da qual é secretária-executiva. Atua nos temas: raça, gênero, direitos humanos, políticas públicas, saúde da mulher negra e antirracismo.

Felizes com o convite,  Lúcia e Jurema elogiaram o enredo e o projeto que está sendo desenvolvido por Cahê, que segundo elas, contribui de forma significativa para a construção de uma sociedade justa, igualitária e sem discriminação. As ativistas, que em 2015  organizam em parceria com lideranças de  outros países a Marcha das Mulheres Negras contra o racismo e a violência e pelo bem viver   virão no setor  que homenageará os grandes pacifistas no desfile da Imperatriz.

Em 2015 a Imperatriz Leopoldinense será a quinta escola de samba a desfilar na segunda-feira de carnaval e levará para a Avenida o enredo “Axé Nkenda, um ritual de liberdade.  E que a voz da igualdade seja sempre a nossa voz.”

+ sobre o tema

Mapa Brasil Afrotech destaca ações de empreendedorismo negro no Brasil

A recém-lançada plataforma Mapa Brasil Afrotech pretende reunir e...

Geni Guimarães e Conceição Evaristo: um cuidado ao ler em público

Certos livros não devem ser lidos em público, sob...

Desmond Tutu laureado do Prémio Unesco/Bilbao 2012

O Prémio Unesco/Bilbao para a promoção da cultura dos...

para lembrar

Arlindo Cruz é confirmado como enredo do Império Serrano em 2023

O Império Serrano anunciou neste sábado (18) que o sambista Arlindo Cruz será...

PT realiza Encontro Nacional de Negros e Negras

De 16 a 18 de Abril, em Brasília, a...

CONAQ emite carta-denúncia em resposta à Medida Provisória 870/2019

NÃO RECONHECIMENTO, A DELIMITAÇÃO, A DEMARCAÇÃO E A TITULAÇÃO...
spot_imgspot_img

Grávida, Iza conta que pretende ter filha via parto normal: ‘Vai acontecer na hora dela’

Iza tem experienciado e aproveitado todas as emoções como mamãe de primeira viagem. No segundo trimestre da gestação de Nala, fruto da relação com Yuri Lima, a...

Flávia Souza, titular do Fórum de Mulheres do Hip Hop, estreia na direção de espetáculo infantil antirracista 

Após mais de vinte anos de carreira, com diversos prêmios e monções no teatro, dança e música, a multiartista e ativista cultural, Flávia Souza estreia na...

 Interprete da trilha sonora da novela Renascer, Xenia França participa do disco de José James

Vencedora do Grammy Latino de 2023 com seu disco "Em nome da Estrela" e intérprete da canção “Lua Soberana”, trilha sonora da novela Renascer...
-+=