The Flash | “É uma honra interpretar uma mulher negra e forte na TV”, afirma Candice Patton

Enviado por / FontePor Louise, do Proibido Ler

The Flash é uma série que coleciona qualidades, e uma das mais importantes é a diversidade em seu elenco. A personagem Iris West, interpretada por Candice Patton, é um dos maiores exemplos disso. Embora Iris seja caucasiana nos quadrinhos, na série ela é interpretada por uma atriz negra, que não esconde o quanto se sente feliz em fazer isso. Em entrevista à MTV, Candice falou sobre o impacto causado por Iris na televisão.

Quando questionada sobre os motivos dos fãs terem uma característica protetora com Iris, a atriz respondeu:

Eu não sei ao certo, mas posso dizer que sou muito agradecida por isso, já que eu sou extremamente protetora com a Iris, também. Eu me apaixonei pela personagem desde o dia que fiz a audição. Eu quero que ela seja bem escrita, e que ela seja amada da mesma forma que nos quadrinhos. Sinto que os fãs também pensam assim.

O público adora a personagem e acho, inclusive, que muitos fãs estão felizes com o fato de Iris West ser negra. Eles querem vê-la ser forte, inteligente e um interesse amoroso – então, o público a defende com toda força. Eu gosto muito disso. Iris é uma personagem icônica nos quadrinhos, e ela merece ser protegida, até certo ponto. Assim como todos os outros personagens icônicos.

 

Candice Patton (Photo by Nick Agro /AFP/Getty Images)

Sobre o impacto de sua personagem em relação aos outros atores, e aos fãs – particularmente meninas afrodescendentes:

É tão estranho, porque quando eu pensava sobre trabalhar em alguma série – antes de entrar para o elenco de The Flash – lembro de dizer para mim mesma, “Eu amaria um papel que fizesse a diferença para a mulher afrodescendente na televisão ou cinema.” E eis que eu entro em The Flash, interpretando uma personagem originalmente branca. Eu não percebi, na época, tudo o que viria com isso. Tem sido incrivelmente difícil, mas, ao mesmo tempo, eu tenho condições de dar esperança para jovens atores que se parecem comigo, de que mais personagens sejam escritos como Iris e Joe West.

Aliás, não apenas aos atores. Eu recebo mensagens o tempo todo via Twitter e vários e-mails falando sobre o quanto é importante me ver no papel de Iris West. Não somente por ela ser negra, mas por ser uma mulher forte. Durante o episódio da semana passada, uma pessoa tweetou para mim dizendo “Estou assistindo The Flash com minha filha de 5 anos. Ela olhou para Iris e disse ‘Iris West é parecida comigo, nós somos bonitas.’” Eu literalmente quase chorei.

É ótimo saber que as meninas negras veem a si mesmas na TV como protagonistas, e que eu sou parte disso. É simplesmente uma grande honra.

 

Foto: BETTINA STRAUSS/ THE CW

SOBRE IRIS WEST, UM DESABAFO MEU:

O fato dos “homens de sua vida” mentirem para ela durante quase toda a temporada me incomodou demais. Mas depois de assistir o episódio “Grodd Lives”, consegui entender o motivo de tudo isso. Ela foi absolutamente bem escrita nesse episódio. Entrou para a equipe, ajudou todos eles e, mais do que nunca, desempenhou um grande papel na trama principal. Ela provou, mais uma vez, que é uma pessoa inteligente e independente. Veja bem, Iris tinha falado com cada uma daquelas pessoas sobre o Flash, e todos eles mentiram para ela. Foi emocionante vê-la finalmente descobrir a verdade (sozinha, por seus próprios méritos), processar essas informações, confrontar as pessoas que traíram sua confiança, trabalhar internamente sua raiva e, finalmente, começar a perdoá-los. Sinto que daqui pra frente ela se tornará cada vez melhor, não por ser um interesse romântico ou protegida, mas por provar para todos que ela é capaz de salvar o dia.

Ou você já esqueceu onde Barry estaria agora se não fosse por Iris West, sua voz e suas lembranças?
Ah, sim, embaixo de um trem.

The Flash é uma das melhores séries da atualidade, com bons roteiros, ótimos atores e personagens que fazem a diferença na vida de crianças de adultos. Se você ainda não assiste, corra! Vale a pena!

the-flash-e-uma-honra-interpretar-uma-mulher-negra-e-forte-na-tv-afirma-candice-patton-1

 

Leia Também:

Parem de dizer às mulheres negras que sejam fortes!

+ sobre o tema

Shows gringos: Saiba onde o 50 Cent vai tocar e tudo sobre a vinda do Black Eyed Peas

Definitivamente, 2010 é o ano do R&B/HpHop no Brasil!...

Salvar vidas e garantir direitos da população negra

São diversos os posicionamentos e manifestos propondo saídas e...

Salvador recebe chefes de Estado para debater combate ao racismo

A cidade que tem a maior população de afrodescendentes...

para lembrar

XI Marcha da Consciência Negra 2014 – Juventude, Arte e Cultura

do Comulher COMULHER - Comunicação Mulher         ...

Júlio Silva prepara sua aposentadoria jogando torneio de veteranos

Júlio Silva, tenista que está no circuito profissional...

Livro “Áfricas Ocultas” gera debate em Luanda

O Centro Cultura Brasil-Angola promoveu um debate em torno...
spot_imgspot_img

Estou aposentada, diz Rihanna em frase estampada na camiseta

"Estou aposentada", é a frase estampada na camiseta azul que Rihanna, 36, vestia na última quinta-feira (6), em Nova York. Pode ter sido uma brincadeira, mas...

Flávia Souza, titular do Fórum de Mulheres do Hip Hop, estreia na direção de espetáculo infantil antirracista 

Após mais de vinte anos de carreira, com diversos prêmios e monções no teatro, dança e música, a multiartista e ativista cultural, Flávia Souza estreia na...

Tony Tornado relembra a genialidade (e o gênio difícil) do amigo Tim Maia, homenageado pelo Prêmio da Música Brasileira

Na ausência do homenageado Tim Maia (1942-1998), ninguém melhor para representá-lo na festa do Prêmio da Música Brasileira — cuja edição 2024 acontece nesta quarta-feira (12),...
-+=