Representantes da ONG Criola, Jurema Werneck e Lúcia Xavier vão desfilar na Imperatriz Leopoldinense

Enviado por / FonteDo Portal do Samba RJ

As ativistas Jurema Werneck e  Lúcia Xavier, coordenadoras  da ONG Criola, instituição de defesa dos direitos humanos, saúde da mulher negra e populações negras,   confirmaram  participação no desfile da Imperatriz Leopoldinense no próximo carnaval.  As duas representantes foram recebidas pelo carnavalesco Cahê Rodrigues e pelo presidente Luiz Pacheco Drumond.  Ambas  tem destacada atuação no combate ao racismo e na implementação de políticas públicas e ações que auxiliam na redução das desigualdades sociais reconhecidas internacionalmente.

Jurema Werneck é médica, mestre em Engenharia de Produção pela Coordenação dos Programas de Pós-graduação de Engenharia, UFRJ (2000) e doutora  em Comunicação e Cultura pela Escola de Comunicação da Universidade Federal do Rio de Janeiro (2007). Tem experiência na área de saúde coletiva, com ênfase em saúde da população negra e atua nos seguintes temas: biopolítica, biotecnologia genética, bioengenharia, saúde e população negra raça, racismo, gênero, cultura afrobrasileira, música negra e samba.

Lúcia Xavier é  assistente social e membro do Conselho Nacional de Promoção da Igualdade Racial representando a Articulação de ONGs de Mulheres Negras Brasileiras (AMNB) da qual é secretária-executiva. Atua nos temas: raça, gênero, direitos humanos, políticas públicas, saúde da mulher negra e antirracismo.

Felizes com o convite,  Lúcia e Jurema elogiaram o enredo e o projeto que está sendo desenvolvido por Cahê, que segundo elas, contribui de forma significativa para a construção de uma sociedade justa, igualitária e sem discriminação. As ativistas, que em 2015  organizam em parceria com lideranças de  outros países a Marcha das Mulheres Negras contra o racismo e a violência e pelo bem viver   virão no setor  que homenageará os grandes pacifistas no desfile da Imperatriz.

Em 2015 a Imperatriz Leopoldinense será a quinta escola de samba a desfilar na segunda-feira de carnaval e levará para a Avenida o enredo “Axé Nkenda, um ritual de liberdade.  E que a voz da igualdade seja sempre a nossa voz.”

+ sobre o tema

Jay-Z recria Friends com negros e dá tapa na cara de séries embranquecidas

Há uma semana, o rapper Jay-Z lançou o provocativo...

Após ter filha, Serena Williams abre o coração em carta emocionante e agradece a mãe

A americana Serena Williams publicou nesta terça-feira nas redes...

Americana se apaixona por rapaz na balada e descobre que ele é príncipe

Americana se apaixona por rapaz na balada e descobre...

Margareth Menezes comemora 30 anos de carreira com show na Concha

Cantora se apresenta em janeiro, com um show especial Do  iBahia A...

para lembrar

Concurso de Selo Comemorativo de 30 anos da ONG Criola

A ONG Criola, organização da sociedade civil com 29...

Jurema Werneck é a nova diretora executiva da Anistia Internacional Brasil

A Anistia Internacional no Brasil estará sob nova direção...

Quem é Jurema Werneck, a médica negra que representou e emocionou na CPI da Covid

Jurema Werneck é médica, negra, nascida no morro. Uma...

Silas de Oliveira: o compositor de alguns dos mais belos sambas-enredo de todos os tempos

Sambista fundador da escola de samba Império Serrano, freqüentava...
spot_imgspot_img

Como as escolas de samba nos ensinam sobre ancestralidade

Desde que foram criadas, escolas de samba têm sido espaços de ensino e aprendizado. Carregam no nome a sua missão: ser escola. Ensinam sobre...

Criola seleciona nanoinfluenciadoras para contar histórias de mulheres negras

Criola, organização da sociedade civil com mais de 30 anos de trajetória na defesa e promoção dos diretos das mulheres negras, está com seleção...

Samba, amor e Hip Hop

A quem nunca viu o samba amanhecer, Geraldo Filme aconselhava que fosse ao Bixiga para ver, ao quilombo da Saracura, à sede da Vai-vai....
-+=