Guest Post »

Cidade do Ceará poderá ter travesti doutora como candidata a vereadora

A travesti Luma Andrade, 35 anos, apresenta em julho sua tese de doutorado em Educação, e pretende se candidatar a vereadora da cidade de Russas, interior do Ceará pelo Partido dos trabalhadores. Filha de agricultores analfabetos, Luma é considerada a primeira travesti a apresentar uma tese de doutorado no país (há outras doutoras mas que durante a diplomação se apresentaram como homens).

Vítima de preconceito durante toda a sua vida, ela se formou em Ciências e se tornou professora da rede pública de ensino. Depois do mestrado, passou em primeiro lugar em um concurso na cidade de Aracati mas teve que acionar a Secretaria de Educação pois, ao saberem que era travesti, tentaram dizer que todas as vagas estavam ocupadas e impedir que assumisse o posto de professora. Em outro episódio de preconceito, acusaram anonimamente e injustamente Luma de exibir seus seios para os alunos. Sua vida sempre foi assim, cheia de injustiças e muitas vitórias. Desde 2007, ela assumiu a supervisão das escolas da região de Russas, onde cuida de 26 escolas estaduais em 13 municípios.Russas fica a 165km de Fortaleza, no Vale do Jaguaribe, no Sertão Nordestino, e tem cerca de 70 mil habitantes.

“Quero combater todo o preconceito. Cada passo que eu dou, cada degrau que eu subo, sei que estou contribuindo para mudar pessoas e não posso deixar de buscar novos espaços. A própria travesti pensa que não existe outro caminho sem ser a prostituição”, discursou Luma para uma recente entrevista ao site G1.

Foto: Ana Valéria A.

Fonte: Revista Lado A

Related posts