IV Congresso Baiano de Pesquisadores Negros (IV CBPN)

Da Educação Básica à Pós-Graduação: Perspectivas e estratégias para a construção    de Políticas Afirmativas de Gênero e  Raça.
Divulgação/CBPN
O Evento

O IV Congresso Baiano de Pesquisadores Negros (IV CBPN), organizado pela Associação de Pesquisadores Negros da Bahia (APNB) e pela Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB), através da PROEXT e da PROPAAE, a ser realizado entre os dias 19 e 21 de setembro de 2013, em Cruz das Almas, pretende promover discussões em torno do tema Da Educação Básica à Pós-Graduação: Perspectivas e Estratégias para a Construção de Políticas Afirmativas de Gênero e Raça, com enfoque em Práticas, Saberes, Estratégias Pedagógicas, Paradigmas e Políticas Públicas Educacionais afins que permeiam a ressignificação identitária dos negros no Brasil, bem como o seu empoderamento nos vários segmentos e áreas de conhecimento e de atuação.

Este Congresso visa a motivar a elaboração de mapeamentos, diagnósticos e respostas que ponham em relevo as dimensões políticas e identitárias dos desafios que se colocam para a democratização e a qualificação da educação brasileira, para a reflexão, o debate e a proposição de políticas transformadoras e emancipatórias e para a valorização de repertórios culturais afro-brasileiros.

GT’s

​GT 01 – QUESTÃO URBANA RACISMOSGT 02 – MÍDIA E RELAÇÕES RACIAISGT 03 – ÁFRICA HISTÓRIA E HISTORIOGRAFIA E ENSINO.​

GT 04 – LITERATURA ARTES E PERFORMANCE NEGRAS.

​GT 05 – CIÊNCIAS DA VIDA.GT 06 – DESENVOLVIMENTO LOCAL E ARRANJO SÓCIO ECONÔMICOGT 07 – CIÊNCIA E TECNOLOGIA

​GT 08 – POLITICAS DE AÇÕES AFIRMATIVAS E RELAÇÕES RACIAIS​.

 GT 9 – PODER GÊNERO RAÇA: DESAFIOS.

​GT 10 – CULTURA COMUNIDADES TRADICIONAIS E RELIGIÕES/FILOSOFIA DA ANCESTRALIDADE.GT 11 – PENSAMENTOS E INTELECTUAIS NEGROS​.

De 18 a 21 de setembro de 2013

Local: Universidade Federal do Recôncavo da Bahia – Cruz das Almas/BA

Fonte: CBPN 2013

+ sobre o tema

Explicando o uso do termo ‘bastante’ e do verbo ‘haver’ no sentido de ‘existir’

Professora de português do Colégio GGE, Ana Queiroz, exemplifica...

Estudo analisa mulheres e negras na educação brasileira

Um projeto desenvolvido entre 2014 e 2016 trouxe para...

MEC anuncia resultado do Prouni, mas candidatos não conseguem consultá-lo

Resultado da primeira chamada é publicado na manhã desta...

Covardia racista sem limites: A dor da professora Camila frente à barbárie escrita no banheiro

Nessa segunda-feira (06/03), estava tudo organizado, para ser uma...

para lembrar

Sônia Nascimento – Vice Presidenta

[email protected] Sônia Nascimento é advogada, fundadora, de Geledés- Instituto da...

Suelaine Carneiro – Coordenadora de Educação e Pesquisa

Suelaine Carneiro [email protected] A área de Educação e Pesquisa de Geledés...

Sueli Carneiro – Coordenadora de Difusão e Gestão da Memória Institucional

Sueli Carneiro - Coordenação Executiva [email protected] Filósofa, doutora em Educação pela Universidade...
spot_imgspot_img

Posicionamento: pela divulgação do Relatório de Monitoramento de Violações na Baixada Santista

Geledés -Instituto da Mulher Negra apoia a Comissão Arns e as organizações da sociedade civil no repúdio às execuções sumárias e com exigência de...

‘Meu filho é órfão de mãe viva’: veja relatos de 5 mulheres acusadas de alienação parental após denunciar homens por violência ou abuso

Cristiane foi obrigada a ficar sem contato com a filha e entregá-la ao pai por 90 dias. Isabela* foi ameaçada pelo companheiro. Jéssica* e...

Brasil quer levar desigualdade e impostos para a mesa de discussão do G20

O governo brasileiro pretende levar para a mesa de discussão do G20 os efeitos da desigualdade e sua relação como a política econômica e...
-+=