Casal comemora segunda gravidez com imagem inspiradora

Melanie e Vanessa Iris Roy são um casal de lésbicas que vive na Carolina do Norte, nos EUA. Dois meses atrás, o casal postou em seu perfil no Instagram uma foto comemorando a iminente chegada de seu segundo filho. Como ainda há esperança no mundo, a foto viralizou, e esse casal lindo ganhou seus momentos de fama online.

Por Marcio Caparica, do LadoBi 

A primeira foto foi tirada em janeiro de 2014, quando Vanessa estava grávida de seu filho, Jax. A segunda foi feita em janeiro de 2015, quando Melanie estava no final da gestação de Ero, a segunda filha das duas. Jax está sentado na areia entre elas, brincando. Ero nasceu em fevereiro.

“É maluco ver que as pessoas consideram minha família um exemplo e inspiração. Ainda estamos chocadas”, Melanie disse ao site Huffington Post. “Vanessa e eu sempre dissemos que ambas gostariam de ficar grávidas. O corpo da mulher é incrível. A maneira como ele cria e faz crescer outro ser humano é impressionante. Torcemos para que nossa foto seja o sinal que algumas mulheres estão esperando para ir em frente e ficarem grávidas também.”

Só para alegrar o dia e lembrar que não é apenas a intolerância que toma conta das redes sociais.

casal casal1 casal2 casal3 casal5 casal6 casal7 casal8

+ sobre o tema

Novo eleitor é mulher, negra e tem renda familiar de um salário mínimo, segundo Enem

Dos mais de 147 milhões de eleitores brasileiros, 4,44% votaram...

Mostra ‘Afetividades Ordinárias’ revela a vida de pessoas trans

No Mês da Visibilidade Trans, o fotógrafo João Bertholini...

para lembrar

Conheça Nina da Hora, nome quente na luta pela equidade de gênero e raça na tecnologia

Erê vive em Duque de Caxias, na Baixada Fluminense,...

Medalha Theodosina Ribeiro: mulheres de luta serão homenageadas no próximo dia 28 de março

Iniciativa da deputada Leci Brandão (PCdoB/SP), a Medalha foi...

Roberto Osuna é suspenso por 75 jogos por violar política de violência doméstica

O comissário Rob Manfred anunciou, nesta sexta-feira, que o...

Um LGBTI+ sofre morte violenta a cada 34 horas no Brasil, aponta relatório

A cada 34 horas, uma pessoa da comunidade LGBTQIAP+...
spot_imgspot_img

Elogio ao estupro e ódio às mulheres

Nem sempre é fácil dizer o óbvio. Mesmo porque, quando essa necessidade se impõe é fundamental entender as razões que estão por trás dela. Mas...

Angela Davis: “O desafio é manter a esperança quando não vemos sinais”

Angela Davis, filósofa professora americana, é como uma estrela de rock do ativismo pelos direitos humanos e do movimento negro. Sua popularidade atravessa gerações...

IBGE: mulheres assalariadas recebem 17% menos que os homens

Dados divulgados nesta quinta-feira (20/06) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) revelam que a disparidade salarial entre os gêneros no Brasil se mantém em...
-+=