Poema para a irmã do meio, por Adriana Graciano

por Adriana Graciano

Poema para a irmã do meio

A irmã do meio segura a mão da irmã mais velha e da irmã caçula, unindo o trio
A irmã do meio traz humor e calor ao trio e ao mundo ao redor
A irmã do meio ri alto, contagiando o trio e o mundo ao redor
A irmã do meio fala palavrão, chora e faz birra (porque é a irmã do meio)
A irmã do meio faz bolo melhor que a mãe
A irmã do meio é a casa longe de casa e o lar em qualquer lugar
Por isso que a gente quer morar nela,
se aconchegar no cheirinho de casa que emana do pescoço dela
A irmã do meio é feita de açúcar e de bossa nova e de estampas florais
Ela é a casa longe de casa e o lar em qualquer lugar

-+=