Guest Post »

Manifesto da Articulação Brasileira de Gays pela eliminaçao da discriminaçao racial

 

Art. 3º Constituem objetivos fundamentais da República Federativa do Brasil:

III – erradicar a pobreza e a marginalização e reduzir as desigualdades sociais e regionais;

IV – promover o bem de todos, sem preconceitos de origem, raça, sexo, cor, idade e quaisquer outras formas de discriminação.

Constituição Federal do Brasil.

A Articulação Brasileira de Gays – ArtGay e suas 54 Ongs de Gays , nas 27 Unidades da Federação do País , manifestam neste 21 de março de 2011, dia mundial para eliminaçao da discriminaçao racial o desejo que todas as medidas para reparar as injustiças históricas contra Negras, Negros, Índias, Índios sejam priorizadas pelo legislativo, executivo e judiciário do Brasil.

Dia 21 de março é celebrado o Dia Internacional pela Eliminação da Discriminação Racial. No ano de 1960 cerca de 20 mil negros sul africanos, protestavam contra a lei do passe, que os obrigava a portar cartões de identificação, especificando os locais por onde eles podiam circular. Mesmo sendo uma manifestação pacífica, o exército atirou sobre a multidão, matando 69 pessoas e ferindo outras 186. Em memória à tragédia, a ONU – Organização das Nações Unidas – instituiu 21 de março como o Dia Internacional de Luta pela Eliminação da Discriminação Racial.

A ArtGay entende que medidas para erradicar a pobreza e miséria, como exigido no art 5 , inciso III, da Constituição Federal passa por considerar que os grupos de cidadãos e cidadãs que mais afligem nesta condição social são as populações negras e os povos indígenas.

Negros/as, Indios/as são as maiores vítimas dos baixos salários, do menor nível de escolaridade, dos assassinatos, das prisões,das epidemias, das patologias, da insegurança e das condições sub-humanas no país.

Gays negros ou indígenas sofrem com o racismo e a homofobia, duas pragas que levam ao suicídio , assassinatos, marginalidade, humilhação, tortura, entre outras violências físicas e psicológicas.

O Assassinato do Líder Gay Negro Ugandês David Kato,

por espancamento até à morte, em sua casa, nos arredores de Kampala, a 26 de Janeiro. David Dedicara grande parte da sua vida de trabalho a ajudar as pessoas perseguidas pela sua orientação sexual ou identidade de genero. Nos meses que precederam a sua morte, ele próprio fora alvo de uma campanha de ódio montada pelo Jornal The Rolling Stone, que publicou o seu nome, fotografia e morada juntamente com os de dezenas de outras pessoas que disse serem gays ou lésbicas, apelando a que fossem todos enforcados.

A ArtGay acredita que todas as ações governamentais, nas áreas de saúde ( como a política de saúde integral da população LGBT, planos de enfrentamento da Aids ), educação ( Kit Escola Sem Homofobia), Segurança ( planos de segurança e de qualificação de operadores da segurança ), as legislações e decisões judiciais, devem levar em conta os milhões de Homens Gays Negros ou Indígenas que diarimente sofrem com a dupla discriminação.

Pela Eliminação integral da discriminação racial .

Articulação Brasileira de Gays – ArtGay

 

 

Fonte: Lista Racial

Related posts