Spice girls made in Angola: se liga nas Afrikanas, a próxima girls band que vai conquistar seu coração

Enviado por / FonteDo Virgula

Vem de Angola as novas integrantes do exército da força feminina. As Afrikanas dançam, cantam músicas doces e fortes, e querem ser a próxima girls band do seu coração.

A linhagem, você sabe, é longínqua, começa com The Supremes, passa pelo Bananarama, chega nas Spice Girls – o mais bem sucedido grupo feminino de todos os tempos, e desemboca em Destiny’s Child, Pussycat Dolls, Fifth Harmony, Stooshe e aqui no Brasil vira Rouge e hoje Pearls Negras.

Afrikanas_FB
(Foto: Imagem retirada do site Virgula)

A música das Afrikanas – Cilana, Serafina, Cleyde e Jandira –  mistura o Pop e o R&B , comum às bandas de garotas, com batidas de Kizomba, Kuduru, Afrohouse, e o romantismo da Semba, ritmos locais de grande sucesso em Angola. E ótimos pra fazer coreografias.

A dança é ponto forte d’As Afrikanas: todas são bailarinas e  duas delas conheceram-se em um concurso. O primeiro disco “Sonhos e Verdades” foi lançado em 2012, e nele está o sucesso “Scalinguindon”.  Elas já se apresentaram em outros países de África, além de Portugal. No Brasil deram um rasante pelo Rio de Janeiro, onde estiveram em 2013 para o Carnaval. Pouco antes dessa viagem a quinta integrante da banda, Neide, deixou o grupo.

Na edição 2015 do Angola Fashion Week, as Afrikanas apresentaram seus recentes sucessos “Eu sou top” e “Põe Mais Açúcar” e Serafina deu canja de modelo, deixando claro que o sucesso do grupo só aumenta. Aproveitei para conversar com elas sobre a carreira. Dá o play no papo:
Conheça as Afrikanas

+ sobre o tema

A cor do pecado: no século xix, a sensualidade da mulher negra

______________________   Resumo Esta pesquisa tem por objetivo principal analisar a presença...

Pela 1ª vez, quatro mulheres negras dominam o topo da Billboard Hot 100

A música "Say So", de Doja Cat, chegou ao...

Bruna da Silva Valim é primeira negra a representar SC no Miss Universo Brasil

Bruna da Silva Valim, candidata de Otacílio Costa, foi...

A Mulher Negra Guerreira está morta…

Há poucas horas, enquanto lutava com a realidade de...

para lembrar

Rock in Rio 2022: Ludmilla é confirmada no Palco Sunset ao lado de Macy Gray

A cantora brasileira Ludmilla foi confirmada como atração do Rock in...

Africanos consideram a raça como factor irrelevante na escolha do novo Papa

Com dois potenciais candidatos ao posto máximo da Igreja...

Outra face da prostituição: Idosas, Negras e Analfabetas

“As mulheres que cumprimetei no caminho na verdade estão...

‘Muitos brancos esquecem a raiz negra do rock’, diz Will Cahoun, do Living Colour

“Devo prestar homenagem a uma das minhas artistas mais...
spot_imgspot_img

Show de Ludmilla no Coachella tem anúncio de Beyoncé e beijo em Brunna Gonçalves; veja como foi

Os fãs de Ludmilla já estavam em polvorosa nas redes sociais quando a artista subiu no palco principal do Coachella, na Califórnia, na tarde deste domingo, acompanhada...

Ela me largou

Dia de feira. Feita a pesquisa simbólica de preços, compraria nas bancas costumeiras. Escolhi as raríssimas que tinham mulheres negras trabalhando, depois as de...

“Dispositivo de Racialidade”: O trabalho imensurável de Sueli Carneiro

Sueli Carneiro é um nome que deveria dispensar apresentações. Filósofa e ativista do movimento negro — tendo cofundado o Geledés – Instituto da Mulher Negra,...
-+=