YouTube Music celebra artistas negros em quatro coleções exclusivas

Em destaque na página principal do app, os mixes exploram temas como resistência, orgulho e consciência. Elza Soares, Djonga, Mc Soffia e Tim Maia são destaques.

FONTEEnviado ao Portal Geledés
Foto: Divulgação

 Como forma de exaltar a cultura afro-brasileira, o YouTube Music lança  quatro novas coleções exclusivas, formadas por playlists, álbuns e videoclipes, que colocam como destaque na página principal do app  grandes artistas negros da música brasileira. São elas: Legado Visual Negro, Raiz da Liberdade, Excelência Negra e Pérolas Negras. 

As  coleções fazem parte de uma iniciativa do YouTube de realçar a diversidade de ritmos e histórias, sobretudo durante o mês da Consciência Negra. Além disso, a ação busca atribuir reconhecimento ao talento de artistas, compositores e produtores musicais de descendência afro que contribuem com a música no Brasil e no mundo, colocando em destaque seu trabalho. 

Direcionadas para todos os públicos, as listas reúnem figuras de relevância do cenário contemporâneo e que são reconhecidas internacionalmente, como Mc Soffia, L7NNON, e IZA. Artistas como Gilberto Gil, Elza Soares, Racionais, Sandra de Sá e Chico César, que por meio de suas letras impactam gerações e possuem influência de alcance global, também integram as playlists.  

“A música sempre foi um meio de protesto. No caso da população negra, as letras e as melodias são uma forma de ampliar a sua voz e protestar contra as injustiças sociais que ela enfrenta no dia-a-dia, como o preconceito, que faz vítimas mortais todos os dias; ou a invisibilidade, que priva muitos direitos desses cidadãos que hoje representam mais da metade de todo o povo brasileiro”, aponta Flávio Marcondes, Head de Programação do YouTube Music para América Latina

Conheça um pouco mais de cada playlist: 

Apesar de carregarem o mesmo objetivo, cada mix conta com uma narrativa única. A coleção Raiz da Liberdade reúne uma série de outras playlists que combinam músicas nacionais e internacionais e tem como temática central a resistência, seja da cultura ancestral, das mulheres pretas, moradores das comunidades e até mesmo dos devotos de alguma religião. Exprimindo o orgulho negro, a lista reúne desde nomes femininos, cantores de reggae, Soul e R&B até nomes da música cristã norte-americana. 

Relatando os desafios que a comunidade negra enfrenta no país através de vídeos e da voz de grandes cantores brasileiros, Legado Visual Negro denuncia o preconceito racial, a invisibilidade social, a marginalização e outros obstáculos, como o baixo acesso a educação e empregabilidade. Djonga, Milton Nascimento, Liniker e Mc Tha são algumas das vozes que falam sobre essas desigualdades. 

Funcionando como uma coletânea, o mix Excelência Negra reúne diferentes playlists que trazem em seu conteúdo os hits mais populares de compositores e produtores musicais do Brasil e do mundo, como Quincy Jones, Ludmilla, Martinho da Vila e WondaGurl.

Pérolas Negras encerra o catálogo de coleções exclusivas, trazendo os álbuns de maior sucesso de algumas das mais marcantes vozes negras do Brasil da atualidade e de outras décadas. Dentre elas podemos destacar Alcione, Emicida, Tim Maia e Lia de Itamaracá, além de grupos musicais, como o nordestino Olodum. 

As coleções estão disponíveis na página inicial  do YouTube Music. 

-+=