Sambista ligada ao rap, Leci Brandão rebate críticas de Ed Motta: ‘Elitista’

Parceira de Mano Brown, ela não deixou barato o xingamento do músico a quem gosta do gênero; Teresa Cristina e Maria Rita aplaudiram

FONTEFolha de São Paulo, por F5
Leci Brandão passa seu recado - Reprodução

Leci Brandão, 79, rebateu com estilo as recentes declarações de Ed Motta, que chamou de “burros” os fãs de hip hop, “sem exceção”. Sem citar o nome do músico e expert em chás, Leci —nome historicamente ligado ao samba mas com prestígio no mundo do rap e do hip-hop— fez uma publicação nas redes sociais segurando recados claramente direcionados a Ed.

‘Quem ataca hip-hop é elitista'”; “‘Quem ouve hip-hop não é burro’; ‘Ouvir e fazer hip-hop é resistência”, foram algumas das mensagens mostradas por Leci direto para a câmera. “Quem acha que representa a cultura preta e não reconhece o hip-hop, tá de chapéu atolado”, seguiu ela, nos cartazes que segurava.

Na legenda, a mensagem final: “Entendedores entenderão. E fim de papo.” . “Entendedores entenderão. E fim de papo”, concluiu a cantora. Entre os internautas postaram comentários de apoio estão Maria Rita, que escreveu “Dona Leci, te amo desde sempre e para sempre”, com emojis de palmas. Teresa Cristina exaltou: “Rainha faz assim!!!”.

Mano Brown gravou com Leci, hoje deputada estadual em São Paulo (PC do B), a faixa “Deixa, Deixa”, do DVD e CD “Canções Afirmativas”, de 2006. Ela também compôs uma música em sua homenagem (“Pro Mano Brown”).

-+=
Sair da versão mobile